1. Spirit Fanfics >
  2. Serial Killer - Han Jisung >
  3. Tortura

História Serial Killer - Han Jisung - Capítulo 3


Escrita por: e ParkMimi11


Notas do Autor


Realmente não tenho o que dizer ksksks

📌meio revisado
📌boa leitura 💞

Capítulo 3 - Tortura


Fanfic / Fanfiction Serial Killer - Han Jisung - Capítulo 3 - Tortura

Depois que eu percebi que tinha que matar a menina já me arrumei colocando minhas roupas de capuz e máscara para ninguém me ver....nesse momento ela deve estar no hospital mais próximo do acontecimento então vou para lá 

Logo quando chego vejo ela sentada em um banco esperando notícias da pessoa que eu matei....um médico vem na direção dela e fala que ele acabou morrendo não tinha como ele sobreviver afinal eu perfurei o coração dele....

Han:-Me aproximo da mesma- Sinto muito pela sua perda

S/N:Eu nem o conhecia mais fico triste por ele ter morrido....Meu mim é S/N e o seu?

Han:Han Jisung prazer 

S/N:Prazer

Han:Quer que eu a leve em casa não está seguro para uma moça andar sozinha na rua...está sabendo do Serial Killer?

S/N:Ah sim estou,Eu agradeceria se me levasse até lá 

Vou em direção ao meu carro e a menina vem atrás quando ela abre a porta vejo se ninguém está olhando coloco um pano na boca dela e enfio ela dentro do carro 

Quebra De Tempo 

Quando eu cheguei em casa trouxe a menina junto e já amarrei ela em um cano no porão para ela não escapar....dps disso tiro minha máscara e minha jaqueta e ligo no jornal pra ver se está passando sobre alguma pista sobre as minhas mortes

Han:Ah lembrei deixei aquela imunda no porão - aumento a televisão pra escutar lá de baixo e logo desço no porão com minha faca na mão para matar a mesma -

Han:Lembra de mim? - digo tirando o pano do rosto dela - 

S/N:Claro que não eu nunca te vi 

Han: Então não sabe quem matou aquele homem? 

S/N:Lógico que não,Apesar que agr eu sei né 

Han:Puta merda que burrada véi - digo colocando a mão na minha testa - 

S/N:Um Serial Killer cometendo burrada tenho que rir kkkk

Han:Não importa vc vai morrer de qualquer jeito - Digo já apontando a faca para a cabeça dela e a mesma já se encolhe quando eu ia matar....- 

Jornal:Um garoto diz ter pistas do Serial Killer....Várias fitas gravadas mostrando o rosto do assassino...

Han:ótimo mais uma pessoa pra matar vou achar esse garoto logo antes que de merda - digo colocando o pano de volta na garota me visto e saio de casa - 

Quebra de tempo 

Logo soube que quem grava as fitas sobre mim..... é um do meus amigos logo vou para a casa dele fingindo que ia visitá-lo 

JG:Jisung....Oque faz aqui? - o mesmo já pergunta assustado então eu fingi que não sei de nada - 

Han: Eu vim te visitar e o ChangBin disse que vc tá devendo pra e ent vim avisar tbm....

JG: Ata entendo....quer tomar alguma coisa? 

Han:A claro

Quando o mesmo se vira para ir a cozinha eu o ataco por trás e coloco um pano na boca dele para o mesmo não gritar.....Logo dps levo ele para um quarto vazio....Percebi que tem câmeras pela casa toda então desligo as mesmas 

Han:Eu não queria que fosse assim mais você vai acabar contando pra todo mundo que eu sou o Serial Killer..... Não vou te matar que nem as outras pessoas só vou te deixar inconsciente....- Logo avisto um tijolo pois estávamos meio que no "deposito" da casa do Jeongin- 

Han:Eu não queria que acabasse assim dscp.....- Logo eu bato o tijolo na cabeça dele que começa a sangrar deixo o tijolo alí mesmo e saio da casa - 

Bang Chan ON 

BG:Fico me perguntando onde raios o Jeongin tá não era pra ele tá aqui faz 30 minutos???

