1. Spirit Fanfics >
  2. Seu fã numero 1 >
  3. Capítulo Unico

História Seu fã numero 1 - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo Unico


Fanfic / Fanfiction Seu fã numero 1 - Capítulo 1 - Capítulo Unico

"Jornal Japão

Para o herói número 1, Deku, venha conhecer o menino Byoki, ele é sem dúvidas, o seu fã numero 1, ele lhe aguarda em Tokyo. "

...

...

O menino, de seis anos de idade, estava escovando seus dentes no banheiro.

A criança tinha um cabelo branco e bagunçado, sardas na bochechas, olhos grandes e pretos, ele também usava um pijama verde com detalhes de cor bege... Para ser mais específico, ele usava um pijama temático do maior herói da historia, Deku.

Byoki - Escova, escova, escova! Para ficar com boca limpa! Escova, escova, escova! Para ter uma belo sorriso! - Cantarolava com a boca cheia de espuma, por causa da pasta de dente.

O menino passa uma água corrente em sua escova, para retirar a pasta presa na escova. Logo em seguida enche sua boca de água e cospe para retirar toda a espuma de sua boca.

Byoki - Que soninho... - Diz passando a mão nos olhos.

O pequeno abre a porta do banheiro, já dando acesso ao seu quarto... Ele realmente não espera ver aquilo...

Byoki - Não acredito! - Diz com os olhos arregalados.

Deku - Oi, fiquei sabendo que você gosta muito de heróis - Diz acenando para o garoto, que o olhava com brilho nos olhos.

Deku estava sentado na cama da criança, usando seu traje de herói, para fazer uma grande surpresa ao seu fã número 1.

Byoki - NÃO ACREDITO! - Disse paralisado segurando a maçaneta da porta do banheiro.

Deku - Ei Byoki, você esta bem? - Perguntou preocupado com o menino.

Byoki - Você sabe meu nome! - Diz com um sorriso enorme em seu rosto.

Deku - Claro que sei - Diz andando até a criança - Eu sempre decoro o nome dos meus amigos! - Diz pegando o Byoki nos braços.

Byoki - Amigos!? - Pergunta sem tirar aquele sorriso do rosto, parecia que sua face estava congelada.

Deku - Claro que sim! Fiquei sabendo que você é meu maior fã! não tem como não considerar meu maior fã, um amigo! - Diz colocando o garoto na cama.

Byoki - Eu tenho tantas perguntas! - Diz sem tirar os olhos de Deku.

Deku - É mesmo!? Adoraria responder todas elas!

Byoki - Uma vez eu vi um vídeo, de um herói acabando com o vilão Shigaraki! Era você!?

Deku - Ah! Sim era eu, mas eu não teria conseguido sem a ajuda dos outros heróis.

Byoki - Como foi!? Me diz, por favor!

Deku - Foi muito difícil... Ele é um vilão muito poderoso, eu precisei combinar minha individualidades com as do Bakushinchi. Lembro ter sido impulsionando e ter usado muito além do que meu corpo aguenta.

Byoki - Como assim, mais que seu corpo aguenta?

Deku - Meu poder é tão forte, que se eu usar mais de 90%, eu me machuco.

Byoki - E quanto você usou?

Deku - entre 100% e 200%.

Byoki - Caramba! - Diz dando um pulo e ficando de pé na cama.

Deku - Eu quebrei meus dois braços... Doeu muito.

Deku começa a rir, lembrando da hora que ele quebrou os braços.

Deku - Depois disso, tive que ficar um ano sem atuar como herói, para poder usar meus braços novamente.

Byoki - Por que você usou tanto de seu poder? Isso não é arriscado?

Deku - Um herói tem que colocar a vida das pessoas, sempre em primeiro lugar.

Byoki - Que incrível! - Diz pulando na cama - Por que seu nome de herói é Deku?

Deku - Bem... É que esse foi um apelido que uma pessoa muito espacial colocou em mim.

Byoki - Entendi...

Deku - Hehe... Ei, soube que você tem uma coleção de coisas sobre mim.

Byoki - Sim! Eu tenho! - Diz pulando para fora da cama.

O menino entra debaixo da cama, e logo em seguida, sai com uma caixa de cor verde, em suas mãos.

Deku - Uau, é uma caixa bem grande - Diz olhando impressionado para a caixa que o garoto segurava.

Byoki - Eu tenho muitas coisas guardadas aqui - Diz colocando a caixa encima da cama.

A criança sobe na cama e abre a caixa, retirando a parte superior, de cor verde, com detalhes bege com gliter.

