História Serendipity - Bulletproof Love 2 - Jimin - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jimin, Park Jimin
Visualizações 25
Palavras 1.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo V - Audition


Fanfic / Fanfiction Serendipity - Bulletproof Love 2 - Jimin - Capítulo 5 - Capítulo V - Audition

Manu

 

Eu tinha acabado de fazer um teste para a BigHit, não podia acreditar. Respirei fundo, enquanto eu esperava por uma resposta dos senhores a minha frente. Eu me apresentei da mesma forma que tinha feito há poucos minutos para os membros do BTS, só que desta vez tinha muito mais em jogo. 

- Ela é ou não exatamente o que nós estávamos procurando? - Disse o coreógrafo e os outros senhores concordaram. 

- Acho que ela é o elemento que estava faltando para completar o grupo. Quantos anos você tem? - Perguntou um dos executivos.

- 17, senhor. - Respondi.

- Perfeito! Volte amanhã com seu responsável e discutiremos o seu contrato. 

- Sim senhor. - Eu disse nervosa. 

Saí da sala ainda atordoada. Eu nunca poderia imaginar que algo assim pudesse acontecer. Eu nunca nem sequer tinha cogitado fazer parte de um grupo de K-pop, mas agora que isso era possível, eu estava exultante. A alegria não cabia dentro de mim. 

Voltei para sala de ensaio e para o meu azar eles já tinham terminado, apenas Suki e Jungkook estavam lá. Eles estavam se beijando, então resolvi não atrapalhar e fiquei no corredor. 

O Jimin vinha pelo corredor, mas quando me viu ele congelou. Ele parecia indeciso entre continuar e dar meia volta. Mas por fim ele se aproximou. 

- O Jungkook ainda está aí dentro?

- Ele está, mas se eu fosse você não entraria aí. É meio que uma repetição do que aconteceu no cinema. 

- Obrigado por avisar.  

- De nada. 

- Como foi o teste?

- Bem. Se eu puder convencer minha mãe, acho que volto amanhã para assinar o contrato. 

- Tenho certeza que você não deve ter nenhuma dificuldade em conseguir isso. - A maneira como ele falou parecia estar insinuando alguma coisa, mas eu não estava acompanhando. 

Talvez ele estivesse com raiva por te-lo zuado mais cedo. Eu sempre fazia as coisas primeiro e depois pensava. E se eu o tivesse deixado constrangido? Ele provavelmente pensava que eu era uma exibicionista e metida. 

- Desculpe por mais cedo. 

- Exatamente pelo que você está se desculpando?

- Por te deixar constrangido, eu acho. 

- Eu não fiquei. Não se preocupe. Você dançou muito bem. Melhor que eu. 

- Você acha mesmo? 

- Eu não diria se não acreditasse nisso. 

- Então, eu agradeço. Qual vai ser meu prêmio?

- Do que você está falando?

- Você me fez um desafio e perdeu. Então tem que pagar uma prenda ou me dar um prêmio. 

- Eu não me lembro de ter concordado com estes termos. 

- Ah! Vamos lá Jimin. Onde está o seu espírito esportivo? Não vai me dizer que é um mau perdedor.

- O que você quer? - Eu pensei por alguns segundos.

- Uma dança.

- Só uma dança?

- Sim.

- Parece fácil demais. 

- Eu ainda não disse tudo. Eu quero que você dance a coreografia de "No more dream" só pra mim. - Ele sorriu de maneira envergonhada. 

- Ok. 

- Perfeito! Me encontre às 10 da noite na entrada da Big Hit. 

- Espera! Eu achei que nós faríamos isso agora. 

- O que foi? Está com medo que eu te sequestre?

- É claro que não. 

- Então está decidido. Não se atrase! - Bati na porta do estúdio com força. - Acho que agora você pode entrar. Diga a Suki que estou esperando por ela no lobby, por favor. 

- Tá bom. 

