História Shake it Out - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens Nick Carter
Tags Backstreet Boys
Visualizações 37
Palavras 1.486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - You're a hurricane full of lies


Hannah

Depois daquela bomba, fomos todos direto pra casa dos Scott, até as meninas. Estávamos todos reunidos na sala, em silêncio, não sei dizer exatamente se estávamos pensando no que fazer ou processando o que Melissa tinha feito. A única coisa que eu sabia, é que nem Deus livraria ela de mim, se nós duas nos cruzássemos na rua. Meu celular não parava de tocar, chamando com números desconhecidos que eu ignorei solenemente.

-Como essas pessoas conseguiram meu número? – perguntei olhando a tela com uma careta e guardando o celular no bolso quando ele finalmente parou de tocar.

-Bem vinda a Los Angeles – AJ falou sentando-se ao meu lado, no braço do sofá

-Essas fotos não são o que parece, certo? – Henry perguntou olhando preocupado de mim para Nick.

-É lógico que não! Eu jamais faria qualquer coisa do tipo, especialmente com a Hannah! – Nick defendeu-se, visivelmente alterado – O que vou fazer agora? – ele perguntou coçando os olhos.

-Você deveria contratar um detetive – falei e todo mundo me olhou – Desde a primeira postagem que ela me envolveu, tenho pensado sobre isso... Como ela consegue essas fotos? Como ela sabe exatamente onde você está?

-É Los Angeles, Hannah... Estamos cercados de paparazzis – Kevin falou me olhando enquanto entregava um copo de água para Nick.

-Sim, estamos cercados de paparazzi – eu concordei olhando pra cada um deles – Mas por que essas fotos não foram postadas em lugar nenhum além do blog dela? Eu já olhei, não há registros dessas fotos em canto nenhum. Ela está seguindo você... Ou a nós dois.

-Ou tem alguém fazendo isso por ela – Grace comentou pensativa

-Tá, mas e aí? Até quando vocês vão continuar ignorando as loucuras dessa mulher? – Elaine perguntou impaciente – Vocês têm que responder!

-Vai haver resposta, mas não legalmente. Não enquanto não pudermos provar que ela está manipulando tudo – falei levantando-me e andando de um lado pro outro, na sala

-Como vamos provar isso? – Nick perguntou irritado

-Talvez não possam, mas a história de Melissa vem sendo questionada há meses – Giovanna argumentou, atraindo todos os olhares para si – Gente, ela só tá ganhando um pouquinho de credibilidade porque essas imagens são excelentes pra narrativa dela. Se a Hannah falar e se, eventualmente, vocês levantarem a ideia de que ela está plantando tudo isso, por mais que vocês não comprovem nada, a opinião publica se voltaria totalmente contra ela, tudo o que ela quer, é aparecer. Então, pra ela, isso seria a morte.

-Uma coisa é certa, vocês não vão poder fingir que não viram essa – Elaine falou nos observando

-Isso nem passou pela minha cabeça – falei decidida – Uma pena que a minha resposta não vai poder ser o soco que ela tá merecendo, mas vou tentar ser bem didática. 

-Se ela está seguindo Nick, como ele poderia contratar um detetive? – Grace perguntou com uma careta.

-Nick não precisa necessariamente ser a pessoa que vai contratar os serviços. Precisamos de alguém fora do radar da Melissa... – falei pensativa

-Eu acho que sei de alguém, mas vamos pensar nisso com calma. – Nick comentou com um suspiro

Todos voltamos ao silêncio inicial e, mais uma vez, meu celular vibrou com uma chamada. Peguei-o em meu bolso, extremamente irritada com a situação, mas me acalmei ao ver o nome se Elliot na tela. Atendi rapidamente, ouvindo sua voz preocupada do outro lado da linha.

-Hannah? Hannah, o que houve? Que história é essa?

-Elliot, calma! – pedi – Mais uma das loucuras da Melissa, não se preocupe.

-Você jura que ele não encostou um dedo em você? – ele perguntou aflito e eu quase tive vontade de rir

-É lógico que não! Ele jamais faria isso! – ralhei com ele e ele suspirou alto

-Essa mulher é desequilibrada. Tenho medo dela vir atrás de você – ele falou preocupado e eu suspirei. Bom, eu já tinha pensado nisso antes, mas ouvir a mesma coisa vindo de outra pessoa, bem... É preocupante, mas eu que não deixaria ela me abalar assim.

-Se ela é desequilibrada, eu sou três vezes mais – afirmei irritada – Ela mexeu com a pessoa errada.

-Não diga isso! Não vá se colocar em risco, Hannah! – ele pediu

-Não vou, mas também não vou ficar quieta – teimei e ouvi um resmungo do outro lado da linha

-É inútil tentar te convencer a ficar na sua?

-Sim, totalmente. Cem por cento. Afirmativo. – falei de uma vez e, apesar de nervoso, ele riu do outro lado.

