História MY FIST LOVE - Imagine Jungkook - Capítulo 9


Postado
Categorias Agust D / Suga
Personagens Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Visualizações 42
Palavras 1.839
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura...♡

Capítulo 9 - Sleep here...


Fanfic / Fanfiction MY FIST LOVE - Imagine Jungkook - Capítulo 9 - Sleep here...

22:45 hrs
 
 - C-como assim? - pergunto ficando a altura de seus olhos

 - Como eu já havia te dito, fui em uma festa com amigos, nisso estavam todos bebendo, Seulgi apareceu com o grupo de amigas, e se juntaram a nós, eu não havia visto ela colocar na minha bebida e então eu tomei, havia dito a um dos meus amigos que não estava muito bem e então eu iria para a casa - deu um longo suspiro(não o doce kssk) - Seulgi se ofereceu e no estado que eu estava eu aceitei, pegamos um táxi e sem eu perceber ela estava me levando para o prédio feminino e estava me beijando.

 - Mas...eu vi você retribuir o beijo, e parecia estar gostando - digo num tom bravo...por que estou brava?

 - Eu achava que... - ele fechou os olhos

 - Achava que...? - pergunto ansiosa
 
 - Eu achava que estava beijando você - diz num tom baixo - Eu...eu estava vendo o seu rosto...

 - Oh...- fico toda envergonhada - era isso...e...e como soube que ela drogou você? - ele sorri pelo meu constrangimento
 
 - Quando percebi que era ela, passou isso pela minha cabeça, e quando vi aquela cara de sonsa dela, pensei que só poderia ser isso, quando saí do hospital, fui ao quarto dela que por sorte estava aberto e procurei na bolsa dela e vi

 - E o quê vai fazer?

 - Ainda não sei - ele me abraça - mas não quero pensar nisso agora

 Ele dormiu, fiquei ali, o vendo dormir, pensando ter o visto de algum lugar, ou o conhecer de algum lugar. Não posso estar apaixonada por ele, não tão rápido.

  (...)

  JUNGKOOK P.O.V'S

 Acordo e não vejo s/n, quando olho para o lado vejo um bilhete colado no meu criado-mudo

  " Desculpe...Tive que sair para ver minha tia, nos vemos na aula

~S/n♡ "

 Sorri com seu jeito de escrever, ela tem uma lentra bem redondinha, me levanto e me visto, hoje tenho que falar com uma pessoa importante.

 S/n devia ter acordado muito cedo ou eu acordei um pouco antes dela sair pois quando olhei para o relógio era sete e meia da manhã, as aulas começam as dez, então tenho tempo.

 Saio do meu quarto e já avisto quem eu queria, ele já estava arrumando, e fazendo o quê ele sempre faz...fazer seus "negócios"

 - TAEHYUNG! - grito seu nome, ele entrega algo para o cara a sua frente e vem a minha direção

 - Você quase acabou com meus negócios - diz tentando me jogar medo

 - Taehyung... - o olho sério e ele pareceu engolir seco - Você vendeu alguma coisa para a Seulgi?

 - Por que quer saber? - pergunta

 - Apenas me responda - digo perdendo a paciência

 -... S-sim...um 'boa noite cinderela' - distribuo um soco na parede - não me diga que...

 - É! - digo com raiva
 
- Meu Deus, me desculpa cara, se eu soubesse que ela usaria em você nunca teria vendido - fala desesperando

 - É... eu sei - digo o calmando - mas temos que olhar pelo lado bom, caso ela tente fazer algo novamente  comigo ou com a... alguém, posso ameaça-lá ou até mesmo entrega-lá

 - Jungkook...se você entregar ela, possivelmente iram pergunta com quem ela arrumou a droga e irá me entregar também - diz nervoso

 - Calma, eu cuido disso tá? Não vou deixar isso acontecer, fica de boa - me despeço e decido sair para tomar um ar.