Fui andando até o lobby e me sentei em um dos sofás. Eu sempre soube que vir para a Coreia era o meu destino, só nunca imaginei que as coisas dariam tão certo para mim. Em poucos dias eu tinha conhecido todos os membros do BTS e tinha beijado o rosto de todos eles. O melhor de tudo, eu tinha beijado o Jimin na boca! Acho que todas as armys do mundo matariam para estar no meu lugar. E ainda tinha o bônus da possibilidade de me tornar trainee da Big Hit. 

- Hey! Como foi o seu teste? - Ainda era estranho topar com membros do BTS e eles me reconhecerem, então fiquei uns segundos olhando para Hobi como uma fã retardada antes de responder.

- Muito bem. Acho que finalmente vou realizar o meu sonho de dominar a Coreia do Sul. - Ele deu um sorriso, aquele sorriso perfeito do J-Hope que já tinha me dado tantos tiros no passado. Pessoalmente o tiro era muito maior. 

- Você fala coreano muito bem. 

- Obrigada, você também. - Eu brinquei e ele sorriu outra vez e eu o acompanhei.

- Seu sorriso é muito bonito. 

- Obrigada, o seu também. - Nós rimos juntos outra vez. 

- Você dança muito bem. 

- Obrigada, você também. - Nós rimos mais uma vez.

- Gostei do seu senso de humor, você é uma garota interessante, Manuela. Eu realmente sinto não poder ter ido ao cinema com você. Se eu tivesse alguma ideia de que você era assim, eu teria cancelado meus compromissos. 

- Acho que teria sido divertido, mas o Jimin foi legal comigo, eu não posso reclamar. 

- Você gosta dele, não é?

- O que te faz pensar isso? - Eu disse envergonhada. Será que era tão óbvio que eu gostava dele? 

- A forma como você acabou de dizer o nome dele e o jeito que estava olhando para ele mais cedo. 

- É assim tão evidente? - Eu perguntei preocupada.

- Na verdade não, mas eu sou bastante observador. Talvez o Yoongi tenha percebido também, mas os outros membros eu duvido.  

- Por favor, não diga nada para o Jimin. Não quero que ele me trate diferente por causa disso. 

- Seu segredo está seguro comigo. Mas lembre-se que o Jimin não é a sua única opção, caso não dê certo entre vocês dois. - Ele piscou para mim e se afastou. O Jimin era o número um pra mim, mas nem por isso meu coração de army deixou de palpitar ao ouvir isso. Era o J-Hope me dando um tiro pessoalmente, eu tinha todo o direito de ficar abalada.

- Aí está você! Como foi o teste? - Perguntou Suki.

- Ótimo. Ele me querem como trainee. 

- Isso é incrível! Vamos estar no mesmo grupo! Estou tão feliz que isso esteja acontecendo. - Ela disse animada. - Era o Hoseok que estava aqui com você?

- Sim. Nós estávamos conversando. Ele me perguntou sobre o teste. 

- Você deixou todos os meninos bastante impressionados. Depois da forma como você dançou acho que todos ficaram um pouco apaixonados por você. 

- Também não exagere. 

- Todos eles se arrependeram de não ter ido ao cinema com você. É sério. E o Jin ainda ficou chateado com o Jungkook por não ter falado com ele só porque ele era mais velho.  

- Assim você me deixa envergonhada. 

- Até parece. Acho que o Jimin ficou com ciúmes de você com o Tae. 

- É sério? Ele disse alguma coisa?

- Não. Mas a forma como ele estava olhando para vocês dois era bem evidente. 

- Eu vou vê-lo mais tarde. 

- Taehyung?

- Não. O Jimin. Ele vai realizar um desejo meu, por ter perdido o desafio. 

- O que ele vai fazer?

- Dançar para mim. 

 - Isso tem muito potencial. Tenho que ir para o treinamento agora. Você quer ir comigo?

- Eu gostaria, mas tenho que ir até o hotel e conversar com minha mãe sobre a possibilidade de me tornar uma trainee. 

- É verdade. Vejo você amanhã, então?

- Claro! 

- Boa sorte com a sua mãe. 

- Obrigada. 

O meu futuro dependia da resposta que minha me daria. Eu precisava convencê-la não importa o quanto isso me custasse.

 

Continua...


Notas Finais


O que vocês estão achando da história até agora? Eu adoraria saber.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...