1. Spirit Fanfics >
  2. Serendipity- Taekook e Minsung >
  3. Dear no one, this os your love Song

História Serendipity- Taekook e Minsung - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Primero capítulo Taekook!!

Boa leitura!💜❤

Capítulo 2 - Dear no one, this os your love Song


–Você vai na festa, sim!

–Não posso tenho que estudar!–Falou Jisung tentado ler o que estava escrito no seu livro de romance favorito, porém seu melhor amigo, vulgo Kim Taehyung, não estava facilitando nada para si.

–Vai, vai, vai, vai, vai, vai, vai...–Antes do de cabelos azul continuar com toda aquela petulância, Han resolveu se entregar de uma vez.

–Tá' Tá', eu vou!–Remungou deixando seu livro totalmente de lado.

Melhor amigo carente dava naquilo.

–Eba!–Comemorou o outro animado, era raros momentos em que conseguia levar seu amigo para alguma das muitas, muitas mesmo, festas que ele sempre estava presente.

Aquela festa de Chris era uma marco para acabar com toda a timidez que o loiro guardava dentro de si .

Taehyung tinha colocado em sua cabeça que ele estaria na terra com a missão divina de tornar Han Jisung uma vadiazinha, igualzinho a si.

O mais novo odiava festas, não gostava de pessoas, muito menos conhecer pessoas. 

Era antissocial , apenas.

Detestava o fato das pessoas quererem farra o tempo todo, diferente dele que era estudioso e esforçado, um prodígio pode-se dizer, com seus dezessete anos já estava na faculdade.

Gostava de ler e estudar, por isso era tão bom.

O ano mal havia começado e ele já havia, tecnicamente, passado para a próxima fase.

Totalmente o oposto de Taehyung, seu melhor amigo, mas também o único. Kim Taehyung era um garoto extrovertido, que não ligava para seus estudos, só queria se divertir, curtir o máximo da sua adolescência festiva e animada.

Ele era gentil e simpático, todos gostavam dele, arrumava amizades onde passava e nunca se afastava delas, amava as pessoas do jeitinho único que cada um É.

Talvez tenha sido por isso que a amizade dos dois deu certo.

–Mas eu não vou ficar com ninguém. Nem se você me obrigar!–Exigiu Jisung pegando o seu livro de volta abrindo na página que havia parado antes de começar tudo aquilo.

–Mas...–Taehyung pensou em continuar o pressionando, pode ser que sua opinião fosse mudada.

Mas após ver o olhar do amigo em si, mostrando que sua ideia estava firme e forte, ele não seria mudado com tanta facilidade quanto tinha sido mais cedo.

–Ok, ok.–Bufou o de cabelos azuis revirando os olhos.

Jisung suspirou, sabia que seu amigo iria arrumar alguma coisa na festa, mas ele não estava se importando com aquilo naquela hora.

Ele só queria retornar sua leitura contagiante, era pedir demais?

–Que horas vamos?–Han perguntou para encerrar o assunto por fim.

–Vamos às nove da noite.

Suspirou, aquele era um péssimo horário, significaria que ficaria até de madrugada naquela festa de uma pessoa totalmente desconhecida por ele, e também significaria que no dia seguinte seria um esforço enorme parar levantar.

Mas ele já tinha tocado aquilo tudo, não poderia dar o pé para trás ali.

Então sua única palavras foi:

–Ok.

{Na festa}

–Vem Jisung!–Falou Kim pegando na mão do amigo que estava um pouco retraído por estar em um lugar cheio de selvagens.–Vamos fazer amizade com pessoas aleatórias por aí!

–Não.–Falou o loiro parando bruscamente.

–Mas...–O cortou.

–Não.–Repetiu.–Eu já havia falado que não antes de chegarmos aqui.

–Como você é chato.–Resmungou Taehyung cruzando os braços e fazendo um biquinho fofo tentando mudar a amizade dele.

–Antissocial, prefiro.

failed mission.

–Pelo menos vamos na pista de dança.

–Não.

failed mission/2.

–Poxa Jisung!–Reclamou desistindo de todas aquelas tentativas.

Seu amigo era muito complicado para ele.

–Eu vou me sentar com o amor da minha vida, beijos.–Ele falou e Taehyung arregalou os olhos.

Ele estava o traindo?

–Oi? Quem?–Perguntou um tanto curioso.

–A coxinha, cara.

Ele estava o trocando, por uma coxinha?

–Ah nossa.–Debochou.

Jisung pega algumas coxinhas que estavam distribuindo por aí e se sentou no sofá, praticamente vazio, já que a maioria estava na pista de dança.

–E Taehyung ainda queria me arrastar para lá.–Resmungou Han falando com  a coxinha.–Dá para acreditar?

O Kim logo ficou procurando alguém para conversar, se sentia tão sozinho por não conseguir abrir a boca e tagarelar para alguém do jeito que sempre faz.

Ele realmente não gostava de estar sozinho.

Resolveu então entrar naquele campo de guerra, também conhecido como pista de dança.

Por que tinha tantos apelidos aquele lugar?

Talvez seja por que as pessoas te empurravam, te esmagavam, se entregavam em você, davam com a cara na sua bunda e vice e versa.

O garoto não poderia amar mais esse lugar.

No meio de tantas pessoas, um homem mais alto de cabelos escuros que estava bem no meio da pista o chamou atenção.

Ele dançava bem, muito bem por final.

Se falar que era bastante sexy também.

Será que ele gostaria de falar com o menor do sorriso quadrado estranho?

Depois de um tempo encarando ele, o maior se vira para o garoto de forma curiosa.

Bem, parecia que ele tinha chances.

No instante seguinte uma não tocou no seu ombro o fazendo se assustar e dar um pequeno grito que, por conta da música estremamente alta, quase não foi ouvido.

