1. Spirit Fanfics >
  2. Seu Admirador Secreto - Jungkook (Long Fic) >
  3. Jungkook...

História Seu Admirador Secreto - Jungkook (Long Fic) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


...Em uma época onde as criaturas místicas se misturaram com humanos criando descendentes...
Uma jovem que nem se conhece direito recebe a missão de salvar o rei, alguém importante para os humanos, mal soube ela que ao aceitar a missão acabou-se perdendo em um mar de novos sentimentos, não tão bons quanto imaginava, mas isso a ajudou a se encontrar e encontrar as respostas que tanto procurava...

https://www.spiritfanfiction.com/historia/los-dos-versos-de-amor-jungkook-long-fic-19075772

TEM ALGUMA IDEIA OU TIPO ESPECIFICO DE FANFIC QUE ESTÁ PROCURANDO LER MAS NÃO ENCONTRA?
VISITE: https://www.spiritfanfiction.com/historia/mais-sobre-mim-mais-sobre-voces-18888308
PARA QUE EU POSSA TE AJUDAR A CRIAR A FANFIC DOS SEUS SONHOS.

Música que o Jungkook canta: All of my life - Park Won
https://twitter.com/BTS_twt/status/968572393718407168

Capítulo 5 - Jungkook...


Fanfic / Fanfiction Seu Admirador Secreto - Jungkook (Long Fic) - Capítulo 5 - Jungkook...

 

Qui, 4 de Fevereiro de 2020, 5:10 P.M, Sala de computação, Jungkook POV.

 

 - E ai, fracassado. - Bogum se apoiou na porta impedindo meus dedos de tocarem a maçaneta.

 

 - Eu sou o fracassado? - Solto em um sussurro para que apenas eu o ouça.

 

 - Olha se não é seu grupinho de vadias chegando. - Riu debochado me levando a olhar na mesma direção que ele, notei ao longe ___ e suas amigas se aproximando.

 

 - Jungkook! - A voz doce de ___ soou fazendo meu estômago embrulhar, ouvi a porta sendo aberta e Bogum sumir de minha vista, suspirei fundo olhando agora a entrada aberta. - O que faz aqui? - Perguntou assim que parou ao meu lado, sorri minimamente antes de encará-la.

 

 - Eu... - Olhei no fundo de seus olhos, tão profundos, perdi as contas de quantas vezes havia me perdido no brilho deles. - Não queria fazer a pesquisa de química em casa, então... - Menti? Não completamente, apesar de realmente estar aqui para fazer por agora a pesquisa, isso é de longe o real motivo.

 

 - Isso é tão... - Fez uma careta engraçada arrancando um riso meu. - Entediante?

 

 - Concordo. - Hana falou tomando minha atenção.

 

 - E... Vocês? Por que estão aqui? - Sabia o motivo, pelo menos o da garota que mesmo que eu tentasse evitar, ainda tomava não só meu olhar para si mas também minhas batidas cardíacas. 

 

 - Bem... Vamos entrar? - ___ comentou passando por mim seguido de Hana e por fim, Yoonji, a acompanhei silenciosamente vendo suas bochechas se tornarem rosadas, ri fraco, não exatamente pela mais nova ao meu lado mas sim por ___ que evitou descaradamente dizer que estava aqui inconscientemente por mim.

 

 - ___? - Bogum perguntou sorrindo falsamente assim que parou alguns metros a nossa frente.

 

 - Bogum... - Suspirou fundo enquanto notei Hana soltar seu braço.

 

 - Se importa se formos conversar um pouco? - Desviou seu olhar sorrateiramente em minha direção erguendo levemente suas sobrancelhas em uma provocação, não havia o contado, sobre toda a trama das cartas e minha paixão de anos por ___, mas ele havia reparado demais em meus atos para notar isso.

 

 - ... - Hesitou, pedi silenciosamente para que negasse o pedido alheio, mas foi em vão. - Tudo bem... - Disse sem emoção, se virou em nossa direção. - Nos vemos mas tarde? - Assenti desviando o olhar por meros segundos, um sorriso fraco tomou seus lábios, sussurrou algo para Hana que revirou os olhos assentindo.

 

 - Vamos? - Hana perguntou olhando sem expressão a mim e Yoonji, olhei calmamente ___ dar as costas, queria pelo menos um dia ter um encontro sério com ela. Hana passou entre nós dois nos levando a acompanhá-la. - Bem, tenho coisas pessoais para procurar, Yoonji e Jungkook se importam se ficarem juntos? - Nos olhou pelos ombros.

