História Seus ciúmes - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Chris Argent, Derek Hale, Isaac Lahey, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Melissa McCall, Personagens Originais, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Sterek Scisaac
Visualizações 51
Palavras 7.180
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente, já que vocês pediram tanto (Eu fico muito feliz com isso, dá até forças para escrever) eu continuei com os capítulos já que vocês pediram, então estamos com mais um capítulo aí. Espero que vocês estejam gostando por que o resultado que estou tendo com vocês eu estou adorando.
Já agradeço já vocês, então vamos para o capítulo. Boa leitura, bjs.

Capítulo 16 - Efeitos da lua- parte 1


Fanfic / Fanfiction Seus ciúmes - Capítulo 16 - Efeitos da lua- parte 1

No meio da noite Scott acordou sentindo seu lobo agitado, uma dor na sua clavícula que estava muito intensa. Abriu seus olhos e viu Malia em cima de sua clavícula o que não melhorava em nada o que ele estava sentindo, com muito esforço deslizou suas mãos até a coxa de Malia e a levantou do sofá a menina acordou e Scott disse baixo no seu ouvido.

(Scott)__ Vamos para a cama.

A menina sacudiu a cabeça e deitou em seu ombro a força que ele estava fazendo só doía mais a sua clavícula, deixou a menina na cama e foi até o banheiro e tirou a blusa devagar fazendo uma careta de dor, quando olhou no espelho do banheiro as quatro marquinhas estavam com pequenas cutículas de sangue, quando percebeu seus olhos acenderam e apenas um nome e um pequeno desespero vinham em sua cabeça.

(Scott)__ Isaac...

O moreno foi para seu quarto rápido e pegou umas roupas sem fazer barulho nesse momento nem sentia mais a dor, a adrenalina do desespero que o moreno sentia estava fazendo ela sumir. Scott se arrumou rápido e saiu do seu apartamento e foi ao de Derek, abriu a porta que não estava trancada e nem chamou foi andando até o andar de cima e não encontrou ninguém entrou no quarto de Isaac, não tinha ninguém mais o cheiro do menino estava forte ali, os olhos de Scott se acenderam e ficaram no vermelho vivo. O moreno saiu do loft de Derek e saiu do prédio também, conseguia sentir levemente o cheiro de Isaac que levava a floresta Scott seguiu correndo até certo ponto onde o cheiro do loiro estava sendo substituído por pequenos sinais químicos de medo, desespero com raiva, ódio, Scott continuou seguindo e viu um corpo desacordado mais para frente e sentiu o cheiro do menino e o cheiro de outra coisa se aproximando e ouviu pequenos passos chegando cada vez mais perto, quando Scoot viu que era um lobo ficou entre o corpo desacordado e a criatura que olhava para ele rosnando, Scott rugiu mais alto ainda e o lobo rugiu também mais não fez nada apenas desapareceu na escuridão. Scott sentiu que conhecia aquele rugido.

(Scott)__ Derek?

Quando Scott percebeu o rugido falou baixo mais agora que o lobo tinha sumido ele se voltou ao corpo desacordado e como estava um breu total ele usava sua visão sobrenatural, ele se ajoelhou e viu quem era.

(Scott desespero)__ Isaac, Isaac... Fala comigo.

O loiro nem demonstrava que estava vivo, mais graças a audição de Scott ele percebeu que os batimentos de Isaac ainda se mantinham, fracos, mais ainda estavam ali. Scott pegou Isaac no colo e levou para a clínica, como ele tinha a chave não precisou arrombar mais quando entrou e deixou Isaac na mesa metálica, olhou para o loiro e ainda estavam ali os batimentos fracos, olhos fechados, ligou para Deaton que chegou rápido até demais. Entrou na clínica e encontrou Scott agarrado com a mão de Isaac e mexendo no cabelo dele.

(Scott)__ Vai ficar tudo bem, Isaac...

(Deaton)__ O que aconteceu com ele?

Deaton disse vendo a situação de Isaac, camisa rasgada com sangue seco e cortes alguns com sangue escorrendo ainda e a roupa toda suja. Deaton já foi na direção de Isaac e Scott ainda se mantinha do lado do loiro ainda segurando em sua mão, mesmo que inconsciente Scott tirava um pouco da dor de Isaac.

(Scott)__ Achei ele na floresta, deve ter sido atacado pelo lobo eu vi ele lá... Eu rugi para o lobo e ele acendeu os olhos era um alfa.

Enquanto Scott falava, Deaton já tinha rasgado a blusa de Isaac no meio para limpar os machucados que tinham em seu peitoral ele vendo que os machucados do loiro eram mais profundos e que tinham sido feitos por um lobo alfa o menino não conseguiria se curar facilmente, então Deaton abriu uma gaveta que tinha uma seringa e tinha uma mistura verde dentro, os olhos de Scott estavam grudados no que Deaton fazia.

(Deaton)__ Vou precisar que segure ele Scott, pois ele vai sentir uma dor terrível.

(Scott)__ Ok.

Deaton aplicou a seringa no pescoço do menino, Scott se manteve perto e Deaton se distanciou um pouco mais nada aconteceu. Quando Scott iria se pronunciar Isaac abriu com tudo os olhos e gritou de dor, se curvando e Scott segurou ele os machucados saindo uma fumaça verde e logo depois se curando como se nunca tivesse estado ali. Quando Isaac parou de agonizar, ele estava com suor na testa e ofegante e com os olhos abertos minimamente, quando Scott percebeu as orbes azuis o olhando ele sorriu e acariciou os cabelos de Isaac.

(Scott)__ Está tudo bem, agora.

