1. Spirit Fanfics >
  2. Seul. - Jikook >
  3. O Garoto loiro das vestes vermelhas

História Seul. - Jikook - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - O Garoto loiro das vestes vermelhas


Fanfic / Fanfiction Seul. - Jikook - Capítulo 1 - O Garoto loiro das vestes vermelhas

Sexta-feira, 20:14 PM



Jungkook P.O.V.'s on


Eu não tô nem um pouco no clima de festa, mas todo fim de ano eu estou aqui fazendo festa na minha casa, nem eu sei o que eu faço comigo mesmo. Eu sempre faço uma festa em todo ano novo e esse ano não seria diferente, eu sempre convido muita gente - e tem casos que eu nem faço idéia de quem são - incluindo meus amigos, Yoongi, Namjoon e Jin. Eu tenho poucos amigos e eles tentam fazer de tudo pra eu me enturmar, mas eu não consigo - eu sou estranho no meio deles - e isso termina na mesma coisa, com aa pessoas achando que eu sou o psicopata doentio enquanto eu só tô sendo... Eu.

Tirando eles, tem também meus inimigos, que uns deles vem sempre encher a cara e bater em nerds inofencivos. - Que eu sempre defendia - Eu não fico impedindo eles de vir aqui em casa - na verdade eu não ligo mesmo - E apesar de tudo eu não ia ganhar, porque eles tem aquela ganguezinha de merda.

Então eu estava no meu quarto, com Yoongi deitado na cama escrevendo alguma coisa no seu caderno - Que até hoje eu quero saber o que ele tanto escreve nele - e eu procurando uma jaqueta de couro.

- E ai? Você vai? - Parou o que estava fazendo e me questionou.

- Do que você tá falando? - Olhei.

- Se enturmar - Revirei os olhos e voltei a procurar a jaqueta. - Qual é? Você não quer conhecer pessoas novas porque, antissocial?

- Você sabe, todo mundo acha que eu sou doentio, acham que eu sigo os passos do meu pai. - Eu ainda não acostumei a falar disso, meu pai faz parte de uma gangue daqui, ele mora num trailer perto de uma floresta onde não pega nem sinal. Ele deixou a casa pra mim já que eu recusei sair e me tornar um deles.

- Nem todo mundo, mostre o melhor de você. - Sorriu. - Tem pessoas que não te conhecem por causa desse seu medo de socializar. - Eu o encarei por um tempo e suspirei.

- Eu vou tentar o meu melhor. - Obviamente eu não vou fazer isso.

Depois de eu ter achado minha jaqueta,  eu desci as escadas, vendo a visão do inferno, infelizmente aquela ganguezinha de merda estava ali novamente, aprontando com pessoas aleatórias. Eu tava me esforçando pra não parecer estranho, eu via algumas pessoas se afastarem e isso me deixou com mais vontade de voltar pro meu quarto - Oh Deus, por quê eu fui fazer isso? - mas eu tentei socializar.

Eu não fui procurar o Jin e o Namjoon porque provavelmente eles devem estar fazendo sexo em algum quarto ou talvez no banheiro. Então eu fiquei no meio das pessoas, era apertado, tinha muita gente ao meu redor, o cheiro de bebida alcoólica me dava vontade de vomitar, até porque esse era o cheiro que eu senti a minha infância inteira convivendo com o meu pai.

Meus olhos focaram numa mesa onde estava o resto da daquela gangue, Jayden, o mais babaca deles, meu sangue fervia quando sequer tocava no nome dele, me faz lembrar o que ele já fez com Jin e considera isso uma conquista e os outros babacas ficam boquiabertos quando ele fica se gabando do que conseguiu.

Me preocupei ao ver ele colocando um "Boa noite Cinderela" num drink, que com certeza não era pra ele, então eu fui ver pra quem era a pessoa. Um garoto de vestes vermelhas aceitou a bebida e o cara de pau tem coragem de sorrir vendo ele tomar o drink, eu não deixei levar, eu fui atrás dele mas fui empurrado pelas pessoas que estavam dançando bêbadas ao meu redor, eu consegui ver quando as pessoas se afastaram um pouco, o garoto estava passando mal e Jay o colocou no seu colo - Isso não é nada bom - esse garoto com certeza ia ser abusado sexualmente, até porquê Jay é bissexual assumido - E pelo jeito, um idiota assumido também. - Anyway.

Então eu segui os dois e o garoto já estava desmaiado no colo de Jay, enquanto o mesmo o levava até o segundo andar, chamei Yoongi e fomos procurar Jin e Namjoon, que se encontravam bêbados - E se pegando. - Nós subimos as escadas e tentamos abrir a porta do quarto que antes era do meu pai e agora era quarto de hóspede, estava trancada, então a única solução era arrombar aquela porta, fiz isso com Namjoon e quase quebramos aquela porta, mas conseguimos abrir.