 Procuro Seulgi mas não a vejo, menos mal, queria muito ver s/n, parece estranho mas sinto uma imensa vontade de proteje-lá, mas não posso ser transparente, pelo menos não agora.

  (...) *10:00 hrs*

 Deu o horário para todos entrarem nas  salas, não queria assistir a aula daquele cara, ele é muito...falante, mas eu não quero ir pra diretoria então. Vi alguém familiar, e então....

  S/N P.O.V'S

 Quando eu acordei, recebi uma mensagem da minha tia, me convidando para sair.

 Eu aceitei, me levantei e fiquei uns segundos ali sentada na cama, o observando e sorrindo bobo para a cena, peguei minha câmera e tirei uma do mesmo, esperei imprimir, guardei na bolsa, peguei uma folha de seu caderno e escrevi um bilhete lhe a avisanso e saio.

(...) *Depois de sair*

 Quando cheguei em sua casa, a perguntei se ainda tinha algumas roupas minhas aqui, ela afirmou e então eu tomo um banho e me visto,um vestido florido e um tênis branco. Me despeço dela e vou para a  faculdade a pé mesmo, chego e eu vou para meu quarto, pego minhas coisa e adentro a faculdade, seus corredores estavam cheios, sinto alguém envolver minha cintura, me assusto, tento me solta mas não tenho sucesso


 - Sou eu - sua voz saiu baixa e rouca, me arrepiei da cabeça aos pés, sinto ele passar uma de suas mãos em meus fios - vamos?

 Colocou seu braço nos meus ombros e me guiou até a sala, quando chegamos, vi Rosé me olha confusa e com um pouco de indignação, sei o porquê de seu olhar, havia ignorado seu aviso, no qual eu nem me lembrava. Me afastei do mesmo e segui sentando eu meu lugar, ela nem sequer ousou em me chamar, apenas ficou conversando com seus outros amigos.

 Jeon se sentou ao meu lado confuso, e não esperou nem um minuto para se pronunciar

 - Está tudo bem? - pergunta, não sabia se estava preocupado ou perguntado só por obrigação, não conseguia entender suas feições 

 - Sim - sorrio fraco, ele se ajeitou em seu acento

 JUNGKOOK P.O.V'S 

Havia passado uns minutos e S/n continua estranha, tenho que ignorar, preciso ignora.

 Janne adentra a sala, na qual se silencia, ela olhou diretamente para mim, seu olhar transmitia raiva, muitos se encolhiam ao seu olhar, mas... ela não me dava medo, do mesmo jeito que ela me olha, eu devolvia com deboche

 - Jeon Jungkook - sua voz saio num tom de ódio - poderia me acompanhar?

 Levantei e a segui, nem sequer olhei para trás, apenas passei em sua frente e esperei ela fechar a porta, a segui até  a sua sala, ela se sentou e eu me permaneci em pé.

 - Sente-se - pediu mas parecia ordenar, apenas assentir - eu estou sabendo que está próximo da aluna nova

 - É...estou - digo debochado

 - Sr Jeon, quero que se afaste de S/n

  S/N P.O.V'S 

 Eu peço para ir ao banheiro, estava preocupada com Jeon, já havia se passado quase uma hora e não havia voltado.

 Talvez, ele já havia saído da sala de Janne e estivessem rodando por aí, quando passo na frente da porta da diretoria escuto duas vozes familiares: Jungkook e Janne.

 Eles estavam discutido, me aproximo da porta para tentar ouvir o que os mesmos estavam falando.

 - Como pode fazer isso? - dizia Jungkook com ódio

 - Acha que foi fácil para mim? - fala Janne no mesmo tom - Tive que deixá-la para proteje-lá! E além disso, não iriam me deixar vê-la! - Jungkook ri

 - Você me tirou tudo! Tirou a pessoa que eu mais amava e agora me pede isso? Por favor! - diz Jungkook num tom de deboche - deveria ter vergonha!

