História Sete suicidas x Sete garotas - ( Interativa ) - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~hoseoly

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Colegial, Drama, Got7, Hentai, Romance
Visualizações 79
Palavras 1.541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
A
A
A

Capítulo 7 - Capitulo 1



NARRAÇÃO

Min yoongi estava deitado em sua cama , olhando pro teto penando pela milésima vez em se matar a pergunta que ecoava por sua cabeça era : " Porque ? " essa pergunta não havia saído da sua cabeça desde a morte de sua mãe
" Suicídio ! "
Foi isso que os policiais disseram depois de examinar o corpo da mulher que se encontrava jogado no banheiro com os pulsos abertos . Yoongi não conseguia entender o motivo . E também não sabia se era culpa dele , mas , mesmo se não fosse não faria diferença , ele se culparia de qualquer jeito .
Seu pai por outro lado , não sentia um pingo de culpa , porém, não poupou acusações contra o filho . Fizera questão de dizer que a mãe dele havia morrido de desgosto ao vê-lo se afundar nos " maus caminhos " .
E assim Yoongi passou a se culpar , em pouco tempo todos foram se afastando dele .
Primeiro foi a namorada , a quem Yoongi amava com todo o coração .
O pai não se " Afastou " porque antes de se afastar ele deveria ter sido íntimo algum dia e o Senhor Min  nunca foi próximo ao filho . E , não importava o quanto Yoongi tentasse ele nunca recebia sequer um elogio do Pai .
E então , só depois de alguns meses implorando pra que Hae Soo reatasse seu relacionamento com ele , Yoongi decidiu se mudar de Daegu para Seul . Mas , antes de partir ele resolveu procurar Hae Soo por uma última vez , o amor que ele sentia era grande demais pra ser deixado de lado . E ao  procura-la descobriu que ela já namorava o garoto a dois anos e meio . Aquela ingrata namorava dois cara ao mesmo tempo e , ao ter que se livrar de um deles , preferiu descartar Yoongi .
" Feitos de idiota "
Hae Soo conseguiu enganar dois tolos e agora com o coração partido ele foi embora de Daegu , não se preocupou em despedir-se de seu pai , afinal ele não merecia esse tipo de atenção , e depois de mais algumas horas pensando no que deveria fazer  Min pegou algumas economias e alugou um pequeno apartamento , se matriculou em uma nova escola e , com a herança que sua mãe lhe deixara ele começou uma vida nova .
Passado um ano com aquele novo estilo de vida , Yoongi começou a achar aquele apartamento pequeno demais pra ele .
Então o mesmo pegou uma pequena parte da herança e comprou uma casa maior em um bairro rico . Na verdade a pequena fortuna que ele gastou naquela casa não fez uma grande diferença na poupança inundada de dinheiro . A melhor parte era que , todo o dinheiro que a Senhora Min tinha foi deixada apenas para ele , e seu querido pai não tinha direito a absolutamente nada .

As tão preciosas férias estavam chegando ao fim e , logo começaria mais um ano letivo . Yoongi não tinha um neurônio sequer disposto a trabalhar com números e letras .
" Até quando serei obrigado a acordar cedo ?? Que droga ! "
Min não tinha muitos amigos , só conseguia fazer amizades com pessoas tão problemáticas quanto ele , ou seja , Suicidas .
Ele conseguira fazer  amizade com sete garotos , mas , ao longo do tempo os problemas foram crescendo e cada um foi pro seu lado , estavam tão afundados nas próprias amarguras que foram se isolando e se separando .


PAULA ON

É uma bonita vida

 

Eu estarei ao seu lado
É uma bonita vida
Eu estarei de pé atrás de você
Bonito amor
Se eu estou com você sob sua pele
Apenas respirar sozinho me faz feliz


É uma bonita vida
Bonito dia
Eu vivo em suas memórias
Bonita vida, bonito dia
Fique ao meu lado
Bonita, meu amor
Bonito é o seu coração

É uma bonita vida
É uma bonita vida

 



Meu celular começou a tocar , parei de cantar e o atendi , colocando-o no viva-voz

- O que é Maryan ?? Sabia que você atrapalhou meu banho ??

