História Sexy boy - Jikook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 37
Palavras 3.241
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opa. Voltei, voltei com um capítulo bem grandinho para vocês e em minha opinião bastante interessante.
Espero que curtem.

Capítulo 2 - JungKook, o pervertido


Fanfic / Fanfiction Sexy boy - Jikook - Capítulo 2 - JungKook, o pervertido

     23 de julho de 2018; 21:30 da noite

        Aquilo não saía da minha mente, eu não conseguia pensar em outra coisa, não podia ser o JungKook. Bom, só havia um jeito de descobrir, peguei meu celular e mordi meus lábios me preparando para mandar mensagem ao Rabbit.
   JungKook se encontrava na sala junto com os meninos e eu no meu quarto pensando no fato do Rabbit ser o JungKook, peguei meu celular e me joguei ao lado de TaeHyung

     ㅡ se sente melhor, Hyung? ㅡ JungKook, perguntou se inclinando e trocando de lugar com o TaeHyung para ficar próximo a mim.  Filho de uma mãe.

        Sua mão parou em minha coxa me fazendo soltar um suspiro, um suspiro longo e quente pois ele dava leves apertadas em minha coxa. Por que tão provocante? Joguei minha cabeça para trás encostando ao sofá e fechando meus olhos 

   ㅡ é falta de educação não responder, Jimin ㅡ agora a voz do Hoseok se fez presente me fazendo abrir os olhos e rir nervoso encarando JungKook, ele gosta de provocar, certo? Vamos ver se Jeon JungKook gosta de ser provocado.

    ㅡ Me sinto melhor ㅡ olho para Yoongi que vinha com um prato de comida e me levanto me sentando no colo do mais novo ㅡ sente Min.

     Observei a cara do mesmo de desconfiado e não demorou para que o garoto pálido entendesse, me mexi no colo do Jeon sentindo o aperto em minha cintura e sorrindo

      ㅡ Que bom, Jiminnie-ssi.ㅡ sua mão percorreu de minha cintura até minha coxa que estavam amostra por conta da bermuda, seus dedos lentamente deslizaram por elas me fazendo arfar alto.
    Ops ... sem querer. Observei os meninos que me encaravam e os três se levantaram saindo rindo

   ㅡ Usem camisinha crianças ㅡ Como sempre Kim TaeHyung, esse meu melhor amigo .

      De canto olhei JungKook que parecia se controlar o máximo para não fazer algo, me remexi em seu colo; para ser específico eu me esfreguei lentamente.
   Sabendo que isso causou uma onde de excitação em Jeon, senti suas mãos deslizar para dentro de minhas calças segurando meu membro, porra eu estava tão duro e não resistiria nem um pouco aos seus toques , não mesmo .
      Me empino em seu colo sentindo sua mão na masturbar lentamente deixando beijos molhados em meu pescoço, prendo meus lábios entre meus dentes para evitar gemer e sorrio levemente ao perceber que o volume da televisão foi aumentada

   ㅡ geme, Jiminnie. ㅡ aquela voz rouca, aquele corpo quente. Ah, Jeon JungKook, você não vai para o céu. 

   Assim que a masturbação passou a ganhar intensidade, encostei a cabeça  no ombro do mais novo me permitindo gemer apenas para que ele ouvisse. Sentia mordidas fracas em meu pescoço me contorcendo querendo mais do contato.
   Isso não deveria está acontecendo, não mesmo! Eu não posso me entregar tão fácil para o JungKook, ele é o Rabbit. Então, nesse exato momento o Rabbit está tocando o moranguinho e ele nem imagina.

   Fortes espasmos percorreram por meu corpo conforme sua mão massageava meus testículos me fazendo gemer involuntariamente em seu ouvido, fechei os olhos com força me liberando.

    Isso mesmo. Park Jimin gozou para Jeon JungKook.

       Seu sorriso satisfeito no rosto me dava vontade de o esganar, o mais novo me sentou ao seu lado e se levantou deslizando a televisão

   ㅡ Viu Hyung como fica entregue aos meus toques ? Boa noite.ㅡ Que filha da putagem. Ele fez isso apenas para me provar que me entrego aos seus toques! Me aguarde Jeon JungKook. Me aguarde.
     Fechei meu zíper e me levantei resmungando, bebi um copo de água e fui para meu quarto obviamente resmungando por tal acontecimento.
 
