História Sexy Dirty Love - Nemi - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias Demi Lovato, Nick Jonas
Personagens Personagens Originais
Tags Demi Lovato, Nemi, Nick Jonas
Visualizações 88
Palavras 1.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 49 - Isso é uma despedida?


Depois do que Nicholas disse eu preferi ficar em silêncio e o ignorar completamente, ele insistia em repetir que não tinha culpa e que não queria que isso tivesse acontecido.

Ao chegarmos no apartamento, Marissa estava berrando com Henry no quarto algo sobre ele não se meter na nossa vida e ir embora.

Eu disse que não o queria aqui!

— Eu só... — sou interrompida.

— Pegue seu amiguinho e saia da nossa casa — ela aponta pra porta — Porque continua parado no mesmo canto?

— Me deixa explicar oque aconteceu.

— VOC...

— Mari pelo menos deixe ele explicar, por favor — falei baixo pra que só minha amiga pudesse ouvir.

— Eu não quero ouvir explicações.

— Por favor...

— Certo, explique oque diabos está acontecendo.

— É, explique — Henry cruza os braços encarando Nicholas.

Jonas começou a falar sobre a ligação que recebeu e nos contou cada detalhe da sua conversa, na verdade a história nem chegou ao fim quando Marissa tentou ir até ele mas foi impedida por Henry que a segurou por trás. Eu apenas me afastei e tentei ao máximo não me meter naquela maldita confusão.

— VOCÊ FALOU PRA ELE SOBRE ELA!!

— Você só pode está maluca, eu nunca faria isso.

— ENTÃO ME DIZ COMO ELE DESCOBRIU, ME SOLTA, VOCÊ VAI VER SÓ UMA COISA JONAS.

— Eu não sei como ele descobr...

— Contou pra ele? — perguntei o encarando sem acreditar.

Marissa que até então lutava contra os braços fortes de Henry parou e me olhou preocupada, meu olhar se mantinha fixado em Nicholas, ele tentou se aproximar mas fiz sinal pra que parasse.

— Eu não fiz isso.

— Você fez.

— Não! Eu nunca faria isso.

— Ele descobriu sozinho então?

— Eu não faço idéia de como ele descobriu mas eu não tenho culpa.

— Desde que você entrou na vida dela muita coisa ruim aconteceu — Nicholas desvia o olhar e encara minha amiga tentando se defender — Na próxima vez que precisar de uma mulher pra fingir ser sua namorada pague alguém pra isso, você destruiu a vida dela, está feliz agora?

— Demi... — ele me olha.

— Ela tem razão...Mas...Você também trouxe coisas boas... — dei um sorriso fraco.

— Tipo oque? — Henry se intromete.

— Tipo...

— Tipo?

— É, não tem nada bom, hora de ir embora.

— Eu não vou embora, qual o seu problema Marissa? Porque não deixa a Demetria tomar suas próprias decisões? Porque não deixa ela tentar enfrentar esse medo de uma vez?

— Se acha que eu vou me encontrar com meu pai, é melhor ir parando por aí.

— Pois eu acho que você deveria.

— E eu acho que você deveria ir embora!

— Você não precisa ir sozinha, pergunta oque ele quer e acaba com isso.

— Eu já disse que não.

— Para de agir como uma criança! Você já é adulta e deveria enfrentar esse tipo de coisa.

— Vai se fuder Nicholas! Quer saber, Marissa tem toda razão, você falou pra ele e sabe porque? Porque a única coisa que importa pra você é dinheiro, e se alguém te oferece uma boa quantia você vai lá e faz qualquer coisa.

— Para de falar tanta merda, sabe que isso não é verdade.

— Trabalhei com você por tempo o bastante pra ter certeza nas minhas palavras.

— En...

— Okay cara, vamos embora — Henry tenta empurrar Nick na direção da porta mas o mesmo consegue se afastar a tempo.

— Não faz sentido isso, estão me acusando de algo que eu não fiz.

