1. Spirit Fanfics >
  2. Seria um Sonho? >
  3. Verdade ou desafio?

História Seria um Sonho? - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Capa diretamente do episódio de hj de Boku no Hero, não tem nada a ver com o capítulo, mas eu quis colocar ksksks
Eu e a Rairakku infartamos, pq o Todoroki tbm fez uma coisa assim kkkkk

Esse é um capítulo de descontração, já que daqui pra frente vai ser só tiro, porrada e bomba rsrs

Tenham uma boa leitura!

Capítulo 10 - Verdade ou desafio?


Fanfic / Fanfiction Seria um Sonho? - Capítulo 10 - Verdade ou desafio?

Depois de uma tarde cheia de treinamentos, as meninas se reencontram com a futura e maravilhosa sala delas. Todos tinham saído juntos, para se conhecerem melhor


°.•.POV Rairakku°.•.


Droga, eu vou chegar atrasada! Que merda! Eu nunca me atraso, mas quando eu quero chegar cedo, o mundo inteiro fica contra mim!

(N/A: Acontece direto comigo...)


Cala a boca que ninguém te perguntou nada, Autora!


Enfim...

Quando eu finalmente chego no local marcado, eu chego perto do meu lindo Katsuki e começo a noite já falando bosta


–Ei Bakugou...Conhece a Gi?- Digo um pouco baixo, mas em um tom que ele consiga escutar


Bakugou- Gi?- Ele responde tentando lembrar de algo


– A gigante vontade de te beijar!- Falo com um grande sorriso estampado no rosto, me segurando para não rir.


O Bakugou estava com uma cara de criança que está prestes a aprontar


- Eu tam--


Antes de Biribinha terminar sua fala, Raisu começa a gritar, chamando a atenção de todos


Raisu- Ei pessoal! Vamos jogar alguma coisa, o clima 'tá muito chato!


Na hora eu só olhava para o rosto daquele babaca maravilhoso sem conseguir falar nada, mas por dentro estava me perguntando oque iria acontecer depois das palavras do loiro…


Depois de alguns minutos os alunos que estavam na sala se sentaram em uma roda para decidir um jogo

 

Eu olhei para as meninas, Raisu dava altas risadas com Kaminari e Kirishima, Roberuta estava no seu canto, sorrindo. Eu só imagino o que se passa na cabeça dela. Eu também observei o Todoroki tomando água, enquanto olhava para o rosto de Betta discretamente, na hora que olhei o Cabelinho de K-pop bebendo o líquido naquela garrafinha, já tinha pensado no jogo perfeito!


–Ei gente! Vamos brincar de verdade ou desafio! 


Os outros concordaram e o Bakugou  arrancou a garrafa de água da boca de Todoroki, e deu na minha mão, agradeci e comecei o jogo!


Giro a garrafa e... :

– Yaoyorozu pergunta para Todoroki!

 

Yaoyorozu- Verdade ou desafio? Todoroki-senp... 


Betta olha para Momo com um olhar de raiva como se quisesse matar ela 

(N/A: Melhor não se envolver, você já sabe o meu papel. Não queira pagar pra ver o quanto eu posso ser cruel...)


Autora, chega. Se não eu vou dar um jeito de ir aí dar na sua cara!


Continuando...

Yaoyorozu- Digo.... Todoroki - san!- Responde, enquanto sorri nervosa.


Todoroki- Eu quero verdade. 


Yaoyorozu- Em uma escala de 0 a 10, qual chance eu tenho para ficar com você?? 


Betta olha para Yaoyorozu com um olhar de "Dependendo da resposta dele, você morre", e depois olha para Todoroki com um olhar de preocupação, aguardando a resposta do mesmo. Roberuta não queria cometer o seu primeiro homicídio em um jogo de verdade ou desafio.