   No meio disso tudo eu esqueci até de tentar descobrir se ele era realmente o Rabbit, mas deixa para lá, pois já está na cara isso. Ao entrar em meu quarto eu peguei meu celular e passei o olhar na tela do tumblr, joguei o celular na cama e tranquei minha porta, me deitei na cama e tirei foto de meus labios para baixo mostrando meu abdômen definido, posto a foto.

   "A noite está fria, mas seu corpo poderia me esquentar"

     Bloqueio a tela do celular recebendo as notificações e arrumando minha cama com calma, coloco o meu celular para carregar e caminho para o banheiro.

   E quando eu e o JungKook/Rabbit  marcamos de nos encontrar? Qual vai ser a reação dele ? Realmente estou com medo dele não gostar, no fundo vai me machucar, pois em pouco tempo a presença dele passou a me fazer bastante bem.

    Respiro fundo afastando tais pensamentos de minha mente, retiro minha roupa e tomo meu banho calmamente.

      24 de julho de 2018; 7:30 da manhã

          O barulho irritante invadia meu ouvido, grr.  Que mal gosto para música essas pessoas tem! Que saco, pleno domingo eu decido dormir até tarde, mas um demônio enviado acaba com meus planos.

   Me levanto batendo os pés fortemente indo até o lugar onde o som alto estava. Caminho até a caixa de som desligando e bufando encarando Jeon e Hoseok que dançavam

   ㅡEu quero dormir ! Será que eu, posso dormir ? Pelo menos um dia? Uma hora? UM SOSSEGO ㅡ grito fazendo ambos arregalar os olhos e caírem na gargalhada ㅡ tem algum palhaço aqui ?

  ㅡ desculpa Jiminnie-ssi é difícil te levar a sério com esse cabelo ㅡ meu cabelo ? O que tem haver meu cabelo?

    Caminho até o banheiro olhando meu cabelo podendo notar que ... estava completamente bagunçado, alguns fios chegavam a estar tão embolados que formavam um nó

   Hoje não é seu dia, Park Jimin.

   Sussurro para mim mesmo respirando fundo e ligando o chuveiro, retirei a roupa e entrei em baixo da água, quem saiba pelo menos isso me acalme nesse momento. Após tomar um banho longo e gostoso sai do banheiro indo para o quarto e vendo mensagens.

                                     Rabbit/anônimo

                              Moranguinho? Como está? Não vejo a hora de sábado chegar, eu quero te assistir gemendo bem gostoso enquanto me imagina te fodendo de quatro e se possível em todas posições.

                                   Moranguinho/me

                                   Ah. Mas que pervertido Rabbit, também estou ansioso. Bastante para ouvir você gemer enquanto se masturba imaginando minha boquinha grossa descendo e subindo

         Senhor. Que fogo

                                     Rabbit/anônimo

                                     Ah, garoto. Não sabe do que eu sou capaz, Então não me provoque ou irei até você te foder.

                             Moranguinho/me

                            Até parece que iria vir, Rabbit. Não sabe quem eu sou, e nem ao menos me conhece.

                                     Rabbit/anônimo

                             Tem razão. Mas então, eu quero muito pegar o meu Hyung que mora comigo. Tipo, muito mesmo. Como faço?

         Ótimo saber que sou eu.

                            Moranguinho/ me

                       Para ser sincero? Eu não sei, Rabbit. sei , vai puxando assunto inexistente e disso vai fazendo uma amizade

                            Rabbit/ anônimo

                  Não é uma idéia. 

    Eu e o Rabbit passamos a manhã inteira conversando e falando até sobre coisas aleatórias até que eu criasse coragem para me levantar e me vestir.

   Assim que a coragem veio da puta que pariu.

     Levantei e fui diretamente para a cozinha, eu estava com fome e não podia negar isso. Passei a mão em meus fios soltando um longo suspiro.
   Levanto os pés para conseguir pegar o pacote de salgadinhos na segunda prateleira, odeio ser baixinho.

    Um corpo quente me pressionou contra a bancada me fazendo voltar um suspiro e apenas observar o braço pegar o salgadinho que eu queria, me viro vendo Jeon sorrindo fraco e me entregando o pacote de salgadinhos

   ㅡ obrigado ㅡ agradeço esperando este afastar seu corpo, porém ele apenas pressionou mais contra o meu e desceu suas mãos agarrando em minha coxa com força, meu olhar se desviou por seu rosto observando seu maxilar que por incrível que pareça era perfeitinho.