 - Mais respeito seu moleque! Eu tive meus motivos, os quais o senhor não necessita saber! Apenas faça! - queria poder dizer o quê Jeon iria falar mas o ouço caminhar e abrir e se depara comigo

 - O quê faz aqui? - fala ele nervoso

 - Eu estava indo ao banheiro e ouvi você gritar e... - ele segura meu braço

 - Vamos embora - ele me puxava

 - Mas...

 - AGORA! - grita, me assusto e infelizmente acabo obedecendo.

 Nós fomos andando até a mesma lanchonete que havia ido com  Rosé, ele já havia me soltado e andava distante de mim, não disse uma palavra.

 Nós adentramos o local e nos sentamos, ele se sentou á minha frente, ainda em silêncio

 - O quê aconteceu? - digo um pouco fria pelo jeito que ele havia gritado comigo mais cedo

 - Nada - respondeu do mesmo jeito

 - Então por que estou aqui? - pergunto perdendo a paciência

 - Porque eu estou com fome - diz agora olhando para mim

 - Mas eu não! - Levanto mas ele segura meu braço

 - Não vá... - me olha calmo - me desculpe por gritar com você, estava bravo e descontei em você - ele me puxa fazendo eu sentar ao seu lado

 - O quê aconteceu Jungkook? - pergunto curiosa

 - Sra Min discutindo sobre minhas notas - deu de ombros.

 Sabia que não era aquilo mas não queria descutir sobre, ele já parecia bem está estressado, talvez, se eu tentasse ir à fundo eu poderia despertar sua ira, qual eu não queria ver.

 Ficamos ali por alguns minutos e fomos embora, ele me disse que tinha que ir falar com seu pai, já eu, queria muito falar com Rosé, me desculpa por sei lá o quê, e a perguntar o por que de seu aviso.

  (...)

 Já  estava anoitecendo quando cheguei, adentrei o prédio a procura de Ró, a avistei conversando com um garoto, ele era um pouco mais alto que ela, ele usava um suéter roxo, um jeans  preto rasgado e sapato preto, seus fios tinham tom de rosa, e seus olhos preto, ele é um pedaço de mal caminho, eles estavam encostados na parede. Eles conversavam normalmente até eu chegar e Rosé fechar a cara.

 - Olá - me curvo perante o mais velho

 - Oi - ele sorri - sou Jimin e você deve ser a S/n!

 - Como sabe? - perguntei confusa

 - E que... - Rosé lhe deu um tapa no ombro - ... Ró me falou sobre você - Ri sem graça

 - Ah tá - digo fingindo acreditar em sua mentira - Ró posso falar com você? - digo com um certo medo

 - Não tenho nada para falar com você - disse destravado a porta

 - Ró por favor! - seguro seu braço antes dela adentrar seu dormitório

 - Eu vou indo - diz Jimin - foi um prazer te conhecer - fala sorrindo - tchau Ró

 - Entra - diz ela

 Assim faço, a cor de seu quarto era vermelho claro, havia portes de Britney Spears e EXO, seu quarto era completamente bagunçado, ela tinha um coelhinho de estimação, sua gaiola estava em cima da mesa do computador, me lembrei de Jeon. Ela se deitou na cama e eu me sentei ao seu lado.

 - O quê quer? - diz fria, pegando um revista ao lado

 - Me desculpe por não falar com você - digo

 - Acha mesmo que estou brava por não ter falando comigo? - diz e eu assinto - Não é por isso mas está desculpada

 - Rosé no meu primeiro dia você me deu muitos avisos... por que tenho que tomar cuidado com Jungkook? - pergunto receosa

 - Jeon Jungkook não é o quê parece S/n

  CONTINUA...?

Notas Finais


Tam tam tam taaaaaam
E isso mesmo gente Jk vai se afastar de s/n Mas juro q n por mt tempo...ate O próximo cap
~Manuh ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...