História Seria um Sonho? (2.Temp) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X
Personagens I'M, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Coreanos, Família, Filhos, Got7, Idols, Imagine, Monsta X
Visualizações 28
Palavras 2.832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Na capa está a Maya de vestido branco, a Lara de vestido preto, no meio está o Jungkook e em baixo o Hyon.

Boa leitura babys ❤

Capítulo 2 - 02


Fanfic / Fanfiction Seria um Sonho? (2.Temp) - Capítulo 2 - 02

Lara

Entrei na sala de aula e me sentei no meu lugar, no fundo, próximo a janela. Duas meninas se aproximaram da minha mesa e sorriram pra mim.

Xxx: Oi Lara, meu nome é So Yung e essa é a Hyorin ~ Elas sorriram

Lara: Olá ~ Sorri

Hyorin: Gostaríamos de ser suas amigas ~ Fiquei surpresa

Lara: Sério?

So: Sim ~ Ela sorriu e olhou para Hyorin ~ Nós vimos você sozinha e decidimos vir falar com você

Lara: Legal, obrigada

Hyorin: Seu cabelo é lindo ~ Ela passou a mão no meu cabelo ~ E macio

Lara: Obrigada

So: Eu queria muito ter cachos ~ Ela fez bico

Hyorin: Eu acho lindo mas não gostaria de ter

Lara: Eu queria ter o cabelo liso ~ Começamos a rir

Hyorin: Você não gosta do seu cabelo assim?

Lara: Gosto mas eu acho muito mais bonito o cabelo liso

So: Então por que você não alisa?

Lara: Já tentei mas para deixar ele liso teria que ficar usando química e isso é muito ruim, então eu aliso só às vezes mas não fica por muito tempo por causa do volume ~ Passei a mão no meu cabelo, jogando ele pra trás

So: Entendo

Hyorin: Eu já vi uma foto sua de cabelo liso ~ Ela sorriu ~ Você fica muito bonita

Lara: Ah, sério? Nossa, obrigada ~ Sorri meio envergonhada. Bateu o sinal.

So: Temos que ir para o nosso lugar, até o intervalo Lara ~ Elas foram se afastando da minha mesa

Lara: Até meninas ~ Sorri. Observei onde elas iriam se sentar. A Hyorin se senta na segunda carteira na frente da Soyung, elas sentam na fileira do meio.

Durante a aula ocorreu quase tudo bem porque tive problemas com algumas matérias. Deu o intervalo e as meninas me chamaram para sairmos juntas.

So: Lara, você gosta de ir no shopping?

Lara: Sim

Hyorin: Então vamos hoje? Depois da aula

Lara: Hoje não posso, já tenho compromisso

So: Entendo, pode ser amanhã?

Lara: Acredito que sim ~ Sorri. Ficamos conversando até que um rapaz se aproximou.

Xxx: Oi ~ Ele sorriu

Hyorin: Oi Ree ~ Ela sorriu meio envergonhada

So: Oi Ree! Essa é a Lara Jeon nossa mais nova amiga ~ Ela olhou pra mim e sorriu ~ Lara esse é o Ree Chang nosso amigo

Lara: Prazer conhecê-lo Ree Chang ~ Me curvei e ele fez o mesmo

Ree: Prazer conhecê-la Lara ~ Ele sorriu ~ Pode me chamar de Ree

Lara: Okay ~ Sorri e começamos a conversar. No final do intervalo voltamos para a sala, quando estávamos chegando na porta da sala vi a Jheny encostada na parede, ao lado da porta.

Lara: Oi Jheny! ~ Ela se assustou e me olhou.

Jheny: Que susto! Estava te esperando ~ Ela sorriu

Lara: Sério? ~ Dei risada e olhei para as meninas ~ Jheny essa é a Soyung e a Hyorin, minhas amigas, meninas essa é a Jheny, minha prima

So: Oi, prazer em conhecê-la

Hyorin: Oi

Jheny: Oi, prazer em conhecê-las ~ Ela sorriu

Lara: Então, por que você estava me esperando?

