1. Spirit Fanfics >
  2. Sexto ano >
  3. "Faz parte do nosso Show"

História Sexto ano - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo dedicado ao público LGBTQI+ , Viva a diversidade , leiam escutando as Músicas Beautiful da Cristina Aguilera e Fallin da Alicia Keys

Capítulo 13 - "Faz parte do nosso Show"


Fanfic / Fanfiction Sexto ano - Capítulo 13 - "Faz parte do nosso Show"

Gui e Jae estavam se recuperando , e nossos ensaios na sala precisa continuavam firmes, depois do que houve com Gui e Jae resolvemos fazer um remix de duas músicas , Beautiful da Cristina Aguilera que iria ser mais encenada, e voltada para a questão do combate a  violência contra as pessoas LGBTQI+ , e a segunda que ia ser Fallin da Alicia Keys para retratar os nossos sentimentos e desejos. Nossos ensaios estavam ficando cada vez melhor e todos estavam se soltando a cada dia mais. Dumbledore e os outros professores já tinha assistido nossa apresentação, e a professora Minerva, e o professor Filtwick se emocionaram, percebi que Dumbledore também ficou bem mexido , e Snape engoliu a seco quando viu a cena do Jae sendo atacado por homofóbicos, havíamos chamado Ben, Barnabá, André, Carlinhos, Penny e Ismelda para participar na parte do teatro. Apenas os alunos do quinto , sexto e sétimo ano poderiam nos assistir, e apenas os que os pais autorizassem , Nossos pais também tiveram que autorizar nossa dança, apenas Merula que não precisava de autorização pois ela estava muito próxima de se emancipar , Dumbledore fez uma autorização que não citava sobre a questão da nudez em cena, mas citava sobre ser uma apresentação com tema LGBTQI+ , só em razão disso nossos pais autorizaram, afinal todos estavam a par da nossa orientação sexual, porém Dumbledore já tinha nos alertado que poucos pais tinham autorizado os alunos assistirem, embora pelos corredores só se ouvia comentários sobre a nossa apresentação, muitos alunos queriam assistir, porém não tinham sido autorizados, tivemos até pedidos para assistir os ensaios, mas enfim iríamos nos apresentar para cerca de 20 alunos, era muito pouco visto da quantidade de alunos que tinha em Hogwarts , mas apresentação é apresentação e tínhamos que estar preparados. Enfim os ensaios foram progredindo e dia após dia finalmente chegou a data da apresentação. Todos estávamos muito nervosos então antes de entrarmos no palco eu disse:

- Pessoal quero que saibam que agradeço muito a todos, e sei que vai dar tudo certo 

Merula - Só você mesmo pra me fazer ficar nua na frente desse monte de gente 

Gui - Na verdade não é um monte de gente Merula , mas eu te entendo 

Tonks - verdade tem pouquíssimos alunos 

Enquanto isso a professora Mcgonagall estava na entrada tentando segurar diversos alunos do quinto, sexto e sétimo ano que queriam assistir a apresentação mas não tinham autorização dos pais

Professora McGonagall- Por favor senhores e senhoritas vocês não foram autorizados por seus pais , não posso permitir que assistam 

Aluno 1 - Mas professora , já sou quase de maior , eu quem deveria tomar essa decisão 

Aluno 2 - Verdade todos nós do sétimo ano 

Aluno 3 - Professora deixa a gente assistir ninguém aqui cai falar prós pais por favor 

Aluno 4 - Verdade professora por favor 

Então Dumbledore chegou e disse: 

- Tudo bem professora Mcgonagall ? 

- Alvo, os alunos querem assistir mas seus pais não permitiram 

Aluno 3 - Professor por favor, nós não vamos contar a nossos pais 

Dumbledore franziu o cenho e disse: 

- Bom eu e a professora Mcgonagall precisamos resolver algumas questões antes das apresentações começarem , então a porta ficará destrancada, eu não posso olhar a porta e aí mesmo tempo resolver os detalhes não é professora? 

