História Shadow Kissed - Wonho (Monsta X) - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Academia de Vampiros (Vampire Academy), Cosmic Girls (WJSN), K.Will, Monsta X, Sistar, UNIQ
Personagens Bona, Bora, Cheng Xiao, Dasom, Eunseo, Hyoryn, Hyung Won, I'M, Joo Heon, K.Will, Ki Hyun, Kim Sun Joo, Luda, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Soyou, Wang Yibo, Won Ho
Tags Academia De Vampiros, Bona, Bora, Changkyun, Cheng Xiao, Cosmic Girls, Dasom, Dhampir, Eunseo, Hyolin, Hyungwon, Imagine Wonho, Jooheon, Kihyun, K-will, Luda, Minhyuk, Monsta X, Moroi, Shownu, Sistar, Soyou, Strigoi, Sungjoo, Uniq, Vampire Academy, Wjsn, Wonho, Yibo
Visualizações 60
Palavras 1.462
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas~
Obrigada por 50 favoritos! Já estamos a metade de 100~
Ontem lancei umas One-Shots dedicadas aos meus melhores amigos, agradecia que passassem lá para ver!
(links nas notas finais - são os 3 primeiros)

Na imagem: Em cima temos a Bora, Soyou e K.Will; em baixo I.M e Eunseo e em grande o Wonho

Boa leitura meus amores 💖

Capítulo 22 - Capítulo 22


Fanfic / Fanfiction Shadow Kissed - Wonho (Monsta X) - Capítulo 22 - Capítulo 22

No dia seguinte Wonho e Lerae decidiram ir depois das aulas à sala onde estão reunidos professores, conselheiros e mais pessoas importantes para esclarecer o que aconteceu na noite passada. Os dois entram em silêncio e sentam-se nas cadeiras enquanto todas as pessoas que lá estavam os olhavam atentamente.

K.Will: Então, a que devo à vossa presença aqui? – Apoiou os cotovelos em cima da mesa e ajeitou a sua postura para parecer menos tensa.

Wonho: É sobre a princesa.

K.Will: Sim, isso é o motivo pelo qual estamos todos aqui. Já sabemos o que aconteceu na noite passada e estamos a fazer todos os possíveis para descobrir quem foi.

Lerae: Quando apareceram os cortes no braço dela… Foi um susto enorme.

Bora: Eram mesmo cortes? – Encostou-se a um dos armários altos da sala.

Lerae: Sim, eram.

Wonho: A Sofia precisa mesmo de ajuda.

Bora: É verdade que ela consegue trazer os mortos para a vida?

Wonho: Os mortos estão mortos. Mas… Quando estão perto da morte, sim.

 Soyou: Isso é fascinante! Não acontece algo assim desde São Vladimir! E ele nunca declarou um poder mágico.

K.Will: Não se encontrou nenhuma câmara lá fora.

Wonho: Como é que não encontraram? Eu vi-as!

K.Will: Lamento, mas não havia lá nada.

Lerae: Tiraram-nas quando fomos levar a Sofia à enfermaria, de certeza…

Soyou: Senhor diretor, o que vai fazer agora?

K.Will: Reforçar a segurança.

Bora: Ainda mais? Acho que já não é possível.

K.Will: Não há mais nada a fazer de momento.

 

 

[…]

 

 

Wonho: Não sei o que podemos fazer mais! – Andavam os dois frustrados pelo corredor assim que acabaram a reunião, ambos com cara de poucos amigos. – Eles devem pensar que isto é uma brincadeira de alguém da Academia.

Lerae: Tudo seria mais fácil se os Strigoi fossem os culpados. O que vamos fazer agora? Ficar parados até vir outra ameaça? Wonho? – O rapaz segurou-se nela e ficou parado, estava a ter a visão de Sofia.

Wonho: A Sofia está na sala… Está completamente lixada.

Sofia: Cortes nos meus braços? Foi isso que eles disseram?

Soyou: E sem uma lâmina, supostamente.

Sofia: Eu sei que tenho tido dificuldade em declarar um poder mágico, mas vou deixar-vos agora mais descansados. – Puxou as mangas para cima e mostrou os braços que não tinham nada, nem uma cicatriz. – Estão a ver? Nada. Eles são grandes amigos, mas às vezes exageram um bocadinho.

Wonho: Ela não tem nada nos braços. – A sua visão voltou ao normal e continuaram a andar um pouco depois.

Lerae: Então acho que aquilo aparece quando ela faz aquilo.