Isaac sorriu e fechou os olhos, Scott que ainda segurava na mão de Isaac olhou para Deaton e para a seringa que ainda estava na sua mão.

(Deaton)__ Agora sim, ele está bem. Provavelmente com um pouco de dor, mais vai melhorar.

(Scott)__ O que é isso que você deu para ele?

Deaton foi até uma mesinha que tinha algumas coisas pegou uma lanterninha que usava para examinar os cachorros e um estetoscópio, foi até Isaac e abriu o olhou do menino e colocou duas vezes rápido a lanterninha na direção do olho e em todas as vezes a luz foi refletida e Deaton descobriu um pouco de peito de Isaac e ouviu o coração, estava em batimentos normais quando ele terminou de fazer tudo isso respondeu para Scott.

(Deaton)__ Era a mesma substância que sua mãe usou no ferimento do Argent para curar rápido, depois usaram nas queimaduras do Peter de quando ele conseguiu sair do lugar onde os cavaleiros fantasmas os mantinham, ela serve para acelerar o procedimento de cura. Como Isaac tinha muitos machucados e todos feitos por um alfa ele não se curaria tão facilmente, provavelmente ele ficaria desmaiado por dias para tentar se recuperar. Mais como é dia de lua cheia amanhã, acredito que talvez amanhã anoite ele já estaria melhor mais precisamos saber o que ele viu no lobo se sentiu alguma coisa ou algo do tipo.

Enquanto Deaton falava ele só percebia o jeito de Scott com Isaac, o jeito que ele segurava a mão do menino e o jeito que ele olhava para o rosto de Isaac e acariciava seu cabelo, ainda com seus olhos acendidos, foi quando Deaton começará a se perguntar como ele tinha achado o loiro, o que tinha acontecido entre os dois para Scott estar tão preoculpado com Isaac. Deaton foi tirado dos seus devaneios quando ouviu a voz de Scott e ele virado para sua direção.

(Scott)__ Não era melhor nós deixarmos ele descansar primeiro?... Antes de enche-lo de perguntas sobre o que aconteceu com ele?

Deaton sentiu um tom preoculpado e sentido de Scott, Deaton que estava de braços cruzados e mexendo no queixo mexeu a cabeça que sim e disse.

(Deaton)__ Vai querer ficar com ele aí?... Tenho umas perguntas para você Scott.

Agora Scott percebia que o que fazia, largou a mão do menino e parou com o carinho e seus olhos se apagaram mais ele puxou uma cadeira e ficou do lado de Isaac o tempo todo. Sentia essa necessidade de ficar perto do loiro dentro de si.

(Scott)__ Vou ficar com ele aqui, mais pode fazer suas perguntas.

Scott abaixou a cabeça apoiando ela nos braços e apoiou os braços no espaço vago que da mesa ao lado do braço de Isaac, quando Scott cruzou os braços ele esbarrou na marca que ele tinha em sua clavícula automaticamente fazendo uma careta de dor, Deaton percebeu mais não falou nada apenas resolveu começar suas perguntas.

(Deaton)__ Você tinha achado ele todo machucado daquele jeito?

Scott olhando para Isaac e o loiro virado um pouco com a cara para seu lado, Scott alternava o olhar entre Deaton e Isaac nem se importando muito com Deaton ali.

(Scott)__ Sim, eu estava dormindo comecei a sentir uma coisa e eu só sabia que era o Isaac...

(Deaton)__ Como assim Scott, você sentiu o que exatamente?

(Scott)__ Uma dor na minha, aqui... (Scott mostrou sua marca com cutículas de sangue seco)... Comecei a sentir aqui e quando percebi meu lobo tinha tomado o controle e ido atrás dele, primeiro eu procurei no loft não tinha achado, sai do prédio e consegui sentir o cheiro dele e fui seguindo até uma lugar da floresta, encontrei ele todo machucado e então eu só pensei em traze-lo para cá.

(Deaton)__ Tem que cuidar disso Scott, esse seu machucado como você fez?

Deaton disse se referindo as quatro marcas que tinham na clavícula de Scott.

(Scott)__ Esse machucado não se cura Deaton, as marcas dele já eram para ter desaparecido mais ainda estão aqui.

Scott evitou responder a pergunta de como tinha feito esse machucado ou melhor essa marca, pois só de se lembrar como tinha feito ele ficava vermelho e sem graça.

(Deaton)__ Mais mesmo assim tem que cuidar Scott, eu vou pegar umas coisas para pelo menos limpar.

Deaton se virou de costas e foi pegar gases e soro para limpar a ferida, Scott se virou para a direção de Deaton e tirou a blusa para não molha-la com o soro, Scott não tirou o braço de perto de Isaac ou parou de olha-lo. Quando Deaton limpava a marca de Scott ele olhou para Isaac a camisa estava rasgada no ombro direito e ele percebeu uma marquinha pelo rasgado, quando terminou de limpar a marca de Scott, ele foi até o lado direito de Isaac e tirou os retalhos da peça de cima da marca do loiro eram quatro marquinhas um pouquinho maiores que a de Scott,  Deaton olhou para Scott e disse.

(Deaton)__ Scott como ainda estamos no meio da madrugada eu preciso dormir mais um pouco e agora que Isaac esta bem, eu vou embora preciso descansar qualquer coisa que acontecer pode me ligar se vocês quiserem como esses dias para trás vocês agilizaram bastante o trabalho, eu posso cuidar da clinica sozinho.

