História Será que é amor? - imagine Park Jimin - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 113
Palavras 460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sei q tá curto, mas eu pretendo postar outro hj mesmo...

Capítulo 45 - Volta pra mim...


Fanfic / Fanfiction Será que é amor? - imagine Park Jimin - Capítulo 45 - Volta pra mim...

~Jimin on~


Já faziam quase 2 dias e ela não acordava de jeito nenhum, o médico disse que o corpo dela estava com lesões de agressão e que aquilo podia prejudicar ela, tanto na forma psicológica quanto física.



Já estava no horário de visita e eu estava esperando os meninos chegarem. Eu estava ao seu lado segurando sua mão e rezando para que um milagre aconteça.


Depois de alguns minutos eles chegaram com aquelas expressões tristes em seus rostos.

Jin- Você não quer ir pra casa? Descansar, tomar um banho?... Eu fico aqui com ela.

Jm- Não... Não precisa.

Hobi- Mas dês de que você entrou nesse hospital ainda não saiu...

Jm- Eu não vou sair do lado dela.

Nj- Você pelo menos comeu alguma coisa?- não respondo- Por favor Jimin... Ela não iria gostar de te ver assim...

Jm- Como eu posso pensar nessas coisas em uma situação dessas? 

Jk- Pensar em você não vai fazer você amar menos ela.

Jm- Não adianta vocês tentarem insistir, eu não vou sair daqui...

Jin- Você que sabe...

Suga- E como ela está?

Jm- Como sempre, sem novidades...

Tae- Ela vai ficar bem, eu sei que vai...

Jm- E onde está a Angel?

Jk- Trabalhando.

Jm- Hum.


...

Já havia anoitecido, os meninos já haviam ido embora, eu estava sentado em uma poltrona ao seu lado segurando sua mão, eu não sabia se ela podia me ouvir, mas mesmo assim conversava com ela.


 'Não importa quanto tempo você fique aqui, eu sempre estarei com você.  Mas por favor, tente ser rápida, eu não consigo sem você...'


Era a frase que habitava minha cabeça.

Por um momento soltei sua mão quando avistei seu celular que havíamos recuperado em cima de um balcão do outro lado de sua cama, onde colocavam os medicamentos que ela precisava.

Fui até lá e o peguei. Logo quando liguei pude ver que sua foto de capa era uma foto nossa, do dia que nós fomos ao parque de diversões. Segurei as lágrimas lembrando do momento, de como ela tinha medo de ir nos brinquedos altos...

Coloco na galeria e me surpreendendo já que a grande maioria das fotos eram nossas.

Cada foto era uma lembrança diferente, e cada lembrança era uma lágrima... Eu não consegui me segurar, desabei em lágrimas.

Fui até ela e deitei minha cabeça ao seu lado segurando fortemente sua mão.

Jm- S/n... Por favor... Você disse que nunca iria me deixar... Mostre que eles estão errados, mostre que você vai ser forte e vai conseguir sobreviver...

Eu dizia todas as minhas palavras entre choros incontroláveis.

Jm- Por favor, volta pra mim. Eu quero você aqui pra eu poder te beijar, pra eu poder te abraçar, pra eu poder saber que você está bem...


Era insuportável ver ela naquele estado. E pensar que além dela também tinha uma criança, um filho meu... Eu não faço ideia de como vou dar essa notícia pra ela...


Notas Finais


Eu n faço idéia do q eu vou fzr com essa história, mas vamos ver no q da..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...