História Shadows - Capítulo 13


Escrita por: e Sary_Z

Postado
Categorias SHINee, TVXQ (DBSK) (Tohoshinki)
Personagens Hero Jaejoong, Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Personagens Originais, Taemin Lee
Tags Jaejoong, Jongkey, Jongtae, Jyj, Onho, Sobrenatural, Tvxq, Yaoi
Visualizações 30
Palavras 1.812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Trick or Treat


Fanfic / Fanfiction Shadows - Capítulo 13 - Trick or Treat

Com um suspiro eu me distancio e entro em uma floresta chamada "você"

Na qual não consigo escapar, e eu não me importo se eu afundar e morrer aqui

Nesse lugar desconhecido, venha até mim...

                (SHINee - Orgel)

Taemin On

Acordei pela manhã sentindo uma forte dor em minhas partes traseiras, olhei para o lado e vi Jonghyun dormir profundamente, me assustei ao vê-lo e acabei gritando e o acordando

- O que foi? O que aconteceu?

- Eu me esqueci por um segundo que você tinha voltado...

- Você quase me matou do coração menino, não faz mais isso...

- Desculpe...

Me levantei e me alonguei e logo segui para cozinha para ver como as coisas estavam, por mais que estivesse um pouco mais calmo com a volta de Jjong, ainda me sentia inquieto com a situação em que nos encontravamos, será que esta paz durará?

Jaejoong On

Estava em minha sala, degustando de um belíssimo vinho e admirando a paisagem escura daquela noite.

Meus pensamentos estavam longe, mais especificamente nos meus amados irmãos.

Já não bastava Jonghyun ter tirado tudo de mim e ainda conseguir se engradecer com isso, agora Seyoon havia me traído como uma raposa do deserto.

Não nego em dizer que eu confiava nela cegamente, minha pequena irmã usa máscara desde da sua última decepção e sempre se mostra fria demais para tudo e para todos, só que na verdade ela não passava de uma criança sentimentalista que se entrega por tão pouco.

Tola, nem imagina o quão caro irá pagar pela sua traição. É uma pena ela não saber que a conheço muito mais do que ela acha que se conhece.

Rio de escárnio e tomo o último gole do meu vinho.

Me levanto e sigo até a garrafa, no entanto, sou interrompido por dois seres entrando em minha sala de forma eufórica e ofegante

- Senhor!

Dizem em uníssono os dois bastardos que considero como piões descartáveis.

- Isso são modos de entrar em meus aposentos?

Pergunto em tom calmo, enquanto me servia de vinho, mas firme o suficiente para intimidá-los e fazê-los se ajoelharem perante mim. Como é prazeroso todo esse poder.

- Nos perdoe, Senhor, mas descobrimos pistas que nos leve até seus irmãos.

- Digam mais.

- Aparentemente, eles estão em outra cidade e muito distante, mas nossos rastreadores garante que são eles, incluído Kibum e o humano Taemin.

Sorri ladino e tomei todo o liquido alcoólico da minha taça e a coloquei em cima da mesa, me aproximei deles e ordenei que se levantassem.

Olhei para ambos e sorri ao lembrar como suas vidas miseráveis são e como eu poderia torna ainda pior.

- Torçam para que estejam certos, pois se não estiverem...

Estalei os dedos e eles deram um leve pulo, o que me fez rir em divertimento pelo o medo.

- Se preparem, teremos uma longa madrugada pela frente.

Não demorou muito para partimos para o local guiado pelos Shadows rastreadores.

Quanto mais próximo da outra cidade estávamos, mais ansioso eu ficava e, consequentemente eu os apressava para seguirmos mais rápido.

Eu queria pegá-los de surpresa, ver suas expressões de medo e raiva, e me alimentar disso para destruí-los no segundo seguinte. Apesar que eu tinha planos mais interessantes do que vê-los sangrar de imediato.

Chegamos acima de uma floresta densa e os rastreadores pararam confusos e olhando para todos os lados ao pousar no meio daquela imensidão escura e fria.

- Por que pararam seus vermes!?

- Senhor...nós tínhamos certeza que o cheiro deles nos levava para um desses lado, mas...

- MAS?! MAS O QUE?

- S-sumiu...

Fechei meus olhos na intenção manter o controle, só que era tarde demais.

Todos já estavam no chão urrando de dor e agonia, enquanto seus corpos se debatiam de forma violenta no chão.

- Eu avisei a vocês.

Olhei para aqueles que juraram com suas vidas que estariam me guiando para o lugar certo.

- É uma pena vocês terem simplesmente ignorado minhas palavras, o que eu sou para vocês me ignorarem dessa forma?!

Olhei para os quatro Shadows ali e refleti por um momento. Com toda a minha raiva, eu estava perdendo aliados demais e infelizmente precisava dos piões para dar meu Xeque Mate.

- Vocês iram sofrer mais, só que junto com os outros e, sendo assim...

Parei de torturá-los e parei diante deles.

- Vamos voltar! Acho que já sei a quem pedir ajuda

Disse por fim e voltei para minha mansão, concluindo que preciso de muito mais do que meros rastreadores.

Chegando no castelo me dirigi até a ala de treinamente, e para minha sorte, lá estava ele, o 4° filhos da família, Yunho, ele era um pouco mimado mas sabe quando pode ser privilegiado

- Yunho!

Chamei sua atenção e ele parou para me encarar

- Diga irmão!

- Preciso de um favor seu...

- Eu sei o que quer, e quero que me dê bons motivos para que eu caçe meu próprio sangue!

- Você poderá ter um ótimo lugar como governante deste mundo ao meu lado! Sem Jonghyun no caminho podemos enfim ser os favoritos!

- Você está incluindo Nonna nisso, não está?

