História Serendipity-jikook. - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 94
Palavras 864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey!
Voltei.
Estou muito feliz por estar atualizando mais cedo.
Espero que gostem.
BOA LEITURA.

Capítulo 6 - Trabalhar.


Jimin on.

Meu ar ainda a faltava e só um copo d'água descendo pela minha garganta me acalmou minimamente. 

-Me diz,o que houve?-jungkook insistia.

-Meu...pai, esteve no colégio. -disse diretamente. 

-Ele fez algo com você?!-sua expressão de preocupação era nítida. 

-Não. Por sorte você chegou á tempo.

-Desculpa por ter me atrasado, o trânsito esta ruim.

-Não tenho o que desculpar.só tenho o que agradecer, desde que nos encontramos pela primeira vez você não poupou esforços para fazer eu me sentir bem.-sorri abertamente. 

-Não prescisa agradecer, seu sorriso é o melhor agradecimento que eu poderia ter.-ele segura minhas mãos e seu olhar de repente se torna um pouco mais sério. -jimin, você ama alguém? 

Nunca me questionei sobre o amor, mas sua pergunta me mostrou que eu ao menos sei o que é amar.

O que não entendo é o porquê dessa pergunta. 

-Não,eu não amo ninguém. Todos aqueles que um dia eu amei hoje não fazem mais parte da minha vida.-sorri minimamente. 

-Não me refiro ao amor famíliar, mas outro tipo de amor. Você nunca se apaixonou? 

-não. E você? -o olho diretamente. 

-sim, eu já amei muito uma pessoa mas ela me deixou. Mas agora eu acho que estou apaixonado. -ele dá um sorriso aberto.

Sua afirmação me incomodou, e não sei exatamente o porquê. 

-quem é essa pessoa?

-esqueça. Um dia saberá. 

-Eu daria tudo para ser amado por alguém como você. -logo percebo que meus pensamentos foram alto demais.

Ele me olha de uma maneira que me envergonhou. Seu olhar intenso depositado somente em mim fizeram mau rosto esquentar.

Sua mão direita vai em direção ao meu rosto e acaricia minha bochecha.

-ah jimin, eu também queria ser amado por você. Por favor não me odeie por isso.

Seu rosto se aproxima do meu lentamente, sua respiração quente já se misturava com a minha.

E logo seus lábios entram em contato com os meus.

A sensação era única, é como se todos os sentimentos pudessem ser transmitidos de uma forma física. 

Eu imediatamente sedo. Seus braços envolveram minha cintura com um leve aperto, me fazendo produzir um som que nunca ouvi. Minhas pequenas mãos foram até seus cabelos, tentando prolongar um pouco mais aquele maravilhoso contato. 


Ofegantes nos separamos, com meu rosto completamente corado.

-Desculpa, não me odeie por isso.-disse ainda sem soltar minha cintura.

-nunca te odiaria, e...eu gostei.-meu rosto queimou como nunca.

-você...gosta de mim? Mesmo que seja como amigo.-sua mão acariciou levemente os meus fios e seu semblante se tornou triste.

-eu não sei,eu nunca amei ninguém. Mas...gosto do seu cheiro, gosto do seu carinho, gosto da maneira como prepara minha comida, gosto até da maneira que você dirige. Nos conhecemos a alguns dias e nesses poucos momentos eu me sinto bem como nunca. Não sei o que estou sentido, não sei se é certo. Mas sei que gosto de você. Vi um brilho em seus olhos que nunca vi em ninguém. 

-eu também amo se suave cheiro de morango, amo o brilho dos seus cabelos, amo como os seus olhos ficam quando sorri, amo a sua forma de ser você. jimin, eu...acho que te amo. Mas por favor não se assuste, sei que sua vida está mudando rapido demais.

-Eu não sei o que é amor, Mas me ensine a amar.

Meu coração estava em completa alegria. 

-posso te beijar denovo?-ele sorri abertamente. 

-claro que sim.-logo meus lábios são tomados novamente em um beijo calmo, que transmitia um misto de sentimentos.

Depois de um tempo conversando jungkook e eu decidimos que eu não voltaria mais para a escola, só faltam algumas semanas para eu me formar e pelas minhas notas eu ja passei de ano.

Fico completamente aliviado de nunca mais voltar para aquele lugar que me traz más lembranças.

Mas para minha sorte jungkook passou o dia comigo, me dando um belo carinho.

°•°•°•°•°•°•°

Dia seguinte. 

-jimin vamos almoçar. -jungkook me chama e logo me acomodo na mesa.

-jungkook, quando eu posso começar a trabalhar? Lembra que me prometeu um emprego? 

-ah claro que lembro, e se quiser pode começar hoje mesmo.depois de almoçar eu tenho que ir para a empresa e não quero te deixar sozinho em casa.

-eu quero! Sinto muita falta de ter algo para me ocupar.mas o que eu irei fazer?-falo levando um pouco de comida até minha boca.

- Meu secretário está prescisando de um ajudande você poderia ajuda-lo, o trabalho não é tão difícil e hoseok é muito amigável. 

-então tudo bem.

-ok, agora coma para depois ir se arrumar, não temos tempo a perder.


Já estava pronto.estava vestido com uma calça preta e um moletom rosado. estava simples mas é o que gosto de vestir.

-está pronto?-diz jungkook descendo as escadas. 

-sim.-sorri.

-oh não sorria assim, ofusca os meus olhos.-disse colocando as mãos no rosto e me fazendo rir.

-Não diga isso!

-só digo verdades.-ele se aproxima e sela rapidamente nossos lábios. 

-jungkook! -bato em seu peito. 

-desculpe, não consegui resistir. Vamos?

-vamos!


Estava nervoso. 

Não sei como será meu desenpenho.

Não sei se irão gostar de mim.

Mas finalmente vou voltar a trabalhar




Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Desculpe qualquer erro.
E tenho planos de atualizar amanhã.
Até!
Bjs♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...