1. Spirit Fanfics >
  2. Seu Coração de Espada é Meu. >
  3. Capítulo O1 - Conversa.

História Seu Coração de Espada é Meu. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eu não sei se está fanfic Gay ficou boa,desculpe qualquer erro nas palavras. Tenham uma boa leitura,e ate á próxima!

Capítulo 1 - Capítulo O1 - Conversa.


Fanfic / Fanfiction Seu Coração de Espada é Meu. - Capítulo 1 - Capítulo O1 - Conversa.


Sua respiração forte e descontrolada pelo cansaço pelo tanto que seu corpo trabalhou durante este curto tempo de 2 horas,levantando pesos tão agoniado por dentro que precisava sair de lá com ainda tendo o fato de está solitária mesmo com a estranha companhia naquele veículo marinho pelo médico.

*Calma e respirei fundo*  dizia a si mesmo preparando para entrar no banheiro do navio,depois da solitária caminhada até o mesmo sem sinais do médico. Zoro negava em sua cabeça o quanto aquilo o estava incomodando o fato de está tão quieto e silêncio sem bebidas,ele não conseguia distrações para que sua mente se desviasse de pensamentos estranhos.

A calma silenciosa e o fechar do próprio olho venham com seu corpo sendo aquecido pela água já sendo espumada com o líquido,as pequenas 3 batidas sendo alertada s pelo espadachim que logo perguntou com sua voz depois de passar.

─ Oi! O que foi,Law? - Perguntava O espadachim supreso.

─ Você vai demorar muito? - Respondia a voz com a duvidosa junto ao ar de mistério.

─ Não,eu saio à 50 segundos. - Respondeu com seu cérebro depois de está louco desse maldito detalhamento do tempo.

─ Certo. - O outro respondeu com Zoro por fim apenas escutando seus passos até desaparecerem os barulhos.

Quando ao mesmo tempo se sentando cada um em uma ponta da sombra,o silêncio matador veio e veio para agita-los internamente até resolverem fazerem algo em comum sem nem mesmo saberem.

Ambos então viraram o olhar onde se chocaram com ambos supresos por causa lado do mesmo modo,a desviada com Zoro por sua vez tão rápido mais que seus próprios  movimentos e reflexos de suas lâminas em combate. Aquele silêncio com o clima estranho demais,acabou com Luffy gritando Cheguei ao navio onde Zoro foi o primeiro a se levantar e receber seu Capitão junto com os outros e os outros tripulantes dos Chapéus de palha.

─ Por que está aqui,deveria aproveitar a festa. - O espadachim ficou quieto com seu coração ao contrário bem agitado.

─ Não sem você,sendo da família merece aproveitar conosco. 

Aquelas palavras saíram de sua boca coisas que ele jamais com seu orgulho diria a alguém que ele desconfiasse tanto como Law,ele estava sendo menos orgulhoso sem si mesmo inteder.

─  Law ... venha comigo,por favor ... - Zoro falou tão suave e com tanta pureza para aquele que estava quebrado de tanta fofura que acabou de ser socada nele.

Os lábios tremeram com seu orgulho sendo mais estrasanhado talvez de tanto beber começou a afeta-lo sentimentamente,seu lado fofo e carinhoso se manifestava mais e mais.

─ Você está t-tão bêbado assim?. - Ele  falou quando Zoro reparou que Law está  muito bem corado. Ele tremeu com medo e vergonha junto de sua melancolia mente pela bebida,Luffy então comia tanta carne distante que Zoro não se importou em parar de foca-lo por um curto tempo e decidiu olhar o médico nos olhos sentindo algo estranho no peito.

Zoro então acordou com sua escuridão com seu olho esquerdo arregalado e seu corpo suado de medo do ir fez ou melhor do que não se lembra,tentava se concentrar em seu próprio corpo de seu olho fechado e se ajeitou um pouco sentado naquele barril vazio sem nenhuma bebida.

Quando Law o chamou,o mesmo quando o viu analisando sentiu mais uma dor estranha no coração significava que o metal se danificava mais ainda,Law o olhava depois Zoro percebeu que aquele olhar de brilhante brilhantes demais como algo mais íntimo.

─ Eu fiz alguma coisa horrível? - Perguntava olhando para o chão e apertando um pouco o tecido da calça em ambas as mãos.

─ Não. Mesmo bêbado apenas tive que olhar você, até desmaiar e te trouxe aqui já que você com certeza queria aproveitar mais a noite. - Respondeu com o batimento cardíaco e a pequena coração no esverdeado.

─ Obrigado,Law. - Falou estrasanhando quase acabando aquele orgulho que o predia de amar,mesmo que seja cedo demais para o próprio amor a primeira vista.

─ De nada. - Desta vez quem ficou levemente corado foi o Trafalgar pois não esperaria um obrigado de Zoro naquela noite ,no máximo que pensava era em um  deveria ter me deixado  do próprio Roronoa.

─ Olhando agora,onde estam os outros.  - Perguntava Zoro ao cirurgião.

─ Ali. - Law apontou onde o esverdeado virou os olhos observou seus companheiros conversando com eles dois solitários nas sombras da noite estrelada,então era assim que ele se sentia? ─ Perguntava para si sentindo uma violenta pequena dor em seu coração.

Percebeu que o Trafalgar desapareceu e resolveu ir atrás do mesmo em seu quarto.

Já o Médico da Morte estava furioso se desfazendo do casaco,junto da blusa apenas com a calça de pintinhas. O ódio ciumento veio ao lembrar daquelas malditas investidas de um homem a Zoro,chigava baixo toda palavrão que conhecia naquele momento de explosão para que não chamasse mais atenção que teve na festa.Quando alguém  bateu na porta,estava tão preparado para seu Room para mandar qualquer um para fora do quarto de tanta raiva que estava por seu maldito coração inquieto.

─ Law. É o Zoro,eu preciso te dizer algo muito importante. - Ouvindo a voz da pessoa que o fazia internamente inquieto seu corpo parou de ódio e voltava a calma novamente.

Law desfez seu Room deixando o Roronoa entrará e então em um momento de resfriamento profundo de sua mente raivosa por causa do abandono,é o cirurgião pensava numa coisa boba mais para seu amado estava tudo bem então.

─ Quero dormi com você,Law. - Falou Zoro sentindo uma palpitação quente dentro de seu peito.

─ O q-que? - Law sentiu a coração mais poderoso e quente nesta batida com rapidez que antes tanto que sentiu suas mãos tremerem e também usarem.

─ Quero dormi dividindo está cama com você,Law. - Zoro se sentia tão idiota quando uma criança tola atraída por doces por um maldito lobo mal.

Um suspiro veio de Law e seu reviramento no olhar quando se sentava na cama,Zoro por sua vez o olhou até escutar  certo  saindo nos lábios do tatuado então se deitou olhando para a tatuagem no peito do outro admirando-a com seu olhar tão casando até fechar os pesados olhos. Já o Trafalgar não esperaria mais um segundo para alizar os fios na testa do Roronoa que então realmente estava bem fofo naquele momento de sua própria inocência,aquelas voz e palavras sem efeito das bebidas apenas sinceridade fez o mesmo perceber ao cansaço também e dormi junto de Zoro.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...