WJ: Pse temos que pegar o assassino logo....

BG:Vou pedir pro ChangBin ir lá na casa dele....- O mesmo diz pegando o telefone e ligando para ChangBin -

ChangBin ON 

CB:Alô? 

BG: ChangBin vai lá na casa do Jeongin ele tá atrasado 

CB:Eu já tava a caminha da casa dele,Ele tá me devendo dinheiro das fitas...

BG: Okay então qualquer coisa me ligue 

Desligo o cll e vou caminhando até a casa do Jeongin,Logo bato na porta mais ninguém abre...

CB: olá? Jeongin? - empurro a porta e a mesma estava aberta - Que estranho...

Procuro na casa inteira e não acho só falta um quarto o depósito dele então vou até lá 

CB:Jeongin? - abro a porta e não acredito no que eu vejo Jeongin jorrava sangue - Aí mds....

Logo ligo para a ambulância e a mesma chegava, enquanto isso volto para a casa dele limpar toda aquela cena de tortura....

Quando acabo desço e vejo várias fitas em uma prateleira...era as fitas que ele tinha comprado então começo a escutar as fitas mesmo que não seja da minha conta...Pego a primeira fita que vi,e coloquei na TV. Ela nao mostrava nada,provavelmente a camera foi desligada

Fita:M-m-me salve....p-p-por favor

Desligo a fita,não conseguiria ouvir mais aquilo. Pego o celular ligando para Chan

Bang Chan ON

Ligação On 

~ alô? Chan?

Ah é vc,oi Changbin,achou o Jeongin?

~Achar eu até que achei,mas...aconteceu algo ruim com ele

O que aconteceu com ele? - Pergunto me levantando da cadeira onde estava

~Ele...Ele estava inconsciente no depósito da casa dele,e tbm estava amarrado

E onde vcs estão agora?

~Estou indo no hospital com ele

Então vou ir aí

~ok

Ligação Off

Encerro a ligação, e furioso dou um soco na mesa a minha frente e vejo Woojin se aproximar 

Wj: Chan o que aconteceu pra vc estar tão nervoso?

BC: O JEONGIN PORRA!! O Changbin encontrou ele inconsciente na casa dele 

Wj:Então vamos ao hospital rápido!!

Pego minhas coisas e fomos correndo para o hospital. Em frente dele,entramos rapidamente,e falamos com a recepcionista

Rece:Olá,quem desejam ver?

BC:Yang Jeongin,onde está?

Rece:Ele está...- ele olha em seu computador - na sala 74B no 4 andar,só pegar o elevador a direita

Nada falei,apenas corro até o elevador sendo seguido por Woojin. Aperto no botão do 4 andar,e espero o elevador subir,assim que abre saio correndo do mesmo e procurando a sala 74B. Acho a mesma e entro nela.

Cb: Shiii!! Ele está descansando  - Depois que o mesmo fala isso,um médico entra na sala

Médico: Jeongin não está bem,seus batimentos estão fracos,e ele possivelmente pode entrar em coma

Wj:Por que?

Médico:Porque com a pancada em sua cabeça,acabou lesionando a área de ativação cerebral!

BC:E pode durar quanto tempo?

Médico: Só depende dele para isso,e se ele não acordar depois de 1 mês,teremos que desligar seus aparelhos

BC:Não,vc não vai fazer isso!!

Médico:Esse é o meu trabalho. Oh sim! Se ele não for forte o bastante...pode acabar morrendo - me afasto um pouco do lugar de onde estava

BC:Ele é forte,não vai morrer 

Médico:Torçam para isso,pois as expectativas são grandes - ele disse se retirando da sala

Wj:Precisamos falar com o Seungmin,vou mandar uma patrulha para investigar a casa do Jeongin - Ele pega seu celular se afastando um pouco

CB:Vou chamar os outros meninos pra vir aqui - Ele se afasta tbm

Chego mais perto de Jeongin observo seu rosto. Nada disso deveria estar acontecendo,é tudo um pesadelo,eu preciso acordar!