 

 - Por mim tudo bem! - Exclamou em um tom suspeito. Hana sorriu fraco logo me olhando como se esperasse uma resposta, dei de  ombros.  

 

- Certo... Então, até mais tarde. - Acenou e seguiu pra um assento. Suspirei fundo antes de olhar a garota ao meu lado, que em silêncio me encarava.

 

 - ... - Mantenho o silêncio a vendo engolir em seco.

 

 - E-então... - Desviou o olhar para suas mãos que se juntavam em constrangimento, sorri ladino. Fofa, Yoonji era muito fofa. - Onde quer sentar?

 

 - Bem... - Passeei o olhar pela sala quase vazia. - Eu não ligo muito. - Segui em direção a uma cadeira aleatória sendo acompanhado da outra.

 

 - Me pergunto sobre o que Hana vai procurar. - Soltou se sentando ao meu lado desviando o olhar em direção a garota pouco longe de nós.

 

 - Hum... - Pus meus materiais necessários sobre a mesa e liguei o computador. - Deve ser algo bem pessoal para não nos dizer. - Mantive o olhar na tela brilhante  enquanto a respondi, senti seu olhar sobre mim.

 

 - Tenho certeza que sim. - Ligou seu computador. - Sobre o que é a pesquisa? 

 

 - Cadeias carbônicas... - A olhei de relance. - Não é tão difícil quanto parece. - Ri fraco notando a expressão confusa.

 

 - Você é tão inteligente... - Rio agora um pouco mais alto.

 

 - Tenho grandes duvidas sobre isso. - Visualizo alguns tópicos importantes do assunto os passando para o caderno.

 

Um silêncio confortável tomou o local, a garota olhava atenciosamente cada ato meu como se tentasse salvar cada momento qual passava comigo, o que de fato poderia ser real já que apenas em olhá-la eu soube que a menor sente algo por mim, até mesmo se eu fosse cego poderia notar isso facilmente. 

 

 - J-Jungkook? - Chamou me fazendo olhá-la de relance.

 

 - Hum? - Um bico toma meus lábios assim que a respondo.

 

 - Posso te fazer uma pergunta... - Hesitou. - Pessoal? - Desviou o olhar por meros segundos antes de voltar a direciona-los a mim. Desvio o olhar ao teto e suspiro fundo assentindo com um sorriso tímido. - Você... G-gosta de alguém? - Perguntou direta.

 

 - A-ah... - Ri sem humor. - Pra ser sincero... - Senti minhas bochechas esquentarem. - Tem alguém... - Ri nasalado assentindo.

 

 - Ah... E-entendo... - Olhou sem expressão a tela de seu computador.

 

 - E você? - Volto a copiar.

 

 - Uh? - Disse assustada me olhando, a olho de volta. - A-ah... N-não quero responder isso.  - Tratou de olhar a tela do computador envergonhada arrancando um riso pouco alto meu.

 

 - Você é tão fofa. - Comentei baixo sorrindo largo.

 

Yoonji congelou no lugar ficando extremamente vermelha, com certeza o elogio havia mexido com ela.

 

 - ... - Hesitou em responder o que havia dito. - A-ah... - Inalou o ar profundamente. - O-obrigada... - Pigarreou. Era engraçado, não o modo de como a garota ficava perto de mim, mas sim o quanto éramos parecidos. - Você também é fofo... - Sussurrou me fazendo entender pouco de sua fala.

 

 - Hum? - A olhei esperando que me explicasse o que havia dito.

 

 - Huh... - Encolheu os ombros. - Ah... O-os dois. - Mudou de assunto desviando o olhar ao longe. - Ficam tão bem juntos... - Juntei meu olhar ao alheio parando em Bogum e ___, engoli em seco.

 

 - Você acha? - A olhei de relance vendo-a assentir. - Ah... - Desviei o olhar aos meus pés sentindo meu coração apertar.

 

 - É tão bom quando isso acontece... - Soou encantada.

 

 - Hum... O que? - Perguntei sem interesse voltando a olhar os dois.

 

 - Uh... Amor correspondido? - Olhou em minha direção, mas eu, novamente me perdia no sorriso largo da garota qual tanto amava, o sorriso que como sempre não se direcionava a mim.

 

 - Como assim? - Sussurrei aflito abaixando o olhar.

