História Serendipity - Imagine Byun Baekhyun (EXO) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Oi galerinha, venho atrasada, mas venho.
Espero que gostem.
Apreciem sem moderação.
By: Lec♥

Capítulo 8 - 08


- Achei que você não viria. – Jongdae diz ao meu lado no portão.

- É claro que ela viria. – Sook rebate. – Não há razões para ela ficar em casa.

- O cara que ela gosta vai estar aqui com outra pessoa. – Ele olha Sook com seriedade. – Eu não teria a coragem que a S/n teve.

- Ele vai estar aqui só pra dar um fora na ex. – Ela diz em um tom um pouco cruel. – Não é...

Limpo a garganta e os dois me encaram.

- Acho que minha participação nessa conversa seria adequada. – Jongdae baixa os olhos envergonhado, mas Sook apenas acena um não com a cabeça.

- Não caia na pilha do Jongdae, ele não entende de nada. – Pisca pra mim e vejo meu amigo revirar os olhos. – Confia em mim.

- Pilha do Jongdae? – Ele pergunta irritado.

Ah pronto. Tudo o que eu precisava agora. Uma briga entre esses dois, na entrada do festival.

- Boa noite. – Yang Mi diz.

- Boa noite. – Respondemos ao mesmo tempo.

Jongdae se vira e sorri para a namorada, aparentemente se esqueceu de Sook. Acho que essa é a primeira vez que fico feliz em vê-la.

- Te espero na casa assombrada as 20h30. – Ele praticamente rosna para Sook, acho que me enganei sobre o efeito de Yang Mi.

- Eu vou adorar te ver gritar, Franguinho. – Sook o provoca, mas ele não dá moral.

- Qualquer coisa você me liga. – Me olha preocupado. – Ou manda mensagem, mas acho que ligar é mais garantido.

- Combinado. – Digo apenas para acalmá-lo, ele não sabe sobre o verdadeiro motivo de eu estar aqui. Se vira e caminha para a pequena multidão com Yang Mi ao lado.

- Vocês deveriam tentar se dar bem. – Falo e a doida ao meu lado sorri.

- Nossa amizade não é como a amizade de vocês. – Encara as costas de Jongdae. – Esses momentos são importantes para fortalecerem nossos laços.

Por mais que não entenda completamente o porquê disso, sei que o que ela está falando é verdade. Desde que os conheço eles agem assim.

- Boa noite. – Ouço uma voz rouca atrás de mim. Viro pra ver quem é e, tenho que admitir, me admiro com a aparência do garoto.

- Sehun! – Uma Sook sorridente se joga no pescoço do garoto.

- S/n. – Ela me olha com um sorriso enorme. – Este é Sehun, meu namorado. E essa, - Aponta para mim enquanto olha para o garoto. – É minha melhor amiga, S/n.

- Prazer em conhecê-lo. – Digo com uma pequena reverência.

- O prazer é meu. – Diz e retribui o gesto.

- Vamos? – Sook nem nos dá tempo para responder, agarra o braço de Sehun com uma mão e o meu com a outra e nos arrasta em direção as pessoas. Ouço uma risada, talvez a minha risada  preferida e olho em direção ao som.

A poucos metros de nós vejo-o de perfil, sorrindo ao lado de uma garota que nunca vi antes, provavelmente a Taeyeon. Sinto um aperto no peito. Essa vai ser uma longa noite.

                                                                       ***

Escuto mais um grito vindo de dentro da casa assombrada. Olho para o garoto sentado ao meu lado, ele encara a atração com cara de reprovação.

- Achei que você entraria também. – Comento por fim.

Seus olhos param nos meus antes de ele responder, pensa por um instante e então sorri.

- A visão de Sook sobre mim provavelmente mudaria se ela me visse dentro daquela casa.

- Sem dúvida ela transformaria isso em um motivo de piada. – Sorrio e ele balança a cabeça negativamente.

- Eu não teria mais um dia de paz. – Sua constatação me faz perceber que apesar do pouco tempo que estão juntos ele já conhece bem a namorada que escolheu.

- Como foi que vocês se conheceram mesmo? – Pergunto e vejo a surpresa em seu rosto. Apesar de já ter ouvido a versão da história da Sook, me sinto curiosa com relação a versão de Sehun.

Ele pondera por alguns instantes.

- Eu havia marcado com os amigos do colégio de ir assistir um filme, mas por alguma razão que desconheço eles cancelaram em cima da hora. Como já estava no shopping decidi que assistiria ao filme sozinho. – Aceno com a cabeça para que prossiga. – Foi então que eu a vi, na fila do cinema, ela estava na minha frente. – Um pequeno sorriso surge em seu rosto.

Outro grito irrompe da casa, tanto eu quanto o garoto ao lado concentramos nossa atenção na direção do barulho.