Scott com a blusa e devidamente arrumado sorriu para Deaton sem mostrar os dentes e acenou com a cabeça, quando Scott pegou o celular para ver a hora e ouviu Deaton sair pela porta ficou abismado eram 3hs da madrugada, Deaton foi para sua casa e Scott ficou com Isaac ali. Scott nem percebeu quando dormiu mais acordou com Isaac se remexendo na mesa, ele levantou da cadeira e se aproximou de Isaac que lentamente abriu os olhos e falou fraco.

(Isaac)__ Scott, dói... Corpo inteiro.

Scott pegou na mão de Isaac que a apertou forte mais sem machuca-lo apenas para passar conforto e mostrar que estava ali e mesmo que inconsciente Scott já tinha tirado o pouco de dor que Isaac ainda sentia.

(Scott)__ Calma sem movimentos bruscos.

(Isaac)__ Como eu cheguei aqui?

Agora Isaac tinha largado a mão de Scott, mais o moreno ainda a mantinha em seu antebraço. Ele tentou se levantar da mesa e Scott ajudou ele, fazendo ficar sentado. 

(Scott)__ Eu te encontrei, todo machucado na floresta Isaac... Pensei que não sobreviveria.

Quando o moreno falou isso Scott sentiu uma vontade enorme de beijar Isaac, pois o loiro estava sentado e curvado ficando na sua altura. Scott não resistiu e quando percebeu que o loiro tinha olhado para ele, avançou um passo e encostou os lábios nos do de Isaac de primeira o loiro só ficou assustado, quando Scott abriu os olhos e viu os de Isaac assustado, tentou se distanciar mais o loiro pegou em sua cintura abraçando e trazendo para mais perto um beijo suave e calmo, mais derepente começou a ficar mais quente e necessitado foi quando Scott separou o beijo mais não se distanciou dos braços que envolviam sua cintura, abriu os olhos e Isaac também ambos com os olhos oscilando.

(Scott)__ Por que, retribuiu?

(Isaac)__ Por que me beijou?

O moreno ficou sem palavras e abaixou o olhar, Isaac percebendo o jeito de Scott tirou os braços da cintura do moreno e esse mesmo se distanciou um passo de Isaac, o clima entre os dois ficou meio tenso então o loiro decidiu falar alguma coisa.

(Isaac)__ Eu preciso de ajuda para ir até o loft de Derek, minhas coisas estão lá preciso de novas já que rasgaram essas roupas.

Foi quando Scott se lembrou de uma coisa que falaria para o loiro.

(Scott)__ Isaac, nós temos que falar sobre isso... Como você foi sozinho enfrentar um alfa?

O loiro meio cansado e dores ainda no corpo, suspirou e olhou nos olhos de Scott.

(Isaac)__ Scott a gente pode por favor, falar disso quando eu estiver tomado banho e com roupas descentes?... Por favor?

O moreno suspirou e inclinou a cabeça num sinal de sim, o loiro sorriu de lado e tentou levantar e Scott o ajudou colocando o braço ao redor de seus ombros e agarrando a cintura dele, quando Scott pegou na cintura de Isaac o moreno ficou meio sem jeito por causa do jeito que eles andavam, levou Isaac até fora da clínica e iria chamar um táxi para não ter que ir andando com ele, eles entraram no táxi e Isaac apoiou a cabeça na coxa de Scott, o moreno falou o endereço e quando percebeu Isaac estava resonando baixo ainda em sua coxa, olhou para a pele pálida do pescoço subiu para os lábios e então Scott sacudiu a cabeça e continuou olhando para a estrada. Quando chegaram Scott balançou de leve Isaac e o loiro acordou os dois saíram do carro E Scott levou Isaac até o loft de Derek, quando entraram Isaac foi até sua bolsa e pegou roupas e foi para o banheiro do andar debaixo tomar um banho, Scott ficou esperando do lado de fora pensando em Malia que estava sozinha no apartamento, se ela acordasse e ele não estavisse lá com certeza ela iria matar ele. Acordou dos seus devaneios quando viu Isaac saindo do banheiro totalmente vestido e secando seus cachos e sentando no sofá, ainda secando os cabelos disse.

(Isaac)__ Agora pode começar o seu sermão Scott sobre conscientização de que um beta não pode enfrentar um alfa sozinho.

Depois de terminar de falar ele abaixou a toalha e olhou para Scott que estava de pé ao lado dele só que um pouco mais frente, Scott riu de Isaac e o loiro soltou um sorriso sem dentes.

(Scott)__ Você sabia que era perigoso por que não disse para mim que iria atrás dele?

(Isaac)__ Por que parecia que você não queria ajudá-lo, então eu fui atrás dele para ver se era o Derek mesmo eu sabia que era por causa do cheiro mais teve uma hora que...

Isaac disse tentando se lembrar de algo, então Scott ficou sem entender e esperando o loiro terminar a frase.

(Scott)__ O que foi Isaac?

(Isaac)__ Scott o Derek me protegeu...

(Scott)__ Como assim Isaac? Me conta tudo o que você lembrar.

Então Isaac começou a contar a sua história, desde quando tinha saído do apartamento.

(Isaac)__ Scott, quando eu cheguei eu literalmente entrei deixei minhas coisas do trabalho e sai de novo atrás do Derek e fui para a floresta quando cheguei lá eu senti o cheiro do Derek e segui ele mais teve uma hora que eu senti um cheiro diferente mais eu não via ninguém mais derepente um cara pulou em cima de mim e começou a me bater e tudo, o estado que você me achou não foi o Derek foi outro cara um alfa também, eu lembro de pequenos lampejos de ver o Derek versão lobo lutando com o cara e correndo atrás do cara e sumindo... Depois disso não lembro mais de nada.