Jheny: Eu queria perguntar se posso ir embora com você hoje? Se não for incômodo ~ Ela respondeu em português

Lara: Pode! ~ Respondi em português também ~ Não é incômodo

Jheny: Obrigada ~ Ela sorriu

Lara: Magina ~ Sorri

-Jheny! ~ Escutei uma voz masculina chamar ela e vi um menino muito bonito a chamando.

Jheny: Estou indo ~ Percebi que ela ficou ruborizada ~ Te encontro na hora da saída

Lara: Okay ~ Sorri. Ela saiu e foi até o menino. Olhei para as meninas e elas estavam fazendo uma cara engraçada. Dei risada ~ Que foi?

Hyorin: É estranho quando vocês falam em português, parecia que estavam nos xingando ~ Começamos a rir

Lara: Não, ela veio me perguntar se pode ir embora comigo hoje ~ Entramos na sala

So: Ata ~ Fomos para nossos lugares e começou, novamente, a aula.

Hyon

Estou com saudades do Brasil, saudades dos meus amigos e da minha família do Brasil. Sei que meu pai trabalha aqui e minha mãe parece muito mais feliz aqui, então preciso me esforçar e dar meu melhor.

Hyon: Como foi hoje? ~ Perguntei para o Seok Ji Hoon, filho do Jin; a Kim Lucy Hyunjae, filha do Tae; o Kim Daniel Minjae, filho do Namjoon; o Park David Youngbae, filho do Jimin; e a Chang Kristen, filha do Im.

Hoon: Foi legal mas acho que eu devia ter vindo ontem ~ Demos risada. Eles faltaram ontem, primeiro dia de aula.

Lucy: Eu também acho

Kristen: Eu não ligo

David: Diferentona ~ Ele deu um leve empurrão nela

Kristen: Aish

Daniel: Podíamos estar todos na mesma sala né

Hyon: Verdade, seria bem legal

Hwa: Vocês nem me esperaram ~ Ele colocou o braço envolta do meu pescoço.

Hoon: Você demora muito ~ Ele revirou os olhos

David: Com certeza ~ Ele colocou o braço envolta do pescoço da Kristen

Hwa: Não enche! Você está ansioso para hoje?

Jenny: Eu estou, quero muito ir ~ Ela passou sorrindo e quase saltitando do nosso lado

Hwa: Não perguntei para você ~ Ela fechou a cara e revirou os olhos. Dei risada ~ Perguntei para o Hyon

Hyon: Eu estou ansioso também! Minha mãe está muito empolgada, então espero que dê tudo certo

Daniel: Vai sim

Hwa: Relaxa ~ Sorri. Continuamos conversando até a saída da escola. Nos despedimos, eles foram embora e eu fui procurar meu pai.

-Sr. Hyon? ~ Me virei e vi Cícero, nosso motorista ~ Seus pais me pediram para vir lhe buscar porque estão ocupados

Hyon: Okay mas sem "senhor", por favor ~ Sorri e ele também

Cícero: Está bem ~ Fui para o carro com ele.

Cícero: Gostaria que ligasse o rádio? ~ Ele me olhou pelo retrovisor

Hyon: Sim ~ Sorri e ele também ~ Coloca Queen, por favor

Cícero: Com certeza ~ Ele colocou a música e fomos para a escola da minha irmã. Quando chegamos vimos que os alunos já estavam saindo ~ Vou procurar a senhorita Lara e você me espera aqui, está bem?

Hyon: Está bem ~ Sorri, ele saiu e eu peguei meu celular. Fiquei jogando até que vi a Lara se aproximando do carro com a Jheny. 

Hyon: Oi Jheny ~ Ela entrou no carro, se sentando do meu lado e a Lara sentou na frente com o Cícero ~ Oi maninha

Lara: Oi maninho

Jheny: Oi fofo ~ Ela apertou minha bochecha ~ Tudo bem?

Hyon: Aigo ~ Passei a mão na bochecha ~ Tô bem e você? Você vai pra nossa casa?

Jheny: Estou bem! Não vo, eu só peguei uma carona mesmo ~ Ela fez bico ~ Se importa?