Jisung ON

Depois que sai da casa de Jeongin,volto até a minha indo direto para o porão. E pego minha faca

Han:E aí princesinha,voltei - Digo tirando o pano de sua boca - Shiii,sem gritar,não vai querer morrer não é mesmo? - mostro minha faca para ela.

S/n:O que foi fazer?

Han:Um amigo meu estava quase descobrindo sobre mim,então dei um jeito.

S/n:Vc matou seu próprio amigo?!

Han:Que? Não,não eu só apaguei ele

S/n:Vc não é amigo de ninguém,vc é um inimigo isso sim!

Han:Chega! - digo me levantando da cadeira onde estava 

S/n:Vc é a pior pessoa que já conheci,não é atoa que  é um serial killer...sua mãe deve ter  tido vergonha de vc,ELA DEVE TER TE ABANDONADO PORQUE VIU O FILHO RUIM QUE ELA TINHA,ESTAVA CANSADA DE TANTO DESGOSTO

Estava andando pra lá e pra cá,e quando ela disse sobre minha mãe,acabei lembrando do dia em que meu pai matou ela na minha frente,e aquilo com certeza me deixou fora de mim

Han:EU DISSE CHEGA!! - Meu grito deve ter saído rouco,ja que quando eu fico com raiva fica assim,e então ela se assusta. Eu chego perto dela apontando minha faca em seu pescoço  - Vc não está com medo né? Está achando que eu sou só mais um assassino de merda por aí,entao eu vou fazer vc ter medo de mim

Saio de lá,e saindo de casa tbm,pego a primeira pessoa que vi,era uma mulher aparentemente de 25 anos e que estava indo trabalhar. Puxo a mesma que se debatia até a porão da minha casa,chegando lá,a jogo no chão.

??:Socor- interrompo ela

Han:Nem pense em gritar

Apenas a luz da janela iluminava o lugar,e não era o bastante para verem o que eu tinha ali. Então vou até o interruptor e ligo a luz,e as garotas se assustam com os equipamentos de tortura que eu tinha.

S/n:V-vc é mesmo um serial killer?

Han:Sim princesinha,sou

??:Serial killer? - a mulher dizia assustada 

Han:A não fique com ciúmes,agora minha atenção vai toda pra vc tá bom? Me chamo Han Jisung e vc?

??:Não vou dizer

Han:Tem certeza? - digo olhando a faca em minha mão.

??:A-ah me chamo Mary Jane

Han:Belo nome,e trabalha do que?

MJ (Mary Jane): Médica legista

Han:Conhece Lee Minho?

MJ:S-sim ele é um amigo íntimo meu de lá 

Han:Sente algo por ele?

MJ:N- a interrompo de novo

Han:Não minta

MJ:Sim,eu gosto dele

Han:Que pena,ele nunca disse gostar de ninguém

MJ:Conhece ele?

Han:Ele é meu melhor amigo

MJ:NÃO! Minho nunca seria amigo de alguém como vc!!

Han:Já chega,venha vamos brincar um pouco

S/n:O que vai fazer com ela?

Han:Nada demais - Digo a puxando,mas ele recusa 

MJ:Não quero!! Me deixe ir pfv,não contarei pra ninguém sobre vc,eu juro - ela diz chorando,e odeio pessoa com drama na minha frente

Han:Levanta  - Ela nega - LEVANTA!! - Eu a puxo,e ela me segue - senta - mando ela se sentar em frente à uma mesa de madeira

S/n:Jisung o que vai fazer com ela? Deixe-a ir,ela não te fez nada

Han:S/n minha princesinha,isso é culpa sua,vc não acreditou em mim,e me desafiou,e olha agora - seguro no rosto da Mary Jane - A morte dela será culpa sua - Digo isso para mexer com a psicológico dela

S/n:JISUNG PFV,EU VOU NO LUGAR DELA!!

Han:Até parece,acha mesmo que depois de eu ter falado meu nome pra ela,eu iria deixá-la viva?

S/n:E-então eu vou morrer tbm? - ela pergunta com um semblante assustado

Han:talvez...