Wonho: Como assim ela tem tido dificuldade em declarar um poder mágico? Eu vi-a a mexer em ar e fogo na festa de ontem.

Lerae: Também não percebo o assunto, coisas de Moroi, deixa lá.

Wonho: É… Espera. Eles disseram que São Vladimir não declarou nenhum poder mágico, certo?

Lerae: Certo.

Wonho: E o que a Sofia tem não acontece desde que o homem morreu, certo?

Lerae: Já estou a perceber aonde queres chegar.

Wonho: Parece que vamos ter que visitar umas pessoas.

 

 

[…]

 

 

I.M: O que é que estão aqui a fazer…?

Wonho: Não são vocês que passam a vida cá dentro?

Lerae: Livros sobre São Vladimir, agora.

Eunseo: Vamos lá!

Os dois Dhampir seguiram os gémeos pelas enormes estantes daquela biblioteca velha e cheia de pó por todos os cantos e recantos. Apesar de os siameses passarem muito tempo lá, não estavam a conseguir nada que lhes fosse útil. Liam e reliam páginas de livros com páginas amareladas pelos anos, mas nada tinha a informação de que eles precisavam.

Lerae: O que é que se tem de fazer para encontrar a vida do criaturo? Estes livros só têm palha!

Wonho: Não és a única que está assim.

I.M: Acho que encontrei algo! “São Vladimir tinha um dom muito raro, uma magia chamada Espírito”. Talvez seja isto que a esteja a impedir de declarar um poder mágico?

Lerae: Provavelmente… Isso mostra que a Sofia é ainda mais especial do que se pensava. Mas… O que é que esta gente quer dela? Matar o gato e filmar? Só uma pessoa suficientemente estúpida e cruel faria isso.

I.M: O K.Will é. A Luda gosta de filmar as partidas.

Wonho: Mas essas pessoas são demasiado óbvias.

Lerae: Às vezes o demasiado óbvio não é o óbvio. Eu vi a Luda a conversar com o K.Will no outro dia.

Eunseo: Talvez estejam a tentar levar a Sofia à loucura para ela não ser rainha. Todos sabemos que a rainha Hyolin não simpatiza muito com a Sofia. A minha teoria da conspiração é que a magnata rica e poderosa, a porta-chaves e o mafioso estejam a trabalhar juntos.

Lerae: Isso é o que eu chamo de usar a cabeça.

I.M: “Após muitas horas a usar o poder e ficar ansioso, a agonia de São Vladimir manifestava-se diretamente na sua pele.” Isto prova que a Sofia não é anormal.

Wonho: Ela está a fazer isso a si mesma? Cortes e essas coisas?

Lerae: Ao que parece… Apesar de ainda não ter declarado um poder mágico, de certeza que ela se sente magoada por não ser popular e estar a tentar recuperá-la, deixa-a ansiosa.

Eunseo: Ela precisa urgentemente da vossa ajuda.

 

 

[…]

 

 

Despediram-se dos gémeos e saíram da igreja, indo cada um para um lado. O que eles não sabiam é que Sofia andava por ali e viu-os. Wonho usou a visão para encontra-la e quando viu que Sofia ia na direção de Lerae, encostou-se a uma parede para ver a conversa.

Sofia: O que é que vos deu?!

Lerae: Estás a falar do quê…?

Sofia: Disseram que eu tinha cortes nos braços!

Lerae: E tinhas, quando desmaiaste!

Sofia: E o que é que vocês estavam agora a planear lá dentro?

Lerae: Planear? Estávamos a ler com os gémeos. Descobrimos um poder mágico raro chamado Espírito. Tu tens e São Vladimir também tinha. Agora que não tens família, nós, amigos, podemos ajudar-te.

Sofia: Eu não preciso de amigos, família ou até animais de estimação.

Lerae: Tens noção do que estás a dizer?

Sofia: Tenho! – Saiu da beira de Lerae apressadamente, indo em direção ao seu quarto com passos pesados. Wonho sai da sua visão e segue-a.

Wonho: Sofia! – Tentava acompanhar o seu ritmo, quase em passo de corrida.

Sofia: O que foi?! – Parou e virou-se para trás. – Qual foi a vossa ideia de irem dizer aquilo? Eu estou bem!

Wonho: Há quanto tempo te sentes assim? – Aproximou-se. – Ansiosa?

Sofia: Não me sinto ansiosa. – Olhou para baixo.

Wonho: Esqueces-te que consigo ler os teus pensamentos? – A princesa voltou a olhar para ele. – Porque é que não disseste antes?