Hyon: Entendi, não! Tudo bem! Pode ir embora com a gente, sempre que quiser ~ Sorri 

Jheny: Obrigada fofo ~ Ela apertou minha bochecha novamente

Hyon: Seus pais vão trabalhar com a minha mãe, né? Na academia

Jheny: Sim, meu pai nem tanto mas minha mãe vai sim ~ Ela sorriu

Lara: Que músicas são essas?! Você que colocou Cícero?

Cícero: Sim, senhorita Lara

Hyon: Porque eu pedi, gosto delas! Mas se quiser, pode tirar

Lara: Se importa Cícero?

Cícero: Não senhorita Lara, pode mudar

Lara: Okay, vou por músicas de verdade

...

Maya

Hoje será a festa de inauguração da ONG que eu criei. Estou nervosa e ansiosa, espero que dê tudo certo.

Maya: Amor onde você estava?

Kook: Na Big Hit, eu e os meninos estamos resolvendo umas coisas ~ Ele se sentou na beirada da cama. Seu semblante parece triste ~ Por que?

Maya: Por nada, só queria saber ~ Sorri e fui até ele. Me sentei ao seu lado e passei a mão em sua costas, subi para a nuca e beijei seu ombro ~ Está tudo bem?

Kook: Sim e você? ~ Ele olhou pra mim e passou a mão no meu rosto, sorriu e me deu um selinho ~ Está muito ansiosa?

Maya: Com certeza, muito ansiosa! ~ Ele sorriu, segurou meu queixo e me beijou.

Kook: Não se preocupa que vai dar tudo certo! Você está trabalhando nisso já faz tempo, é algo que você lutou para ter! Sem contar que eu, sua família e amigos, estaremos ao seu lado te apoiando ~ Ele sorriu e me deu um selinho ~ Vai ficar tudo bem, relaxa

Maya: Obrigada amor ~ Beijei ele. Me sentei em seu colo e fui descendo uma trilha de beijos por seu pescoço. Senti suas mãos em minhas costas, descendo para meu bumbum.

-Chegamos! Omma?! Appa?!

Kook: Aish, vamos descer

Maya: Sim ~ Dei risada

...

Já estou com meu vestido, terminando de me arrumar. Escutei batidas na porta e logo depois a mesma foi aberta.

-Omma? ~ Saí do closet e vi a Lara ~ Uau você está linda! Amei seu vestido!

Maya: Obrigada filha, você também está linda! Esse vestido ficou ótimo em você! Deixa eu ver suas unhas ~ Me aproximei dela e olhei as unhas dela. Ela queria fazer as unhas, então pedi que uma manicure viesse em casa para fazer ~ A moça que veio é boa né, está linda sua unha

Lara: Sim ~ Ela se sentou na minha cama e eu fui procurar meus brincos ~ Omma, amanhã posso ir no shopping com umas amigas?

Maya: Amigas? Quem? ~ Olhei pra ela e sorri ~ Hmmm meu bebê já está fazendo amizades na escola e querendo sair

Lara: Para omma! ~ Ela riu ~ Elas se chamam So Yung e Hyorin, são da minha sala e me chamaram para ir hoje no shopping mas como tenho compromisso deixamos para amanhã

Maya: Entendo, vou falar com seu pai primeiro, tá bom?

Lara: Tá ~ A porta do quarto foi aberta e o Hyon entrou ~ Já falei que tem que bater na porta!

Hyon: Aish, desculpa! Uau! Omma a senhora está linda!

Maya: Obrigada meu bebê, você também está lindo! Aliás meus dois bebês estão lindos, igual a mãe haha ~ Me aproximei dele e lhe dei um beijo na testa ~ Agora vamos! Antes que seu pai surte

Lara: Ele já deve estar surtando ~ Estávamos descendo a escada e o Kook já estava com cara de bunda.

Kook: Vocês demoram muito! Maya, não está faltando pedaços nesse vestido? ~ As crianças começaram a rir

Maya: Não, amor! Está tudo certinho ~ Fui até ele e sorri ~ Agora vamos

Kook: Você gosta de me provocar ~ Ele falou próximo ao meu ouvido e apertou minha cintura. Sorri e saímos de casa.