Scott ficou perplexo com o que Isaac contava na verdade tinha ouvido poucas palavras, estava tão concentrado nos lábios que se moviam no cheiro dele e do sabonete mesclado. Só parou de reparar nisso quando viu Isaac olhando para ele sem falar nada mais, para disfarçar então Scott balançou a cabeça e tentou puxar em sua mente o que Isaac tinha falado e conseguiu.

(Scott)__ Então tinha mais um cara atrás do Derek?... Mais não faz sentido Isaac quando eu cheguei ele estava perto de você, o Derek.

(Isaac)__ Talvez tenha voltado para ver como eu estava, se você se esqueceu ainda é o nosso Derek ali dentro... Ele me protegeu Scott, não me atacou nem nada, me protegeu.

(Scott)__ Isaac você lembra como era o cara que te atacou e te deixou daquele jeito?

(Isaac)__ Infelizmente não, isso é tudo que eu lembro Scott.

(Scott)__ Tudo bem, até que você está muito bem para quem apanhou de um alfa.

Scott riu da sua brincadeira com o menino e o loiro para alfinetar também disse.

(Isaac)__ É da última vez que eu tive um encontro com um alfa, eu lembro que eu deixei ele todo dolorido no dia seguinte.

Scott ruborizou com a lembrança da noite que teve com Isaac e sentiu algo em sua calça querer ganhar vida, quando olhou para Isaac e viu um sorriso malicioso ali. Scott viu Isaac levantar do sofá e ir em sua direção, chegou perto do ouvido de Scott e sussurrou.

(Isaac)__ Eu ainda lembro de cada segundo... (abraçou a cintura de Scott e trouxe para perto)... Cada beijo... (beijou o pescoço de Scott, ganhando um suspiro)... Cada suspiro... (mais um beijo)... Cada gemido seu... (um chupão ganhando um gemido de Scott)... Lembro de cada aspecto seu.

Scott estava mole nos braços de Isaac, enquanto Isaac fazia e dizia cada uma dessas coisas o moreno só suspirava e quando sentiu Isaac puxar sua pele do pescoço dando -lhe um chupão seus braços subiram e abraçaram o pescoço do loiro mexendo nos cabelos húmidos de sua nuca em um sinal de apreciação para que continuasse, o loiro realmente continuou até seus beijos subirem do pescoço até o canto da boca de Scott e o moreno puxar-lhe para um beijo necessitado e rápido com direitos a mordidas no lábios e chupadas na língua, os dois já estavam excitados e Isaac pegou o moreno pelas pernas e levou até o sofá deitando-se por cima dele ainda aos beijos de tirar o fôlego, quando precisaram recuperar o ar Isaac iria abaixar os beijos para o pescoço de Scott mais ele fez menção de querer trocar de posição ficando por cima e Isaac deixou pegando em sua cintura e ficando deitado no sofá e Scott sentado em cima de sua membro já duro. Isaac e Scott mantinham seus olhos acesos os de Isaac oscilavam o de Scott estava em um vermelho vivo, o loiro levantou suas costas do sofá para dar um beijo em Scott mais quando o loiro procurou a boca do moreno para dar-lhe um beijo ele foi recebido por um beijo necessitado e rápido, Scott se separou para tirar sua blusa e se levantou para tirar a calça e a cueca de vez ficando nu aos olhos de Isaac, o moreno não voltou de vez para perto do loiro chegou perto dele mais pegou na blusa dele e foi levantando despindo o dorso de Isaac e depois o próprio Isaac tirou sua calça ficando nu também, o loiro virou para frente de Scott e pegou na cintura do moreno deslizou suas mãos para baixo passando pela bunda, parte interna das coxas e chegando na parte de trás do joelho e os puxando fazendo Scott sentar em seu colo, Scott suspirou ao sentir as mãos passar por seu corpo e prendeu sua respiração quando Isaac o puxou para seu colo. Olhos nos olhos, ouro que oscilava com um vermelho vivo, o loiro passou as mãos pela cintura de Scott e as levou para sua bunda massageando ainda olhando em seus olhos, o moreno com vergonha beijou Isaac e sentiu uma mão do loiro segurar uma banda de sua bunda e separa-la e a outra passar a massagear com as pontas dos dedos a sua entrada.

(Scott)__ Angh, Isaac coloca de uma... Ah!

O moreno resetou a coluna quando sentiu os dedos de Isaac entrarem e baterem precisamente em suas próstata, viu estrelas e enfiou a cabeça na curvatura do pescoço do loiro. Isaac ao ouvir os gemidos de Scott sabia que tinha achado a próstata dele e apertou mais aquele lugar sensível, e sentiu o moreno apertar mais o abraço e começar a empurar sua bunda na direção daqueles dedos que o faziam ir ao espaço. Isaac percebendo que o moreno estava mais que confortável e soltava mais gemidos no seu pescoço tirou os dedos.

(Scott)__ Hum!... O que você vai fazer?

O moreno soltou um gemido reclamando da falta de carícia de Isaac, percebendo que o loiro ficou parado e não respondeu ele levantou sua cabeça da curvatura do pescoço de Isaac e o olhou e perguntou e como resposta teve um sorriso safado.

(Isaac)__ Vou aproveitar também, só você tem esse direito?