Sofia: Vocês não iam perceber!

Wonho: Se talvez dissesses, percebíamos.

Sofia: Não percebem a minha vida! Pensam que a vossa está cheia de problemas e não se preocupam comigo, esquecem que eu existo!

Wonho: Não preocupamos contigo?! Pelo amor de Deus, eu sou o teu Dhampir! – Pousou as mãos nos braços dela. – O que te preocupa?

Sofia: Sou a futura herdeira, tenho que me comportar como tal; estou a receber ameaças; a porta-chaves roubou-me o namorado e então tive que ser popular para tentar reconquistá-lo mas, não está a resultar; não tenho um poder mágico específico… Porque é que ainda vivo?! Preferia ter morrido quando aquele Strigoi me atacou! Assim facilito a vida de todos!

Wonho: Esquece o Kihyun, ok? Se ele realmente te amava, esperava por ti quando fugiste. – Levou agora as mãos ao seu rosto, afagando-o com cuidado. - Esquece a popularidade, não precisas dela para todos gostarem de ti. Esquece a rainha Hyolin, para de tentares ser perfeita aos olhos dela. Nós vamos descobrir quem é que anda a fazer-te estas ameaças, ok? Tu tens um poder chamado Espírito. Nós podemos ajudar-te a usá-lo, não queres ter um futuro épico como São Vladimir teve?

Sofia: Quero… Mas esta conversa não muda o facto de ainda estar zangada com vocês! Não tinham o direito de lhes dizer!

Wonho: Só queremos o teu bem, não entendes?! – Não aguentou e beijou-a. Sofia, mesmo retribuindo um pouco do beijo, empurrou-o e limpou os lábios com a mão.

Sofia: Odeio-te! – Afastou-se a passos apressados.

Wonho: Mentirosa. – Sussurrou enquanto um sorriso mínimo aparecia nos seus lábios, mas logo se recompôs e foi atrás dela. – Sofia!

Sofia: Eu sou Sofia Dragomir, a última da família Dragomir e a herdeira do trono, se me veem fraca, atacam-me! – Coçou o seu braço direito enquanto falava e Wonho o fez mesmo.

Wonho: Isto não é sobre eles, mas sim sobre ti! – O Dhampir ia dizer mais alguma coisa, mas ele pisou uma fenda no chão, fazendo com que o osso da sua perna saísse um pouco e ficasse à mostra.

Gritou o nome da princesa e a mesma olhou para trás.


Notas Finais


Betagem: Lionheart177

Ai ai senhor Wonho...
Para quem tiver dúvidas, o "Espírito" é o nome do poder que a Sofia tem para salvar seres vivos da morte, ok?
E depois tem aqueles efeitos sobre usar muito esse poder ou como ela se sente, essas coisas.

(Por favor passem em "Life Is Not A Challenge"!! Vão rir muito com esta fanfic!!)

Obrigada por lerem 💖
Comentem do que acharam!
Até ao próximo capítulo!

Não sejam leitores fantasmas!👻

"XOXO - Imagine Sehun (EXO) - One Shot"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/xoxo--imagine-sehun-exo--one-shot-13903991

"Princess - Imagine Mei Qi (WJSN) - One Shot"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/princess--imagine-mei-qi-wjsn--one-shot-13903800

"Remember You - Imagine JB (GOT7) - One Shot"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/remember-you--imagine-jb-got7--one-shot-13903570

"The Boys Who Won My Heart - Monsta X e Girls Generation"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-boys-who-won-my-heart--monsta-x-e-girls-generation-8724682

"The Boys Who Won My Heart: Aventuras em Portugal"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-boys-who-won-my-heart-aventuras-em-portugal-12565718

"Life Is Not a Challenge - EXO Red Velvet F(x)"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/life-is-not-a-challenge--exo-red-velvet-fx-11772507

"Mais do que amigos (Imagine Chanyeol (EXO) One-Shot)
https://www.spiritfanfiction.com/historia/mais-do-que-amigos-imagine-park-chanyeol-exo-one-shot-1107859

"Bad Boys or Lovely Boys? (GOT7)"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/bad-boys-or-lovely-boys-got7-9584504

"Flower of Ink- I.M Changkyun e Seohyun"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/flower-of-ink-im-changkyun-e-seohyun-9280840

"Jackson Wang, um herói cómico (GOT7)"
https://www.spiritfanfiction.com/historia/jackson-wang-um-heroi-comico-got7-9504038


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...