...

Chegamos no local da festa e já havia muitos jornalistas na porta, e fãs de alguns dos convidados. Eu e o Kook entramos cumprimentando a todos, as crianças foram um pouco atrás acompanhados pelos seguranças porque prefiro preservar a imagem deles.

Kyu: Maya, vamos? Já estão lhe aguardando ~ Vou fazer uma coletiva de imprensa antes de ir para a festa, para esclarecer dúvidas e falar sobre a ONG.

Maya: Sim ~ Dei um selinho no Kook ~ Não é melhor as crianças entrarem? Não quero os jornalistas em cima deles

Kook: Já vamos entrar, só vamos ficar aqui um pouco

Maya: Okay, não se esqueça que nós dois temos que tirar as fotos depois da coletiva

Kook: Não vo esquecer ~ Ele me deu um selinho e logo depois fui para a coletiva. Na hora que entrei me curvei e me sentei, vi os jornalistas e o Kook com as crianças no canto ~ Boa noite, meu nome é Maya e estou aqui para responder algumas de suas perguntas a respeito da ONG Blue Bird

Kyu: Por favor, um de cada vez ~ Um rapaz levantou a mão ~ O senhor

Repo1: Qual a finalidade dessa ONG?

Maya: Poder ajudar crianças e adolescentes carentes, com o dinheiro que arrecadarmos pretendo doar para entidades que abrigam essas crianças e ajudar outras ONGs que dão auxílio para vítimas de guerras! E em breve estarei abrindo o instituto Blue Bird, não só na Coréia mas também no Brasil ~ Uma outra pessoa levantou a mão

Repo2: O instituto vai ser para dar abrigo a essas crianças?

Maya: Não! Ele vai ser um projeto onde as crianças e os adolescentes vão ter aulas e brincadeiras! Um lugar onde eles possam se sentir acolhidos, ter, e desenvolver, idéias! Busco uma forma de tira-los das ruas, muitas crianças depois que saem da escola ficam nas ruas ou dentro de casa sem fazer nada

Repo3: Por que você está fazendo isso?

Maya: Porque é triste a realidade dessas crianças que são abandonadas, das crianças que tem um lar mas são maltratadas, que estão nos abrigos mas também são maltratadas! Só cuidam bem delas quando o promotor de justiça vai visita-las, dos adolescentes que se sentem perdidos, que estão com depressão mas falam que isso é frescura! É triste ver crianças e adolescentes usando drogas, bebendo até estar em coma de alcoolismo, roubando, matando, morrendo por conta de violência ou depressão! Ninguém deveria passar por isso! Sei que não podemos protege-los de toda a maldade mas podemos conscientiza-los e ajuda-los a ter um bom futuro! Podemos mudar a realidade de muitas crianças

Repo4: E como podemos confiar de que todo o dinheiro vai para a doação?

Maya: Tenho um site e nele está os nomes dos abrigos e ONGs das quais ajudo! Todo o progresso e atividades do instituto estará nele também, então todas as pessoas que estiverem ajudando ou estiver interessada em ajudar poderá estar acompanhando

Repo5: Você está fazendo isso por conta da realidade do Brasil?

Maya: Faço isso por conta da realidade do mundo! Em todo lugar tem violência, drogas, sofrimento e etc; Aparentemente existe diferença sim, se você comparar bairros pobres da Coréia e do Brasil, mas não quer dizer nada! Crianças são abandonadas da mesma forma, adolescentes que ao completar maior idade precisam sair do abrigo e acabam saindo para ficar nas ruas porque existe muito preconceito por conta do fato de que eles não tem família ~ Peguei a garrafinha de água e dei um gole.

Repo6: O leilão que irá ocorrer durante a festa será para conseguir fundos para a ONG?

Maya: Sim

Repo6: O BTS tem parte na ONG?

