História Seus sonhos ou minha realidade - Capítulo 77


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Fifthharmony
Visualizações 78
Palavras 1.559
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


goo

Capítulo 77 - Tempo perdido


Fanfic / Fanfiction Seus sonhos ou minha realidade - Capítulo 77 - Tempo perdido

P.O.V - Camila

Eu não queria forçar nada com Lauren, iria aos poucos me aproximando, conversando e entender o ponto de vista da morena, ela deixava cada vez mais claro desde que chegou de Miami que não queria mais nada comigo, porém jamais desistiria dela, ainda mais agora que tudo estava tão fácil, não havia ninguém no nosso caminho, não havia perigo ou contrato algum, era perfeito. Apesar de tudo  estar a nosso favor no momento eu queria apenas cuidar de Lauren. Ao sair do hospital lhe levei para a minha casa e então resolvi fazer um jantar de boas vindas para ela do melhor jeito possível. Fui terminar de arrumar as coisas e a doutora dos olhos verdes ficou conversando um pouco com Sofia e minha mãe e depois sugeria leva-la para tomar banho, quando ela terminou eu já estava lhe esperando no andar de baixo, tinha apenas ido checar se tudo estava nos conformes como eu queria, eu havia planejado tudo desde ontem ao olhar os resultados dos exames, com os dados contidos lá sabia que ela ganharia alta, o que me daria mais tempo para fazer com que tudo saísse como eu tinha planejado. Acho que funcionou, pois quando ela chegou na porta da sala e deu de cara com o jardim inteiramente arrumado ela ficou perplexa, no mesmo instante brotou um sorriso imenso nos seus lábios seguido de um olhar todo apaixonado no qual eu já estava morrendo de saudades, pensar na possibilidade de quase ter perdido Lauren me fez amar e querer estar a cada segundo do seu lado para aproveitar cada momento ainda mais.

Fui lhe levando lentamente em direção a mesa de jantar, antes passamos pela piscina e enfim chegamos na mesa, eu sabia ser romântica e fofa, ao fundo uma leve música clássica tocava, o belo som de um violino anexado a melodia de um piano se misturavam perfeitamente, ela se sentou na cadeira e apenas sorria intensamente para mim que lhe retribuía no mesmo instante, acho que comecei bem no requisito conquistar Lauren enquanto ela se recupera do acidente, não estava sendo nada fácil para mim me segurar, impossível ficar perto dela e não ter intenções secundárias.

Gostou Lolo? - Perguntei curiosa

Bem vinda de volta - Falei animada puxando a cadeira para ela sentar

Eu amei, aliás eu amo tudo relacionado a nós - Falou sorrindo meio envergonhada

Que bom que vocês gostou - Falei me sentando

Você merece tanto - Completei pegando em sua mão que estava em cima da mesa

Você quer me deixa mal acostumada - Respondeu brincalhona

Nem estou acreditando - Falei lhe olhando nos olhos

O quê? - Perguntou sem entender

A gente - Suspirei fechando os olhos

Aqui? - Perguntou acariciando minha mão

Sozinhas - Completei abrindo os olhos e sorrindo

Verdade, tem tanto tempo que a gente não fica assim - Falou com uma carinha como se estivesse lembrando de algo

Fato, quando foi a última vez que a gente ficou sozinhas sem um monte de problema para pensar? - Perguntei incrédula

Hãaa, faz tanto tempo que eu nem me lembro - Falou franzindo a testa como se estivesse tentando lembrar

Mas depois da chuva sempre vem o sol - Completou dando um meio sorriso

A minha chuvinha ta demorando a passar hein - Falei com uma cara de desânimo dando de ombros

O sol faz valer a pena - Falou pegando em meu queixo e levantando o meu rosto para lhe olhar

Estar do seu lado faz valer a pena - Admiti lhe olhando

Camz você vai me deixar sem graça - Falou sorrindo e fitando a mesa

Imediatamente senti as suas bochechas ficarem coradas. 

Nem que o mundo acabe, nem que aconteça algo muito ruim vai destruir o meu amor por você - Suspirou falando com a voz falha

Promete? - Perguntei apertando sua mão

Eu juro - Respondeu no mesmo instante

As vezes eu acho que.. - Lhe interrompi

Hãn? - Perguntei como se estivesse te repreendendo

As vezes o quê? - Perguntei curiosa

Nada.. - Suspirou sorrindo

As vezes o quê? Fala vai - Pedi sorrindo

As vezes eu acho que você é tão perfeita que não te mereço - Falou fitando nossas mãos dadas

Não diga isso nunca mais - Pedi rapidamente

Eu sempre penso isso também , olha tudo que já enfrentou e passou sozinha por mim, pelo nosso amor, tudo que fez por mim na escola, todos os dias - Falei eufórica lhe explicando

Sem você e seu pai eu não teria conseguido - Respondeu com os olhos cheios de lágrimas

Não importa o que passou e sim o que vai vir, eu faria tudo de novo e de novo, por você - Admiti lhe dando um beijo na bochecha fazendo-a respirar fundo

Sempre vou dar o meu melhor para vocês, você confia em mim? - Perguntou levantando o rosto e me olhando

Lógico que eu confio Lolo - Respondi sorrindo e pegando suas duas mãos e entrelaçando nas minhas

Sem confiança não tem amor.. Sabe o que eu queria? Que você esquecesse tudo para a gente viver feliz, sem culpa - Completei lhe olhando no fundo dos olhos

Ela respirou fundo e assentiu com a cabeça.

