História Serendipity-jikook. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 108
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei!
Desculpa a demora.
Está ai mais um cap.
BOA LEITURA.

Capítulo 3 - Dia longo.


Jungkook on.

Dias depois...

Eu mal consegui trabalhar, não durmo a dias, de dia o procuro por todo lugar, á noite trabalho.    

Aproveitei meu horário de almoço para andar um pouco, só eu e meu fone de ouvido.

Paro em uma praça desconhecida por mim, mas muito bonita.

Sento em um banco que ficava em baixo da sombra de uma bela árvore, fecho meus olhos e curto a música. 

De repente a música para, mas ela não havia terminado, abro meus olhos para verificar o que aconteceu. 

Mas me deparo com algo muito mais importante que a música.

Um pequeno ser, com seus cabelos negros sendo levados pelo vento.

Não pude controlar o impulso e fui até lá, depois de tanto procurar eu te achei.  

Por um acaso eu o achei.

Seus olhos estavam fechados, por isso não percebeu minha aproximação. 

-hey!-digo tocando sua mão e logo ele abre seus olhos e me encara.

-você! -ele abre um belo sorriso.

-se lembra de mim?

-claro que lembro, não tem como não lembrar-fala e vejo seu rosto ficar com uma pigmentação mais avermelhada. 

-eu procurei por você...onde estava por todo esse tempo?

-eu não saí da cidade, de dia procurava um emprego, a noite dormia de favor num quartinho.

-e onde passou aquela noite?-seu sorriso some.

-não consegui achar onde ficar, por isso...-suspira-dormi na rua mesmo.

-por que não aceitou ficar em minha casa? Seria um prazer te-lo lá. 

-eu não queria incomodar. 

-você não incomoda.

-Ainda não sei seu nome.-ele praticamente me pergunta. 

-Jungkook, jeon jungkook. 

-jungkook e... por que me procurou?-dessa vez eu que corei, baixo minha cabeça para tentar não chamar muito sua atenção. 

-eu...eu tenho algo seu.-tiro a correntinha que estava em meu pescoço e o entrego.-isso é seu.

-guardou por todo esse tempo?-ele sorri.eu apenas sorri novamente. 

-está com fome? Porque não vem comer algo comigo?

-não eu...

-você ja rejeitou antes, agora não aceito um não como resposta. Vamos!-pego em sua mão e começo a conduzi-lo pelo caminho. 

Depois de um tempo percebi que nossas mãos ainda estavam juntas, e a sensação era perfeita.  

Jimin on.

Faz apenas alguns dias que eu o conheci, mas ele é gentil comigo, o que muitos em anos não foram.

Nós fomos para um lugar conhecido por mim,o meu antigo emprego.

Fiquei apreensivo, não sei o que meu chefe irá pensar.

-está tudo bem?-me pergunta jungkook.

-estou sim.

-o que quer?                   

-o que você quizer.-falo simplista.

Ele cha um garçom até ai tudo bem, até o senhor kungsoo aparecer.

-o que vão querer?oh jimin o que faz aqui?-fala sendo falsamente simpático. 

-olá senhor.-estava desconfortável, e jungkook percebeu isso. 

-será que da para trazer duas fatias de bolo de morango com dois milkshakes de chocolate?    

-claro senhor,com licença. 

Ele sai e jungkook me olha.

-o que aconteceu?

-aqui era meu antigo emprego, ele era meu chefe.

-ah, não gosta dele?

-ele que não gostava de mim.ele me demitiu por derrubar café em um cliente e por isso...ah deixa pra lá. -não queria chegar na parte do meu pai.

-Por isso...-ele faz sinal para eu continuar.

-Por isso eu estava machucado aquela noite.

-Ele te Bateu? -pergunta bravo.

-não. Foi o meu pai, ele me bateu por ter perdido o emprego.

-eu não sei o que te dizer jimin.-fala passando as mãos pelo rosto.

-não prescisa falar nada.-toco sua mão, mas logo vi a besteira que fiz e tiro-a de lá. Mas desta vez ele toca minha mão. 

E ficamos assim até a comida chegar, ele sorrindo e eu muito corado.    

-gostou do lanche?-fala saindo do café. 

-claro,foi otimo obrigado.   

-poderiamos nos encontrar mais veses.-eu coro.-onde vai ficar?tem certeza que não quer ficar na minha casa? 

-eu não quero incomodar. -abaixo a cabeça. 

-não me incomoda, venha por favor, ficaria preocupado em te-lo longe.

-não quero depender de você-falo olhando em seus olhos.

-você não irá depender de mim.que tal fazermos um acordo, você fica em minha casa, mas me paga.

-eu nao tenho emprego. 

-posso te colocar na minha empresa. 

-sério?? Obrigado! -o abraço e logo sinto seus braços fortes me rodearem.era um dos melhores abraços da minha vida.

-venha! Vou te ajudar com suas coisas.

Jungkook on.

Acompanho jimin até o quartinho que ele dormia, era pequeno e muito precário. 

-já estou pronto!-fala sorrindo, segurando uma pequena mala.

-é só isso?-pergunta e ele assente.fico admirado com sua inocência, mesmo com tão pouco está feliz. -então vamos! 

Vamos para o carro.

Ao chegar na minha casa jimin fica adimirado ao vê-la.

-que linda!

-você já esteve aqui antes.

-eu sei,mas de dia é mais bonita!-sorrio.

O levo para o quarto que ele irá ficar.

-este é o seu quarto-digo abrindo a porta.

-ele é muito grande!

-você merece.e por falar nisso, tome um banho pois vamos sair. 

-aonde vamos?

-comprar coisas novas para você. 

-jungkook...-ele se aproxima de mim-por quê me ajuda?

Ai meu Deus, eu não tenho um motivo para fazer isso, e se eu disser que estou apaixonado ele com certeza irá embora.

-Faço isso por quê você é bom e adorável, e não merece sofrer.-acaricio seu rosto.-bom, agora tome um banho, hoje será um dia longo.



Notas Finais


Desculpa o cap meio ruim, o próximo será melhor.
Desculpe qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...