- Acho que não são eles. – Digo por fim. Sehun observa a atração por mais um momento antes de voltar sua atenção para mim.

- Ela usava uma camiseta com um número 12, um tênis vermelho e outro rosa. – Deixo um pequeno riso escapar, isso é muito a cara daquela maluca. – E então eu simplesmente soube. – Seus olhos param nos meus. - Naquele momento a única coisa que passava na minha cabeça é que eu precisava dar um jeito de falar com ela.

Não contenho um sorriso, lembro-me de Sook ter comentado algo sobre ele citar seus tênis e dizer que havia estranhado isso. Não tenho muito convicção sobre destino, sinceramente não acredito que as coisas aconteçam por causa dele, mas algumas vezes a forma como encontramos determinadas pessoas me fazem questionar isso. Não consigo acreditar que seja apenas um mero acaso, uma surpresa agradável em algum percurso, às vezes e apenas nessas vezes, me questiono se não estaria esse encontro já destinado a acontecer.

E então, como se o destino quisesse provar sua existência, o garoto que não sai da minha mente para diante de nós, com a outra garota ainda ao seu lado.

 - Boa noite. – Diz com um pouco de hesitação.

- Boa noite. – Eu e Sehun respondemos juntos.

O olhar de Baekhyun se move do meu rosto para o rosto do garoto sentado ao meu lado, analisa-o por um instante e então volta a me encarar.

- Ah. – Digo quando percebo que devo apresenta-los. – Baekhyun esse é o Sehun, o namorado da Sook.

Ele olha surpreso para garoto, antes de enfim reagir.

- É um prazer conhecê-lo. – Diz e Sehun apenas acena com a cabeça. – Onde está a Sook? – Olha ao redor procurando-a.

- Testando sua coragem com Jongdae. – Sehun diz e percebo um leve divertimento em sua voz.

Baekhyun olha para trás na direção da casa assombrada e faz um careta.

- Eu não entraria ali. – Não consigo não rir de sua expressão. A garota ao seu lado cutuca seu braço e, só então ele parece se lembrar de que ela está ali.

- Essa é a Taeyeon. Minha... – Seus olhos param nos meus. – Uma amiga da minha antiga cidade. - Um sorriso involuntário se espalha por meu rosto. – E essa é a...

- S/n. – A garota completa. Ele confirma com a cabeça. – É um prazer finalmente te conhecer.  – Sorri docemente para mim. – Nós estávamos indo comer, talvez vocês possam nos acompanhar. – Sugere.

- Muito obrigada. – Tento pensar em uma maneira de negar o pedido, mas nada me vem à mente.

- Se não estivermos aqui quando aquela garota sair, provavelmente não existirá um amanhã para nós. – Sehun responde me deixando surpresa. – Sinto muito, mas não podemos abandonar este posto. – Aponta para o banco onde estamos sentados.

Taeyeon encara Sehun e então desvia o olhar para meu rosto mais uma vez. Baekhyun parece desconfortável.

- Foi um prazer conhecer vocês. – Ela diz com uma pequena reverência. – Vamos? – Olha animada para Baekhyun. Ele sorri sem mostrar os dentes.

- Até mais. – Me olha uma última vez antes de seguir caminho com a garota.

- Está tudo bem? – A voz rouca de Sehun me traz de volta a realidade.

- Sim. – Ele me analisa por um instante antes de voltar sua atenção para a entrada da casa assombrada de onde Sook e Jongdae saem rindo. Abro a boca para pedir que ele não comente nada sobre o que acabou de acontecer aqui.

- Eu não vou falar nada. – Responde antes mesmo que eu peça.

- Obrigada. – Me lança um pequeno sorriso antes de levantar e ir se encontrar com a namorada.

Observo os dois juntos, lembro-me da conversa que tive mais cedo com Sehun e não consigo parar de pensar em como seria a versão de Baekhyun sobre o dia em que nos conhecemos.


Notas Finais


Jongdaezinho é muito o amor da minha vida mesmo, deixo claro que é como bias.
Oh Sehun na área gente. E é nessa hora que sinto inveja da Sook por não poder estar no lugar dela.
Queria conhecer meu boyzinho - vulgo, Park Jisung - de um jeito bem inusitado, sabe, tipo coisa de filme só que diferente.
Menino Sehun na primeira aparição tá sendo mais amorzinho com a S/n do que o Byun.
É isso.
Queria pedir para vocês darem todo o apoio pro Jongdae nesse momento. Sei que nem todas tem ele como o preferido, mas ele continua fazendo parte do grupo- e se Deus quiser, vai continuar pro resto da vida- e por esse motivo peço que deem suporte pra ele e para os meninos. #OT9forever. #WEAREONE #loucapraverominiJongdae #JongdaeassegurandoofuturodoNCT ~essa última roubei de @Sun_Ah
Até o próximo Jujubinhas.
Amo vocês.
♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...