 

 - Huh? A ___ não te contou? - Olhei em sua direção negando. - Ah... - Riu envergonhada. - Ela gosta do Bogum.

 

Qui, 4 de Fevereiro de 2020, 9:30 P.M, Academia de boxe, Jungkook POV.

 

Não sabia o que sentir, nem sabia como expressar, apesar que facilmente qualquer pessoa pudesse notar meu desconforto.

 

 - Ei! Calma aí garotão! - Senhor Choi reclamou assim que desferi um golpe em sua destra, que devido a minha força foi bruscamente para trás. Um riso alto deixou o mais velho. - Seu treino acabou por hoje, pode ir para casa.

 

 - Aish. - Reclamei fechando os olhos irritado, estava pingando, mesmo que fosse de mim suar facilmente, sentia minhas roupas encharcadas.

 

 - Tudo bem cara? - Seokjin perguntou ganhando de relance meu olhar, assenti sem voz, tirei as luvas pesadas de minhas mãos as deixando em uma mesa perto de nós. - Não minta pra mim, eu te conheço a anos. - Sentei na borda do ringue, descansando as costas sobre as cordas elásticas, olhei o outro por alguns segundos antes de desviar o olhar. 

 

 - Minha mãe ligou. - Disse em um fio de voz, usei a toalha branca que estava em meus ombros para secar o suor de meu pescoço, rosto e cabelo.

 

 - E? - Estendeu uma garrafa de água em minha direção que sem hesitar peguei-a abrindo.

 

 - Mesmo de sempre. - Respondi antes de tomar um gole sem que a garrafa tocasse meus lábios.

 

 - Você vai? - Cruzou os braços se sentando ao meu lado.

 

 - Uh-hum. - Usava uma regata, diferente de mim, deixando seus ombros largos e seus braços musculosos a mostra. - Preciso de um tempo. - Olhei as mangas compridas da blusa preta e fina que usava combinando com meu short.

 

 - Hum... Bogum? - Ri nasalado com um sorriso forçado. - ___? - O olhei em silêncio, me conhecia tão bem, fechei a garrafa e estiquei as pernas suspirando fundo.

 

 - Tsc... - Estalei a língua. - Talvez um combo? - Sorriu ladino olhando ao longe.

 

 - Você vai me contar ou vai se fazer do cara forte que não demonstra sentimentos? - Desvio o olhar forçando a língua contra a bochecha. - Ata, entendi. - Suspirou decepcionado, fiquei cabisbaixo. - Mas e aí... Descobri que ainda vai com aquelas roupas esquisitas na escola... Quando vai ser você mesmo Jungkook? - Suspirei fundo. - Sabe... Se você deixasse sua mãe revelar tudo de uma vez... Você não passaria por nenhuma dessas coisas. - Olhei de relance em sua direção. - Ouvi que em Seul você sequer pode andar de metro. 

 

 - Isso não resolveria nada. - Engoli em seco. - Meus pais não se tornariam mais presentes, Bogum se irritaria ainda mais comigo e eu iria estar cercado de pessoas por onde quer que eu vá. 

 

 - Ninguém te incomodaria na escola e muito menos as pessoas que se envolvem com você. - Provocou. - Seus pais... Eles de longe são bons mas você Jungkook, você é uma pessoa incrível e mesmo que você negue, eu sei que câmeras e fama não te incomodam nem um pouco. - Suspirei profundamente. - E você não deveria se importar tanto com Bogum se ele não faz o mesmo por você. 

 

 - Eu... - Hesitei. - Ele é da minha família e eu não quero o incomodar ainda mais.

 

 - Se sua felicidade o incomoda então ele não devia mais ser parte da sua família. - Fico em silêncio.

 

 - Hyung... - Senti meu coração apertar ao ponto que meus olhos marejavam. - Porque eu a amo... Então eu quero vê-la feliz... E-e... Se ele é a felicidade dela... - Engoli em seco e apertei meus dedos contra o material do ringue. - Então eu vou deixar ele ser feliz também. - Seokjin me olhou incrédulo. 

 

Qui, 4 de Fevereiro de 2020, 10:05 P.M, Casa da ___, ___ POV.