- Alvo? 

- Venha Minerva vamos terminar de averiguar os detalhes 

Então eles se foram e deixaram o caminho livre, pouco a pouco os alunos foram entrando no salão e se sentando Liz olhou para fora e pareceu nervosa, voltou e estava pálida 

Rowan - O que houve amor ? 

Liz - É melhor vocês mesmo olharem

Quando olhamos o público tinha quadriplicado , devia ter umas 100 pessoas ou mais na plateia , minhas pernas ficaram bambas e todos ficaram muito nervosos , logo ouvimos Dumbledore abrir as apresentações 

Dumbledore - Sejam todos bem vindos as apresentações antecedentes ao baile de inverno, amanhã teremos um dia muito especial no nosso baile de inverno, mas hoje não deixa de ser especial também, adotamos esse ano uma abertura antes do baile com diversas apresentações dos alunos, nossa primeira apresentação será restrita aos alunos do quinto, sexto e sétimo ano, essa apresentação fará todos refletirem sobre suas atitudes , afinal não há nada no mundo mais poderoso que o amor, e ele existe em todas as formas, e cabe a todos respeitar toda a forma de amor. Sem mais delongas apresento a vocês os Alunos Sarah Granger, Merula Snyde, Ninfadora Tonks, Tulipa Karasu, Rowan Khanna, Liz Tuttle, Gui Weasley, Jae Kim e participação especial de Barnabá Lee , Ismelda Murk, Penny Haywood , André Egwu, Carlinhos Weasley e Ben Copper . A apresentação se intitula como " Faz parte do nosso show" 