   ㅡ Jimin-ssi... ㅡ sussurrou em meu ouvido me puxando para cima e me sentando na bancada, soltei o pacote de salgadinhos ao meu lado. Não iria ser ele que apenas vai me provocar, entrelaço meus dedos aos seus fios e os puxo, deslizo meus lábios por seu pescoço lentamente o provocando ㅡ irá participar da festa de hoje?

   Sussurrou em um tom rouco, adentro minha mão em sua blusa deslizando a mesma por seus gominhos deliciosos de se apertar

  ㅡsim. Quem deu a idéia foi eu ㅡ sussurro e mordo os lábios do mais novo o puxando para mim, senti sua mão agarrar minha cintura fortemente e nossos lábios serem colados ferozmente. O beijo era feroz, sua língua procurava desesperadamente pela minha.

    Porra JungKook, que boca maravilhosa

   Uma tosse falsa foi ouvida e rapidamente nos afastamos, olhei para a porta vendo Hoseok e Taehyung nos encarando.
    Desci da bancada rapidamente pegando o pacote de salgadinhos e vendo que Jeon estava fingindo fazer alguma coisa

   ㅡ Não precisam fingir, a gente já viuㅡ Taehyung falou com seu olhar pervertido para cima de mim me fazendo revirar os olhos e ir para a sala, ele logo se sentou ao meu lado e me encarouㅡ como é? ㅡsabia que ele estava perguntando sobre o beijo, esse Kim TaeHyung não tem jeito mesmo

   ㅡO que ? ㅡ me fiz de desentendido o vendo me olhar seriamente e cruzar os braços

   ㅡ Você sabe do que estou falando, me conta!ㅡ disse fazendo um bico enorme e me dei por vencido, olhei em volta para ver se Hoseok e JungKook estava por perto

   ㅡ doce, e quando nossas línguas se tocam. Porra, Eu vou no céu.ㅡ falo me lembrando de cada detalhe do beijo e o encaro vendo soltar um gritinho fino e tampo sua boca

   ㅡ para! ㅡ ri baixo e deitei minha cabeça no colo do mesmo que levou a mão até meus fios e começou uma breve carícia

    19:40 da noite

  ㅡ JUNGKOOK! ㅡ gritei correndo pelos corredores atrás do mais alto, ele não pode pegar meu celular, JungKook não pode descobrir nada, não até sábado quando fizermos a sexy call. Está cedo, Jeon não pode saber de nada, o mesmo parou deslizando o dedo sobre a tela do meu celular e naquele momento meu coração disparou e chegou a falhar uma batida.

    Ele riu e me entregou o meu celular beijando minha bochecha e saindo, ele não viu ? Como  ele não viu ? Juro que estou gritando de felicidade por dentro

     Sorriu nervoso e entro em meu quarto, vesti uma calça de couro preta e uma blusa branca de manga comprida um pouco transparente, olho minha caixa de mensagens vendo que O Rabbi/JungKook havia me avisado que sábado não estaria disponível então era para marcar outro dia a sexy call, solto um suspiro apenas concordando e passando a mão em meus fios.

     Vou para a sala e espero os convidados começar a chegar, olho para a porta sorrindo largamente ao ver Jackson passar pela porta, me levantei correndo e pulei nos braços do maior que sorriu e me apertou.

   Jackson é um amigo de bastante tempo, eu conheci ele primeiro que TaeHyung e meu primeiro beijo foi com ele, por isso Tae tem um poucode ciúmes do Jackson e as vezes me da vontade de rir, mas por incrível que pareça eles se falam como se fossem melhores amigos

   ㅡ como você está, moranguinho? ㅡ corei fortemente sorrindo ladino, sobre isso. Sim, escolhi o nome do meu usuário por conta desse apelido, Jackson me chama de moranguinho, pois quando menor eu ficava vermelho com simples elogios. Até meus pais me chamavam de moranguinho!

   ㅡVou bem , Jack ㅡ sorrio e beijo sua bochecha, me afastei me jogando no sofá com o mesmo e logo ao seu lado havia um menino que falava com este

   ㅡ Moranguinho, esse é o Mark, meu namorado. Mark esse é o Jiminnie ㅡ Jackson nos apresentou e eu sorri largamente apertando a mão do mesmo

.

