História Sete dias com meu quase ex marido - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Visualizações 86
Palavras 1.506
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então gente, eu já tinha postado o capítulo neh (pra quem conseguiu ler antes de eu apagar kkk). Mas eu vi que tinha feito um erro terrível e excluí pra fazer algumas mudanças. Pra quem já tinha começado, tá praticamente a mesma coisa mas aí eu mudei aqui ok?

Boa leitura (e desculpa o erro) 🖤

Capítulo 3 - Terça - O novo amigo dela


Fanfic / Fanfiction Sete dias com meu quase ex marido - Capítulo 3 - Terça - O novo amigo dela

S/n on

Milly já estava há um bom tempo na piscina, então resolvi sair um pouco para que ela pudesse tomar algo para se idratar. Estava muito calor. Fomos até o pequeno drinkbar perto das outras piscinas e eu pedi dois sucos de laranja naturais.

— Aqui está – disse o garçom, colocando os dois copos sobre a bancada.

— Obrigada – agradeço e pego um dos copos para dar a minha filha. O copo era meio grande é minha pequena estava tendo um pouco de dificuldade para poder beber.

— Mamãe, não consigo – reclamou, chorosa.

— Tome. Isso vai ajudar – ouço a voz do garçom e vejo o mesmo segurando um canudo rosa nas mãos. Ele me olha sorrindo, tenho que admitir que era um belo sorriso. Agradeço novamente e coloco o canudo no copo, ficando feliz por ver Milly beber o líquido com mais facilidade.

— Está bom o suco, princesa? – pergunta o garçom para Milly.

— Sim – ela responde. — Eu gosto de rosa! – diz, se referindo ao canudo.

— Oh, sério? Que bom! – o rapaz responde, sorridente. — Ela é uma menina linda. Igual a mãe – dessa vez ele dirige a palavra a mim e eu fico surpresa com o comentário.

— Oh... Obrigada! – respondo, meio sem jeito.

— De nada! – ele pisca pra mim. Meu Deus, oque é isso?

Terminamos o suco e Milly pediu para voltarmos para a piscina novamente. O calor só aumentava, então não vi problema em realizar o desejo da minha pequena.

Jiyong on

Terminei meu banho e me arrumei, depois desci para o hall do hotel, onde alguns repórteres me esperavam para o início das entrevistas. Eles me levaram para um espaço muito bonito, ao lado do hotel. Haviam algumas câmeras ali e, como o lugar era de frente para o mar, havia também uma boa quantidade de fãs.

Estava muito quente então eu ignorei a necessidade de usar maquiagem naquela ocasião. Apenas coloquei um boné e meus óculos escuros.

— Vamos começar, pessoal! – disse o diretor das câmeras e algumas pessoas com microfones e gravadores sentaram a minha frente, outras ao meu lado.

— Estamos aqui hoje, diretamente do Beach Seul Resort, com o líder do grupo Bigbang, G-dragon! – disse o repórter. — Olá, G-dragon.

— Olá a todos! – respondo, simpático.

— G-Dragon está aqui para uma semana de estadia neste, que é um dos resorts mais famosos e frequentados de Seul. Oque achou da atmosfera do nosso espaço até agora, senhor G-Dragon?

— Aqui é um lugar muito bom. Já havia vindo aqui antes com o Bigbang, mas atualmente está muito diferente. Porém, continua muito agradável!

— O senhor irá passar essa semana na companhia de sua esposa e a filha de vocês. Onde elas estão agora?

— Provavelmente aproveitando tudo por aqui. Minha filha Milly, particularmente, adora se divertir na piscina num bom dia de sol. Como é o caso de hoje.

— Senhor G-Dragon, nas últimas horas escutamos boatos de que o senhor e sua esposa estariam passando um momento delicado no casamento de vocês. O senhor confirma esse boato? E o quem tem a dizer a respeito? – Como eles ficaram sabendo?! Caramba, essas pessoas são rápidas.

— Ham… Eu não gostaria de focar muito na minha vida pessoal junto da minha esposa nessa entrevista. Próxima pergunta por favor.

Procurei ao máximo fugir das perguntas a respeito da minha crise com S/n. Não sei como as pessoas ficaram sabendo e, o pior, sabendo tão rápido! Mas era só questão de tempo até saírem nos sites de fofocas, isso se já não tivesse saído.

As entrevista duraram um bom tempo e assim que terminou eu dei glória aos céus. Nunca tinha sido tão difícil responder a algumas perguntas.

Voltei para o hall e perguntei por S/n e Milly. Me avisaram que elas ainda estavam na piscina e eu me encaminhei até lá. Já era quase meio-dia e se aproximava da hora do almoço. Séria uma boa oportunidade para poder almoçar com elas e tentar me aproximar mais da minha esposa.

— Papai! – Milly gritou da piscina, assim que me viu aproximando.

— Olá! Estão bem? – pergunto, olhando para S/n.

— Sim. Já acabou as entrevistas? – perguntou ela.

— Já sim. Já é quase meio-dia, não querem sair para podermos almoçar juntos? – pergunto com um pouco de medo da resposta da minha esposa.

— Por mim tudo bem – ela responde e eu sinto sair um peso do meu coração. — Vamos, Milly.