 

Olhei o teto em silêncio, girava na cama de um lado ao outro enquanto sentia meu coração apertar, embora estivesse triste, sequer sabia o motivo, lembrei meramente da conversa com Bogum, não imaginava que em uma semana, tudo o que eu sentia por ele desaparecesse, ou pelo menos quase tudo, digamos que seus olhos escuros ainda mexem com meu interior, mas... Ele deixou de ser alguém que eu quero por perto, então posso dizer que agora eu estou completamente livre de qualquer paixãozinha... E não pretendo ter uma tão já.

Estiquei minhas perna cobertas pelo tecido fino da legging preta, peguei meu celular a alguns centimetros de mim vendo mensagens que provavelmente eu nunca responderia, entrei no grupo que Hana havia criado vendo suas mensagens juntas de Yoonji e Jungkook confirmando sobre faltas e presenças, "Vocês já estão dormindo?" mandei sem pensar duas vezes, em silêncio esperei alguém responder mesmo tendo certeza da resposta da minha mensagem, "Ainda não..." a mensagem surgiu vindo de Jungkook, pensei por longos segundos antes de responder "Não consigo dormir." ergui meu tronco me sentando sobre a cama, olhei o cômodo iluminado pela luz que atravessava o vidro da janela e suspirei, "Sim, eu também não consigo." notei a mensagem sem respondê-la, pus os pés no chão procurando meus cobertores, os estiquei sobre a cama logo me deitando entre eles, "Hm..." Jungkook voltou  mandar mensagens "Posso te ligar?" franzi o cenho o ler tal frase, bem... Para ser sincera... Acho que não seria má ideia, "Claro..." e segundos após minha mensagem meu celular vibrou anunciando uma chamada, o nome de Jungkook brilhou na tela me fazendo aceitar a ligação, corri o celular até meu ouvido.

 

 - Oi Kookie. - Respondi baixo segurando um sorriso.

 

 - Oi... - Sua voz calma um pouco mais fina que me lembrava soou do outro lado com uma certa tristeza, suspirei profundamente. 

 

 - Hum... - Fechei os olhos.

 

 - Tsc. - Estalou a língua e riu sem humor. - O que tá fazendo?

 

 - Ah... - Abri os olhos. - Deitada olhando o teto e você?

 

 - Mesma coisa. - Ri fraco - Não consegue dormir?

 

 - Sim... Sei lá... Sono nunca foi um problema para mim, mas hoje, eu não sei o que houve.

 

 - Eu posso dizer exatamente o mesmo. - Resmungou rouco.

 

 - Mas e aí, por que ligou? - Suspirou fundo e engoliu em seco hesitante. 

 

 - Eu... Não sei... Só... Quis te ligar. - Uma afirmação baixa deixa meus lábios. - A-ah se quiser desligar...

 

 - O que? Ah! Não, não quero. - Sorri fraco. - Eu... Gosto da sua voz. - Senti minhas bochechas esquentarem enquanto proferi tais palavras timidamente. 

 

 - ... - Jungkook riu baixo.

 

 - Hum... Você me disse que gostava de cantar. - Um "Uhum" sai da outra linha. - Você deveria cantar pra mim. - Resmunguei girando na cama. - Pra mim dormir.

 

 - Eu deveria? - Riu fraco.

 

 - Sim. - Respondi de imediato.

 

 - Quem sabe um dia... - Provocou.

 

 - Mas eu preciso dormir agora... - Choraminguei.

 

 - Eu não me importaria de ficar acordado conversando com você a noite toda. - Estalei a língua.

 

 - Eu também não me importaria em ficar acordada com você, mas a escola sim. - Um suspiro profundo foi ouvido da outra linha. - Por favor Koo?

 

 - O que é isso agora? Koo? - Perguntou confuso.

 

 - Jungkook! - Insisti ouvindo um riso pouco alto.

 

 - Aish... - Reclamou. - Quando... - Soltou em um cantarolar baixo e doce. - A-as... Não ria de mim tudo bem? - Interrompeu cantoria apenas para dizer tais palavras arrancando um riso alto de mim.

 

 - Eu não vou rir, eu juro. - Segurei o riso ganhando um bufar do outro.