Byoki - Olha os meus desenhos! - Diz tirando varios papéis de dentro da caixa.

Deku - Deixa eu ver - Diz pegando as folhas na mão de Byoki.

Deku começa a olhar os desenhos, e as pinturas feitas com lápis de cor. Os desenhos eram sobre os heróis, ele viu desenhos do Shoto, Bakushinchi, Red Riot, mas a maioria dos desenhos eram sobre o Deku, era perceptível que os desenhos do herói número 1, eram mais bem feitos, o garoto provavelmente se esforçava mais para recriar o seu herói favorito, naquelas folhas de papel.

Deku - Você é um artista, sem duvidas! - Diz olhando maravilhado, para os desenhos.

Byoki - Obrigado! - Diz dando um sorriso - Eu também tenho alguns bonecos! - Diz botando as mãos na caixa.

A criança retira varios bonecos do herói Deku.

Deku - Hehe... Quanta coisa! - Diz pegando um dos bonecos - Eu nem sabia que tinha tantos bonecos...

Byoki - Existem muitos bonecos, um dia eu ainda vou ter a coleção completa!

Deku olha meio triste para o menino.

Byoki - Eu disse alguma coisa? - Pergunta preocupado.

Deku - Não, não! É que... Eu era igual a você quando tinha sua idade...

Byoki - Sério? Que legal, eu sou igual ao Deku!

De repente o relógio que ficava encima do criado mudo, começa a apitar.

Deku - Oh... já é hora de dormir - Diz olhando o relógio, dando 21:00.

Byoki - Poxa... - Diz desanimado, deitando na cama.

Deku - Desculpa, mas sua médica disse que você tem que dormir nesse horario... - Diz cobrindo o menino com o cobertor.

Byoki - Ok...

Deku - Foi muito legal te conhecer - Diz indo até a porta.

Byoki - Foi muito incrível conhecer o senhor...

Deku se aproximou da porta, colocou a mão na maçaneta, quando...

Byoki - Espera! - Grita para seu herói.

Deku - Ok - Diz largando a maçaneta e olhando para o menino.

Byoki - Eu... Eu poderia saber quem é o senhor? - Pergunta envergonhado.

Deku - Como assim? Quer ver meu rosto? - Pergunta confuso.

Byoki - Sim... Queria ver quem era meu herói favorito...

Deku - Bem... - Diz meio pensativo - Somos amigos... Ok, eu mostro.

Byoki - Serio!? - Diz muito feliz.

Deku - Mas você tem que saber, minha identidade serve para proteger todos próximo de mim... Ninguém pode saber esse segredo, confio em você - Diz abrindo o zíper atrás da sua mascara.

Byoki - Prometo que nunca vou contar!

Deku tira sua máscara, revelando um homem com sardas, cabelos verdes e olhos verdes.

Deku - Meu nome é Izuku Midoriya.

Byoki - Uau! - Diz muito feliz por seu herói ter mostrado seu rosto.

Midoriya - Eu sou um homem normal, tenho uma esposa e um filho, uso essa máscara para proteger eles e meus amigos.

Byoki - Proteger de que?

Midoriya - Bem... É que minha individualidade vem de uma linhagem, e muitos vilões querem acabar com essa linhagem, eles já tentaram machucar muitas pessoas proximas a mim para me derrotar... Então achei melhor esconder meu rosto, para que se algum vilão quiser acabar comigo, que venha só a mim e mais ninguém.

Byoki - Entendi... Que incrível, deixar de lado a fama, para proteger quem ama... - Diz olhando para seu herói - Hoje foi o dia mais inesquecível da minha vida.

Midoriya - O meu também...

Midoriya abraça o garoto.

Midoriya - Quer que eu fique aqui, até você dormir?

Byoki - Sim! Muito obrigado! - Diz sorrindo.

Midoriya senta no final da cama do garoto, esperando ele cair no sono.

...

...

Depois que o garoto adormece, Midoriya escreve uma carta e coloca ao lado do garoto.

"Adorei conhecê-lo, você é um garoto incrível e talentoso. Hoje foi um dia inesquecível!

Assinado, seu fã número 1, Deku"

Midoriya veste sua máscara e sai pela porta do quarto.

Saindo do local, Deku se senta na calçada ao lado de uma placa escrita "Hospital do câncer", o herói não aguenta e começa a chorar.

"Jonal Japão

Para o herói número 1, Deku, venha conhecer o menino Byoki, ele é sem dúvidas, o seu fã numero 1, ele lhe aguarda em Tokyo.

O pequeno Byoki tem leucemia, os médicos dizem que ele tem apenas dois meses de vida."

...

...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...