História Sete silêncios - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjo, Diário, Paralisia Do Sono, Silêncios, Tortura
Visualizações 3
Palavras 580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Querido Diario


Fanfic / Fanfiction Sete silêncios - Capítulo 1 - Querido Diario

Dia: 04/06

Querido diario

É a primeira vez em que escrevo em um diario. É só mais uma forma de poder expressar o que sinto nesse lugar estranho.

Bom... acho que devo me apresentar.

Meu nome é Susana e... acho q é isso.

Hoje meu dia foi normal, as mesmas coisas de sempre.

Acordei, comi, andei pelos mesmos corredores brancos, observei os mesmos quadros, alimentei o mesmo passarinho que vem sempre em uma das janelas dos corredores, Romeu veio até meu quarto me deu alguns remédios, trouxe minha comida favorita: lasanha e alguns bolinhos primavera e da lua no café da tarde, tomei um banho e agora eu estou deitada em minha cama, só esperando o sono me pegar de surpresa.

Alguém bate na porta e Susana se ajeita rapidamente em sua cama.

- Pode entrar.

- Licença. Oi! Eu só vim ver como você está.- diz se sentando na cama.

- Estou bem. Só... sem sono.

- Certeza que é só isso? Ou você que não quer dormir?

Susana desvia o olhar para um canto vazio do quarto.

- Você está com medo de dormir não é?

- Também.

- Quando foi a ultima vez?

- Acho que... 2 dias atrás.

- Olha, deu meu horário de ir embora. Pode dormir tranquila, assim que você acordar eu ja terei voltado.

- Vai mesmo?

- Você sabe que sim, sempre estive aqui.

- Obrigada.- Diz sorrindo e indo dar um abraço nele.

- Eu tenho que ir agora. Se ajeita direitinho na cama e durma bem minha linda.

- Está bem.

Ele se despede de Susana com um beijo na testa e a mesma se ajeita na cama. Assim que ele abre a porta para poder sair.

- Romeu! Espera.

- Diga.

- Qual é o proximo planeta?

- Eu não sei

- Vamos nos encotrar lá nao é?

- Mas é claro. Agora vai dormir, sem enrrolações tabom, boa noite.

- está bem... Boa noite.

Ele apaga a luz do quarto e vai embora.

Ao amanhacer

Susana acorda no susto com seu amigo entrando no quarto cantando alegremente.

- Bom dia, bom dia, o sol ja vai surgir, bom dia, bom dia. Boooom diaaaaaaaaa flor do dia.

Susana o encara com o olhar de odio como se fosse arrancar cada membro de seu corpo.

- Não me olhe assim, pode levantar, botar um sorriso nesse seu lindo rostinho.

- Que horas são?- diz se levantando e espreguiçando.

- 8:00 horas. O que voce quer vestir hoje?- diz abrindo as portas do pequeno guarda roupas.

- Não sei pega qualquer coisa.

- Que tal esse vestido lindo, já faz muito tempo que não vejo você usar ele.

- Pode ser.

Susana segue ate o banheiro para se lavar.

- Como você dormiu hoje?

- Bem... acho

- Por que "acha"?

- Não sei, não me lembro de nada. Mas acho que tive um sonho, era como se fosse uma lembrança, mas nao me lembro de nada.

- isso é bom não é, de certa forma sua memoria está voltando.

- Você acha mesmo?

- Mas é claro. Você não?

- Não sei.

- Eu vou deixar você sozinha por um tempo, vou ver como os outros estão. Está bem?

- Ok, Vai la.

- Depois eu volto.

Susana sai do banho e encara o belo vestido longo que seu amigo havia deixado na cama, ele era fino como seda, um tom bem claro de beje quase branco. Ela se sentiu meio estranha, não lembrava daquele vestido, mas sentia que ele significava algo para ela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...