O moreno nem teve tempo para responder Isaac o pegou pela cintura e virou deitando às costas de Scott no sofá, as pernas do moreno ao redor de sua cintura e uma perna de Isaac no chão e outra dobrada no sofá, Isaac manteve sua coluna ereta para se encaixar na entrada de Scott. O moreno só observando o que Isaac tanto olhava quando sentiu algo pincelando sua entrada gemeu baixo e fechou os olhos e colocou os braços em cima de seus olhos, o loiro levou aquilo como uma provocação de tão fofa que foi a cena, pegou sua ereção se alinhou e se enfiou de uma vez só em Scott fazendo o moreno tirar os braços de seu rosto e resetar o corpo, quando o loiro fez isso a contraída que Scott seu fez seu corpo amolecer e ficou com o peito colado ao de Scott, o moreno ficou com os braços nas costas de Isaac e quando o loiro tirou um pouco seu membro para voltar dando a primeira estocada Scott abraçou suas costas e gemeu em seu ouvido, aquilo para Isaac era estimulante. O loiro continou assim até sentir Scott puxar seu cabelo e buscar sua boca em um beijo urgente, Isaac começou a ficar mais rapido mais sentia seus musculos fadigados por causa da coisa verde que Deaton tinha lhe dado e então estocou Scott fundo e parou daquele jeito e ficou ondulando seus quadris massageando todo interior do moreno.

(Scott)__ Hunf!... Isaac se ficar me provocando assim eu vou terminar por mim mesmo.

Isaac sorriu e estocou de novo e deixou parado, quando fez isso a próstata de Scott ficou esmagada e todo o corpo do moreno tremia em resposta, mais ele precisava que Isaac se move-se e sentiu o loiro lamber a marca que tinha na clavícula fazendo Scott ficar mais sensível ainda e subiu até o ouvido do moreno e sussurrou meio falho pelas contraídas que sentia em seu pau.

(Isaac)__ C-Como va-ai fazer i-isso?

Scott rosnou em resposta e respondeu.

(Scott)__ Assim...

O moreno empurrou Isaac fazendo os dois caírem para fora do sofá, como o loiro ainda estava dentro de Scott por causa da posição ele sentiu Isaac ir fundo e abriu a boca em um "O" perfeito como se fosse gemer mais não saiu nenhum som, Isaac revirou os olhos e apertou as coxas do moreno que estavam uma de cada lado do seu corpo ao sentir a sequências de contrações que recebeu de Scott, quando os dois se recuperaram do torpor que sentiam o loiro sorriu para Scott e escorregou suas mãos para a bunda do moreno e provocou mexendo minimamente seus quadris para cima.

(Isaac)__ Ah Deus!... Então me mostra.

(Scott)__ Hum, Oh!... Vai se arrepender de ter me falado isso Isaac.

(Isaac)__ Não vejo a ho... Oh, Deus Scott.

O moreno tinha levantado um pouco o seu quadril e sentado de vez levando todo o membro de Isaac bem fundo em si, Scott em movimentos assim mordia os lábios para não soltar seus gemidos relativamente altos, sentia Isaac deslizar para entrar para dentro batendo certeiro em sua próstata, o moreno revirou os olhos todo vez que isso acontecia. O loiro sentia -se esmagado pelo interior de Scott, as contraídas que ele dava em resposta quando Isaac batia na sua próstata, o loiro cansada de ver Scott tentar esconder seus gemidos levantou suas costas e abraçou Scott, devida a posição o loiro ficava na altura de seus mamilos e Isaac mordeu seu mamilo direito deixando uma marca e começou a ajudar Scott nos movimentos de seu quadril levantando e abaixando rápido.

(Scott)__ Ãnnnn, Isaac... Oh, Isaac as-sim eu vou gozar rápido.

(Isaac)__ Ah, então vem para mim.

O loiro abaixou com tudo Scott em seu membro e fez o moreno rebolar, depois levantou de novo e fez sentar de novo e rebolar de novo, fazendo isso várias vezes frenético. Recebendo gemidos altos de Scott e o moreno entrelalaçando os braços em seus pescoço e se apertando em si, deixando Isaac conduzir tudo quando os movimentos de Scott foram mudados apenas para sentadas brutas, sentia o membro de Isaac ir tão fundo foi quando sentiu o gozo do loiro dentro de si e se apertou ainda mais em Isaac e o loiro apertou seu quadril em um abraço, quando o moreno sentiu o gozo de Isaac dentro dele ele automaticamente gozou também.

(Isaac)__ Ah! Scott.

(Scott)__ Hum, Isaac.

Quando os dois sentiram o torpor indo embora, Isaac amoleceu seu corpo e caiu deitado de peito para cima junto com Scott em cima de seu peito, os dois ofegantes e tentando acalmar sua respiração. Isaac estava com seus olhos fechados mais não tinha dormido, Scott sentiu o membro de Isaac amolecer dentro de si e deslizar para fora de si um arrepio subiu por toda sua coluna, o moreno foi um pouco para o lado e saiu de cima do corpo de Isaac mais ainda se mantinha abraçado ao loiro. Os dois se mantinham em silêncio apenas as respirações e corações acelerados ainda davam para ouvir, Scott sentiu que aquilo foi tão intenso com o loiro não sentia tudo isso com Malia, quando o moreno pensou nela levantou seu tronco e sentiu uma dor no final da coluna e em sua entrada, o loiro percebendo a movimentação de Scott perguntou.

(Isaac)__ Ei, você está bem?

O moreno meio triste pois tinha percebido o que tinha feito com Isaac, o loiro sentindo a energia que vinha de Scott acariciou suas costas e se sentou com as costas apoiadas no sofá, e viu o moreno chegar perto de si para um abraço que prontamente foi recebido.

(Isaac)__ Scott, pode me falar o que te deixou assim?... Meio para baixo?

(Scott)__ Isaac o que eu fiz com você foi errado, mais foi tão bom que nem as dores que ficam depois conseguem estragar.