- Sorry , só queria saber se você já está vindo , o Kwan está impaciente - sorri -

- Oh , é mesmo ? Poderia dizer a ele que eu não ligo se eles está insatisfeito ? Oh , e diga também que , se ele quiser ir embora eu ficaria muito grata e não se esquece de lembra-lo que as coisas não acontecem quando ele quer e sim quando devem acontecer - ela deu um suspiro pesado-

- Só , tente se apressar okay ? Estou te esperando na porta da biblioteca e traga pra mim aquela revista de moda , tchau

- Tchau - continuei na banheira brincando com a espuma , terminei meu banho e fui me vestir , Coloquei , Um vestido bem rodado preto com flores vermelhas , peguei alguns livros e sai de casa . As ruas estavam um tanto quanto vazias , estava andando distraída , vi algo correndo na minha direção , e esse algo me atropelou ( literalmente ) , meus livros se espalharam pelo chão , me abaixei pra pega-los , ao encostar em um dos livros a mão de alguém encostou na minha , senti uma coisa estranha , era como se uma onda de calor e frio estivesse percorrendo meu corpo . Fiquei estática . Depois de observar a pessoa  pegar meus livros do chão eu me levante , só ai eu olhei pro rosto do garoto

Consi  - Uau , será que ele tem namorada ?
Eu -  Para com isso , de querer pegar todo cara bonito que vê na rua !
Consi - Okay , parei

- Me desculpe , eu ... foi sem querer

- Ah , tá tudo bem , não tem problema - o garoto ficou me encarando

- Se incomoda de devolver meus livros ??

- Oh , nossa , foi mau - ele se curvou e me devolveu os livros  - você está bem ?

- Estou - me curvei e peguei os livros  - obrigado


SUGA ON

Meu coração estava acelerado , e minha respiração desregulada , aquele projeto de pessoa de alguma forma , mexeu comigo . A voz dela era doce e o sorriso a deixava mais fofa do que o normal .
Porque ela é tão baixinha ?
Parece um anão - ri -

- Do que está rindo ?

- Hãn ? - Processando - é que você é fofinha , só isso - ela corou e sorriu -

- Bom , eu preciso ir , tchau - ela acenou e saiu correndo , continuei ali , parado , tentando me lembrar o motivo de ter saído de casa ( A : Quem nunca ? ) , balancei a cabeça e voltei ao meu eu quase normal , continuei andando até chegar no salão ( de beleza ) , adentrei o local , acabei por mudar a cor do cabelo , de castanho pra verde-menta .


NICOLY ON



- Meu nome é Nicoly Rafaelle , tenho dezoito anos , sou bipolar ( A: Primeiro q eu n tô mentindo pq nós duas somos MUITO bipolares segundo N me mata , vc vai entender o motivo de ser bipolar depois ^^ ) , sou brasileira , meus cabelos são lisos , sou loura , baixa e morena , sou alegre - repeti tudo pela terceira vez enquanto me balançava pra frente e pra trás com os braços em volta do joelho , meus pulsos estavam doendo , a enfermeira, médica , sei lá o que ela era  entrou na sala

- Oi senhorita Nicoly - disse com um sorriso amigável

- O que aconteceu ? - Perguntei um pouco alterada -

- Não se lembra ? - balançei a cabeça negativamente - você tentou se matar ... de novo - arregalei os olhos

" E-eu tentei me matar ? "
" Quando ? "
" Onde está Hijae ?? "

- E-eu não me lembro de nada

- Não tenha pressa , sua memória vai voltar logo - sorriu - daqui a pouco eu volto pra te ver okay ?

- Okay - respondi , a mulher que aparentava ter pouco mais de 25 anos saiu , me esforcei pra lembrar do que aconteceu


FLASH BACK ON

Hyjae - Já chega , pra mim já deu . Acabou

- O-oque ? Tá terminando comigo ?

 - é estou

- Ma-mas por- que ?

- Você é uma imprestável Nicoly , não sabe fazer nada , e ainda paga de santa pra não dormir comigo

- Mas Hijae , eu só não ... - ele me interrompeu -

- Pode parar por ai , eu já sei da história toda . Acabou . Agora quem não te quer sou eu , tchau - ele pegou as malas e foi embora , deixando apenas eu . Lágrimas grossas escorriam pelo meu rosto . Hyjae era tudo , tudo que eu tinha e sem ele não valia a pena viver








Continua ...




 

 


 


Notas Finais


Oi meu bolinhos
eu vou postar outro cap amanhã okay ?


Bjiiiiiiins


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...