.

 
   O sol estava alto e as vezes eu e Jeon trocávamos olhares, mordi meus lábios fracamente e me levantei a casa estava cheia e as pessoas se pegavam por qualquer canto da casa, olhei Taehyung e sorrio fracamente percebendo que beijo triplo estava acontece entre o casalzão.
   Eu já havia tomado uns três copos, soltei um longo suspiro e comecei a me movimentar sensualmente, olhando para JungKook, desci até o chão e em seguida subi lentamente. O observei deixar o copo com um garoto que estava ao seu lado e caminhar em minha direção, segurou em minha cintura me puxando para si e colando nossos corpos. Mordeu meus lábios com certa força arrancando de mim um gemido baixo e arrastado, notei o sorriso em seu rosto e merda. 

   Eu gemi para Jeon JungKook!

     ㅡ Não seja fraco, Jimin-ssi.  Renome para mim .ㅡ sussurrou rouco em meu ouvido e soltei um riso baixo, me virei de costas passando a rebolar lentamente contra seu quadril, nossos corpos se movimentava lentamente juntos, no mesmo ritmo.
   Eu estava ficando excitado com uma dança! Além do mais , é JungKook quem não iria ficar excitado ?

        Soltei um longo suspiro e me afastei de seu corpo virando de frente para o mesmo e levando a mão para sua nuca, raspei lentamente meus lábios no do maior, sentindo o aperto em minha cintura e dando impulso com o corpo para frente selando meus lábios ao do mesmo.

   Nossos lábios se moviam em sincronia, nossas línguas se encontravam de um jeito tão perfeito. Nossos corpos estavam quentes, bom, pelo menos o meu corpo estava fervendo.
   O beijo se tornou intenso e afoito, fomos dando passos para trás até que minhas costas estivessem encostada na parede, a mão de Jeon agora descia por cada parte de meu corpo agarrando em minhas coxas e levantando entrelacei minhas pernas a cintura de Jeon tombando a cabeça para o lado ao sentir a boca do moreno de encontro a minha pele.

     ㅡ Jiminㅡ vociferou assim que joguei meu membro contra o seu, fazendo ambos entrarem em um atrito gostoso e excitando

   ㅡ Hey!ㅡ o som parou e voz de Taehyung ecoou pelo local, porra, e eu achando que iria transar hoje. Empata fodaㅡ Vamos jogar. Se aproximem

    ㅡ caralho...ㅡ Jeon me soltou e apertou uma última vez minha coxa, olhei para as pessoas. Em seguida meu olhar se desviou para sua ereção e soltei um riso, que tal ajudar Jeon

   ㅡ fica quietoㅡ encosto seu corpo na parede e desço minha mão colocando a mão dentro das calças do maior, deitei minha cabeça no peito do mesmo como se estivesse o abraçando para ninguém perceber e passando a movimentar minha mão lentamente em seu membro ouvindo os batimentos rápidos

   Retirei minha mão e o levo para meu dormitório, encosto a porta abrindo seu zíper e abaixando suas calças e passando a masturbar o mesmo lentamente, encarei o rosto do mesmo podendo notar seus lábios entreabertos e soltando gemidos baixos e roucos. Me abaixo ficando de frente para seu pau e passando lentamente minha língua em sua glande suja de pré-gozo.

   Não vou falar que o gosto do Jeon é doce, pois todos nós sabemos que esperma não é nem um pouco doce. Mas não era tão ruim assim o seu gosto, dava para aguentar.
    
   Realizei minha língua por todo seu comprimento

   ㅡ Porra, Jimin. Chupa esse caralho logo ㅡ vocifera, Me arrancando apenas um riso e pressiono meu polegar em sua glande

   ㅡNão seja apressado Jeon. ㅡ falo calmamente colocando minha boca em seu pênis e passando a movimentar lentamente meus lábios, engolindo pelo menos a metade, pois aquilo era enorme e isso eu não posso negar.
   Se por foto parecia grande, imaginem pessoalmente.de

    1 semana depois.

