História Será!? - Capítulo 72


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Yugyeom
Visualizações 28
Palavras 706
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei um pouco pra postar pois demorei pra escrever, por isso o capítulo ficou pequeno😊
Boa leitura😁😁

Capítulo 72 - Pesadelo


Fanfic / Fanfiction Será!? - Capítulo 72 - Pesadelo

*Continuando*
 Peguei a chave do carro e dei pro Jin como eu n sabia dirigir. Entramos na van e foi o Jin no volante (LÓGICO), eu do lado dele para falar pra onde ele tinha que ir e o Taehyung do meu lado.
 
Mirela: Jin, nós vamos passar na casa da Duda, pra buscar ela. -expliquei o caminho pra ele.

 Paramos na frente do prédio da Duda, que era em uma rua apertadinha a menos de uma quadra da praia. Ficamos esperamos por uns 5 minutos até ela descer.

 {Mirela of}
 {Jungkook on}

 Duda:^ Oi gente!^
 Todos: ^Oi!^

 Ela senta do meu lado olha pra mim e sorri...o sorriso dela era bonito, meu estômago parecia que estava guardando borboletas.
 Eu n estava entendendo nada...por que eu estava agindo assim?
 Figuei a ida toda me sentindo desconfortável, n sei se era pelo caso dela ser do sexo feminino ou porque ela mexe comigo.
 Saímos da van em um  tipo de praça, tinha pessoas andando de skate, de bicicleta e jogando jogos com bolas e atrás dessa praça tinha o oceano, era muito bonito, bem na frente tinha uma igrejinha bem antiga.

 Mirela: Então...aqui é a praça da "Prainha", esse convento - ela aponta para um morro com uma igreja em cima- tem duas entradas a mais nova que é melhor de subir e pode subir carros, mas como nós estamos turistando nós vamos subir pela estrada velha, que foi construída lá quando o Brasil estava sendo colonizado.
 
 Começamos a andar em direção de um monte de mato, passamos na frente de um portão com caras com roupa que pareciam ser do exército.

 Jungkook: MIRELA! -falei um pouco alto pois ela estava um pouco mais a frente- Aqui é o exército?
 Mirela: Huhum. - ela fala chegando mais perto de mim- lá do outro lado é a marinha.
 
 Antes de entrarmos no portão que dava para o tal convento, nos paramos na frente de uma gruta que ficava do lado do portão.

 Mirela: Aqui é a gruta onde um padre ficou, eu n lembro muito bem a história pois da última vez que eu escutei essa história eu estava no quinto ano.
 Duda: ^Vamo parar de enrolação e subir logo?^

 Começamos a subir, no começo fomos cantando e apreciando a vista (que só era mato, mais mesmo assim era bem bonito) mas em menos da metade do caminho já estávamos se arrastando pelo chão.

 {Jungkook of}
 {Mirela on}

 Não subimos nem metade do caminho e os meninos já estavam morrendo, fazer o que o sedentarismo é triste.
 Chegamos lá em cima e como eu já esperava os meninos ficaram deslumbrados(N/A:A paisagem é a foto do capítulo), já pegaram os celulares para tirar fotos, que em algumas eu fui empurrada para participar da foto.
 Ficamos admirando a paisagem e depois fomos "explorar" o resto do convento, saímos de lá e fomos para o morro do Moreno rendendo mais fotos.
 Saímos do morro do Moreno e fomos almoçar em uma churrascaria, os meninos pareciam crianças super felizes já que eles não eram acostumados a comer carne.
 Depois deixamos a Duda em casa, já que ela n iria no casamento amanhã, e fomos alugar as roupas.
 Eu e a Lari estávamos a quase 1h e meia procurando um vestido, mas no final deu tudo certo.
 Voltamos para casa já era 16:00 p.m., todos estavam mortos então todos tomaram seus devidos banhos e fomos durmir as 18:00 p.m.

 Jackson aparece com uma arma e coloca na minha cabeça.
 Taehyung: Deixa ela em paz! - ele ordena aos prantos- Eu vou no lugar dela!
 Jackson: Cala a tua boca garoto! Se vc falar mais uma palavra pode considerar a sua namorada morta.
 Mirela: Jackson para com isso! Por que vc está fazendo isso comigo?
 Jackson: Estou pagando com a mesma moeda!
 Ele fala isso e eu escuto um estouro...a partir desse estouro eu n tinha mais vida...


 Acordo em um pulo, me sento, estava suando frio, apoio minhas mãos no colchão, olhando pra cima e tentando respirar direito, já que estava bem ofegante.

 Taehyung: Amor? -ele encosta no meu braço e eu tomo um susto.
 Mirela: AA...oi?
 Taehyung: Vc está bem? - Ele senta do meu lado preocupado.
 Mirela: Estou...foi só um pesadelo.
  


Notas Finais


Final um pouco pesado😐
Vcs acham que aí acontecer alguma merda referente a esse pesadelo?🤔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...