O garoto desconhecido se encontrava deitado na cama e inconsciente enquanto Jay tirava a roupa, isso me fez subir um ódio incontrolável e o puxei pra trás, se afastando do garoto que Yoongi estava tentando acordar, eu, Namjoon e Jin começamos a espancar Jay - ah, qual é? Ele merecia - então parei quando o garoto já havia acordado e estava observando tudo o que estava acontecendo sem fazer a mínima idéia do porquê estava ali.

- O-o que aconteceu? Por que eu tô a-aqui? - Questionou olhando cada canto do quarto.

- Calma, o Jay tentou abusar de você, mas tá tudo bem, você tá bem agora, sorte ele não ter feito nada a tempo. - Disse Jin se aproximando do garoto e Yoongi permaneceu quieto depois da frase.

- Quem é Jay? - Os olhares viraram pra mim.

- Nem queira saber... - Respondi sem tirar os olhos do loiro, não pude deixar de analisar seus perfeitos detalhes, ele era muito bonito, muito mesmo - Jay tem uma boa mira, atirou no garoto certo - Mas quando notei, o garoto já estava em lágrimas e Jin enlaçou os braços com o loiro, o abraçando.

- Eu quero que esse tal de "Jay" pague isso que ele fez, que ele sofra, morra no inferno. - Jin se afastou de Jimin um pouco assustado com o que o menino acabara de falar. Confesso que me assustei com o que o garoto disse, ele tem cara de anjo justiceiro, e não de psicopata vingativo igual certas pessoas. - Cof, cof, Yoongi - O garoto limpou as lágrimas e continuou.

- Ele acha que eu vou ficar sem fazer nada? Eu não sou uma vadiazinha pra ficar me controlando. - Nesse momento Jin estava em choque e Namjoon boquiaberto, Yoongi permanecia em silêncio, mas eu só conseguia pensar "esse garoto assiste Riverdale, com certeza".

- Isso que eu chamo de motivação... - Disse Jin coçando a nuca.

O garoto se levantou e saiu do quarto, nós seguimos ele até a porta, vendo Jay saindo da casa com o nariz sangrando.

- Parece que o Jay agora é a Eleven. - Jin gargalhou.

- Olha, você para com essas referências de ST ai. - Falei afastando Jin com um empurrãozinho.

- Só quando você finalmente decidir assistir Stranger Things. - Revirei os olhos.

- De qualquer modo, o Jay foi embora, pelo menos a gente vai continuar a festa sem ele. - Disse Yoongi tentando nos animar.

Quando notei, o garoto das vestes vermelhas já não estava mais ali, olhei para os lados e sim, o garoto tinha sumido da minha vista. Como eu vi que a casa estava lotada de gente e o quintal tava vazio, eu decidi sair, então encontrei o loiro de pé na beira da piscina, olhando pra água.

- O que faz sozinho aqui? - Perguntei me aproximando com um sorriso no rosto, assustando o garoto com a minha aparição repentina.

- Eu não tinha te visto ai. - Disse correpondendo meu sorriso.

- Vejamos, te tirei de uma encrenca e nem sequer perguntei o seu nome. - Ele sorriu ainda olhando pra água.

- Jimin, Park Jimin. - Respondeu logo depois me encarando. - E o nome do meu herói?

- Jeon Jungkook, ao seu dispôr. - Respondi fazendo reverência.

- Eu devo te agradecer. Como posso fazê-lo? - Ele fala tão formal - Ok, talvez eu me sinta um lixo agora.

- Não precisa me agradecer...

- Devo sim, atos simples de humildade exigem outro ato de gratidão. Não aceito não como resposta. - ...Uau.

- Mas não tem muita coisa que você possa fazer. - Tipo me beijar. 

- Eu fui drogado e ia ser estuprado por um homem que eu não conheço e parece ser perigoso, se tiver algo que eu possa fazer em troca... - ...Me beija.

- É sério Jimin, não tem nada mesmo. - Quando me virei para olhá-lo, nossos rostos estavam poucos centímetros de distância. Nossos olhares se encontraram e senti minha respiração ficar falha - Como se o ar dizesse: "Agora é tua, tô saindo!" - Eu senti que ia rolar alguma coisa... Mas ele passou suas mãos nos meus ombros e se afastou.

- Então tá... - Disse se afastando e saindo da minha vista. - POR QUÊ VOCÊ NÃO TOMOU INICIATIVA, JEON JUNGKOOK?

Bom, agora eu descobri que eu vou ter que chegar no Yoongi e fazer aquela pergunta vergonhosa pra ele. "Você que convidou aquele garoto pra festa? Eu tive um crush nele". É, talvez isso tenha saido mais escroto do que eu pensei.

Vou considerar hoje como: "O dia em que encontrei o garoto loiro das vestes vermelhas". 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...