1. Spirit Fanfics >
  2. Sexy Dominator (Kakashi x Leitora) >
  3. Sete

História Sexy Dominator (Kakashi x Leitora) - Capítulo 7


Escrita por: Keio_Haruno

Notas do Autor


Oiii amores tudo bom?

Espero que gostem! Boaa leitura!❤️

Capítulo 7 - Sete


Fanfic / Fanfiction Sexy Dominator (Kakashi x Leitora) - Capítulo 7 - Sete

 

X: Ela vai ficar bem, foi só uma virtude. Nada de mais. 

Kakashi: Obrigado, vá ver o obito também por favor. 

X: Pode deixar, com licença. 

Sinto cheiro forte de álcool sobre meu nariz. Me levantei devagar me sentando na cama. Kakashi estava na porta com um homem, que já estava de saída. 

Kakashi: Você acordou finalmente. 

Fiquei encarando ele, não sei bem se eu tinha acordado. Mas meus olhos estavam abertos. 

Kakashi: Você está se sentindo melhor? 

Balancei a cabeça com um gesto de sim, ele parecia aliviado. 

S/n: Quem era aquele homem? 

Kakashi: Era o médico da minha família, ele veio ver você. 

S/n: Sem necessidade, foi apenas por conta do sangue. E como está o obito? 

Kakashi: Ele vai ser atendido agora, não se preocupe com ele. 

Sua voz saio de um tom doce e gentil, para um tom estressado e ciumento. 

S/n: Você deveria ter mandado ele vê o obito primeiro. 

Kakashi: Não se preocupe. O que aconteceu na cozinha? 

Em minha mente passava diversas boas mentiras. Mentir a história toda, ou só uma parte. Minha boca fala sozinha sem controle nessas horas, vamos vê o que vai sair. 

S/n: Eu estava bebendo água e ele chegou lá. 

Kakashi: E o que mais? 

S/n: Estávamos conversando, ele falou que ouviu a gente. E a mão dele passou na faca, não a vimos em cima do palcão. 

Kakashi sorria discretamente, o que será que estou deixando passar ? A não !

S/n: Você fez isso de propósito! Transamos aqui para ele escutar!? 

Kakashi: Não foi bem assim, mas me agrada ele ter ouvido você gemendo meu nome deliciosamente s/n. 

S/n: Quanta infantilidade! 

Kakashi: Está brava porque não queria que ele soubesse que transamos? 

S/n: Claro! 

Kakashi: Não, não me diga que está querendo dormir com ele também? 

S/n: Você sempre entende tudo errado! Eu não quero que ninguém saiba quando estivermos transando Kakashi! É a nossa intimidade! Eu quero apenas quem esteja comigo me escute gemer! 

O sorriso em seu rosto sumiu. Em meio aos meus gritos ele parece ter entendido o que eu estava querendo dizer. 

Kakashi: Você tem razão s/n. Não foi certo fazer isso, principalmente com você. Não vai acontecer de novo. Está com fome? 

Balancei a cabeça dizendo que não. Ele me olha, de um jeito diferente. Nunca o vi assim desde que cheguei. 

Kakashi: Então agora é hora de você me contar o que foi isso na suas costas? 

S/n: Não foi nada de mais.

Kakashi: Por favor s/n. 

S/n: Foi uma briga com meu irmão. A gente tava discutindo sobre o jeito que ele tratava meu pai, xinguei ele pra caramba. A gente se exaltou muito. Ele saio em direção ao quintal, meu pai estava com uns amigos fazendo churrasco. Nosso pai xingou ele também, ele pegou o ferro que estava no fogo pra acertar meu pai. 

Kakashi: Você se entrou na frente? 

S/n: O que mais eu poderia fazer? Nunca deixaria ele machuca meu pai. 

Ele chega mais perto, sentando-se na minha frente e enxugando um pequena lágrima que corria. 

Kakashi: Oque aconteceu com a sua mãe? 

S/n: Ela ficou muito doente, eu era nova de mais não sabia direito das coisas. 

Kakashi: E o seu pai? 

S/n: Um infarto, ele estava teve muito preocupação durante anos. 

Kakashi: Eu sinto muito s/n. 

S/n: Obrigada.

Batidas na porta atrapalham nossos sorrisos sem jeito. 

Kakashi: pode entrar. 

Minato: Senhor Hatake, desculpa incomodar. Mas, a senhorita Rin está lá em baixo insistindo em falar com o senhor. 

Kakashi: Diga que estou ocupado. Não posso vê-la agora. 

Minato: Ok. 

E o homem sai fichando a porta. Kakashi me olhava tranquilamente, e nós começamos a escutar os gritos lá em baixo. 

