História Seul Ghoul (Imagine Park ChanYeol) - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 21
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Policial, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


É a primeira fanfic (imagine) que eu faço. Ela tem o tema do anime Tokyo Ghoul, mas eu modifiquei do meu jeito e fiz um imagine do ChanYeol. Eu apenas peguei o tema, o imagine só vai ter algumas partes do anime pq o resto é tudo imaginação kk. Se vcs gostarem e quiserem mais capítulos, eu postarei. Mas isso depende se vcs curtirem e comentarem ok? É só isso msm povo.
Espero que gostem ^^
(Recomendo ouvir com este capítulo a música Crazy Sexy Cool- Astro)

Capítulo 1 - Chapter one


Fanfic / Fanfiction Seul Ghoul (Imagine Park ChanYeol) - Capítulo 1 - Chapter one

"Nossos olhos se encontraram. 

Você é tão linda, eu nunca vou me cansar de você" 

P.o.v S/n

Às vezes é bom esquecer que existem aquelas pessoas que estão à sua volta. Você para e reflete, pensando que não há só você com o pensamento de que a vida não faz sentido. Afinal, por que tinha de ser eu pra estar viva? Poderia muito bem ser qualquer um que Deus colocaria neste mundo e um dia essa pessoa poderia pensar a mesma coisa. Então chegamos a conclusão que é bom aproveitar a vida

ou

Enquanto alguém não a estraga.

Hoje será o começo das aulas. As minhas férias não foram uma das melhores, pra ser sincera, não aconteceu nada. Meu uniforme está meio curto, mas é o que tem pra hoje. Termino de me arrumar e vou à cozinha, faço um café e tomo em minha caneca preferida do Kukamon (ou qual for sua preferida). Coloco meus sapatos e vou a caminho da escola.

Chegando lá avisto todos, as patricinhas de merda, os garotos populares e as meninas babando em seus pés, e o resto. Meus olhos logo encontram os 12 garotos. Os "piores" da escola. Eles tem um ar misterioso, são bem quietos e isolados dos outros alunos. Algo neles sempre me chamou atenção, principalmente o tal de SuHo. Ele parece lideram sua "gangue". Seus olhares são direcionados para mim. Acho que não fui muito discreta. Eles me encaravam e cochichavam até que o sinal toca. 

Aleluia!

Entro na sala e me sento perto da janela, todos iam entrando. Os 12 entram e se sentam um tanto perto de mim. Há um que se sentou ao meu lado. Ele era bem bonito, tenho que admitir, eu fique observando o mesmo, ele não parecia perceber ou ele poderia ter me ignorado... Eu acho. Tenho minhas dúvidas. 

...o sinal toca para o recreio...

Todos sairam desesperados, pareciam animais. Credo! Peguei meus fones e celular. O garoto misterioso que se sentava ao meu lado ficou sentado, ele fitava atentamente a lousa. Olhei para lá também e vi que estava escrito: 

"As vezes ele está do seu lado e você não vê."

Quando terminei de ler aquilo o garoto me observava. Aquelas orbes negras, se olhasse no fundo delas veria sua morte. Estranho... Vou saindo devagar, quando ele começou a falar. 

???- Se eu fosse você não ficaria encarando a morte

Aquela frase me tocou. Me fez querer saber mais e mais sobre ele. Ele se levantou e saiu. Sai da sala andando bem devagar, entro no banheiro para dar uma lavada no rosto e atrás de mim saindo de uma das portas do banheiro estava uma das loiras oxigenadas nojentas.

Menina- Olha, estou vendo uma barata! Que nojo! - ela me olha com cara de nojo.

Ela me olha de cima a baixo e sai. Talvez ela tivesse razão.

S/n- Sua idiota!

As lágrimas começaram a escorrer. Fico chorando por longos e longos minutos. Meu rosto estava horrível, lavo-o e dou uma última olhada no espelho. Não estou 100% mas acho que dá para sair assim...

