História Seus sonhos ou minha realidade - Capítulo 76


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Fifthharmony
Visualizações 85
Palavras 1.506
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Preparem-se

Capítulo 76 - Exames finais


Fanfic / Fanfiction Seus sonhos ou minha realidade - Capítulo 76 - Exames finais

P.O.V - Lauren

O tempo parecia passar mais lentamente que o comum, eu não aguentava mais ficar naquele hospital, graças a Deus, a Alejandro e meu quadro de melhora hoje certamente poderia ganhar alta. Os dias eram entediantes, não havia nada que eu podia fazer, a lista de séries e filmes do netflix parecia encolher a cada maratona, se não fosse Camila e seu pai me dando forças e fazendo companhia sempre que podiam eu realmente  não aguentaria ficar aquela semana toda internada. No quarto dia acordei animada, pois eu me recuperei bastante e tive bons resultados, depois que tomei café da manhã senti leves batidas na porta e então disse que podia entrar, dei um largo sorriso ao ver que era a latina, ela estava com um sorriso encantador e com uma única rosa vermelha em mãos, os longos cabelos castanhos soltos, toda arrumada, um jaleco branco e um pequena bandeja na outra mão.

Bom dia Lolo - Me cumprimentou carinhosamente

Bom dia - Respondi sorrindo

Está se sentindo melhor? - Perguntou ternamente

Sim, não vejo a hora de ir para casa - Falei animada

Me disseram que tem reagido bem aos tratamentos, ao pegar seus exames vi que está melhor do que nunca - Me notificou sorrindo

Vamos fazer mais alguns exames como garantia e assim que sair o resultado posso lhe trazer a noticia, boa ou ruim - Completou brincando

Logo Camila colocou suas luvas, olhou o prontuário, verificou o soro, checou meus batimentos e logo arrumou os utensílios na bandeja.

Mas você nem tira sangue de pacientes, sempre está ocupada - Falei curiosa tentando entender o que a médica faria

Mas de você eu faço questão - Arrebateu me dando um beijo na testa e em seguida penetrando a agulha em meu ante braço

Não chore - Completou olhando a medição na seringa

Você é muito boa para fazer inserção intra venosa - Elogiei vendo o quão suave havia sido o procedimento

Obrigada doutora Jauregui - Respondeu brincalhona enquanto arrumava os tubos e retirava a luva

Trouxe para você - Completou me entregando a rosa

Obrigada amo.. Quero dizer, obrigada Camila - Agradeci meio sem jeito

Uma única rosa, assim como você é para mim - Completou sorrindo

Ela arrumou tudo para que os exames saíssem o mais rápido possível, Camila tinha as mãos de anjo, pois eu mal senti, fiquei lhe olhando arrumar tudo e cuidar de mim e acabei ficando sorrindo que nem boba, a latina cuidava de mim como se não houvesse amanhã mesmo depois de tudo o que aconteceu entre a gente, o que me deixava ainda mais apaixonada.

Prontinho, quando acabar meu plantão venho aqui lhe ver novamente - Falou me despertando daquele transe 

Fique bem Lauren - Pediu ternamente enquanto saia do quarto

Eu te amo tanto minha Camz - Suspirei quando ela bateu a porta

Depois de algum tempo Alejandro veio me ver seguido de Clara e Mike. Eles sempre ficavam agradecendo repetidamente os Cabellos por tudo, o que me dava ainda mais irritada. Os meus pais sempre erraram, fizeram as coisas erradas e depois ficam agradecendo e puxando saco, belos mercenários. Para a minha sorte tinham que ir até a empresa, pois teriam uma viagem a trabalho e logo foram embora me deixando a sós com o pai da latina.

Já sabe se vai ganhar alta hoje? - Perguntou animado

Não, Camila ainda não trouxe os resultados dos exames - Respondi lhe explicando

Bom,  pelo o seu quadro creio que irá embora logo logo - Falou sorrindo

Graças a Deus, não aguento mais ficar aqui - Falei rapidamente o que lhe fez rir

Camila não está cuidando direito de você? - Perguntou brincando

Não é isso, ela é incrível, cuida até demais, está me acostumando mal - Respondi sem jeito

Por falar em cuidar, preciso ir, tenho que passar no escritório do meu advogado e assinar a última papelada, até que enfim tudo acabou - Constatou aliviado

Demorou muito por causa da morte de Joe, então tivemos que aguardar mais em respeito a família.. Agora sim posso ficar despreocupado com vocês, não precisam mais fugir - Completou me explicando

Fiquei chocada ao saber de tudo aquilo, de repente um monte de informações começaram a me bombardear e eu fiquei em choque, entretanto aliviada ao mesmo tempo. Alejandro achava que Camila havia me contado toda a história, mas não havia contado nada então fui pega de surpresa, eu mal poderia acreditar que Joe teria ido atrás de mim porque sua família havia aceitado o dinheiro do acordo e tudo havia acabado. Com a sua morte eu não precisava mais me esconder ou fugir, aquilo tirou um peso das minhas costas, finalmente eu iria poder viver em paz novamente.