 

 - Q-quando as coisas ficaram difíceis... - Cantou doce fazendo meu estômago embrulhar. - Eu estava cansado de viver... - A voz de Jungkook era linda ao ponto que se eu dissesse que não estava impressionada eu estaria mentindo. - Quando nada estava indo ao meu caminho... - Não tinha palavras, fechei os olhos segurando o celular contra meu ouvido. - Quando eu nem tinha visto minha família... E mesmo eu que não era importante para mim mesmo... - Era tão sentimental, senti meu coração derreter enquanto ouvia cada verso repleto de puro sentimento. - Neste mundo, onde é preciso ter mais... Afim de continuar com o amor... Toda minha vida, você é toda minha vida... - É como se ele tentasse me dizer algo... - Quando olho para mim mesmo... Eu mudei depois de conhecer você... Eu comecei a sonhar... E eu queria fazer seus sonhos se tornarem realidade também... - É como se... - A fim de fazer isso, eu tinha que ir mais para cima... E tinha que ter mais coisas... Apenas quando eu tinha tudo... Meus sonhos tornaram-se maiores que o amor... Toda minha vida, quando eu estava lutando... Você é toda minha vida, você me completou. - Essa música... - Eu tentei me completar com outras coisas... Toda minha vida você é toda minha vida... Mas eu não pude ser preenchido... - Fosse sobre mim.

 

Sex, 5 de Fevereiro de 2020, 08:15 A.M, Sala de aula, ___ POV.

 

 - Bom dia Kookie... - Disse assim que me aproximei do garoto e me sente eu seu lado, seus olhos confusos me seguiam. - Hana não vem hoje... Então pensei em me sentar com você. - Dei um sorriso ao garoto que assentiu sorrindo falso, seus olhos estavam tristes. - Você tá bem Koo?

 

 - Ha... Um pouco cansado, não costumo dormir muito tarde. - Mentiu olhando em meus olhos mostrando um sorriso fino. - Você dormiu bem? - Assenti freneticamente.

 

 - Sua voz é tão linda... Me desculpa por ter dormido... - Desvio o olhar envergonhada.

 

 - Nah... Essa era a intenção. - Manteve o olhar em minha direção me levando a olhá-lo, o encarei, em silêncio profundamente ficamos ali por um bom tempo já que nenhum de nós conseguia deixar o transe.

 

 - Seus olhos estão inchados. - Pisquei nos libertando, desviou o olhar.

 

 - É... - Riu sem humor.

 

 - Por um acaso... 

 

 - Façam silêncio por favor. - O professor avisou me fazendo notar que a sala mais cedo vazia se encontrava cheia.

 

Jungkook se endireitou na cadeira seguido de mim, engoli em seco notando agora os cochichos altos, que mesmo que negasse sabia que estavam em mim e Jungkook, o outro abaixou o olhar para o caderno suspirando, segui seu olhar decepcionada, é uma pena alguém como Jungkook passar por coisas assim, notei a folha rabiscada com uma letra não tão caprichada mas que pode ser facilmente compreendida ainda mais se alguém a visse diariamente, como eu o fazia, arregalei os olhos sentindo meu interior vibrar... A folha... A letra... Jungkook... E de repente tudo fez sentido, bem... Não exatamente tudo, eu com certeza estava bem mais confusa que antes, afinal... Era apenas um engano... Ou talvez... Todas as vezes que eu via Jungkook nos lugares marcados... Isso... É realmente ele? Olhei o garoto com olhos arregalados porém sem dizer nada, Jungkook gosta de mim... E... Eu não sei o que fazer... Se Yoonji descobrir... Não, não, não pode ser verdade... É só uma coincidência, Jungkook não tem um motivo pra gostar de mim, eu e ele não... Olhei o professor sem expressão, e de repente cada momento em que passamos e as cartas passaram por minha mente ligando cada frase a um acontecimento, cada ação e até mesmo a música de ontem... Neguei apoiando os cotovelos sobre a mesa e escondendo meu rosto em minhas palmas, não Jungkook eu não queria isso, eu só queria conversar com ele mas... Eu não consigo... Simplesmente não sai, até mesmo não sei se quero dizer a Hana... Eu nem mesmo sei por que estou tão feliz. 

 

Sex, 5 de Fevereiro de 2020, 12:13 P.M, Banheiro feminino, ___ POV.

 

Joguei água em meu rosto mais uma vez e encarei meu reflexo no espelho acima da pia, suspirei fundo, ainda não havia digerido toda a ideia de Jungkook ser meu admirador secreto, jamais imaginaria que ele poderia ser tão fofo e brega de tal jeito, mordi meu lábio inferior, fugi da mesa do refeitório em que nos sentávamos deixando Yoonji e Jungkook a sós, olhá-lo, eu sequer consigo olhá-lo, meu estômago revira e revira sendo que ele nem se confessou para mim... Se eu já estou assim agora imagina quando... Neguei freneticamente com uma cara chorosa, preciso acabar com isso logo, e manter isso apenas entre eu e ele... Bem e talvez Hana.