— Claro que fez, fala pra ele Demi!

— É...

— Porque voc.... — ele bufa irritado — Você não pode está mesmo acreditando nisso...

— Você some e aparece no restaurante como se nada tivesse acontecido, pouco tempo depois meu pai entra no mesmo restaurante e você tem um ataque querendo ir embora...Talvez eu esteja acreditando mesmo nisso — falei a última parte com a voz embargada — Agora está mandando eu parar de ser criança e ir fala com aquele...aquele...Como você tem coragem de achar que eu posso fica cara á cara com ele?

Eu sentia meu coração se quebrando a cada palavra dita, meu olhar para Jonas era de total desprezo, eu não sabia exatamente oque pensar sobre tudo que estava acontecendo e não tinha cabeça pra analisar cada coisa com calma antes de falar.

— Você confia demais nas pessoas erradas, como sempre — Mari resmunga ao meu lado.

— Isso nunca daria certo mesmo — dou de ombros como se não me importasse.

— É, nunca daria certo mesmo — ele repete o meu ato.

— Vocês podem sair? Quero falar com Nick...sozinha.

Marissa revira os olhos e puxa Henry para fora do apartamento junto com ela.

Nick se aproxima e pega na minha mão evitando olhar em meus olhos, suspirei e entrelacei nossos dedos sentindo meu rosto molhado por conta das lágrimas.

— Eu não falei nada.

— Não sei se acredito.

— Você é mais importante pra mim que qualquer dinheiro do mundo.

— Minha vida está uma bagunça, Nick.

— Não quero que vá embora — rapidamente Nicholas passa a mão no rosto para que eu não percebesse que estava chorando, me sinto a pior pessoa do mundo.

— De um jeito ou de outro eu vou, é oque eu sempre faço — dou uma risada baixa — Eu sempre fujo dos problemas.

— Mas...

— Eu sempre fujo — repito.

— Então pare de fugir — Nicholas me olha — Você não precisa enfrentar seu pai, mas pode dar um fim nisso.

— Eu não posso dar um fim nisso.

— Claro que pode, pode ir na delegacia e falar que ele está perseguindo você, então ele volta pra o lugar de onde nunca deveria ter saído.

— Não vou fazer isso.

— Oque? Demi, não há nada de errado em fazer isso.

— Eu não quero ter nada haver com esse homem, okay? Não quero e pensei você me entendesse.

— Eu te entendo eu só não quero que vá embora por c...

— Olha, eu acho que não temos mais nada pra conversar.

— É assim então?

— É.

— Terminamos?

— Uhum.

— E você vai embora? — faço que "sim" com a cabeça — Já está na hora de você tomar as suas próprias decisões, Marissa é sua amiga e fez muita coisa por você mas ela não manda na sua vida e eu não aceito te perder porque alguém está fazendo uma escolha no seu lugar.

— Não é bem assim.

— Claro que é! Me diz Demi, eu não trouxe nada de bom pra sua vida?

— Você é uma coisa boa na minha vida — falo baixo.

— Então! Porque concordou com ela quando disse que...

— É a verdade, se você começar a ver desde a viajem, muita coisa de ruim aconteceu, começando pelo oque seu irmão quase fez comigo.

Nicholas não falou nada apenas me puxou pra um abraço e sussurrou em meu ouvido implorando pra que eu não fosse embora.

— Você é a mulher da minha vida, eu já percebi isso.

— Sou nada, bobinho — dou risada entre as lágrimas.

— Eu vou te deixar em paz — ele se afasta — Espero que a gente se esbarre por aí, baixinha.

— Nunca se sabe.

— Caso eu te ligue qualquer dia não atenda, eu com certeza vou estar bêbado.

— Ah, e eu com certeza vou atender — falo rindo.

— Já deu de conversa — Marissa fala entrando no apartamento — Tchau Nick.

Ele beija a minha bochecha e sai do apartamento mostrando o dedo do meio pra Marissa assim que passa pela mesma.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...