S/n: Não é melhor você ir vê sua noiva? 

Ele franze as sobrancelhas, como se não soubesse do que eu estava falando. 

Kakashi: Noiva?

S/n: Sim, a Rin. 

Kakashi: Você esta recebendo informações erradas s/n. Ela não é minha noiva. 

S/n: Então o que ela é sua? 

Kakashi: Um ex amor, alguém que ferrou muito minha vida. E a de obito também. 

S/n: Acho que tô confusa agora. 

Kakashi: Nos conhecemos desde crianças, e para meu azar e de obito nos dois nos apaixonamos por ela. Ela sempre dizia que amava nos dois, mas depois percebi que ela não ama ninguém além dela mesma. 

S/n: Obito me disse que vocês ficaram por muito tempo. 

Kakashi: Isso é verdade, uma noite comigo e outra com ele. Mas nós não sabíamos ou fingíamos não saber. Então eu conheci você, e todo encanto dela saiu de mim, e parece que aconteceu o mesmo com obito. 

S/n: Agora eu entendo, mas continuo confusa. 

Ele me dá um sorriso. Minha cabeça tentava assimilar tanta informação. - Mas será que ele está mentindo? As meninas me disseram que era noivos, mas também não lembro de ter visto ela usando aliança- mais uma vez batidas na porta. 

Kakashi: Entre! 

Sasuke: Senhor hatake, precisamos que você venha resolver um problema. 

Kakashi: Me esperem lá em baixo, já estou indo. 

Kakashi vai no guarda-roupa se veste, em frente ao espelho ajeitava o terno preto. 

Kakashi: Talvez eu demore a voltar, lembre-se que vamos sair hoje. Esteja pronto as 6. 

Confirmo mexendo a cabeça. E ele sai, me jogo em baixo dos lençóis. -onde esse homem vai me levar? - de certo modo eu estava ansiosa. A porta se abre mais uma vez, será que são as menina? Não as vejo desde ontem. Me levanto tirando os lençóis de cima de mim. 

S/n: O que você quer? 

Era Rin parada na minha frente com uma cara não muito boa. 

Rin: Ele te trouxe para o quarto principal dele?! Uma vadia no quarto aqui. 

S/n: É eu dormi aqui com ele, porque você não? 

Por que não provocar ela um pouco? Não tenho nada perder. 

Rin: Você não vai me tirar do sério. Coitada, se achando porque veio para cá. Você não passa de um brinquedo, eu sou a mulher dele, quer dizer deles. 

S/n: Hm ja estou sabendo da história. Mas nada e para sempre. 

Rin: O amor eles por mim é, sempre foi. Eles me pertencem! Não ache que eu vou deixar uma pobre coitada, nojenta roubar eles de mim. Antes que isso aconteça eu mato você. 

S/n: Boa sorte tentando. 

Reviro meus olhos e sorriu pra ela. Ela chega muito perto sem que eu percebesse, pegando em meu cabelos me fazendo olhar para ela. 

Rin: Não me irrite garota, se eu pedir eles mesmo fazem isso. Não se ache importante, você não é nada pra eles. Kakashi não te ama, e obito só quer o que o Kakashi tem. Você é um mero nada! 

Naruto: Ei solte ela agora mesmo. 

A mulher me solta, indo em direção a porta do quarto. 

Rin: Só estávamos conversando. 

Quando ela saiu Hinata e Sakura entram junto ao garoto. Minhas mãos estavam fechadas, punhos cerrados. 

Hinata: Você tá bem? Ela fez alguma coisa com você ? 

Balancei a cabeça que não. Elas se sentam na cama, uma na minha frente e a outra do meu lado. 

Sakura: Abre a mão s/n! ABRE! 

Eu nem estava escutando elas direito, eu estava com muita raiva. 

Sakura: Vocês me ajudem! 

Depois deles me forçarem a abrir as mãos, eu volto a realidade. Olho para elas e estão sangrando, eu fazia antes para me controlar a muito tempo não era necessário isso. 

Hinata: Naruto pega o kit de primeiros socorros. 

Ele vai pegar, depois volta e as meninas me fazem curativos. Depois de um tempo ela termina e ficamos conversando um pouco. Sakura trás almoço para mim, ficamos a tarde no quarto conversando sobre muitas coisas. 

Sakura: Olha a hora garota! 

Hinata: Verdade! Corre e vai tomar banho! A gente separa um vestido para você. 

Estava desanimada, mas eu fui. Quando terminei elas ajeitaram meu cabelo fazendo ondas do meio às pontas e deixando ele solto. E me entregaram o vestido, curto colado ao meu corpo. (https://pin.it/4qYzKpn)

Sakura: Você tá muito gata! 