-Seja lá o que for fazer, tenha cuidado e me procure pro que precisar – ele pediu, me fazendo sorrir

-Obrigada, Elliot. É importante pra mim saber que tenho seu apoio – falei me sentindo extremamente grata

-Sempre. Eu só quero te ver bem – ele garantiu

-Muito obrigada – falei e então nos despedimos, desligando o telefone. Depois de estarmos todos mais calmos, cada um foi para sua residência e eu me tranquei no meu quarto, pensando no que faria a respeito. Abri uma caixa onde guardava fotos polaroides que tirei desde quando cheguei aqui. Lottie tinha me dado uma câmera dessas de presente e eu usava sempre que queria registrar algo especial. Dentro da caixa, haviam incontáveis fotos minhas com Elliot, com os Scott e com os Backstreet Boys, especialmente com o Nick. Fotos dele beijando meu rosto, fazendo caretas e me fazendo rir, até mesmo nas fotos que Grace tirava sem nós percebermos. Selecionei as que eu mais gostava. Uma em que ele colocava uma pequena flor na minha orelha, uma outra onde ele estava por trás de mim, puxando minhas bochechas até formarem um sorriso engraçado, enquanto ele mesmo dava um sorriso lindo, escolhi também uma onde ele beijava minha bochecha, com os olhos fechados enquanto eu ria de alguma idiotice dita por Brian. Escolhi várias outras fotos e as organizei, deixando essas três em destaque, e tirei uma foto delas com o meu celular.

Abri meu Instagram e carreguei a foto, pensando em tudo que colocaria naquela legenda. Eu não estava apenas tentando responder a Melissa, mas eu queria principalmente que o mundo pudesse ter um lampejo de quem é o Nick aos meus olhos. Comecei a digitar, torcendo que aquilo fosse plantar uma semente do bem para nós todos.

“Não é incrível como alguém pode tocar a sua alma e transformar o seu espírito com tão pouco? Despertar amor, felicidade, gratidão e etc. sem nem ao menos imaginar que vem te causando tudo isso? É, pois é. Por muito tempo, Nick Carter tem feito isso por mim. Nick Carter, sem saber, me fez rir e chorar, me deu amigas e lembranças que eu guardarei no peito até o fim dos meus dias, me fez olhar a vida sob uma nova perspectiva e me fez acreditar que, sim, as pessoas mudam e são excelentes em continuar tentando. Imaginem a minha surpresa ao conhecê-lo e descobrir que ele ainda tinha muito mais a me mostrar. Ele não é mais Nick Carter, pra mim, ídolo da minha infância.. Não, não mais, não só isso. Agora, pra mim, ele é o Nick. Pai amoroso, amigo leal, um idiota nas horas vagas (não posso mentir pra te deixar bem na fita, certo?), mas que está disposto a tudo pra proteger quem ele ama. Um ser humano lindo, doce e gentil, que faz qualquer coisa (sério) pra me arrancar um sorriso nos dias que eu simplesmente não tô afim. Que sempre tem um abraço pra me dar quando estou triste ou com saudades de casa, sempre me incentivando a superar as dificuldades e conquistar o mundo. Então, levando tudo isso em consideração, imaginem a minha surpresa, frustração e raiva ao ver que existem pessoas tão pobres de alma dispostas a usarem o meu nome pra atingi-lo? Pessoas mesquinhas que não se importam com o que suas palavras causarão na vida dos outros e simplesmente destilam o seu veneno pra ganhar quinze minutos de fama. Eu não posso permitir que façam isso enquanto permaneço calada. Eu NÃO preciso da sua ajuda, a menos que isso signifique que você sumirá das nossas vidas, pois essa é a única forma de ajuda possível. Todo mundo já percebeu qual é o seu joguinho, vá arrumar uma vida e nos deixe em paz! 

E, caso ainda  exista alguma duvida disso... #IStandWithNickCarter.”

 

Postei o texto e não demorou muito até que as notificações chegassem. Como eu já imaginava, Nick tinha o apoio da maior parte das pessoas. Comentários de força, suporte e amor chegavam a cada instante. Houveram alguns comentários de ódio também, mas Lauren respondeu a cada um deles antes que eu sequer tivesse o trabalho de fazê-lo.

“I got your back! x” (Te dou cobertura! Beijo)  – ela enviou e eu ri.

“Ok, vou começar a planejar a open house de vocês. Preciso pensar em outra coisa, ok? Ok. Beijos!” – enviei deixando o celular em um canto, pensando em tudo que gostaria que a festa tivesse. Eu  estava com um sentimento bom a respeito dela e queria fazê-la acontecer o quanto antes.


Notas Finais


Hannah está nervosinha, ai ai ai. O que será que vem por aí? Será que Melissa vai tomar jeito? 🤔🤔
Não deixem de acompanhar e nem de comentar, por favor 😂
Beijos e obrigada! 💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...