- Seyoon caiu na ladainha de amor deles, é tão fraca quanto, pense que se livrando dela você pode ser mais forte!

Ele parou para pensar, eu sabia que seria difícil convence-lo, já que que Seyoon praticamente o criou como uma ótima irmã amorosa, então eu deveria pegar mais pesado

- Seyoon não pensou duas vezes antes de fugir com Jonghyun, ela nem sequer pensou em você! Então por que está se dando ao trabalho?

- Você tem razão! Eu o ajudarei irmão! Iremos governar todo o submundo!

Sorri ladino, fui com Yunho até a floresta onde meus capangas haviam "sentindo o rastro daqueles malditos", o mais novo tocou a terra e com seus poderes sentiu toda área

- O que eles sentiram não foram o rastro deles e sim os poderes de Seyoon, ela deixou inúmeros rastros de direções diferentes para nos confundir

- E o que faremos?

- Basta esperar, ela não conseguira usar seus poderes por muito mais tempo

- Como pode ter tanta certeza disso?

- Ela está doente! Seu corpo não aguentará o demaciando uso de seus poderes!

- Muito bem então!

Se preparem pois a hora de vocês está chegando seus malditos traidores

Jaejoong Off

Taemin On

Key e Jonghyun haviam saido para reabastecer nossos matimentos então passei um bom tempo observando Seyoon, ela era muito bonita, como se tivesse sido esculpida a mão

- Vai continuar me encarando?

Ela disse me tirando abruptamente de meus pensamentos

- Me desculpe por isso!

- Não faz mal, e além do mais, você é bem menos irritatante quanto Jjong era

- E como ele era?

- Fazia varias perguntas aleatórias sobre como meus poderes funcionavam ou até que ponto chegavam...

- Os poderes dos Shadows são diferentes?

- Sim, herdamos nossos poderes de acordo com nossos elementos naturais e uma característica crítica

- Como assim?

- Meu elemento é a água, e característica é a cristalinidade, por isso controlo e leio mentes

- E os Hyungs?

- Key tem como elemento vento, e característica vendaval, ele pode criar estática

- Ele pode fazer raios?

- Sim, ele pode!

- E o Jonghyun?

- Ele é especial, o elemento dele é raro, uma categoria nova, que é a escuridão e a característica é sombras, ele pode criar matéria escura que suga pessoas para um vácuo eterno

- Assustador...

- Por isso papai acha que ele será um ótimo rei, e o colocou como próximo herdeiro

- E você não se incomoda com isso? Digo assim como Jaejoong?

- Nem um pouco, até gosto da ideia de Jonghyun assumir o trono, nem um de nós conseguiria ser tão bom quanto ele é!

- Falando sobre seus outros irmãos, como eles são?

- Bom, comecemos pelos que você não conhece...

Ela começou a tossir muito forte, até cuspir sangue em suas mãos

- Seyoon! Você está bem?

- Estou bem!

- Não parece!

- Só preciso descansar!

- Seyoon!

- Se eu te contar, promete não falar nada para os outros dois?

Seus olhos me encaravam institivamente

- Prometo!

- Estou enfraquecendo! Meus poderes estão me matando, quando comecei a sair com aquele humano usei demasiado de meus poderes tentando salvar a vida dele, mas tudo que ganhei foi um, 'não vou continuar a sair com um monstro', e essa maldita ferida na minha cabeça, vou morrer em breve!

Pude sentir toda sua melancolia e agonia, tudo que pude fazer foi abraça-la o mais forte que pude, logo suas lagrimas quentes escorriam pelo meu ombro

- Está tudo bem, eu vou ficar com você!

- Você não me conhece! Como pode se sentir assim por mim?

- Você é parte da família do meu grande amor, e natural que eu sinta afeto por você!

- Você é igualmente gentil como ele! Obrigada Tae...

Sua tosse começou a ficar mais forte, a levantei e a apoiei em mim, levei-a até o quarto e a deitei na cama e ela logo adormeceu

Oh querida, espero que seu sofrimento acabe logo.

Taemin Off

Onew On

“Você está distraído” “aconteceu algo?” “você está bem? “

Era só isso que eu ouvia durante aquela manhã levemente fria.

De fato eu estou distraído, aconteceu algo e eu não estou bem, mas eu não podia simplesmente abrir meu coração para a primeira pessoa que aparecesse na minha frente dizendo e perguntando essas coisas pra mim.

Minho está descontrolado e eu sei bem disso, mas não estava levando esse lado dele a sério até começar a pensar em tudo, filtrar tudo.

Eu sou apenas um fantoche nas mãos de Choi Minho.

É óbvio, eu tinha influencias e meios que podem beneficiá-lo em sua vingança, então eu sou o pião perfeito para seu jogo de obsessão.

Como pude ser tão cego? Como pude deixar ele me manipular dessa forma? Como pude acreditar que ele realmente me amava?

Talvez, eu já soubesse disso tudo antes mesmo de cair na real, mas meu coração me cegou por todo esse tempo, apenas para eu viver esse amor unilateral e me sentir bem, mesmo que isso fosse uma mentira miserável.

Eu sou um miserável.

Preciso parar, eu preciso fazer ele parar. Pessoas inocentes iriam se machucar, eu não iria me perdoar em saber que fiz parte da morte de Taemin, que não tem culpa do destino ter colocado ele em nosso caminho.

Eu não posso detê-lo sozinho, não tenho poder suficiente para isso.

Mas sei exatamente quem tem. Assim que meus pés pisaram naquela sala fria ele sabia que estava lá, também seria difícil não ser percebido por ele

- Sabe o porque de eu estar aqui, e já sabe o que irei perguntar....

 - Ah eu sei, e eu digo sim!


Notas Finais


Olha
Não disse
Confuso
Mas é isso ai kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...