História Seu Ciúmes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga, V
Tags Bts, Ciumes, Drama, Taegi
Visualizações 90
Palavras 684
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Ciúmes


Fanfic / Fanfiction Seu Ciúmes - Capítulo 1 - Ciúmes

E lá estava eu, mais uma vez sentado no meu sofá de cabeça baixa, escutando as palavras duras e ríspidas que saiam dos lábios de Yoongi, eu já estava totalmente frustado com tudo aquilo! Por que ele tinha que ser assim? Por que tão ciumento?

-Yoongi, eu te prometo, eu juro que eu não olhei pra ele

-Não olhou? Eu não estou cego Kim Taehyung! Você estava parecendo uma vadia olhando pra ele daquele jeito, toda a rua percebeu!

Senti leves lágrimas se acumularem em meus olhos, e me levantei irritado segurando ele pela gola, recebendo um olhar agressivo

-Ele olharam pois você estava gritando Yoongi! foi por isso!

-EU TINHA MOTIVOS PRA ISSO TAEHYUNG! AGORA VOCÊ É NOIVO DE ALGUÉM, COMO PODE FICAR OLHANDO PARA QUALQUER UM NA RUA?!

-VOCÊ NÃO OLHA PRAS PESSOAS NA RUA? QUE INFERNOS! POR QUE EU ESTOU ERRADO AQUI?

Empurrei seu corpo fortemente, e me virei de costas pra si, prestes a sair daquele lugar, mas meu braço foi segurado firmemente, me fazendo virar para si.

-Eu olho pras pessoas na rua sim tae, mas não por 5 minutos

Ele diz com a voz baixa, provavelmente estava se segurando para não gritar comigo ao ver o estado que me encontrava, eu estava em prantos, soluçando como se alguem tivesse morrido, eu estava cansado daquilo.

-Eu... Eu não quero mais

Falo abafadamente sentindo um soluço se desprender da minha garganta, enquanto o aperto em meu braço se afrouxava.

-Co-como assim?

Olhei em seus olhos vendo eles ficando suavemente avermelhados, e quando ele tentou se aproximava, me desvenciliei de seus braços, recuando alguns passos.

-Eu... Acho melhor a gente, ter um tempo

-OQUE? TEMPO? TAE! COMO VOCÊ...ARGH! VOCÊ É UM....

Dei um tapa forte em seu rosto antes que ele pudesse completar aquela frase, e tirei a aliança de meus dedos, jogando em si com um grito, e logo deixei meus sentimentos me guiarem de volta pra casa, ignorando seus gritos, as vozes e até mesmo as dores que só crescia em mim, mas em casa, eu despenquei, eu não me aguentei e chorei encostado na porta da minha casa, olhando pra única janela que conseguis ver no corredor, que indicava a tempestade que começava a cair; e com o leve som da chuva, me permiti dormir, ter alguns minutos de descanso.

✧♡너 예쁘다♡ ✧

-TAE! TAE! ABRE AMOR! POR FAVOR.

Abri devagar meus olhos ao ouvir os gritos entrarem na minha audição, e olhei tonto pra frente, sentindo todo meu corpo doer por eu ter deitado no chão, e logo virei meu corpo pra porta quando escutei tapas desesperados nela, sentindo meu peito arder ao notar quem era.

-Yoongi... Sai daqui

Pedi com a voz dolorida e arregalei os olhos ao ouvir um soluço do outro lado da porta, ele parecia tão machucado.

-Tae me perdoa .. Ugh.. Por favir, eu fui, um babaca.

-Sai... Por favor.

-Não, eu não vou ir, eu vou focar com você tae, eu te amo, não faz isso por favor

-Você me chamou de vadia Yoongi, me disse que eu era uma puta que dava pra qualquer um!

Disse alterado sentindo meus olhos se encherem de lágrimas mais uma vez, eu o amava tanto, mas ele me feria mais ainda.

-Eu vou melhorar, eu te prometo, eu te prometo, só mais uma vez, eu fui um idiota, eu sei, e não tenho nem um pingo de permissão de estar pedindo isso, eu sou um monstro, me perdoa

-Me promete Yoongi? Você me promete?

-Eu prometo

E eu aceitei, eu o aceitei comigo, mas ele me surpreendeu, pois ele realmente se esforçou e mudou, ele ainda era possesso comigo, mas ele não era tão agressivo e nossas brigas diminuíram. Eu descobri que com isso ele me amava demais, então passei a retribuir mais ainda, e continuamos vivendo felizes, com uma grande família e eu odiava somente em pensar, que em um mundo paralelo eu e ele realmente havíamos terminado e acabado com esse relacionamento, e agora eu só sei agradecer por ter tido a possibilidade de viver esse incrível e clichê "conto de fadas"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...