Sai do banheiro com os olhos pequenos e vermelhos. As pessoas ali do corredor me olhavam assustadas, e então eu abaixei minha cabeça. Logo a frente do meu caminho estavam eles. Os 12. Quando passo por eles, SuHo dá um sorrisinho de lado. 

...

Fui para um jardim que havia atrás da escola e me sentei em baixo de uma árvore. Pela tela do meu celular pude ver que meu rosto. Eu não ligo pra opinião das pessoas, porque eu sei que é verdade, então já é de se esperar elas dizerem isto. 

Todos os dias eu ficava sentada abaixo daquela árvore, eu me sentia bem lá. Em minha casa eu sou sozinha, minha mãe vive viajando pelo mundo a trabalho. Não tenho amigos. Uma vez eu tive uma amiga... Mas acho que não dá para confiar nas pessoas...

Flashback

Hoje eu e Yerin iriamos ao parque de diversões, seria o melhor dia de todos. Yerin disse que ia convidar o Mark, ele era da escola e eu tinha uma quedinha por ele.

Chegando lá, avisto os dois. E Puta que pariu. O Mark estava tão lindo! Acho que qualquer momente eu morro, não aguento tanto tiro assim não.

S/n- Oi Yerin!... Oi Mark..- quando falo oi para o mesmo, meu rosto esquenta.

Mark- Oi S/n!- ele dá um sorriso fofo. 

Aaaaaaaaaaaa. 

...

Nós fomos em diversos brinquedos, até que chegou uma hora que a fome bateu. A Yerin e o Mark foram comprar lanches para nós e eu boba fiquei esperando em um banco.

Os dois demoravam demais e então eu fui até lá ver o porque disso. Mas acho que eu deveria ter ficado lá no banco sentada...

Eles estavam se beijando. Logo as lágrimas caíram. Quando os dois pararam o beijo, me viram e logo começaram a vir em minha direção. Mas eu sai correndo. 

Depois do ocorrido no parque, não falei mais com a Yerin ou o Mark. Mas via eles dois juntos no recreio da escola.

1 ano depois eu sai da escola.

E nunca mais os vi.

Flashback off

Foi então ai que eu descobri que há "amigos" não dá para se confiar, eles não são verdadeiros como você espera que fosse.

Acho que esse tempo que fiquei lembrando disto, foi o tempo que eu não percebi que o sinal já havia tocado.

Me levanto, limpo minhas roupas e saio correndo.

...Na aula de História...

Odeio aula de história! Principalmente por causa da professora, aquela vadia! Ela fica tentando "seduzir" os 12. Isso me irrita. Aquela voz manhosa e forçada. Vadia.

Professora- Bom alunos, nós iremos fazer trabalhos em duplas. As duplas serão...

Em quanto ela dizia as duplas eu observava o dia lá fora...

Professora- A sexta dupla será S/S (seu sobrenome) S/n e Park ChanYeol...

Quando ela falou meu nome, tentei deduzir quem seria o tal de ChanYeol. Sabe aquele garoto bonito que sentava ao meu lado e até me ameaçou a olhar para ele? Então...

acho que ele era o  ChanYeol. 

Meu mundo acabou agora...

O ChanYeol parecia não gostar da ideia de nós sermos uma dupla.

S/n- Então... Hmmm... Na minha cas...

Ele me interrompe

ChanYeol- Tanto faz, só cala boca- ele diz olhando ainda para frente.

Ele é frio e direto. Alto e lindo.

Park ChanYeol, fico mais curiosa por você a cada minuto.


"Eu estou ficando louco

É tão fácil te amar, é tão fácil te amar

Você é deslumbrante, linda, babe

Ao seu lado

Uma respiração aromática soa como o vento

Ao seu lado

Eu não posso escapar"


Crazy Sexy Cool

~Astro






Notas Finais


Obrigada por lerem ^^
Espero que tenham gostado e não esqueça de deixar no comentários se você quer que eu continue.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...