Quer que eu te ajude? - Perguntou em seguida como se tivesse pensado em algo

Agora chega disso, vamos curtir esse dias de liberdade - Falei carinhosamente pegando  algo para comermos

Jantamos e ficamos conversando sobre esses cinco anos separadas para sabermos mais sobre cada uma e basicamente fazíamos as mesmas coisas, não saíamos muito e tínhamos poucos amigos, o foco era totalmente em estudar e estudar. Depois de muito tempo resolvemos ir dormir, subimos juntas e então lhe acompanhei até na porta do seu quarto.

Está entregue - Falei sorrindo apontando para o quarto que ela iria dormir

Obrigada pelo jantar - Agradeceu envergonhada

Não foi nada - Respondi me apoiando na parede em que ela estava encostada

Vou dormir sozinha? - Perguntou

Isso é um convite? - Perguntei maliciosa

Eu adoraria ficar mais - Completei sorrindo com a língua entre os dentes

Eu ia amar se você ficasse - Respondeu envergonhada

Cuidado - Pedi ao ver que ela havia batido o braço na parede com força

Você precisa se cuidar para melhorar por completo logo - Completei preocupada

Eu estou bem - Falou dando de ombros

Eu já vou ir - Falei lhe dando um beijo na bochecha

Por quê? - Perguntou sem entender

É tentação demais Lauren - Falei lhe olhando e negando com a cabeça

Ela beijou a minha mão se despedindo e eu apenas fechei os olhos sentindo o contato.

Sonha comigo - Falei indo em direção ao corredor

Boa noite - Falou carinhosamente apoiada na porta me olhando ir na direção oposta

Mesmo de costas eu podia sentir que Lauren estava me olhando fixamente e no final do corredor olhei rapidamente por cima do ombro e ela me deu um sorriso o que me fez pensar seriamente em voltar e colocar tudo a perder, mas logo lembrei que meu pai havia me dado alguns dias de folga e então amanhã levaria a morena dos olhos verdes esmeralda para almoçar, eu não poderia ficar perdendo o foco enquanto ela não melhorasse e eu não a reconquistasse de novo, Lauren era minha, eu só precisava fazer as coisas certas no momento certo. Cheguei ao meu quarto e demorei significadamente muito para dormir, pois fiquei lembrando do nosso jantar e o quanto ela não havia mudado nada, aquela pose era só para me afastar a fim de me proteger, apesar da atitude não ter sido muito boa eu ficava ainda mais apaixonada e encantada por Lauren Jauregui, jamais alguém vai ama-la como eu a amo.

No dia seguinte acordei já era tarde, porque não havia sol, o tempo estava meio nublado, mas não parecia que iria chover, logo me levantei tomei banho e desci, Lauren estava na sala brincando com Sofia e falando com minha mãe que logo se surpreenderam pela hora que acordei, pois já haviam tomado café e já estava quase na hora do almoço, ficamos ali por um tempo vendo televisão e então chamei Lauren para dar uma volta, o que ela não sabia é que eu havia planejado leva-la para almoçar e passamos o dia todo juntas, eu estava com tantas saudades e agora com ela aqui se recuperando e eu de férias seria a minha chance de ficar o mais perto que conseguia da minha garota. Como sempre ela ficou toda sem jeito e disse que amou o almoço e que não sabia o quanto eu poderia ser romântica o que me fez rir, almoçamos e ficamos nos curtindo carinhosamente por um bom tempo, depois fomos ao parque tomar um sorvete e andar para conversarmos, quando o sol iria começar a se por levei ela para um lugar no qual sempre nos trouxe boas recordações, ela mal poderia acreditar que tudo ainda estava como antes, sempre que nos encontrávamos ali era perfeito espero que agora, depois de anos a doutora Lauren ainda goste dali. Ela ia prestando atenção no caminho e quando estacionei pedi que fechasse os olhos e que os abrisse apenas quando eu pedisse, o que me daria tempo de rodear, abrir a porta e tapar seus olhos com as minha mãos até chegarmos a onde eu queria. 


Notas Finais


Como eu era fofa com Camren a quatro anos atrás quando escrevi a história.
E aí?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...