S/n: Tem certeza? Não é exagerado não sei onde vamos. 

Hinata: A gente sabe e tá perfeito. 

Minato: S/n o Kakashi tá te esperando lá em baixo. 

S/n: Já tô indo. 

Elas dão os últimos ajustes me entregam uma bolsa pequena. Me acompanham a te a porta, saio e vejo Kakashi próximo ao seu carro me esperando. 

Kakashi: Você está muito linda. 

S/n: Obrigada, onde vamos? Só para saber se não estou muito exagerada. 

Kakashi: Vamos ao seu antigo trabalho. 

S/n: Sério? 

Kakashi: Sim, tenho negócios a resolver e achei que seria bom você rever suas colegas. 

Um sorriso enorme aprece em meu rosto, e eu notava a sua felicidade pela minha. Entramos no carro, e saímos. No caminho vamos em silêncio, até ele notar minhas mãos. 

Kakashi: O que aconteceu? 

S/n: Fui eu que fiz isso, não se preocupe. 

Kakashi: Porque fez isso? 

S/n: Uma mania antiga. 

Ele não gostou nem um pouco. Finalmente chegamos e nada mudou, chega a ser nostálgico voltar. Kakashi desce e abre a porta para mim. 

Kakashi: Disse a todos que somos namorados e você está morando comigo. Não desminta, vai ficar feio para mim. 

Dou um sorriso discreto. Entramos, logo a Monica me vê e corre em minha direção. 

Monica: Eu nem acredito que é você! Onde se meteu garota!? Oii pra você gatão. 

Essa louca não muda nunca, Kakashi se aproxima e diz que vai subir. Ele me pediu pra fica com a Monica, Minato iria ficar perto de mim para me manter segura. Eu e ela vamos para o bar, Monica fez um drink mas ficou horrível. 

S/n: Deixa que faço isso. Kkk 

Monica: Todo mundo pergunta porque você saio, sentem falta do seus drinks. 

S/n: Imagino que sim, o seus são horríveis. 

Contei a ela só coisas básicas esconde o fato de ter sido sequestrada e outras coisas. Depois de mais ou menos cinco oras eu e ela estávamos totalmente embriagadas. 

Minato: S/n o chefe não vai gostar disso! 

S/n: Aí Minato cala a boca! 

Alguns homem vinham nos importunar mas Minato logo os colocava para correr. Eu estava com muita saudade disso, movimentos de pessoas e até as cantadas idiotas. Monica me olhou assustada apontando pra trás. Me viro e vejo Kakashi não muito simpático.

S/n: Olá querido, quer um? 

Ofereço um drink a ele.

Kakashi: Eu não esperava que você ia beber tanto s/n. 

S/n: Desculpa, eu me empolguei. Kkkk 

Estava rindo com o vendo. Kakashi decidiu ir embora. Me levando quase nos braços até o carro. No caminho ele parou algumas vezes para que eu vomitasse. Chegando em casa ele me leva para dentro, ainda na sala eu começo a agarra-ló. 

Kakashi: O que está fazendo? 

S/n: É o álcool, agora cala a boca e me beija. 

Ele me coloca em cima de uma mesa de bebidas da sala. Nos beijávamos desesperadamente, mas ainda sim, era bom. Desço até seu pescoço, tiro o blaser e abro sua camisa, os jogando no chão. Suas mãos entravam em meu vestido, e as minhas em sua calça. Até que escutamos alguém chegando perto. 

Kakashi: Você ainda está aqui? 

Obito: Não vim atrapalhar nada, só vou a cozinha. 

S/n: Ei Obito! 

Obito: O que foi? 

S/n: Porque não vem se divertir com a gente? 

Kakashi e Obito: O QUE? 

S/n: Você já devem estar acostumados com isso. 

Kakashi: Não! 

Obito: Nunca fizemos isso! 

S/n: Existe uma primeira vez para tudo, vamos vai ser legal. Prometo que não vão se arrepender! 

Desço da mesa, pego na mão de obito e o arrasto próximo ao Kakashi. Estendendo minha outra mão pra ele, que estava meio receoso. 

S/n: Qual e senhor Hatake, vamos! 

Ele cede e me entrega a mão. A curiosidade dos dois foi mais forte, que a dominância ou qualquer outra coisa. Vou puxando eles pela escada, entramos no quarto e eu fecho a porta eles estavam perto da cama, os dois sem blusa, tiro meu vestido e jogo no chão ficando de lingerie. 

S/n: Eu vou adorar muito isso. 

 

.....


Notas Finais


https://pin.it/4qYzKpn

Deixem seus comentários! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...