História Shadowhunters - Uma Vida Normal - Capítulo 5


Escrita por: e Rubi_NV

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Personagens Originais, Raphael Santiago, Sebastian Verlac (Jonathan Christopher Morgenstern), Simon Lewis
Tags Alec, Clace, Clary, Jace, Malec, Rizzy, Shadowhunters
Visualizações 51
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sorry pela demora Nenes ❤👀

Capítulo 5 - Capítulo 5 - Visita


Fanfic / Fanfiction Shadowhunters - Uma Vida Normal - Capítulo 5 - Capítulo 5 - Visita

Izzy e Alec chegaram e Jace e Clary ja haviam chegado e como sempre discutindo por coisas bobas 

Ei, precisamos conversar com a clave hoje - Disse Izzy chamando a atenção deles

- Se arrumem vamos logo -Disse Alec

Eles se arrumaram e foram com um portal q magnus conseguiu fazer

- Garotos - Disse Lydia - Como foram?

- Foi tudo bem, ate agora não descobrimos nada - Disse Clary

- Tudo Bem, Eu e Raphael estavamos conversando sobre isso Achamos um caso estranho uma mulher foi morta e teve marcas unhas em seu pescoço, Raphael disse q não foi nenhum vampiro- Disse Lydia

- Isso , o professor hoje, disse sobre este caso, podemos ver isso mais afundo - Disse Izzy 

- ótimo, voces estão indo muito bem estou orgulhosa- Disse Lydia 

- Obrigado, Lydia preciso resolver algumas coisas, volto mais tarde- Disse Alec saindo

- Podemos procurar algo nos arquivos de Luke, como ele é da Polícia pode haver mais alguma  coisa q não contaram  - Falou Jace 

- Okay Luke esta em seu restaurante junto ao bando, vão ate la e tentem obger o máximo de informações possíveis-  Comentou Lydia 

- Clary vamos ate la - Disse Jace 

- Okay -Respondeu ela 

Izzy on

Caminhei pelos corredores e encontro Raphael 

- Oie Izzy - Disse Raphael 

- Oie , Ta tudo bem?

- Td sim, soube que esta em uma missão

- Aah é verdade

- Rs 

- Preciso treinar 

- Eu posso te ajudar ?

- Claro kkk

Eu e ele caminhavamos em direção a sala de treinamento , Raphael é um amigo e tanto, sinto falta destes momentos, coloquei minha roupa de ginástica e começei a lutar com Raphael oq era completamente difícil ja q ele era mais rapido e ágil que eu, Ele mirou o bastão em minha cabeça 

- Você é bem fraquinha Izzy haha , se eu quisesse mataria vc agora - Disse ele zombando de mim 

Em um movimento rapido peguei o bastão e mirei em seu coração fazendo eu ficar em cima dele

- Nunca mire na cabeça sempre no coração e ai quem morre é você-  Sorri vitoriosa e fiquei admirando o sorriso do moreno 


Alec on 

Precisava conversar com Magnus eu e ele precisamos conversar sobre nossa relação isso é diferente, Perco meus pensamentos quando vejo Magnus em um banco lendo seu livro de magia e praticando com uma maça

- Alec! - Disse ele vindo ate mim

- Oi, quero conversar com você  - Respondi 

- Claro, Quer um chá, cafe alguma coisa? Porq essa sua cara nn ta nem um pouco amigável-  Disse ele com seu jeito carinhoso e simpático 

- Não precisa, Isso tudo, A nossa relação é diferente de tudo oq eu já senti- Disse Alec 

- Se você se sente confortável na nossa relação não vejo problema algum - Disse Magnus o olhando nos olhos 

- Preciso de um tempo, para pensar isso é novo pra mim 

- Darei o tempo que precisar Alec Quando tiver certeza doq sente estarei no mesmo lugar de sempre-  Magnus sorri 

Alec sai da sala sentindo algo dentro de si, como se ele não estivesse completo....

Clary on

Eu e Jace fomos ao restaurante de Luke e como sempre Jace implicando com tudo, Entrei no local que estava decorado com as mesas brancas e limpas 

- Clary! - Gritou Simon vindo me abraçar 

- Simon! O que faz aqui?- Perguntei ainda o abraçando vendo Jace cruzar os braços em um ato de reprovação e mostrei a língua a ele , Oq fez ele apenas revirar os olhos indo procurar Luke 

- Quanto tempo, Ta tudo bem com você? - Ele perguntou com uma cara de preocupação 

- Estou bem Simon, e como você ta indo nessa coisa de Vampiro rs 

- Aah com certeza estou dando o meu melhor , Raphael esta me ensinando alguns outros truques 

- Fico feliz por você Simon, agora preciso encontrar Luke , beijos 

Segui reto e fui ate a passagem secreta que havia no restaurante,  ficava perto da cozinha levantei o azulejo e desci as escadas e vi Luke e os membros da Alcateia discutindo e Jace estava no meio como sempre 

- A família da vítima esta na nossa cola e não podemos dizer a verdade sobre isso - Disse Luke

- todos nos sabemos que o caso de Olívia não foi um mundado, e ainda mais com outro corpo morto da mesma maneira que Olívia foi morta- Disse outro membro

- Então você quer dizer que tem outro corpo? - Me entrometi na conversa entre eles (Sou dessas mesmo kk)

- Sim, e no mesmo local que Olívia, precisamos por um fim nisso antes que mas  pessoas sejam mortas - Disse Luke 

- Deixe-me ver as fichas deles e o corpo - Disse Jace 

- A ficha dos corpos estao aqui, Olívia Gomes e Paulo Marques

- Eles tem algo em comum ? - perguntei lendo as fichas

- Não temos esta informação ainda, vamos falar com as famílias 

- Vamos ao hospital preciso ver os corpos - disse Jace 

Luke Jace e eu fomos na camimhote que Luke tinha, depois de uns 10 minutos chegamos ao hospital, Luke adentrou a área de funcionários 

- Senhor, você não pode entrar ai - Disse Uma enfermeira com cabelos castanhos presos em um rabo de cavalo

- Sou delegado, então sim eu posso - disse ele entrando

Dava pra perceber o quanto Luke estava irritado com os casos e o pior era que não tinhamos nenhuma pista do suspeito ou doq aconteceu

- Deve ser esses - Disse vendo os nomes 

Puxei a maca e vi uma mulher com uma aparência jovem, com a pele morena e os cabelos pretos e em seu pescoço havia a tal marca de unha, e o pior não havia mais nenhuma marca em seu corpo, Jace puxou a outra maca com o corpo de Paulo ele era loiro e possuia algumas sardas em seu rosto , E no mesmo local que Olívia foi atacada 

- Isso é estremamamente estranho - Disse

- Quem fez isso é muito esperto,  precisamos ficar atentos - disse Jace 

- Irei ver todas as câmeras de segurança da cidade , Deve ter alguma coisa suspeita 

- É o melhor a fazer Luke 




A questão era completamente difícil e ainda mais quando Não se tem nenhuma pista, pode ser qualquer um , pode ser um desconhecido ou ate mesmo alguem de sua confiança....



Continua 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...