— Mas eu não quero sair da piscina agora! – a pequena reclama e eu chego mais perto dela.

— Temos que comer meu amor. Mais tarde você volta, sim? – digo, mas ela faz bico. — Se você sair, vai poder tomar um sorvete bem grandão de morango. Sua mãe irá deixar, não vai S/n? – olho para ela.

— Claro. Por que não? – ela responde e Milly aceita o acordo.

O pessoal do hotel reservou um lugar especial para nós. Prepararam também um maravilhoso almoço de boas-vindas. Como se não bastasse o café-da-manhã.

Sentamos numa mesa e começamos a comer. O clima entre eu e S/n estava um pouco mais calmo, mas ela ainda não mantinha muita "graça" comigo. Eu as vezes tentava um entrosamento mas nem sempre recebia a atenção que eu queria dela.

— Oque achou da comida? – pergunto.

— Estava ótima. Tudo aqui é muito bom – S/n responde, sorrindo fraco.

— Que bom que estão gostando – sorrio.

— Mas não quero que pense que isso são férias de família, Jiyong. Eu não irei desistir do divórcio – ela fala, seriamente.

— Você irá sim. E eu vou te provar que irá valer a pena – coloco minha mão sobre a dela mas a mesma logo desfaz o contato.

— Milly, vamos lá buscar seu sorvete, sim? – ela muda de assunto. — Vai querer algo, Jiyong?

— Não. Irei esperar vocês aqui – digo e ela assente, logo saindo.

Aish S/n! Por que tão difícil?

S/n on

Jiyong ainda insistia em querer me fazer desistir do divórcio e ficava cada vez mais difícil escutar seus motivos para isso. Era óbvio que eu o amava muito, mas eu não iria aguentar ele prometer sua mudança novamente e errar de novo. Mas que minha cabeça está confusa, isso está.


~ dia seguinte ~

Fui acordada bem mais cedo do que o normal por Milly insistindo para que fossemos tomar café lá em baixo, para depois irmos a piscina. Jiyong ainda dormia, então eu apenas concordei com a ideia pois sabia que do contrário Milly não iria me deixar em paz.

Novamente o garçom estava lá e foi ele quem anotou nosso pedido.

Comi pouco, pois não era muito costume eu tomar café-da-manhã. Milly, assim que terminou, quis tomar novamente o sorvete de morango que tomou ontem depois do almoço e eu resolvi deixar, não teria problema algum.

Fui com ela buscar seu sorvete e, novamente vimos o rapaz gentil. Não pude deixar de reparar que ele era muito bonito, sem contar que estava sendo bem amigável conosco.

— Aqui está, princesa. Um sorvete de morango bem caprichado para você – ele diz, entregando o sorvete para Milly que fica toda sorridente.

— Obrigada, moço! – a pequena agradece.

— Por nada. E você, – ele me olha – não vai querer nada?

— Não, obrigada – respondo.

— Sabe, é bem comum mulheres bonitas virem aqui. Mas você me surpreendeu – ele fala e eu fico vermelha.

— Está exagerando. Mas, da mesma forma, obrigada pelo elogio… Qual é mesmo o seu nome?

— Song Mino. Muito prazer – ele pega minha mão, deixando um beijo sobre a mesma.

— Prazer, Mino. Sou a S/n. E a minha princesa se chama Milly – digo.

— Lindos nomes – ele diz, sorridente.

— Você é sempre assim? Gentil?

— Só com quem faz esse lugar mais agradável. Como é o caso de vocês – sorrimos.

Não sei por quanto tempo eu e ele ficamos conversando, mas sei que a conversa estava tão boa que eu nem sequer vi o tempo passar. Olhei para frente e vi Jiyong vindo até nós. Ele me viu conversando com Mino e com certeza iria vir fazer um auê. Era melhor que eu fosse até ele.

— Eu tenho que ir. Quero descansar um pouco mais. Essa mocinha aqui me acordou muito cedo. Obrigada por tudo, Mino – digo, pegando minha filha no colo.

— Até mais, S/n. Espero te ver de novo – sorrio fraco, ainda muito sem graça e me despeço dele.

Chego perto de Jiyong e vejo este olhando para Mino com uma cara nada boa.

— Quem é aquele cara? – pergunta.

— O garçom – respondo.

— Vocês pareciam estar se divertindo muito, não? Ele é seu amigo por acaso? – Reviro os olhos.

— E se for? Ele foi muito gentil comigo e com a minha filha. Apenas retribui o ótimo tratamento que me foi dado. E outra, isso não é mais da sua conta – digo e saio andando, deixando-a para trás.

— Não vou deixar você ficar de palhaçada com um cara desconhecido na frente da minha filha. Ouviu bem? – ele me alcança, enquanto entramos no hotel.

— Você já fez palhaçadas bem piores com a sua filha. Então não venha querer me julgar agora. Apenas cuide da sua vida, ok? Eu tenho todo o direito de fazer amizades com quem eu quiser. Sejam homens ou não. Eu sei me cuidar – falo e pego o elevador primeiro que ele, indo para o quarto.


Notas Finais


Kisses :*

~Lah 🍌❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...