História Serendipity-jikook. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 79
Palavras 1.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura♥

Capítulo 8 - Queria saber.


Jungkook on.

-problemas? Que tipo de problemas? -disse preocupado.

-Namjoom está aqui, vou pedir para ele entrar. Ele irá te explicar melhor.-o loiro sai da sala me deixando ainda mais preocupado. Para Namjoom voltar de suas férias para me relatar um problema, é por quê é muito grave.

-vou sair, deve ser importante. -jimin se pronuncia. 

-oh desculpe, queria ficar mais com você. A noite eu prometo que faremos algo legal.-sorrio sem graça. 

-Não se preocupe, resolva seus problemas e não se preocupe comigo.-fala de maneira compreensiva logo se retirando da sala.

Namjoom entra na sala, sem jin. Sua expressão estava mais seria que o normal.

-Namjoom! Quanto tempo!-tento quebrar ou ao menos amenizar o clima pesado.

-sim.faz um mês que não nos vemos, queria ter boas notícias para te dar, mas tenho que dizer que temos problemas. -sua forma segura de falar me deixou ainda mais apreensivo. 

-sei que temos problemas, mas quero saber quais.-me sento a espera de sua resposta.

-vou ser direto. Estava analisando os números das contas bancárias e descobri uma coisa:há um desfalque milionário. E, além disso, recebi um E-mail de um dos nossos clientes confirmando a entrega do dinheiro a um intermediário, só que um centavo sequer desse dinheiro foi recebido, ou seja, nos roubaram.

a cada palavra meu cérebro tentava organizar todas aquelas informações, mas quando as duas últimas palavras foram ditas minha ficha caiu.

-Não pode ser! Eu tomo muito cuidado nessas operações! 

-O cliente me informou que houve um intermediário.pergunte a ele, ele pode saber de algo.

-Mas o problema é que eu não madei nenhum intermediário! 

-então temos que acha-lo!-disse firme.-mas não prescisa se preocupar, nós vamos acha-lo.

Jimin on

Sai da sala de Jungkook e voltei a minha mesa para tentar voltar ao ritmo do trabalho.

Estava concerntrado, ou ao menos tentando, até sentir uma mão em meu ombro.

Me viro e vejo quem é. 

-olá! 

-olá.seungri,não é?-pergunto.

-sim. Vejo que é novo aqui, qual o seu nome?

-jimin, muito prazer.

-prazer só na cama bebê. -não entendi muito bem sua frase, por isso apenas ignorei sua fala.-onde está jungkook? 

-está na sala dele, mas está ocupado.

-ocupado com o quê?

-está conversando com um senhor, acho que é importante. 

-e você...-acaricia minha bochecha-tem namorada?  

-Não acha que quer saber demais seungri?-hoseok surge do nada.

-Não,não acho.-responde seungri.

-ah vai trabalhar e deixa o garoto em paz!-hoseok estava aparentemente bravo. seungri foi embora sem falar nenhuma palavra. 

-hoseok, por quê tanta raiva dele?

-já lhe expliquei. -fala se sentando. 

-aquilo não é um motivo para tanto rancor. Aconteceu algo?-pergunto me sentando em sua frente. 

-promete que não irá contar a ninguém? -seus olhos me olhavam como uma súplica. 

-prometo.

Ele respira fundo antes de começar a falar.

-Eu era apaixonado por ele no ensino médio. Eu tinha esperanças de que quando terminasse a faculdade e voltasse para o país nós ficariamos juntos, mas quando voltou...fingiu que nunca me conheceu.e além disso ele é um baita mulherengo.-seus olhos brilhavam, mas pelas lágrimas que segurava.

-ainda gosta dele?

-não mais.-sorri.

-desculpe hoseok, não queria te fazer lembrar disso.-tomo sua mão e inicio um suave carinho.

-não prescisa se desculpar pequeno, nada aqui é culpa sua.-da um breve sorriso. -agora vamos deixar de tristeza e vamos trabalhar.

-tudo bem chefe.

-breacking time-

Já havia escurecido.eu e hoseok estávamos organizando algumas coisas até jungkook sair,ele havia passado a tarde inteira no escritório.

-eu já vou jimin, pelo visto você vai com jungkook então eu vou embora.-disse hoseok pegando sua bolsa.

-Claro, pode ir.-sorrio, ele devolve o sorriso e sai do meu campo de visão. 

Estava tarde, jungkook estava demorando demais.

Tomo coragem e bato na porta, mas não recebo resposta.

Abro a porta, que não estava trancada, e me deparo com um breu.

Todas as luzes estavam apagadas, as janelas fechadas e só havia um ponto de luz, o computador. 

-jungkook...

Ele tira a atenção do computador e me olha.

-oh jimin, me desculpe. Eu esqueci completamente de você! -diz ligando um pequeno abajur em sua mesa.

-já está tarde, não pode trabalhar tanto assim.-digo enquanto procurava o interruptor.

-Eu queria resolver algumas coisas, mas agora eu só quero minha cama.

-então vamos, eu posso preparar algo para você comer.-sorrio de leve.

-tudo bem. Me espere, vou arrumar minhas coisas.-apenas assenti.

Enquanto ele arrumava suas coisas meu olhar percorreu por todo o seu escritório, ele pareceu interessante ao meu ver na primeira vez que estive aqui.

Havia várias fotografias e uma me chamou a atenção:era a foto de uma garota de aparentemente 15 anos ao lado de jungkook, que na foto parecia alguns anos mais jovem.

-ela é muito bonita não é? -jungkook me abraça por trás. 

-ah sim, quem é? 

-minha irmã mais nova. ela mora com a mãe biológica, por isso eu não a vejo muito. Ela tem sua idade, o seu nome é jisoo.

-conheço alguém com esse nome. Agora deixe isso para lá, vamos para casa, deve estar cansado.-me viro e o olho.

-oh estou sim, presciso de um pouco de amor para me revigorar.-falava de maneira dramática. 

-aigo deixe disso! Agora vamos.-pego sua mão e praticamente o arrasto para fora.


Chegamos em casa e jungkook se jogou no sofá. 

-vá tomar um banho.irá relaxar.

-tudo bem MÃE. hoje você está parecendo minha mãe. -ele sobe emburrado. As veses eu penso que ele é ainda uma criança.

Preparei algo rápido e fui tomar banho.

Quando desço jungkook já havia comido.

-ah não me espera mesmo né?

-desculpe, estava com fome.

-tudo bem.-sorrio.

-gosto quando sorri.-ele me olha de uma maneira diferente me fazendo corar. Nesse momento notei seu corpo desprovido de uma camisa mostrando seu peitoral definido.

-E-é melhor irmos durmir logo.-termino de comer rapidamente. 

-espere.-ele toca minha mão. -me responda uma coisa, você é feliz comigo?

-Claro que sim,por que essa pergunta?

-eu só queria saber.




Notas Finais


Desculpe pela demora.
O capítulo ta meio ruim mas os outros estarão melhores.
Desculpe qualquer erro.
Até.
Bjs♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...