O loiro quando Scott começou a falar ficou triste e depois meio risonho triste pela brincadeira do moreno, Isaac se mantinha na mesma posição ainda encostado com suas costas apoiadas no sofá Scott subiu no colo de Isaac sentando em cima de suas coxas e sentiu algo escorrendo de sua entrada, ficou sem graça e apoiou a cabeça no ombro de Isaac e abraçou seu pescoço, Isaac aproveitou para beijar o pescoço dele e sentiu o sorriso do moreno em seu pescoço.

(Isaac)__ Eu imaginei que estava bom demais para ser verdade, acho que o efeito da lua sobre você é mais forte... Já que na maioria do tempo seus olhos estavam acendidos, então tudo bem se você for agora e não querer olhar na minha cara.

(Scott)__ Por que eu faria isso?

O moreno disse afastando seu rosto do pescoço de Isaac para poder olhar em seus olhos mais não desfez o abraço que dava em seu pescoço. O loiro meio triste respondeu.

(Isaac)__ Por que eu imagino que você já deve ter lembrado da Malia, considerando que você deixou bem claro que o aconteceu entre nós não foi nada... Eu não quero criar expectativa de algo impossível Scott, para mim é dificil ver você com ela mais eu amo você... (os olhos do loiro brilharam e essa ultima fala foi tanto do seu lobo quanto dele, seus olhos acenderam e os de Scott brilharam em resposta também)... Se for para ver você feliz mesmo que não seja ao meu lado, eu vou estar feliz por te ver feliz Mais eu só peço que não pare de falar comigo.

O moreno ficou sem palavras, quando Isaac terminou de falar. Scott escondeu seu rosto de novo na curvatura do pescoço do loiro e beijou seu pescoço e ficou em silêncio e sentiu Isaac abraçar mais seu quadril, ficaram um tempo assim até que Scott sentiu Isaac fazer pequenos carinhos em seu quadril e sorriu e tomou uma decisão em sua cabeça que deveria reparar o erro que fez, mais ainda queria uma coisa de Isaac.

(Scott)__ Isaac... Eu... Eu vou reparar a burrada que eu fiz contigo, eu sinto coisas por você que são tão intensas que eu não consigo explicar... Depois disso que a gente a fez só me deu mais certeza de uma coisa... Eu tenho que ficar com você, mais antes eu quero uma coisa.

O loiro ao ouvir aquelas palavras ficou emocionado e muito feliz, então perguntou sorrindo para Scott.

(Isaac)__ Qualquer coisa que você quiser...

(Scott)__ Quero fazer isso de novo, mais quero saber quando você vai deixar eu ser o ativo?

Isaac sentiu seu membro já ganhando vida quando Scott falou aquilo e a pergunta do moreno o fez rir.

(Isaac)__ Quando você realmente resolver o que você quer da sua vida eu vou deixar... Mais agora eu vou fazer você gozar mais uma vez.

O moreno afirmou com a cabeça e sorriu safado quando sentiu algo duro roçando na sua bunda, beijou Isaac e o loiro virou as posições ficando por cima e estocando Scott com força e precisão direto em sua próstata. Continuaram assim até gozarem e dormirem um pouco em cima do sofá, abraçados em uma conchinha com Isaac abraçando a cintura de Scott.

Na casa de John, o mais velho acordou com cheiro de panqueca no ar e café fresco foi tomar uma banho para acordar de vez e já colocou seu tão conhecido uniforme para seu trabalho, desceu as escadas e encontrou Stiles já vestido para trabalhar também e cozinhando. Quando o menino se virou sorriu sem mostrar os dentes e falou com seu pai.

(Stiles)__ Bom dia, pai. 

(John)__ Bom dia, filho.

Stiles entregou um prato para seu pai e colocou um prato no balcão com algumas panquecas e calda de chocolate e caramelo, e tinha morangos como frutas para acompanhar. John se serviu das panquecas de Stiles e soltou um barulho apreciando os gosto maravilhoso das panquecas de Stiles.

(John)__ Hum, filho isso está muito bom.

Stiles estava meio distante, tinha medo de seu pai tocar no assunto de novo da noite passada. Mais respondeu normalmente e se virou para começar a comer também.

(Stiles)__ Obrigado pai, mais devo falar que está o mesmo gosto de sempre você que sentiu falta mesmo de comer as panquecas, imagino que você só tem bebido café antes de ir para a delegacia.

(John)__ Na verdade, acho que é a falta que eu sentia mesmo e você acertou eu não tenho tempo para cozinhar. Precisava do meu filho mais vezes comigo.

Stiles sorriu sentia o tom sentido na voz de John,  mais quando o menino iria responder o rádio de John começou a fazer barulho e a voz de Parish começou a sair do aparelho.

(Parish)__ Senhor, acabou de chegar uma vítima no hospital dizendo ter sido atacada por um lobo na floresta. Sugiro o senhor vir rápido, quando o homem chegou ele parecia perturbado e falando que viu outro homem na floresta também.

John apertou o botão e respondeu, Stiles ouviu com atenção mais continuou a comer. 

(John)__ Tudo bem Parish, estou a caminho.

Depois de John dizer isso, Stiles só conseguia pensar nesse caso do lobo. Então resolveu perguntar para o pai, John ainda permanecia comendo então Stiles viu a oportunidade para puxar o assunto.

(Stiles)__ O senhor não vai atender ao chamado do Parish?

(John)__ Claro que vou, mais ele vai ter que esperar eu chegar então se eu demorar mais ou não, não vai fazer diferença... Além do mais ele já colocou em controle a situação.

(Stiles)__ Como você sabe?

