1. Spirit Fanfics >
  2. Sete Pactos >
  3. Uma nova chance

História Sete Pactos - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Uma nova chance


O lugar era frio, escuro e não havia nada nele que pudesse dizer onde estavam. O silêncio era mortal, e o que quer que os tenha chamado não se pronunciava.

Apesar disso e do esquecimento na mente de todos, no fundo sabiam o que os aguardava. Quando se fazia parte do mundo espiritual, você não faz nada além de escutar os gritos agonizantes de almas presas e injustiçadas e as garras de demônios ecoando por todo lugar. Tudo o que mais querem é uma chance de recomeçar e voltar à vida para terminá-la dignamente. Essa é a única coisa que os move e permanece clara em suas mentes. Você não se importa com mais nada, apenas com seu próprio sofrimento.

Naquele lugar, os quatro espíritos sabiam que teriam uma chance. E cabia apenas a ele permitir suas passagens ou não.

- Sete... Pactos... A chance... Voltar... Sete almas... Substituir... As suas... 

Aquela voz grotesca e profunda vinha de todas as direções, agitando os espíritos que haviam se reunido no centro.

- Preparar... Agir... Sacrificar... Viver... Sete almas... E vão embora...

Nenhum espírito se preocupava com o outro, muito menos sobre suas aparências. A maioria dos espíritos era uma massa flutuante negra e comprimida, mas podiam ter formas humanóides ou animalescas variando entre como viveram antes de morrer. Coincidentemente ou não, esses quatro reunidos tinham aparências juvenis, todos com marcas de lesões como cortes na garganta, buracos nos seus peitos, queimaduras... Cada marca podia dizer muito sobre sua morte, mas ninguém conseguia ter certeza do que aconteceu. Mas também não se importavam; Nem com seus gêneros, já que não eram importantes nesse mundo.

- Eu guiarei vocês... Retornem à vida... Vão atrás daqueles... Que darão suas almas... Para que realizem... Seu desejo...

A cada palavra dita o lugar era inundado por uma luz intensa que consumia a todos, fazendo os espíritos queimarem lentamente e soltarem gritos estridentes. Quando tudo foi se suavizando, os quatro espíritos se viram em meio a uma floresta e com as línguas marcadas por um pequeno pentragrama.

Cada um deles havia nascido e morrido na mesma época e em lugares diferentes, então essa marca servia como um idioma universal e que todos entendiam mesmo sem nunca aprender. Ainda estavam um pouco confusos, mas olhando uns para os outros sabiam que havia começado. Ele tinha dado uma chance para os quatro com os Sete Pactos, agora tudo dependia se conseguiriam realizá-los.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...