História Sete Minutos no Armário! One Piece. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Personagens Originais
Tags Onepiecexleitora
Visualizações 243
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Coby um marinheiro! (Infelizmente)

Boa Leitura.

Capítulo 3 - Capítulo Único SMNA: CobyxLeitora.


Fanfic / Fanfiction Sete Minutos no Armário! One Piece. - Capítulo 3 - Capítulo Único SMNA: CobyxLeitora.

"Tudo bem senhores, quem quer ir primeiro?"

 

              Há um murmúrio e alguém é empurrado para a frente de um grupo de fuzileiros navais. Uma bandana com flores e o cabelo rosa dizia que não era outra pessoa senão Coby.

 

              Você percebe o leve pó de rosa em suas bochechas e sorri. A primeira vez que você conheceu Coby, vocês eram crianças e a única coisa que você lembra daquele encontro foi que ele acabou com um nariz sangrando. O que na verdade é o seu último encontro com Coby. Perfurar uma criança com cabelo rosa é uma coisa, perfurar um alto escalão marinheiro com cabelo rosa é outra coisa.

 

              Sanji caminha até Coby, sacode a sacola e a segura. Coby enfia a mão e retira-a. Ele abre a mão para revelar uma pequena estátua de lobo negro. Sanji olha para você com um sorriso

 

              "Parece que você está indo primeiro (nome) -san."

 

              Você bufa e se levanta. Seu amigo lhe oferece um sorriso simpático enquanto você caminha até Coby. Ele segura sua pequena estátua de lobo, você alcança e fecha a mão ao redor dela,

 

              "Pegue ela para você."

 

              Coby começa a gaguejar. Antes que ele faça algo muito embaraçoso, você o puxa para o armário e fecha a porta. Você vai e senta no canto. Coby está desajeitadamente na porta. Mesmo na escuridão, você pode dizer que ele está corando. Você dá um tapinha no chão ao seu lado

 

              "Eu não vou bater em você desta vez, Coby."

 

              Ele murmura alguma coisa e senta no chão ao seu lado. Você se inclina contra ele, sorrindo quando ele se encolhe um pouco.

 

              "Você é um bom marinheiro Coby."

 

              Ele inclina a cabeça, "o quê?"

 

              “Eu disse que você é um bom fuzileiro naval. Estou realmente surpresa por você ter vindo aqui.’’

 

              "Mesmo?"

 

              "Bem, imaginando você em uma festa com um bando de piratas bêbados ... eu achei que você estava tentando prender todo mundo", você diz, rindo no final.

 

              O rubor de Coby se intensifica: "Eu vim aqui porque esperava vê-la".

 

              "Para me ver?"

 

              Seu rosto agora está vermelho como um tomate, ele é tão adorável! Ele se afasta, tentando esconder isso. Você cobre a bochecha dele e vira o rosto dele de volta para o seu.

 

              "Estou feliz que você veio", você diz, "espero que você não tente me prender".

 

              "Eu não vou prender você (Nome)".

 

              Você sorri, sua mão ainda está segurando sua bochecha. Coby pega sua mão em uma das suas e segura a palma da mão nos lábios dele. Ele beija beijos na palma da sua mão e ao longo de cada dedo. Parte do rubor do rosto de Coby migra para o seu. Coby nunca foi de mostrar qualquer afeto, muito menos alguém que ele deveria prender.

 

              Coby abaixa as mãos, seus olhos se fecham com os seus. Vocês dois têm apenas alguns minutos, e você pode dizer que Coby está prestes a aproveitar ao máximo. Sua mão livre move-se lentamente para trás da sua cabeça e move-se em direção a ele. Ele vai devagar, um porque está insanamente nervoso e dois para lhe dar tempo de recuar.

 

              Seus lábios tocam os dele e o rosto de Coby explode na cor vermelha. O rubor desapareceu do seu rosto enquanto suas mãos se libertam de Coby e alcançam a parte de trás de sua cabeça. Enredando-se em seu cabelo rosa, você incita Coby a aprofundar o beijo. Coby encontra sua coragem e envolve seus braços em volta da sua cintura. Assim que a mão dele começa a se dirigir para o sul, uma luz ofuscante chama sua atenção.

 

              Você se afasta de Coby assim que Sanji aparece na porta,

 

              "Já deu o horário pássaros do amor."

 

              Um sorriso se espalha por seus recursos quando Coby se levanta e estende a mão para você. Você pega a mão dele, então ele leva você para fora do armário. Antes de vocês duas, Coby para e tira a bandana de sua cabeça e a segura para você.

 

              "Pegue isso", diz ele.

 

              Seu rosto se ilumina quando você pega a bandana verde com flores da mão e a amarra no pescoço.

 

              "Obrigado Coby", você sussurra enquanto aperta um beijo em sua bochecha e volta para o seu amigo.

 

            

 

              Seu amigo tem um sorriso arrogante no rosto. Você olha para ele

 

              "Eu vou tirar a força esse sorriso estúpido em seu rosto, pare com isso."

 

              Ele continua a sorrir

 

              "Coby é realmente um bom fuzileiro naval não é?"

 

              Você sorri novamente, "sim, ele é."

 

              Seu amigo se inclina mais perto do seu ouvido, "esta é a maior parte das vezes que eu vi você sorrir em um dia."

 

              Seus dedos brincam com a bandana de Coby que ainda está em volta do seu pescoço, "Eu acho que o bom fuzileiro tem esse efeito em mim."

 

              Seu amigo levanta uma sobrancelha, "eu deveria estar preocupado?"

 

              Você o esbarrou no ombro, “pare com isso. Independentemente de como ele me faz sentir para sempre serei um pirata, e Coby sabe disso.


Notas Finais


Provas !!! Semana inteira estudando para um dia ter que ficar trabalhando o resto da sua vida! Me parece meio confuso...

-Joker.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...