John parou de mastigar por meio segundo e olhou para Stiles que deu uma garfada em sua panqueca e comeu, John parou para pensar.

(John)__ Realmente eu não sei, mais eu confio no Parish... Também queria só ficar mais um pouco de tempo com o meu filho, mais conhecendo ele sei que ele quer me perguntar outra coisa.

Stiles sorriu e antes de dar outra garfada olhou para seu pai, que comeu mais um pedaço de panqueca e ficou esperando a pergunta do menino. Desde que Stiles ouviu Parish falando desse caso do lobo sentiu uma coisa dentro dele misturado com agitação e preocupação.

(Stiles)__ Pai desde quando esse lobo vem atacando?

(John)__ Aí Stiles, isso é assunto de se falar no café da manhã?

Stiles sorriu mais a preocupação e inquietação que sentia falaram mais alto. O menino fez uma cara seria pedindo uma resposta para o pai.

(John)__ Achamos dois corpos ontem, na floresta já falamos com a garota que perdeu a família e o tio, ela ficou arasada. Pois essa familia que foi morta você sabe, foi por um lobisomem mais já esses corpos foram literalmente por um lobo.

(Stiles)__ Acha que foi o mesmo lobisomem... Só que em outra forma?

(John)__ Não sei filho, eu dei umas imagens para o Deaton  para ele me dar a resposta imagino que ele tenha mostrado para o Scott e pro Isaac que nos ajudaram no caso da família.

(Stiles)__ Entendi, você tem fotos dos corpos?

(John)__ Não ficaram com o Deaton, ele me dá a resposta hoje e vou pedir ajuda para os meninos.

(Stiles)__ Ah tudo bem, então... Eu preciso ir pai pro meu trabalho vou chegar meio atrasado mais temos o final de semana, aproveitando que hoje é sexta eu posso vir para cá depois do trabalho?

(John)__ Mais é claro, filho. Vai estar aqui antes deu chegar? Por que se não estiver...

Stiles o interrompeu.

(Stiles)__ Eu passo na delegacia e a gente vem junto, pode ser?

(John)__ Pode ser.

John sorriu os dois terminaram de comer, escovaram seus dentes e saíram para seus trabalhos. John foi para o hospital onde Parish estava e Stiles pensou em ir junto, mais ele chegaria muito atrasado em seu trabalho então desistiu e chamou um táxi para ir para seu trabalho, enquanto seu pai iria para o seu.

Era de manhã quando Malia acordou com vontade vomitar e correu para o banheiro, já se sentia estranha uns dias para trás não tinha falado nada para ninguém. Lavou a boca mais ainda se sentia enjoada, foi até o quarto e não encontrou Scott viu a hora e pensou que ele já estava trabalhando então foi tomar um banho, enquanto tomava banho ouviu gemidos dos vizinhos, tento ignorar e continuou seu banho para ver se seu enjoo passava e a tontura que sentia também, quando saiu olhou para seu celular e ligou para Lydia mais sem resposta então resolveu deixar uma mensagem para a ruiva em seu celular.

Malia 9:18 da A.M

É então Lydia, nesses dias para trás eu ando sentindo umas coisas e queria falar com você sobre essas coisas... Ando sentindo tontura e enjoos, eu vi que dia era hoje e estou preocupada quando tiver um tempo deixa eu ir te ver?

Quando Malia deixou essa mensagem aproveitou que estava arrumada e saiu até uma farmácia, comprou o que precisava comprar e saiu de lá mais não foi para o apartamento de scott ficou andando e pensando na vida. Quando parou em um parque pegou seu celular e viu uma mensagem de Lydia. 

Lydia 11:30 da A.M

Oi Malia, não tem problema se você quiser estou livre agora, meu horário de almoço. Tenho até medo do que você vai me falar Malia, não vou conseguir nem trabalhar dependendo do que você vai me falar.

A menina leu a mensagem de Lydia e foi até o local de trabalho dela, pediu um táxi e nem percebeu quando chegou só quando o homem já estava cobrando ela, Malia pagou e saiu do carro e encontrou Lydia andando na direção dela com um café na mão. Malia foi até Lydia e quando a ruiva viu a cara da coiote deu abraço nela e as duas foram para uma cafeteria que tinha perto do trabalho de Lydia, as duas conversaram lá.

No loft de Derek,  Isaac abriu os olhos e sentiu uma respiração calma batendo em seu peito olhou para baixo e viu Scott dormindo abraçado a si também o calor do corpo dos dois já era o suficiente um para o outro, Isaac beijou a testa de Scott demoradamente e sussurrou em seu ouvido.

(Isaac)__ A gente tem que ir trabalhar Scott.

O moreno acordou se apertando mais a Isaac, sentia seu lobo tão calmo e o conforto que sentia era sem igual, nem abriu os olhos e falou rindo ao sentir os beijos de Isaac da sua testa até a bochecha, canto da boca e pescoço.

(Scott)__ Deaton disse que a gente não precisava ir, ele cuidava da clínica sozinho já que a gente adiantou bastante trabalho.

O loiro levantou a cabeça e Scott abriu os olhos para olhar para aqueles lindos orbes azuis.

(Isaac)__ Você era para ser o mais preoculpado com isso chegou atrasado, está devendo hora... Além do mais trabalho não acaba, eu vou ir trabalhar com ou sem você. 

Scott ficou olhando para Isaac e vendo que o loiro falava sério, revirou os olhos e suspirou e se levantou do sofá falando brincando para Isaac.

(Scott)__ Como você é chato.

O loiro vendo Scott se vestir alfinetou, ele e colocando suas roupas também.

