História Sex and Seduction! - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Hentai, Naruhina, Naruto, Novela, Romance, Sasuke
Visualizações 37
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores. Voltei ...

Capítulo 3 - Marcas parte 1


Fanfic / Fanfiction Sex and Seduction! - Capítulo 3 - Marcas parte 1


Eu encaro meu reflexo no espelho
Por que estou fazendo isso comigo mesma?
Perdendo minha cabeça por um pequeno erro
Eu quase deixei meu verdadeiro eu de lado



Hinata


Acordei sem vontade de sair da cama quem me dera poder fazer isso, a tempos não sei o que é acordar após às 6 da manhã. Eu coloco a água para esquentar para tomar banho, faço um café após o banho tomado me arrumo coloco um vestido rosé que compõe meu uniforme e uma blusa de frio por cima , tranco minha casa de boneca é assim que a chamo por ser tão pequena .


Andando pela rua às 5:40 da manhã passo  dois quarteirões para pegar o ônibus que tá mais para lata de sardinha, após quase uma hora chego a pousada onde trabalho dou bom dia ao porteiro Lucco um senhor de 55 anos de idade que trabalha na vigilância do local a muito tempo, á uns 25 anos atrás para ser exata, ando até meu armário prendendo meu cabelo em um coque e coloco uma redinha.  Entro na cozinha e a  primeira tarefa é descascar e cortar às frutas para salada de frutas, fazer sucos, cortar os bolos enquanto as outras funcionárias não chegam.

 É muita coisa para um café da manhã mas como é uma pousada para executivos não temos opção, às 7 está tudo pronto então deixo elas lá e vou para a área de funcionários pegar o material de limpeza. Começo a fazer o serviço de camareira nus quartos vazios , afinal tem pessoas que chegam aqui pela madrugada para se hospedar. 

como só tive que limpar dois quartos , voltei a área de serviço comecei a passar às roupas de cama já lavadas , as 4 eu estava exausta louca para ir embora só que não Antes de ligar para o mercado fazer as compras e depois para padaria pedir o pão e o bolo para o dia seguinte.

às 6 da tarde eu chego em casa praticamente acabada  tomo um banho vou para a faculdade de medicina, eu passei na prova pública para entrar para a faculdade e ganhei 70 % da bolsa de estudos só tinha que comprar os materiais então faz examente um ano e alguns meses que estou fazendo. É cansativo sim, é muito!.  Só que  quando se tem um sonho não pode desistir alguém me que não me lembro direito me ensinou isso, a minha sorte é que a faculdade é bem perto de casa e não preciso pegar ônibus pelo menos para ir , só quando volto eu pego um pelo menos para me sentir segura quase meia noite chego em casa . 

É difícil mais eu prefiro mil vezes essa vida que tenho agora do que a que eu tinha antes. 


~~~~~~~~~~~~~~~~~anos atrás ~~


Tudo começou  quando eu tinha quase oito  anos minha vida já era complicada meu pai hiashe era dono de uma oficina de veículos automotores importados , minha mãe harume era professora de português.   Eles dois mal se viam  e eu como filha única vivia com uma babá que me pegava após a escola , ela era legal e eu amava sua companhia "kurenai" nunca vou esquecer sua gentileza, eu sempre fui muito tímida e isso só desencadeou a irá de alguns alunos contra mim. 

 No começo era só implicância por eu não conseguir me abrir com eles que começaram a me chamar de estranha,  depois vieram as coisas horríveis ditas sobre meus olhos, tais como "cega, cegueta, feia e porai vai",  o tempo foi se passando meus pais cada vez mais distantes um do outro então veio a notícia que nus pegou de surpresa, ele descobriu uma doença tanto quando ingrata o "câncer"  era tarde de mais para o  tratamento os médicos deram apenas 3 meses de vida para ele, essa foi a única vez que meus pais não brigaram após 5 meses de sofrimento ele faleceu.


Foi terrível para uma criança como eu ter que aceitar que seu pai querido que te ajudava e te mimava morreu de câncer no pulmão, sendo que ele nunca fumou na vida eu sofri muito com isso a minha mãe também só que depois disso ela se fechou para o mundo e para mim. 

Nós duas nus  mudamos para konora com todas as economias que ele nus deixou passou examente um ano nos estavamos tento dificuldades financeiras e de repente minha mãe me dá uma notificia um tanto estranha eu teria um padrasto , dentro de um mês ela se casou eu não aceitei muito bem mas não queria atrapalhar sua nova felicidade. 

 Os dias foram passando minha mãe estava cada vez mais estranha comigo principalmente era como se ela não ligasse para minha existência, então comecei a ver discussão entre ela e o Bruce logo no começo eu não entendia o porquê disso então se passou um tempo e eu entendi que eu era o principal motivo de toda briga, bruce não me aceitava já minha mãe tentava fazer ele mudar de ideia ele queria que ela me mandasse para um internato . 

Após uns meses eles param de descutir eu estava de férias então ficava em casa pois não tinha para onde ir já que eu não tinha amigos , só que esse foi o começo da minha terrível realidade minha mãe viajou para resolver uns negócios e não entendi o porquê dela não ter me levado. A noite eu me sentia sozinha segurei meu urso que meu pai havia me dado antes de falecer minha raposa Kurama,  vi a porta do quarto abrir o Bruce entrou me olhando feio ele me agarrou pelos braços e me disse coisas horríveis mais as únicas  palavras que ouvi foram " vou me divertir com você " . 


Ele começou a me tocar meu coração foi a mil por hora eu tentei o afastar de mim " quieta não vou fazer nada de mais só vou te dar carinho", ele arrancou minhas roupas e minhas lágrimas caiam sem parar, ele acariciava meus seios os mordia forte me deixando marcada  meu choro se intensifica ele enfia a língua na minha boca , tento me afastar novamente em vão afinal ele é bem mais forte, suas mãos invadem minhas pernas ele coloca o seu membro para fora e me faz toca-lo eu viro meu rosto com nojo ele me vira fazendo eu ficar de costas pra ele e começa a fazer movimentos de vai e vem no meio das minhas pernas eu paraliso de medo mais ele se derrama na minhas costas e fecha às calças . " Só não fasso mais por que não quero deixar marcas em você , mas  não se preocupe nossas noites vão ser sempre assim agora divertidas  ".  Ele me deixou ali chorando suja não só por fora mas por dentro também. 


Continua............









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...