Doutor.. Doutor - Gaguejei

Eu sei o quanto é grata Lauren, você merece tudo, é como uma filha para mim - Falou calmamente

Ele parecia ler meus pensamentos, estava realmente aliviada, a muito tempo eu não me sentia assim, me faltavam palavras, eu estava radiante, só me dei conta do mundo real novamente quando o médico me deu um beijo na cabeça se despedindo. Ao abrir a porta do quarto ele deu de cara com Camila com uns papeis em mãos, se cumprimentaram carinhosamente e então ele se foi nos deixando a sós. Ela fechou a porta e veio caminhando lentamente em  direção a cama me olhando fixamente.

E então? - Perguntei ansiosa

Eu vim te buscar para ir para casa comigo, você aceita? - Perguntou fechando os olhos e suspirando fundo

Não precisa Camz, não quero incomodar - Respondi sem jeito

Você nunca incomoda, eu sinto sua falta.. Eu só queria cuidar de você, eu entendo suas decisões e vou respeitar - Falou me olhando com uma carinha triste

Por favor - Suspirou fundo

Eu também sinto sua falta - Respondi com a voz embargada

Isso é um sim? - Perguntou rapidamente

Eu não aguentaria ficar longe de você - Respondi sorrindo

Ela veio correndo e meu deu um abraço apertado advindo de vários beijos na bochecha e quando me soltou arrumou tudo rapidamente e logo já estávamos no estacionamento do hospital. A latina estava ainda mais encantadora com a minha mala de roupas na mão abrindo a porta gentilmente para que eu entrasse em seu carro. Fomos o  caminho todo conversando sobre o que havia acontecido comigo e ela me contando seu desespero quando soube do acidente, o que me fez ficar ainda mais apaixonada com ela tão preocupada comigo e ajudando em tudo como sempre fez desde o dia em que me conheceu. Quando chegamos na sua casa Sinu e Sofia me receberam carinhosamente, elas iam sempre me visitar no hospital e me deram a maior força, não sendo diferente agora. Camila subiu com a minha mala, disse que iria arrumar meu quarto e um banho quente, pois depois iriamos jantar, não hesitei e concordei no mesmo momento, o papo na sala estava bem descontraído sobre o que havia acontecido, o susto que passaram e o quão louco tudo tinha sido, mas agora todos estávamos aliviados de tudo ter chegado ao fim e se resolvido. Depois de algum tempo Camila subiu para trocar de roupa e logo voltou para me pegar e me levar para tomar banho. Na minha opinião eu já estava recuperada, só não podia fazer grandes esforços, todavia a médica insistiu em me acompanhar dizendo que faria o mesmo para depois irmos jantar. Mesmo eu já quase completamente sem lesões ela insistia em me mimar e cuidar de mim, o que me deixava completamente ainda mais boba e otária  por Camila Cabello, a morena dos olhos castanhos havia prometido e estava cumprindo. O que era mais lindo de se observar era seu cuidado, ela não estava com segundas intenções, queria apenas me dar carinho, cuidar de mim e se certificar que tudo ficaria bem, o que me deixava ainda mais impressionada com a garota que eu escolhi amar pelo resto da minha vida. Tomei banho, me arrumei de uma forma bem simples e desci, ao descer dei de cara com ela ao lado da enorme porta de vidro da sala que dava para o imenso jardim olhando tudo como se estivesse analisando o local.

Demorou hein - Falou brincando quando me aproximei

O importante é que estou aqui  - Respondi sorrindo

Bem vinda de volta Lolo - Pegou na minha mão me arrastando para o jardim

Ela havia arrumado um jantar para nós duas de boas vindas, tudo estava perfeitamente decorado e arrumado, com balões flutuantes, flores, velas, tudo parecia perfeitamente pensado e  notava-se o quão o ambiente tinha sido perfeitamente pensado, o conjunto como um todo estava mais que perfeito, o que me fez corar, ficar surpresa e não saber o que fazer ou dizer,  apenas engoli seco e então lhe olhei. Camila me olhava sorrindo com a língua entre os dentes parecendo amar minha reação, a cubana era tão perfeita, as vezes achava que não merecia alguém assim como ela.

Aceita jantar comigo doutora Jauregui? - Perguntou me fitando


Notas Finais


e aí?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...