MJ:ISSO É TUDO CULPA SUA,EU NAO IRIA MORRER SE VC TIVESSE ACREDITADO NELE - Ela grita para S/n. Hum,agora eu gostei 

Han:Vamos começar,primeiro vou colocar a corda ali - pego uma corda qualquer,e penduro em um gancho alto que tinha,e faço um nó de enforcamento. Depois pego uma faca e um martelo.

MJ: O que vai fazer?

 Não a respondo,apenas pego uma corrente grande e pesada,e um chicote tbm,prendo ela com a corrente e deixo o chicote em cima da mesa. Na mesma mesa,tinha 2 espécies de algemas,porém algemas ficças da mesa,então prendi seus pulsos nas algemas e pego a faca.

Han:hora do show

Seguro a faca com firmeza,e corto um dedo dela

MJ:AAAAAAAA - A mais que grito insuportável 

Vou cortando todos seus dedos,igualmente a como uma pessoa corta batatas,e é claro que ela gritou bastante. Pego o martelo e bato com força em sua mão direita,fazendo o mesmo com a sua mão esquerda. 

Han:Levanta  - Digo depois que tiro suas correntes

S/n:J-jisung chega!! Já entendi que vc é o melhor serial killer,agora deixe-a ir pfv - ela diz chorando,e fiquei com um pouco de dó,mas não parei.

Han:Encosta na parede - Falo para Mary Jane,mas ela nem se mexe - ENCOSTA NA PAREDE!! 

E finalmente ela faz,chorando bastante por sinal. Pego o chicote em cima da mesa,e dou uma chicotada em suas costas

MJ:AAAAAAAAAAA

Han:Isso é música para meus ouvidos - Continuo dando fortes chicotadas em sua costas,e pelo seu corpo tbm. - Pode se virar lindinha - a mesma se vira

Vou até a corda que estava no gancho,embaixo dela coloco gasolina e um banquinho para que Mary consiga subir. Pego um isqueiro e a chamo.

Han:Chegou a melhor parte,venham

MJ:SOCOR- Corro até a mesma tampando sua boca,e pego o pano que estava na boca de S/n e coloco na dela

Han:Mandei não gritar,agora sobe no banco - Digo pegando minha taurus 98b (arma) e apontando pra ela.

S/n:JISUNG CHEGA PFV - Diz chorando. Me canso disso,e ainda com a arma apontada para Mary Jane,pego um outro pano para colocar em S/n. Deixo a arma de lado,e coloco a pano na boca da S/n,olho um pouco para o lado e vejo uma mao encostando na minha arma. Mary Jane! Dou uma cotovelada fazendo ela cair para trás.

Han:Péssima garota,se levante daí e faça o que mandei antes,e sem gracinhas - aponto minha arma pra ela,e ela se levanta indo até o banquinho, e subindo no mesmo,e pego meu isqueiro - Coloca a cabeça aí - Aponto para o círculo da corda. Chego perto da gasolina e acendo o fogo,e vejo o fogo subir e queimar o corpo da mulher a minha frente,que gritava de dor sem parar - pula - ela nada faz - PULA!

Ela continua sem pular,então empurro o banquinho rapidamente com o pé,para não me queimar. E vejo ela ser enforcada pela corda,e deixo ela queimar no fogo enquanto é enforcada,e vou até S/n me agachando em sua frente e tirando o pano de sua boca.

Han:agora acredita em mim? - pergunto dando um sorriso provavelmente assustador,e ela assente rapidamente - que bom - me levanto assim que escuto meu celular vibrar,e atendo

Ligação On 

~Jisung? Já é a 40° vez que te ligo,pensei que tinha acontecido a mesma coisa que Jeongin 

O que aconteceu com Jeongin,Changbin? - fingo nao saber de nada

~Jeongin foi atacado,está no hospital,ele pode acabar ficando em coma,se não acordar em 1 mês desligam os aparelhos. Mas tbm se não for forte o bastante,pode morrer

Deixo o celular cair assim que escuto a última frase. Não foi intenção de mata-lo,se ele morrer....Vou ser como meu pai? Matei alguém que amo muito?....




Até a próxima 


Notas Finais


Eai! Gostarum? Kskssk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...