Todos aplaudiram as luzes diminuíram e entramos em cena Jae, Tonks ,  Liz e Eu  iniciamos deitados no chão , no primeiro toque da música Jae se sentava no chão com a cabeça baixa como se estivesse chorando, na primeira nota da cantora ele levanta o rosto e se revela  metade do rosto maquiado , com sombra rosa e azul , cilios e olhos deliniados, e boca com batom rosa claro, no outro lado do rosto ele tinha uma maquiagem de hematoma e um olho roxo como se alguém tivesse lhe agredido ,  Jae fixou seus olhos no público por alguns segundos, até Tonks se levantar e assumir a mesma posição de Jae que se levantaria e andaria para a esquerda saindo do foco, Tonks estava vestida com vestes masculinas, e em um lado maquiagem com olhos e cílios deliniados, sombra roxa e rosa, e batom cor de boca, no outro lado uma maquiagem de hematoma, ela encarava o público por alguns segundos, seguia para fora de foco enquanto Liz se sentava, seguindo o mesmo tipo de maquiagem , olhos e cílios deliniados, sombra verde e rosa e batom marrom , e o outro lado com maquiagem tipo hematoma encarava o público e em seguida sai de cena, logo depois eu me levantava com o mesmo seguimento olhos e cílios deliniados, sombra preta e Rosa e batom vermelho, e do outro lado maquiagem de hematomas , eu encarava o público por alguns segundos e me levantava deixando o palco vazio, depois Jae entrava com os garotos lhe empurrando, e o jogando no chão dando chutes nele, e ele terminava caído no chão, depois Tonks entrava com dois garotos a empurrando de um lado para o outro e rasgando violentamente suas roupas a deixando de sutiã , ela se sentava no chão e começará a chorar, logo entrava Liz com as garotas rindo e debochando dela, logo puxando seus cabelos e a empurrando no chão , Eu entrava por último, com dois garotos se insinuando para mim, e tentando me tocar, e conforme eu resistia eles me seguravam e um deles me forçava a beija-lo eu revidava e eles davam um tapa no meu rosto me deixando jogada no chão , todas essas situações eram baseadas na vida real, situações que muitos Gays , Lésbicas e transexuais já haviam passado, depois dessa cena entravam Gui, Tulipa, Rowan e Merula, cada um pegava seu par no colo e caminhavam lentamente até a ponta do palco nós colocavam no chão e sacudiram as varinhas limpando nossa maquiagem, em seguida se posicionaram no centro e faziam uma coreografia iniciada com elevação de braços , giros, saltos e rolamentos simples, logo se levantavam e posicionaram cadeiras intercaladas, caminhavam até nós sacudindo novamente a varinha nós elevavam com o feitiço do vingardio leviosa, em segundos nos  fazendo flutuar até a cadeira até nos sentamos nela, enquanto eles saiam de cena nós fazíamos uma coreografia na cadeira como apoio, com alguns saltos, elevações de perna e finalizando sentados na cadeira, em seguida eles entravam de novo e cada um se direcionava para o seu par trocando carícias, essa parte não era coreografada, cada casal iria se tocar como se estivesse de fato fazendo amor, então foi muito legal porque foi diferente ,a essa altura a música Beautiful da Cristina Aguilera já tinha acabado e se iniciava a música Fallin da Alicia Keys,  Eu estava sentada na cadeira de lado com as pernas semi abertas , joguei meu tronco para trás enquanto Merula se aproximou de mim e segurou em minha escápula me puxando lentamente para si, se debruçando sobre mim e beijando meu pescoço, logo depois elas se ajoelhou entre o meio de minhas pernas e beijou minha barriga acariciando minha cintura, descendo até o Cos da minha calça e a tirando lentamente enquanto eu puxei sua camiseta a deixando com os seios de fora, então ele beijou minhas coxas suavemente, depois se levantou ainda na minha frente eu elevei meus olhos até os seus e segurei em seu pélvis subi beijando sua barriga até chegar em seu seio depositei um beijo no bico de seu seio e nesse momento o pessoal que estava assistindo arregalou os olhos, continuei a beijando subindo para o seu pescoço, até seus lábios , elevei minhas pernas até o seu quadril e me envolvi em sua pélvis, aproximamos nossos lábios e selamos um beijo doce e suave, enquanto nós beijávamos Merula foi se ajoelhando no chão comigo fixa em sua pélvis e me colocou deitada no chão , tirou sua calça enquanto eu finalizava um passo de dança tirando minha calcinha , ela ficou completamente nua, pois estava sem nada por debaixo da calça , ela se sentou num ângulo de 90 graus e eu me sentei de frente para ela em cima de sua pélvis , ela subiu suas mãos pela minhas coxas até minha cintura e tirou minha camiseta enquanto eu impulsionava levemente meu tronco para trás, os cabelos de Merula estavam bem desalinhados, e cobriam levemente seu rosto , ela me puxou de volta e agora totalmente nuas, nos sentíamos o corpo uma da outra, nossos seios se encontraram num abraço quente, nos acariciando mãos se deslizando entre cintura, coxa, costas, pescoço, cabelos ,rosto, seios e nádegas , nossos movimentos tinham que ser bem leves e embora eu tivesse morrendo de desejo , não podia deixar ele tomar conta de mim, só Merlim sabe o que eu faria com Merula se estivéssemos a sós , mas voltando a dança Merula me colocou deitada de costas no chão e cobriu meu corpo de beijos até chegar em meu centro quente, eu flexionei a perna e simulamos de maneira perfeita um oral bem gostoso, mesmo que Merula apenas aproximou seus lábios perto da minha vagina, mas não chegou a toca-la afinal tudo era uma encenação e nada pode ser real , tudo foi ensaiado, subitamente Merula se deitou em cima de mim e nossos corpos se encaixaram perfeitamente , nos acariciando e nos beijamos e rolamos trocando de lugar eu por cima dela desci minhas mãos para o meio de nossos corpos fingindo penetra-la com os dedos, mas apenas repousei minha mão no meio das pernas dela, e ainda assim mesmo sem nós tocarmos íntimamente, senti o gozo de Merula escorrendo por entre suas pernas , ela escorregou suas mãos pelas minhas nádegas e as apertou levemente, em seguida nos sentamos uma de frente para a outra e simulamos um cola velcro dentro de um abraço e muitos toques e carícias, logo levantamos e nos separamos individualmente o grupo fez alguns passos um giro seguido de salto, elevação de perna, trocadilho de braços, e rolamento no chão seguido de um cloche* com salto , por fim saindo do chão levantando num giro , voltando ao par , dessa vez o passo era igual para todos, cada um ficou de frente para o seu par, Merula segurou em minha cintura me elevando no alto e quando foi me descer deu um impulso que girei ficando de costas para ela , terminei com uma perna flexionada e a outra esticada no chão numa pose , Merula me subiu pela cintura e me deu um giro me colocando de frente para ela, então colamos nossos corpos e valsamos até formar um círculo então soltamos nossas mãos e começamos a dançar livremente mantendo contato com todos do grupo , logo todos foram se deitando no chão , começando por Gui, que deitou com as pernas para o lado , o tronco torcido apoiado sobre os braços e mais espalmadas no chão , Jae se encaixou no vão das pernas de Gui e apoiou suas costas nas dele esticando seus braços para cima Tonks se sentou encostando se na pélvis de Gui com as pernas semi abertas e braços envolvendo os ombros de Tulipa que se encaixou entre o vão das pernas dela revistando sua cabeça na barriga de Tonks , que por sua vez espalmou suas mãos tampando os seios dela , tulipa estava com as pernas cruzadas, Liz deitou sua cabeça no colo de Tulipa, e Rowan se sentou na pélvis de Liz que segurou sua cintura com as duas mãos, Merula se sentou e encostou suas costas no braços direito de Tonks , Merula deixou as pernas semi abertas e flexionadas, e eu me sentei em cima de sua pélvis colando deixando meus seios próximos os lábios dela, que depositou um beijo neles , enquanto segurava minha cintura, e eu a envolvendo num abraço recostando meu rosto em seus cabelos macios, e terminavamos nessa pose, todos corpos nus e emaranhados entre si , a música acabou e um Silêncio absurdo se manteve na sala, e logo em seguida vários aplausos, e assobios, logo o pessoal estava aplaudindo de pé , os professores também aplaudiam, nos levantamos e agradecemos, enfim tínhamos conseguido atingir nosso objetivo , e eu estava muito feliz com isso, aliás todos pareciam estar felizes depois de colocarmos nossa roupa nos abraçamos e Liz disse: 