(Isaac)__ Não me chamou de chato quando eu te fiz revirar os olhos por puro prazer.

Scott ruborizou e ficou sem saber onde enfiar a cabeça, mais então para fugir da vergonha e do olhar do loiro queimando sobre si foi até ele deu um selinho e falou.

(Scott)__ Eu vou tomar banho e quando eu sair já esteja me esperando lá embaixo.

O loiro abraçou a cintura de Scott, ele estava vestido com um shorts agora e o moreno com sua blusa e sua calça e deu um beijo apaixonado em Scott fazendo o moreno corresponder de imediato e quando Isaac se distanciou de Scott o moreno ainda estava de olhos fechados e ainda seguiu a boca de Isaac como se não quisesse que o loiro parasse de O beijar, loiro sorriu e falou.

(Isaac)__ Isso é beijo de bom dia... Estarei te esperando pronto lá embaixo.

Scott sorriu e saiu do loft para seu apartamento quando chegou foi procurar Malia mais não a achou em lugar nenhum do apartamento, então Scott foi tomar banho e se arrumar para ir trabalhar. No loft Isaac fazia a mesma coisa tinha tomado um banho estava muito feliz pelo o que tinha acontecido entre ele e Scott sentia seu lobo ao mesmo que sentia eufórico se sentia em paz, até que pensou em Derek e em como eles ajudariam ele. Saiu do loft e esperou Scott do lado de fora perto de sua moto e viu o moreno sair com dois capacetes nos braços e ir em sua direção, Scott inclinou a cabeça e entregou o capacete para Isaac os dois subiram na moto e foram em direção a clínica. Quando chegaram Deaton estava na recepção lendo um livro que parecia muito antigo quando viu Isaac e Scott entrarem pela recepção sorrindo, fechou o livro calmante e colocou atrás das suas costas segurando com as duas mãos para trás e se levantando.

(Deaton)__ Bom dia meninos, Scott pensei que tinha falado para você que não tinha problema não aparecerem hoje.

(Scott)__ Eu sei, eu também falei isso para Isaac mais ele fez questão de vir falando que sempre tinha trabalho e que eu devia horas pois um dia cheguei atrasado. Idéia dele.

(Deaton)__ Pelo menos alguém na relação tem juízo né Scott?

Isaac sorriu e olhou para Scott que estava sem graça e o moreno só balançou a cabeça sem graça e ficou de cabeça baixa, Isaac também não falou nada mais estava sorrindo então Deaton resolveu deixar para lá e falou para os meninos.

(Deaton)__ Bem meninos como vocês chegaram no horário de almoço, comecem só depois que acabar o horário de vocês se precisarem de alguma coisa estarei na minha sala.

Isaac se lembrou de uma coisa.

(Isaac)__ Deaton, eu queria agradecer por ter me ajudado a me curar mais rápido mesmo que tenha doído para caramba.

(Deaton)__ Falando nisso Isaac, como você ficou naquela situação o lobo te atacou? 

Scott olhou para Isaac e foi guardar suas coisas enquanto Isaac contava para Deaton o que tinha acontecido consigo, que não tinha sido atacado pelo lobo e sim por outra pessoa que estava atrás do lobo, enquanto Isaac contava Deaton mantinha o livro atrás de suas costas e prestou atenção em tudo que Isaac lhe contava. Scott voltou para ouvir o que Isaac falava e chegou perto do loiro e ficou do seu lado e pegou na mão de Isaac mais como ele estava na frente Deaton não viu esse ato, o loiro adorou a sensação então sorriu e iria contar que era Derek mais Scott deu um aperto na mão de Isaac e então o loiro olhou para ele e ele fez um sinal com a cabeça que não e abaixou a cabeça Deaton achou estranho mais não falou nada. Isaac terminou e Deaton disse.

(Deaton)__ É Isaac você não deveria ter ido sozinho atrás daquele lobo, deveria ter pedido ajuda para o Scott. Principalmente por que tinha outro alfa atrás dele.

(Scott)__ Eu falei isso para ele, mais ele não me escutou aí ele ficou do jeito que eu achei ele no meio da floresta.

(Isaac)__ Olha chega de puxão de orelha por hoje, eu já levei do Scott. Então eu já cansei de ouvir.

(Deaton)__ Acho que aprendeu a lição, depois de ter ficado todo machucado né?

(Isaac)__ Com certeza.

Deaton e Scott riram do jeito de Isaac, quando eles viram a hora só faltava dez minutos para acabar o horário de almoço e eles começarem a trabalhar, Deaton reforçou que se os meninos precisasem de alguma coisa ele estaria na sala dele. Os dois foram lá para dentro e organizaram algumas coisas e sorrisos eram trocados entre os dois, durante o expediente deles. Foi assim o resto do dia entre os meninos, olhares apaixonados, toques discretos na mão, piscadinhas e um selinho por parte de Scott roubado. Até que Isaac pensou em uma coisa.

(Isaac)__ Scott, como vamos ajudar o Derek?

Scott ficou sério e pensou só em uma coisa que poderia dizer, quando o moreno foi guardar suas coisas tinha enviado uma mensagem para certa pessoa pedindo para encontrá-lo depois de seu trabalho.

(Scott)__ Falei com o único que poderia ajudá-lo Isaac...

(Isaac)__ Quem séria?

(Scott)__ O Stiles.

Continua...


Notas Finais


Então gente sei que esse capítulo ficou grande mais é que está acontecendo muitas coisas importantes nesses últimos capítulos que eu escrevi, então tenho que passar tudo para vocês.
Gente eu espero que estejam gostando e quero que me falem o que estão achando de tudo isso? RS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...