–Eai, Tae?–Gritou em seu ouvido.

–Minho!–Falou alegre.–Tudo bem?

Não era o moreno dançarino gostoso, mas ele pelo menos estava falando com alguém.

–Tudo. Será que você não poderia arrumar um colega seu solteiro e totalmente disponível para ficar com o meu amigo? Jeongguk não quer ficar sozinho.–Ele perguntou direto.

–Jeongguk?

–Um amigo meu, mas então...veio com alguém?

Uma das suas qualidades era ser bastante direto quando falava sobre assuntos daquele tipo.

–Eu trouxe o meu amigo Jisung.–Taehyung gritou para o amigo, já imaginando a cara de cu que Han iria fazer se descobrisse de tudo aquilo, mas por algum motivo aquilo o animou mais ainda.–Ele está bastante aberto para aproximações.–O Kim disse debochado, o que não deixou passar por Minho.

–Como assim?

–Nada, ele só é meio antisocial.–Falou abrindo o jogo, mas sabia que isso não iria interferir em nada, Minho não era o cara que desistia fácil.

–Então tudo bem! Vou chamar ele.–Ele falou depois de perceber que a música tinha acabado.–Ô Jeongguk!

Por uma incrível coincidência, quem eles estavam falando era o mesmo que Taehyung estava secando a alguns segundos atrás.

–Eu estou solteiro e totalmente disponível.–Falou o Kim rapidamente vendo ele se aproximar, Minho riu alto.

–Mas e o tal do Jisung?–Ele perguntou e logo a música voltou a rolar.

–Verdade.–Resmungou, não era para ter deixado a criança sozinha! Era perigoso.

Mas claro que não era disso que Lee estava falando.

–Ele está ocupado com o relacionamento com a coxinha dele.–Respondeu rápido.

No fim, aquela deixa tinha sido até inteligente.

O de cabelos azuis agradeceu Jisung dentro de sua cabeça.

–Minho! Minhozinho! Meu amiguinho!–Falou Taehyung fazendo coisas fofas a cada palavra proferida.

Estava tentando fazer o outro virar para o seu "time".

Mas infelizmente aquele truque estava dando errado.

–O que você quer, "amiguinho"?–Perguntou desconfiado.

–Desenrola ele para mim?–Pediu e Minho riu.

–Ok, sem problemas, "amiguinho".

–Cara, eu te amo.–O Kim falou abraçando o amigo.

–E quem não ama?

–Convencido!–Retrucou o soltando e arrumando os cabelos para o lado.

Ao verem o Jeon vindo para perto deles Taehyung se afastou um pouco.

–Hey!–Chamou Jeongguk, Taehyung já estava encantado pela voz extremamente doce para um corpo daquele.

–Hey! Esse é o Taehyung, e ele quer ficar com...–Ao ver o Kim negar a cabeça com força.

Ele não queria que fosse assim! Assim eles pareciam crianças do sexto ano, ele só queria que Minho saísse dali, antes que falasse qualquer merda.

Ou seja, agora mesmo.

No meio de sua frase, o moreno mais baixo percebeu o que o outro queria e resolveu tentar contornar aquele problema.

–...Nooooosaaaa! Eu estou tão cansado!–Se jogou no Jeongguk que revirou os olhos com o drama e teatro péssimo do amigo.–Eu quero tanto me sentar! Tae, cadê aquele seu amigo?–Perguntou como uma desculpa para deixar os dois sozinhos como o Kim queria.

–Antisocial, cara.

–Cadê porra!–Gritou perdendo a paciência.

As vezes o azulado era um tanto lerdo para essas coisas.

–Ah...Ele está naquele sofá, o garoto bonito com a coxinha na mão.–Falou apontando para o sofá nada discretamente.

Ele foi para o tal sofá. Agora sozinhos, o mais novo resolve tentar puxar algum assunto.

Admitia que o outro era bastante bonito e seu tipo exato, não iria perder chance nenhuma.

–Qual a sua idade?–Gritou por causa do pop que estava no volume máximo, várias pessoas que ainda não estavam na pista foram parar lá ao ouvir o começo daquela música, fazendo todos que já estavam ali se apertarem mais um pouco.

E não foi diferente com os dois que tinham seus corpos grudados um no outro.

–23.–Falou não ligando para a aproximação repentina.

Na verdade, ele estava gostando bastante.

–22.

Antes mesmo que a conversa se tornasse algo mais agradável a música que antes era apenas a batida começou a ser cantada, fazendo o Kim a reconhecer de primeira.

–Eu amo essa música.–Falou se animando.

O Kim começou a dançar sensualmente, enquanto o Jeon apenas o olhava com malícia.

Não importava quantas pessoas estavam ali, Jeongguk sabia que aquilo ali era para si.

E ficou bem feliz em ter aquela certeza.

Jeon agarrou a cintura do outro com possessividade beijando o pescoço de Kim que apenas aproveitou do contato.

Qual o mal de ficar com Jeon? Seria apenas mais um nas suas noitadas.

E o mesmo iria acontecer para Taehyung.

Mas ao ver que os dois estavam dançando juntos com o abdômen totalmente definido do moreno em suas costas enquanto o membro do outro era colocado contra sua bunda sem nenhum tipo de delicadeza e de senso.

Afinal  estavam fazendo isso em frente à tantas pessoas.

E o outro não pode se importar menos, geralmente ele estaria irritado por estar tendo um momento um tanto íntimo com alguém em público.

Esse foi o que fez Taehyung perceber que Jeon seria um pouco diferente de todos os seus ficante




Notas Finais


Odeio provas! Sorte dessa shortfic já estar terminada! Por que se não nem postar eu iria.😥

Espero que tenham gostado!

Até mais❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...