- Gente essa foi a melhor experiência que já tive , obrigada Sarah

Sarah - Imagina Liz eu que agradeço a todos por terem topado minhas loucuras 

Gui - Acho que todos nós aprendemos muito com essa experiência, espero que o pessoal que assistiu também tenha aprendido algo 

Merula - Acho que sim Gui , nunca ouvi tantos aplausos assim 

Tonks - Verdade a Merula tem razão o pessoal parece ter gostado 

Rowan- gente acho que isso merece um abraço grupal 

Todos nos abraçamos e comemoramos muito , logo depois nos sentamos para assistir as outras apresentações, muitos alunos vinham falar com a gente e parabenlizar pela apresentação , eu me senti muito bem, finalmente aquelas pessoas que antes nos julgaram entenderam que nossa forma de amar merecia respeito. Todas as apresentações foram ótimas e terminado tudo fomos para o meu quarto, embora estivéssemos muito cansadas ainda estávamos extremamente excitadas por conta da apresentação , eu fui ao banheiro enquanto Merula ficou no quarto e eu perguntei a ela 

- E então meu amor o que você achou ? 

- Eu adorei tudo, me senti muito livre, não tive vergonha do meu corpo e tudo graças a você meu amor 

Voltei para o quarto enquanto respondia a Merula: 

- Imagina minha vida, você superou seus medos e fico tão feliz por você... 

