História Shadamy - Do you love me or just feel guilty? - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Sonic The Hedgehog
Personagens Amy Rose, Blaze The Cat, Knuckles the Echidna, Maria Robotnik, Miles "Tails" Prower, Rouge the Bat, Shadow the Hedgehog, Silver the Hedgehog, Sonic The Hedgehog
Tags Bullyng, Drama, Shadamy, Suícidio
Visualizações 79
Palavras 1.490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii
Muito obrigada a todos pelo vosso apoio, comentarios e favoritos
Aqui está mais um capítulo, espero que gostem

Capítulo 10 - "Fico feliz por estares viva"


Fanfic / Fanfiction Shadamy - Do you love me or just feel guilty? - Capítulo 10 - "Fico feliz por estares viva"

                  P.O.V Amy

Eu não sabia o que fazer, mas logo comecei a caminhar até a luz...mas a voz do Shadow me fez parar .

Shadow: - Amy!! Por favor não eras tu que me dizias que todas as pessoas e até todos os animais merecem viver?! - diz a chorar muito. 

Eu me virei para ele com lágrimas nos olhos. 

- Tens razão... mas eu não sou uma dessas pessoas - disse a chorar baixando a cabeça.

Shadow: - E não me digas que não és uma dessas pessoas ! - diz deixando-me supreendida e de olhos arregalados ainda com lágrimas. - Amy não me faças isto da-me mais uma chance... como queres que cumpra a minha promesa se não estás aqui?!- diz fazendo- me chorar mais e tapar com as minhas mãos o meu rosto.

Não queria faze-lo ... não queria viver, mas as palavras dele me faziam querer mudar de ideias, mesmo que tenha sido ele a partir o meu coração...

Shadow : - E se não voltas por mim então...volta pela tua família que está muito mal e triste porque... te amam muito e não te querem perder... - diz fazendo- me sorrir.

Caminhei até o meu corpo, olhei para o Shadow com um grande sorriso e toquei na minha mão. 

     

                  P.O.V Shadow 

- E se não voltas por mim então...volta pela tua família que está muito mal e triste...porque te amam muito e não te querem perder... - disse a chorar muito e com um pequeno sorriso.

De repente a maquina de batimentos cardíacos parou mostrando apenas uma linha reta, o que queria dizer que... o seu coração tinha parado completamente.

Eu fiquei paralisado... comecei a chorar desesperado segurei nela e a abracei repetindo o seu nome várias vezes.

- S-shadow? - diz alguém com voz fraca

Deixei de abraçar a amy e vi ela de olhos abertos .

- A-amy?! - disse paralisado a olhar para ela- Amy!!! - disse a chorar com um grande sorriso e depois dei-lhe um abraço que ela logo correspondeu.

Nesse momento a médica entrou e nós nos separamos.

Médica: - Fico feliz por teres decidido voltar . - diz com um grande sorriso que a amy retribui-o. - Shadow podes sair eu vou fazer alguns exames a Amy para ver se já esta tudo bem com ela - diz sorrindo e eu acenti com a cabeça. 

Caminhei até a porta mas antes de sair virei-me para a Amy e lhe sorri docemente, mas ela me ignorou e virou-se de costas para mim eu fiquei surpreso, mas sai do quarto e fui dizer a família dela que ela estava bem.

 

                   P.O.V Amy

Médica: - Fico feliz por teres decidido voltar . - diz com um grande sorriso que eu retribui. - Shadow podes sair eu vou fazer alguns exames a Amy para ver se já esta tudo bem com ela - diz sorrindo e ele acentiu com a cabeça. 

O Shadow caminhou até a porta, mas antes de sair virou-se para mim e me sorriu docemente, mas eu o ignorei e virei-me de costas para ele. Já estou farta de ser maguada por ele e se eu vou viver outra vez... já não serei a rapariga ingênua que eu era.


              P.O.V Shadow 

Quando disse à familia da Amy que ela estava bem eles ficaram mesmo muito felizes até começaram a chorar de alegria.

Silver: - Quando é que podemos ir ve-la? - preguntou para mim.

- Quando a médica acabar de lhe fazer exames - disse com um pequeno sorriso

- Espero que esteja tudo bem - disse preocupado.

Silver: - Eu também espero - diz também preocupado e receoso .

Depois de mais ou menos uma hora eu fui até ao quarto da Amy para preguntar a médica se a sua família já a podia ver. 

Médica: - Oh Shadow ainda de bem que estás aqui. - diz saindo do quarto

- Está tudo bem com ela? - preguntei preocupado e receoso. 

Médica: - Está bem, mas há um problema... - diz séria 

- E qual é o problema? - preguntei sério 

Médica: - Ela tem as duas pernas lesionadas gravemente. - diz seria e dando-me um caderno com os exames da Amy. 

- Sim, mas já lhe conseguiram curar as feridas que ela tinha nas pernas- disse sem compreender.