Maya: Sim, eles e a Big Hit também são um dos colaboradores nisso! Sou muito grata pelo apoio de todos que aceitaram fazer parte disso, para podermos pelo menos tentar fazer do mundo um lugar melhor ~ Sorri.

Xxx: Você apenas está querendo fama! Chamar atenção bancando a boazinha, me poupe disso! Todos artistas fazem isso

Maya: O que? ~ Procurei pela pessoa e vi um rapaz me olhando com raiva.

Xxx: Você fala sobre drogas, alcoolismo  e suicídio ~ Ele deu risada ~ Pelo que eu fiquei sabendo você também passa por isso, por que não conta para todos que você também precisa de ajuda?

Maya: Que? ~ Os seguranças entraram.

Repo3: Isso é verdade? ~ Todos começaram a me questionar

Xxx: É sim! Fala a verdade! Se quer que todos confiem em você ou você não quer que seus filhos saibam? ~ Ele sorriu malicioso. Comecei a me sentir nervosa.

"Quem é esse? Um hater?" ~ Olhei para o Kook e as crianças, parecem preocupados.

Maya: Não tive uma infância difícil, minha família sempre cuidou bem de mim e nunca me faltou nada mas infelizmente na minha adolescência passei por alguns problemas com bebidas porque bebia descontroladamente e mais tarde passei por problemas com depressão, drogas e bebidas! Foram problemas pessoais, que sinceramente não vou dizer que foi o motivo do qual me levou a usar drogas ou tentar suicídio! A maior culpada fui eu, que procurei diversão, refúgio da realidade, "salvação" nas coisas erradas! Meus pais e familiares tentaram me ajudar mas eu não via isso, pensava que estava sozinha mas eu nunca estive sozinha ~ Comecei a chorar, respirei fundo ~ A depressão faz você pensar que está sozinha mas não está! Infelizmente eu só percebi isso quando quase perdi minha vida! Eu não sei onde o senhor descobriu essas informações mas lhe digo uma coisa, não fale o que não sabe! O senhor não me conhece e não sabe nada da minha vida

Xxx1: Você não pode querer ser uma pessoa exemplar se é toda errada! Ele tem razão em querer mostrar a verdade ~ Uma garota falou

Maya: Eu nunca disse que sou um exemplo de pessoa! Ninguém é! Apenas estou tentando ajudar o próximo para que não passem pelo que eu passei ou por situações piores, se eu ficar remoendo meu passado ou me privando de fazer o bem porque já fiz coisas erradas, eu nunca vou viver! Não me arrependo de ter curtido e vivido, me arrependo de ter curtido da forma errada com coisas que me fizerem mal ~ Sequei minhas lágrimas ~ Só porque tenho fama, não quer dizer que não tenho problemas ou um passado! Sou humana e também erro, acredito que minha vida pessoal não lhes diz respeito

Repo1: A senhorita tem razão  ~ Ele começou a bater palmas e todos os outros também. Os seguranças retiraram o rapaz e a garota.

Repo3: Você acha que isso vai dar certo?

Maya: Sim, se eu puder fazer a diferença para pelo menos uma criança já me sentirei feliz ~ Sorri

Repo5: Essa é uma ONG particular?

Maya: Sim mas parte dela tem ações governamentais

Repo4: Amanhã será a abertura da academia de dança Rise Up?

Maya: Sim ~ Sorri ~ Amanhã irei inaugurar a academia de dança, parte dos fundos dela será para a ONG

Repo2: Para participar terá que pagar?

Maya: Sim mas não será caro porque quero poder dar oportunidade para todos

Kyu: Bom, a coletiva está encerrada! Agradecemos a presença de todos

Maya: Obrigada pela presença ~ Me curvei e sai.

.

"Eu me sinto um produto descartável

Desprezado no depósito dos rejeitados

Esperando alguém pra chamar de pai

Esperando alguém pra chamar de mãe"


Notas Finais


Obrigada por ler! Espero que tenham gostado 😊

Para escrever esse capítulo me inspirei na música 'Depósito dos Rejeitados' do Eduardo, quem quiser ouvir super recomendo.

https://youtu.be/pNuVuKgdcuk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...