       31 de julho de 2018; 17:30

    Soltei um longo suspiro bagunçando meus fios e acabando de limpar as mesas da cafeteria, meu olhar se desviou para a porta assim que ouvi o sino tocar da porta indicando que havia chegado algum cliente e observei Hoseok, TaeHyung, Yoongi o casal novo que iria morar conosco e junto à eles Jeon.

     Eu me tornei mais próximo do Rabbit e do JungKook também, os observei se sentar e logo o sorriso largo e quadrado se fez nos lábios do menino que agora estava de fios cinzentos, caminhei até a mesa que se sentaram e os encarei

   ㅡ o que irão querer meus amores ?ㅡ eu estava perto de sair por não ter mais clientes e essas desgraças aparecem.

    Anoto o pedido de cada um e vou até o balcão entregando para a HyunA , uma amiga minha que trabalhava no mesmo local que eu.  Para ser sincero, ela que me arrumou esse trabalho quando eu saí de casa.
      Ela colocou tudo em uma bandeja e me olhou

   ㅡquem é o menino que tanto de olha da mesa ?ㅡ desvio o olhar para a mesa notando Jeon prestando atenção em mim

  ㅡ Ah. Jeon... ele mora no mesmo apartamento que eu, nada de mais. Pare de me olhar assimㅡ coro minimamente rindo, pego a primeira bandeja levando até a mesaㅡ TaeHyung e Hoseok

   Falei entregando para ambos e sorrindo ladino voltando, pego as duas bandejas e levo para a mesa me sentando próximo ao Jeon, bebi um pouco do café do Jeon e desvio o olhar para o mesmo que apenas conversava com Seokjin

   ㅡ viemos aqui apenas para saber se você aceita que Jin e Namjoon more conosco ㅡ O acinzentado se pronunciou, fiz uma careta como se fosse negar

   ㅡ Já conversamos sobre isso. E óbvio que eu aceito ㅡ falei rindo e vendo o rosto do Jin se formar um sorriso ㅡ Aí senhor.  Mais um casal para me fazer de vela

   ㅡ Para que você pega o JungKook ㅡ Yoongi disse pegando um pedaço de bolo que estava em seu prato e comendo, reviro os olhos e nego

   ㅡ está negando, Jimin? ㅡ Jeon se pronunciou apertando minha cintura com força. Grunhi baixo de dor e bato em seu braço fracamente

   ㅡ irei tirar meu avental e pegar minhas coisas para irmos embora

   Me levanto rapidamente saindo dali e indo atras da HyunA, retiro o avental pendurando no cabide e deixo um selar demorado na bochecha da mesma e saindo junto aos meninos.

.

.

.

    Olho minha caixa de mensagens vendo que Jeon ainda não havia me mandado mensagem, suspiro colocando o celular para carregar e ouvindo alguém conversando no andar de baixo, passo a mão em meus fios loiros e indo até a sala, Jeon estava com um cara mais alto que si e o rosto era a mesma coisa

     ㅡ eu saí de casa para viver minha vida, Não para administrar sua empresa. Eu já falei que eu não quero e não vou ㅡ Jeon falava com a testa franzida, seu corpo estava suado, provavelmente estava dançando em seu quarto.

   ㅡ e quem você acha que é para falar assim comigo ? Eu sou seu pai. Então tenha respeito. ㅡ estava explicado, era pai do Jeon, bem que eles se parecem muito. 

      Fiquei parado ouvindo a discussão de ambos percebend o que Jeon já estava alterado e seu pai também, o mais velho saiu dali e logo apareci

   ㅡ Jeon...? Está tudo bem?ㅡ pergunto com receio fingindo que não havia visto nada

  ㅡ Não é da sua contaㅡ falou de um jeito grosso me fazendo ficar confuso e o encarar.

  ㅡok. Eu me preocupo e o príncipe quer falar assim? Se fodeㅡ falo para que o mesmo ouvisse e vou para o quarto

  Bufo passando a mão em meus fios e indo para o notebook começando a falar com o rabbit.


Notas Finais


OPA. SÓ AVISANDO QUE ESTÁ CHEGANDO O DIA EM QUE O JUNGKOOK VAI FAZER A SEXY CALL COF COF

Meu twitter; Confira yσxxмiท;; 轉 'Tear (@jyoonminxz): https://twitter.com/jyoonminxz?s=09

Lá vocês podem me ajudar e bom, aceito até capas para capítulo da fanfic

Meu número: (021) 968484338.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...