Médica: - Sim... mas quando ela saltou da ponte ela deve ter acabado por bater bruscamente com as pernas nas rochas que lá haviam, isso explica as feridas nas pernas e as lesões. 

- isso q-quer dizer que ela... não voltará a andar?- disse preocupado e triste

Médica: - Não se sabe isso irá depender dela... ela poderá só voltar a andar daqui a alguns meses, anos ou nunca mais voltar a andar... - diz seria deixando-me um pouco aturdido. 

- E quando ela vai poder sair do hospital? - preguntei de cabeça baixa.

Médica: - Bem ela precisa de muito descanso e cuidados, já que perdeu muito sague, por isso se correr tudo bem daqui a uma semana ela poderá ir para casa.- diz com um sorriso.

- E quando a familia dela a poderá ver?

Médica : - Ela agora está a dormir, estava mesmo muito cansada, por isso acho que é melhor só a verem amanhã, mas não te preocupes eu vou falar com eles pessoalmente, até amanhã. 

Eu acenti e lhe entreguei o caderno com os exames da Amy. Quando ela se afastou eu entrei no quarto da Amy. Ela estava a dormir profundamente. Eu fiquei um pouco a admira-la. Eu não a queria deixar outra vez... Sentei-me na cadeira ao lado da cama onde a Amy estava e comecei a lembrar-me de quando eramos pequenos... eram lembraças realmente boas, mas como estava com muito sono acabei por me deixar dormir na cadeira.


                      P.O.V Amy 

Quando acordei já era quase meio dia. Sentia-me muito fraca...não sentia nem os braços nem as pernas e doiam-me muito. Virei-me e vi o Shadow a dormir sentado na cadeira e com a cabeça na cama, ele parecia estar muito cansaso por isso decidi não fazer barulho para o acordar. 

Mas ele não deveria estar na escola? O que ele ainda faz aqui? Será que se preocupa mesmo comigo? Não... Ele nunca estaria assim por alguém como eu... Desce a terra Amy ! Eu aposto que só o está a fazer porque sente culpa...

Eu deixo os meus pensamentos de lado e me viro para o outro lado da cama onde está uma mesinha de cabeceira com um taboleiro com comida, que devia ser o meu pequeno almoço. Eu me levantei com dificuldade, de modo a ficar sentada e peguei no tabuleiro com as duas mãos, fazia força para o levantar,mas os meus braços e as minhas mãos começavam a tremer. Sentia-me fraca... Como não conseguia pegar no tabuleiro desisti de tentar e comecei a olhar para fora do hospital através da janela.

Shadow: - Queres ajuda ? - diz olhando para mim. Eu não disse nada só fiquei a olhar para ele. Ele se levantou da cadeira e me colocou o tabuleiro de comida no colo.

-Obrigado - disse seria e fria sem olhar para ele. Ele se sentou outra vez na cadeira e ficou por alguns momentos a olhar para mim. Eu pegava na comida, mas estava tão fraca que as minhas mãos tremiam o que me fazia sujar a cara com a comida. O Shadow começou a rir.

- Não tem piada - disse zangada 

Shadow: - haha Claro que tem já viste a tua cara, está toda suja de comida haha- diz a rir me deixando irritada e vermelha de vergonha. - Vem cá eu ajudo.- diz docemente puxando a cadeira para mais perto da cama. Ele pegou num guardanapo e começou a limpar o meu rosto o que me deixou muito vermelha e nervosa. Depois ele pegou na comida e a levou para a minha boca.

- Não quero que me dês de comida não sou nenhuma bebé- disse zangada e a cruzar os braços.

Shadow:- Bem com a cara de zangada que fazes pareces uma criança haha - diz a rir me deixando mais corada. - Mas agora a serio tens que comer...estás muito fraca- diz voltando a levar comida à minha boca que eu desta vez aceitei.

-S-shadow também queres comer? P-pareces ter fome e há muita comida por isso... - disse corada e nervosa sem terminar a frase.

Shadow:- Obrigado, na verdade, sim tenho muita fome - diz sorrindo-me e começando a comer.

Ele estava muito feliz, sorria bastante e estava a tratarme bastante bem, não conseguia deixar de corar ao seu lado e o meu coração batia muito depressa.

Shadow: - Amy...- diz de cabeça baixa.

-Sim? -preguntei surpresa

Shadow: - Fico muito feliz por estares viva! - diz me sorrindo docemente. 

Eu fiquei calada e surpresa e logo comecei a corar. 

E-ele disse mesmo o que acabei de ouvir?! Oh não o meu coração está a bater muito depressa... Shadow só tu para me deixares assim... Porque tinhas que ser tu ? Mas mesmo sentindo ainda algo por ti... não me ilusionaras outra vez assim de facil...





Continua...























Notas Finais


Espero que tenham gostado
Cometem o que acharam
Até o proximo capitulo
Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...