História Sexta-feira 13 (BR) - Capítulo 11


Escrita por: e Dark-15

Postado
Categorias Sexta-Feira 13
Personagens Personagens Originais
Tags Jason, Sexta-feira 13, Terror
Visualizações 14
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Perdão pela demora, estava com dificuldade de escrever, espero que gostem desse capítulo
Boa leitura rapaziadaaa 💙

Capítulo 11 - Fim?


Fanfic / Fanfiction Sexta-feira 13 (BR) - Capítulo 11 - Fim?

 Narrador on

Os policiais ajudaram os adolescentes, todos voltaram para suas casas

2 semanas depois..

Por conta da demora de um atendimento profissional Igor teve que amputar sua perna (do joelho para baixo). Isabella e Rebeca frequentam um grupo de ajuda a mulheres que foram estupradas. Victor, Matheus, Júlio e Beatriz seguem com a ajuda de um psiquiatra.

Não posso dizer que eles estão bem porque nenhum deles está, aposto que eles se arrependem muito de ter fugido de casa

Narrador off

POV Júlio

De manhã...

Chego na escola, vou andando pelos corredores olhando todos os cartazes em homenagem aos alunos que morreram, chego na minha sala, tão vazia, me sento ao lado de Beatriz

- Beatriz: oi moh- falou expressando um leve sorriso

- e a primeira vez que viemos a escola depois de tudo oq aconteceu, é tão estranho... -falo olhando em volta

- Beatriz: As pessoas que não fugiram com a gente nos olham tão estranho..

Estava conversando com Beatriz, quando Rebeca e Matheus se aproximaram

- Matheus: oi gente, oq vcs acham de hoje a noite a gente sair, para descontrair um pouco, tipo um encontro de casais, vai ser a primeira vez que a gente sai depois de.. tudo oq aconteceu

- não sei não cara, oq vc acha bia?- falo olhando para Beatriz

- Beatriz: hoje eu ia dormir na casa da Rebeca

- Rebeca: a gente sai com eles depois voltamos para dormir na minha casa, qual é Beatriz, vai ser bom para a gente, eu preciso esquecer um pouco das coisas.. não aguento mais

- Beatriz: tá bom, eu vou

- Matheus: então está tudo resolvido- falou rindo, abraçando Rebeca em seguida lhe deu um beijo na testa 

POV Beatriz

Mais tarde...

Estou na casa de Rebeca me arrumando, quando olho para o lado e vejo a mesma se encarando no espelho

- ei amiga, vc tá linda- falo olhando para ela

Ela continua se olhando no espelho, como se estivesse lembrando de alguma coisa

- ei, tudo bem?- falou me aproximando tocando em seu ombro

Ela meio que desperta, se assusta com o meu toque

- Rebeca: e.. eu tô ótima.. - falou se recomponho

Quando eu ia falar o meu telefone vibra, é uma mensagem do Júlio

- acho que eles já estão esperando a gente na frente do condomínio

- Rebeca: então vamos né!

Terminamos de nós arrumar e saímos. A noite não poderia ter sido melhor. 

Mais tarde quando voltamos, nos decidimos ficar um pouco em uma pracinha que tem na entrada do condomínio. Eu estava conversando com Júlio em quanto Rebeca se pegava com Matheus.

Recebo uma ligação de vídeo da Luana (amiga que aparece no começo da fic)

"Luana: amigas"

" - Oi Luana- falei sorrindo"

Rebeca se aproxima de mim para falar com Luana também

" Rebeca: ooi rata, tudo bem?"

"- por que não foi para a escola hoje?"

"Luana: tava com sono, perdi a hora- falou rindo"

"Rebeca: seu mal e esse"

Júlio e Matheus se aproximando também. Até que Luana parou de rir e ficou séria

"Luana: gente vcs ouviram isso?-falo assustada"

"Rebeca: oq?"

"Luana: acho que tem alguém tentando envadir a minha casa...- escuta um grito- oq foi isso? Meu Deus- falou já nervosa*

"- calma Luana, vc esta vendo alguma coisa?"

"Luana: a sombra e gigante, gente.. eu acho que é e.."

Quando Luana ia terminar de falar, a ligação caiu, como se tivesse faltado luz lá em sua casa

POV Matheus

Tenho que confessar que estou com medo, mas não posso demonstrar, as meninas já estão nervosas, Beatriz e Rebeca já estão quase chorando de nervoso

- Júlio: calma amor- falou abraçando Beatriz tentando acalmar ela- oq vamos fazer? 

- Rebeca: vai começar tudo de novo- falou colocando as mãos na cabeça- esse filho da puta não morre, porra

- vamos lá! Vamos dar um fim nisso

- Beatriz: a gente já tentou uma vez, ele voltou, isso não vai dar certo

- Júlio: vcs não querem ajudar a Luana?- falou olhando para mim, depois para a Rebeca

- Rebeca: eu quero, mas eu não consigo, tô com medo - falou chorando

- nos temos que conseguir, não façam só pela Luana, façam pensando nas próximas vítimas que ele pode ter se não colocarmos um fim nisso

- Rebeca: tá bom, eu vou, oq é um trauma a mais para quem já está toda fudida né

- Júlio: eu topo

- Beatriz: tá bom, eu vou, estamos indo direto para a nossa morte

- Júlio: melhor incentivo - falou sarcástico

As meninas foram em suas casas e pegaram todas as armas que tinham (armas brancas), correndo elas voltaram, entramos no carro e fomos para a casa da Luana. Quando chegamos lá, o portão da casa estava arrombado

- Beatriz: meu Deus- colocando a mão no rosto chorando, sai do carro correndo, se aproxima de uma mulher caído  perto do portão

- Júlio: quem e ela?- saiu do carro, indo atrás de Beatriz andando com cautela para não fazer barulho- ela tá viva?

. . .


Notas Finais


Até o próximo capítulo gente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...