1. Spirit Fanfics >
  2. Sexy Brother, Jimin. >
  3. Jimin noivo??

História Sexy Brother, Jimin. - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei amadosss, dessa vez vou continuar sem parar, eu prometo!



Boa leitura amadoss

Capítulo 9 - Jimin noivo??


Fanfic / Fanfiction Sexy Brother, Jimin. - Capítulo 9 - Jimin noivo??

– Taehyung – Disse perplexa.

– Quanto tempo, Janny – Sorriu.

– Vocês dois se conhecem? – Perguntou Yoon ao lado da Seulgi.

– Sim, somos – Encarei o castanho que antes loiro – bons amigos – Sorri sem graça. – E você, de onde conhece o Tae?

– Ele é um amigo de classe da faculdade.

– Bom, depois vocês resolvem o que realmente são – Indagou Seulgi me olhando desconfiada – Janny, quero falar com você sobre meu pai.

– Agora? – acenei – Pode ser agora.

– Sim, vão – Iniciou Yoongi – Jimin e Taehy me acompanharão até um taxi. – Terminou logo saindo da sala com os mesmo.

– Então, é algo serio?

– Ele quer me matricular em um internato – Minha boca formou um verdadeiro 'o' ao ouvir tal coisa, Seulgi vou minha aflição e explicou corretamente.

– Então a desculpa é que ele e sua mãe estão muito ocupados e não podem te supervisionar – A morena acenou – Mas você não fez nada de errado, ou fez?

– Não e, você sabe muito bem como meu pai superprotetor é.

– E sobre o acidente do Yoongi, acha que ele tem algo a ver?

– que tal deixarmos apenas quieto – Pegou a bolsa em uma cadeira próxima e se virou pra mim novamente – É ele com toda certeza, mas não temos forças contra ele.

– Bom, você que sabe – Saimos da sala e fomos até o estacionamento encontrando os três mosqueteiros.

– A conversa das princesas finalmente acabou – Debochou Yoongi.

– Pra ja esta brincando, está tudo bem. – Falei.

– Não foi nada sério e com um pouquinho de cuidado logo me recuperei.

– Janny, a mãe ligou e mandou irmos pra casa, parece que temos visitas.

– Posso falar contigo antes, Janny? – Pergunta Taehyung me olhando.

– Ta. Jimin, chama um táxi q já ja eu volto. – Falei saindo para um canto juntamente com o Taehyung. – Então...

– Apenas bons amigos é? – Debochou – Enfim, queria te convidar pra um passeio que vai ter lá na faculdade. 

– Passeio, que legal – Sorri de canto.

– Sim, é para o tcc e tivemos a permissão de convidar uma pessoa.

– Bom, não sei – Fanzi o cenho – Tenho alguns trabalho do colégio, mas quem sabe eu não deixe pra depois.

– Isso é um sim?

– Um talvez. Até a noite lhe dou a resposta okay? – O moreno acenou com um sorriso gengival.

Eu e o Jimin voltamos pra casa pra ver a suposta visita que minha mãe preferiu manter suspense até chegarmos.

– Quem acha que é? – Perguntei saindo do táxi.

– Alguém do trabalho do pai? – Arqueei as sombrancelhas concordando com tal. Ambos entramos em casa e tanto eu quanto o Jimin ficamos paralisados em quem era a visita.

– Mãe? – Chamou o menor ao ver a mulher se levantar do sofá e abrir um sorriso ao vê-lo.

– Tia Hana – Falei surpresa. Logo após ela falar meu nome, uma outra garota levantou do sofá se virando para mim e Jimin.

– Ranya... – Falou Jimin. O sorriso da pálida e a alegria da mesma poderia ser reconhecido de longe.

– Não está feliz em ver sua mãe, querido? – Questionou vendo que Jimin parado estava parado ficou.

– Não mãe – Ditou logo correndo para os braços de sua mãe – Só estou surpreso de ver a senhora aqui.

– Tenho uma exposição em uma galeria aqui em Seul e eu não podia deixar de ver meu filho.

– Amor, que saudades – A morena correu para os braços do Jimin o abraçando. Minhas pernas estremeceram ao ouvir tal coisa, mas isso pode ser apenas uma forma carinhosa de  chamar alguém, não é?

Depois de uns segundos grudados, a mãe do Jimin veio até mim e me abraçou, logo a morena sem sal parou em minha frente erguendo a mão.

– Prazer, você deve ser a Janny. O jimin me falou muito de você – Olhei de canto pro Jimin que sorria sem graça. – Sou a Ranya, namorada do Jimin. Embora o mesmo tenha prometido pedir minha mão quando voltasse pro Canadá.

Meu coração gelou total, eu tava sem reação pra tudo aquilo, o Jimin era outro que tava mais branco que um floco de neve. 

– Ah sim – Sorri de canto apertando a mão da morena – Foi um prazer ver vocês mas preciso ir pro meu quarto – Falei logo sai apressada não dando tempo de minha mãe falar algo. – Inacreditável – Indaguei fechando a porta do quarto e encostando na mesma.


[Q.B.T]


Passei o resto da tarde trancada no meu quarto, minha mãe ta tão intretida com os convidados que nem reclamou comigo sobre simplesmente sumir e deixar todos lá. 

E sim, eu aceitei a proposta do Taehyung, talvez por raiva ou algum tipo de impulso. O bom é que irei ficar longe tanto do Jimin quanto da Ranya lá.

– Por que esta aqui e não lá embaixo? – Perguntou Jimin entrando no meu quarto.

– Poderia bater antes né – Retruquej enquanto botava algumas roupas em uma bolsa.

– Pra que isso?

– O Taehy me chamou pra ir em um passeio com ele da faculdade.

– Nem vai pedir permissão?

– Pra quem? – O encarei – Pra você – Arqueei uma sobrancelha e ri sarcástica – Que tal você voltar lá pra baixo e ficar com sua noiva, ela ja deve ter notado que não está lá.

– Isso é ciumes?

– Não Jimin, não é ciúmes. É raiva mesmo. Por que não avisou que estava noivo em?

– Mas Janny, não estamos noivos – Simplificou.

– E o que explica toda aquela cena?

– Estávamos namorando quando eu estava fora... E bem, não chegamos a terminar e também ela botou na cabeça que eu pediria ela em casamento quando voltasse novamente. – Explicou Jimin me encarando  andar de um lado pro outro pegando algumas coisas e botando na bolsa.

– Ela botou na cabeça ou você ajudou a isso tudo – O encarei de volta.

– Entenda Janny, no momento a pessoa mais importante aqui é você – Disse se aproximando – E você sabe disso.

– Está tentando fugir da explicação né?

– Estou te poupando de escutar algo que não vai fazer diferença – O mais alto puxou meu pulso pra si fazendo meu corpo colar ao teu – Ao envés disso, podemos fazer algo onde nós dois saimos ganhando... O que acha disso?








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...