Eu me deparei com Merula completamente nua na minha frente, ela nunca tinha ficado assim pra mim , nunca a vi tão solta e tranquila com a sua nudez então me despi rapidamente e me aproximei dela , nós nos olhamos intensamente e nos lábios se entrelaçavam, minhas mãos se deslizavam pelo corpo dela e as dela pelo meu corpo , ela me empurrou até a cama e nos deitamos nossos corpos se emaranharam e ela desceu suas mãos pelas minhas coxas as apertando e dedilhando delicadamente, logo senti seus dedos escorregarem pela minha barriga, e delicadamente ela beijou meu pescoço, cada toque seu era muito delicado e suave, ela fixou seus lindos olhos púrpura nos meus , o brilho de seu olhar era tão intenso e eu podia enxergar através dos pensamentos dela, ela desceu seus dedos para o meio das minhas pernas e me penetrou delicadamente, senti cada dedo dela se adentrar dentro de mim e meu coração disparou , sentir seu toque quente me deixava tão sensível, ela começou a deslizar seus dedos muito devagar para dentro de mim como se estivesse me acariciando por dentro, minha respiração ofegou em seu ouvido e então ela disse: 

- Eu nunca pensei que poderia sentir por alguém o que sinto por você , você me ensinou a amar, algo que foi tirado de mim na mais tenra idade, e você foi capaz de me fazer sentir algo que nunca achei que ia sentir, quando eu te olho assim encaro seus lindos olhos castanhos , eles fazem meu corpo todo se aquecer, e desejar que o tempo pare, para ficarmos assim para sempre, quando eu acaricio seus longos cabelos, e eles exalam esse cheiro tão gostoso e quando eu sinto o cheiro do seu corpo eu me sinto em casa, e dentro do seu abraço é o único lugar que eu quero estar, quando sinto sua pele quente e macia meu coração acelera e eu perco os sentidos dentro do seu beijo. 

Merula penetrou mais fundo seus dedos , me fez gemer em seu ouvido, ela continuou deslizando seus dedos e eu estava muito, muito molhada , ela beijou o bico do meu seio esquerdo docemente e o chupou delicadamente, então ela voltou seus lábios para o meu ouvido e disse: 

- Você não faz ideia do quanto eu te desejo, não sabe o quanto te amo, eu te imploro que nunca me deixe , sem você nada nesse mundo faz sentido, promete que vai ser minha pra sempre

Ela me deu um beijo muito suave e eu  senti as lágrimas de Merula escorrerem pelo seu rosto e salgarem  meus lábios , ela chorava muito, então eu soltei seus lábios por um instante e sussurrou em seu ouvido

- Eu sou sua , só sua , pra sempre sua , eu sempre fui sua desde o primeiro instante que pus meus olhos em você  

Suas lágrimas ainda escorriam e sua voz embargou dizendo: 

- É um alívio saber disso , porque você sempre foi a dona do meu coração e eu tenho muito medo de um dia acordar e você não estar mais ao meu lado 

Eu a olhei profundamente nos olhos e minhas lágrimas escorreram , eu nunca podia imaginar ficar sem ela também então eu disse: 

- Isso nunca vai acontecer , eu também tenho muito medo de te perder, no dia em que Phillip te machucou eu achei que ia te perder , só de pensar eu perco o ar, porque você é meu ar, minha vida , meu tudo e eu te amo mais que tudo nesse mundo Merula 

Ela sorriu em meio as lágrimas e nos beijamos de novo, quando percebi, eu havia gozado suavemente em seus dedos e eu sentia uma sensação tá forte, parecia que ela ainda estava dentro de mim, parecia que aquela sensação nunca ia passar , e era maravilhosa, eu estava impressionada de como a cada dia que passava eu a amava mais , tudo que tínhamos vivido até ali se passou como um relâmpago em minha cabeça , e agora eu só pensava em como eu queria estar com ela para sempre . 

Nos abraçamos ela depositou um beijo suave em meu pescoço e eu suspirei docemente em seu ouvido , ela acariciou meus cabelos e eu a sua orelha até adormecemos. 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...