1. Spirit Fanfics >
  2. Seria você a pessoa certa? >
  3. Primeira impressão

História Seria você a pessoa certa? - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Primeira impressão


Fanfic / Fanfiction Seria você a pessoa certa? - Capítulo 2 - Primeira impressão

_ Michael Já assinou a papelada para a reunião? 

 

_ Não Chris, e não vou, ele vai ter que ceder! 

 

_ Você não tem jeito, alias tudo tem sempre que ser do seu jeito. 

                                                                 ( Michael) 

Parecia ser um dia tranquilo, sento na cadeira  e observo a pilha de papeis sobre a minha mesa, relatórios, acordos e tudo depende de mim. Tem sido assim desde que assumi a empresa que herdei dos meus pais, nunca pensei ser um homem de negócios, depois de estudar a vida inteira para isso, não teria outro caminho. Assumir as empresas Jackson's era o meu dever e apesar de ser cansativo, comandar e mandar é o que eu sei fazer de melhor, claro que existem outras coisas, mais não vem ao caso agora. 

Meu nome é Michael Jackson, tenho 30 anos. Meu trabalho consiste em investir em empresas menores, minha equipe oferece todo o suporte. E assim aumentamos os lucros, muitas vezes acabo comprando as empresas e expandindo, administrar ocupa boa parte do meu tempo. Olho pela janela o dia está chuvoso, respiro fundo e vou para a reunião que com certeza vai durar horas. 

                                                                   ( Júlia )

Mais um mês se passou, como todos os outros dias fico pensando como organizar minha vida, olho pela janela o dia chuvoso só me faz desanimar. Me chamo Júlia tenho 25 anos, sou formada em jornalismo, e apesar de procurar todos os dias, não consigo trabalho na minha área, as vezes me pergunto se não está na hora de tentar algo novo, já estudei administração de empresas e sei que sou boa nisso, já trabalhei em pequenas empresas. Mudar os planos nunca é fácil, só que passar por tantas coisas que já passei também não. Então é levantar a cabeça e seguir em frente. 

_Nossa que cheiro delicioso de café!

Ouço passos na escada é minha melhor amiga Suzy, nos conhecemos desde a adolescência é uma amizade de anos, no momento dividimos um apartamento em um bairro simples. 

_ É parece que café ainda sei fazer. 

_ Ahh para amiga, ainda essa desanimo ?

_ O nome se chama desemprego. 

_ Calma, tudo vai se ajeitar, logo você consegue. 

Suzy é uma amiga incrível, apesar de doidinha as vezes, sempre consegue me colocar para cima, tem um jeito louco de levar a vida sem se preocupar muito com nada, confesso que em algumas áreas da minha vida eu tenho que aprender a ser assim. 

_ As contas não esperam, esse mês você vai pagar o aluguel sozinha de novo. 

Suzy trabalha em uma loja conceituada de roupas, e está prestes a ganhar o cargo de gerente. 

_ Amiga relaxa, eu estou saindo com um cara que..por falar nisso, desculpe por ontem. 

Olhamos sem graça uma para a outra, o apartamento é pequeno e eu sempre acabo tendo que escutar as noites agitadas da Suzy. 

 _ Liguei o som bem alto, fica tranquila 

_ Amiga é disso que você precisa sabia?

_ Preciso do que?

_ Transar! 

Reviro os olhos para mais uma lição sobre a minha vida amorosa, que no momento nem existe..

_ Eu não tenho tempo, tenho coisas mais importantes. 

Termino meu café, pego a bolsa para deixar alguns currículos, mais um dia andando muito. 

_ É sério amiga, quanto tempo está sem ninguém? 

_ Eu sei lá,  talvez uns 4 anos e o que tem isso?

_ Precisa viver, sabe disso!

_ Preciso cuidar da minha vida, não acredito em romances e amor..e não estou afim de sexo sem compromisso..então até mais tarde..fui! 

_ Se não acredita em romance e não quer sexo sem compromisso, amiga tadinha de você! 

mando de longe um beijo para ela, e saio com a minha pasta pronta para mais um dia. Não quero ser grossa com a minha melhor amiga, mais ela precisa entender que não consigo pensar em outras coisas que não seja o meu trabalho, a minha vida profissional. 

Não sou de família rica, sou recém formada, tentando construir uma carreira  e como a maioria da população, preciso pagar contas. E ainda tenho o sonho de ter uma vida financeira estável, sem me preocupar com a fatura do cartão no final do mês. 

                                                                      ( Michael) 

Depois de horas de reunião e uma manhã cansativa, decido ir tomar um café. hoje seria um dia perfeito para relaxar ao lado da Lisa, é uma mimada que não faz nada a não ser depender de mim, mais pelo menos transa bem. Separo alguns papéis, quando Chris entra na minha sala. 

_ E ai Mike o que achou da reunião?

_ Tirando o seu sono excessivo, foi tudo bem! 

_ Cara somos amigos, para você não preciso negar, eu estou saindo com uma gata que.. 

_ Chris, aqui sou seu patrão, não o seu amigo!

Falo sem olhar nos olhos dele, fechando algumas planilhas no computador, eu não sei quando me tornei essa pessoa arrogante, mais é assim que eu sou e não vou mudar nunca. 

_ Desculpa Mike só achei que.. 

_ Ta bom sem desculpas, vamos tomar um café?

Fecho a minha sala, e decidimos ir em uma lanchonete, peço para que ele faça os pedidos enquanto tento ligar para a Lisa.

_ Então está saindo com a loirinha ainda?

_ Estou a Lisa é legal..mais só para transar e beber um bom vinho, nada além disso. 

_ Fala isso, por que nunca mais se apaixonou por ninguém. 

_ Que eu esteja livre dessa cilada, por toda minha vida

_ Mike quando vai superar o que...

_ Chris chega, não tem o que superar, é passado.

O nosso café chega, a garçonete fica me olhando e retribuo o olhar, até que é bem gata. 

_ Mike você sabe por que se tornou esse homem arrogante e frio com todos 

_ Cuidado, esse arrogante paga o seu salário que é bem alto! 

tento dar um sorriso para ele entender que estava brincando, ele percebe os olhares da garçonete e começamos a rir. 

_ Ta bom patrão, se insiste em ficar sozinho. 

_ Eu nunca estou sozinho, tenho a mulher que eu quiser, dinheiro, uma certa fama no mundo dos negócios, não me falta nada. Não preciso dessa ilusão que os idiotas chamam de amor. 

                                                                                 ( Júlia) 

Depois de um dia cansativo, decido tomar um chocolate quente, está frio e para completar meu guarda chuva quebrou, entro na lanchonete completamente molhada. Faço o pedido e escuto risos vindo de uma mesa, onde vejo dois rapazes de terno conversando. Um deles está de frente para mim, é impossível não perceber esse sorriso, desvio minha atenção, não posso perder tempo com isso. 

                                                                             ( Michael)

Estou distraído rindo com as bobagens que o Chris fala, quando uma moça entra e pede um chocolate, está toda molhada, usa uma roupa social, porém simples. Tenta proteger uma pasta, perguntando se a atendente teria um saco plástico. Não consigo me concentrar na conversa, tudo que prende minha atenção são os seus olhos...Nunca vi um olhar tão bonito, sério e cativante ao mesmo tempo. 

                                                                   ( Continua....) ????

 

 


Notas Finais


obs: Queridas leitoras, postei o primeiro capítulo, quero muito continuar, mais se não estiverem gostando peço por favor que me falem, para eu saber se continuo ou se paro. desde já agradeço bjs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...