Shoto responde bem decidido:


- 11 


- É SÉRIO ISSO?!- Momo grita, ela estava muito feliz 


O olhar de Roberuta desvia para baixo, parecendo que estava esperando por isso, ela estava com um sorriso de canto, mas óbvio que eu e a Raisu percebemos que ela tinha ficado bem triste. 


Todoroki dá uma risada debochada e fala:

-Claro que é sério! Em uma escala de 0 a 10, 11 não existe.


Momo abaixa a cabeça claramente magoada.


Enquanto isso Betta está tentando se segurar ao máximo para não dar altas gargalhadas.


Os outros dão risadas, enquanto Todoroki sorri olhando para os olhos de Roberuta. 


–Ótimo! Vamos girar novamente!-Eu digo depois de rir muito


Giro a garrafa e....

–Kaminari pergunta para Kirishima!!!


Kaminari- Verdade ou desafio?- Pergunta já tendo algo em mente


Kirishima- Verdade!- Ejirou responde com um grande sorriso como sempre.

 

Kaminari- O beijo que você e a Raisu deram… Foi de propósito?


Raisu fica vermelha, com uma cara de "vocês viram?"


O Baby Shark responde com um tom um pouco sério:

-Claro que foi!


Eu e a Roberuta nos olhamos, com certeza faríamos um grande interrogatório depois.


Raisu- 'Miga, me segura!!!-Ela fala e se joga no colo de Betta


Betta- RAISU!!! SE CONTROLA, CARAMBA!!! 


Depois de um tempo rindo, eu giro novamente a garrafa:


– Betta pergunta... para MIM!


Betta- Verdade ou desafio?


–Desafio!- Eu disse com um tom literalmente desafiador.


Betta-Você sabe que sou horrível com desafios! Mas dessa vez eu tenho um que pode ser útil: Se declare para seu crush!- Disse essa última parte como se estivesse mandando um pokémon sair da pokébola.


Ela sabia que eu precisava de um momento com o meu Biribinha


–Err... Tá bom...


Como o Bakugou estava do meu lado, eu nem precisei me levantar


–Bom, Bakugou… Você é muito legal, sabe? E eu sei muito sobre você, mas eu não diria que sou uma maníaca por causa disso…-Eu disse encostando meus dedos indicadores um no outro, quando eu juntei toda a coragem que tinha em mim- EU TE AMO, BAKUGOU!!! Eu nunca amei alguém como eu te amei, vai se fuder! Você é o único que me deixa louca! 


Bakugou ficou me olhando por um tempo, esperando que eu falasse mais alguma coisa. Ele desviou o olhar por um instante e antes de ele poder me olhar de volta, eu dei um forte abraço nele! 


Bakugou arregalou os olhos e ficou paralisado mas por eu não desistir de soltar ele, o mais velho retribuiu o abraço. Ficamos alguns segundos assim, todos ao nosso redor continuavam conversando, mas nós não ouvíamos nada. Eu só escutei a Raisu me chamando, pois infelizmente o momento de encontro da turma acabou, já eram 23:00 e na manhã seguinte eles teriam aula. Todos já tinham levantado, Roberuta e Todoroki, Kirishima e Raisu, Kaminari e a Jirou, e todos os outros...

Enquanto eu ainda abraçava o Biribinha


Bakugou- Você... pode me soltar agora, sua Loli?!- Ele reclamou


–Desculpa, Biribinha!- Eu falei e soltei ele na hora 


E assim nós dois nos levantamos e saímos do local de encontro, eu segurei a mão dele, ele olhou para o meu rosto mas eu estava envergonhada demais para olhar para ele, ele só fez aquela cara de irritadinho e continuamos andando, de mãos dadas.


Notas Finais


Escrito por: @Rairakku_san

Eu apenas corrigi e adicionei algumas coisas que achei necessárias!

Espero que tenham gostado, o próximo capítulo é o de abertura do arco do Festival Desportivo!

Jaa Nee, minna-san!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...