 

Sex, 5 de Fevereiro de 2020, 12:20 P.M, Refeitório, ___ POV.

 

 - Não vai comer? - Yoonji perguntou envergonhada por sentar ao lado do garoto, mantive meu olhar longe do dele apoiando meu queixo sobre a destra, neguei.

 

 - Estou sem fome. - Disse em um tom retraído.

 

 - Nem mesmo a sobremesa. - Senti meus pelos se arrepiarem assim que ouvi Jungkook mencionar, sorrateiramente olhei em seus olhos sentindo meu estômago reclamar, neguei em silêncio o olhando chorosa com um bico nos lábios, bufei.

 

Sex, 5 de Fevereiro de 2020, 04:00 P.M, Sala de aula, ___ POV.

 

Engoli em seco mantendo meu olhar que mesmo ainda desinteressado ao quadro negro rabiscado de giz branco, vez ou outra meu braço roçava no de Jungkook que estava estranhamente quieto, ainda não conseguia encara-lo ou dizer qualquer palavra a ele, tentei vez ou outra ganhando seu olhar confuso ao me ver congelada, talvez ele mesmo já havia notado que eu descobri já que agora deixava seu caderno menos visível a mim.

 

 - Kook... - Tentei o chamando baixinho.

 

 - Hum? - Senti seu olhar sobre mim.

 

 - A-as... - Travei mais uma vezes, por que eu não conseguia?

 

Sex, 5 de Fevereiro de 2020, 05:06 P.M, Entrada da escola, ___ POV.

 

Talvez, eu estivesse me auto poupando de passar vergonha, essa foi a única resposta plausível ao meu comportamento frente ao outro. 

 

 - Eu não sabia que a matéria do ultimo ano...

 

Não tinha provas, apenas coincidências, eu não posso só acreditar no que parece ser a verdade, preciso de provas da pura verdade.

 

 - ___?

 

Ou eu... Só estou achando pretextos para ignorar a verdade...

 

 - ___! - Yoonji gritou chamando minha atenção, pisquei várias vezes atordoada.

 

 - Huh? - Perguntei confusa.

 

 - Aish... - Ela riu alto negando fracamente, estava a uma boa distância dela, quase me encontrava na saída enquanto ela estava perto dos armários, apressadamente me juntei a ela sorrindo forçadamente. - O que houve com você hoje? - Abriu o armário organizando suas coisas, suspirei fundo e hesitei. 

 

 - Eu... Não sei. - Sussurrei e peguei a chave receosa, girei a fechadura abrindo o mesmo notando diretamente o pequeno envelope, hesitante peguei o mesmo com as mãos trêmulas e novamente ele tomou meus pensamentos, senti Yoonji se aproximar e sem pensar duas vezes abri o papel lendo em silêncio tal verso.

 

"Toda minha vida.

Sim, é sobre você.

 

Me encontre no clube de música.

Ass: Seu admirador secreto"

 

 - Oh! - Yoonji soou surpresa. - Não é aquela música? 

 

Jungkook...


Notas Finais


...Em uma época onde as criaturas místicas se misturaram com humanos criando descendentes...
Uma jovem que nem se conhece direito recebe a missão de salvar o rei, alguém importante para os humanos, mal soube ela que ao aceitar a missão acabou-se perdendo em um mar de novos sentimentos, não tão bons quanto imaginava, mas isso a ajudou a se encontrar e encontrar as respostas que tanto procurava...

https://www.spiritfanfiction.com/historia/los-dos-versos-de-amor-jungkook-long-fic-19075772

TEM ALGUMA IDEIA OU TIPO ESPECIFICO DE FANFIC QUE ESTÁ PROCURANDO LER MAS NÃO ENCONTRA?
VISITE: https://www.spiritfanfiction.com/historia/mais-sobre-mim-mais-sobre-voces-18888308
PARA QUE EU POSSA TE AJUDAR A CRIAR A FANFIC DOS SEUS SONHOS.

Música que o Jungkook canta: All of my life - Park Won
https://twitter.com/BTS_twt/status/968572393718407168

Perdão pela demora, eu meio que inventei de começar a jogar Minecraft e Stardew Valley, aí você já pensa na menina viciada KKKKKK.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...