1. Spirit Fanfics >
  2. Shameless - seulrene >
  3. .dois

História Shameless - seulrene - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


oioi tô aqui

Boa leitura e leiam as notas finais por favor ❤️

Capítulo 2 - .dois


 

Seulgi fora jogada na cama com certa violência, sentiu em seu corpo o peso de Joohyun, sua amante, que agora a mantinha presa dentre suas pernas, ela subiu as mãos e agarrou sua bunda, Irene gemeu enquanto sua boca trabalhava no pescoço alheio. De maneira lenta, as mãos da mais velha fizeram o caminho até a intimidade molhada e latejante, massageando como se ambas tivessem todo o tempo do mundo, elas não tinham.

Seulgi abriu as pernas, se pondo exposta, totalmente submissa a Irene, essa sentiu um formigar em seu baixo ventre após a maior roçar sua buceta, simulando rebolares. Não tardou a enfiar 3 dedos, devagar como sempre, afinal, amava sentir a buceta de Kang Seulgi se alargar com a estocada inicial.

Jurava que iria derreter a cada gemido manhoso, a cada vez que a morena pedia por mais,  a voz de sua garota carregada de tesão era demais para sí. 

Colaram os lábios e suas línguas se entrelaçaram, a vibração dos gemidos de Seulgi enlouquecia e deixava o interior de Bae totalmente bagunçado. Os dedos da mais velha iam e voltavam cada vez mais úmidos, quentes, a buceta de morena era viciante, sempre foi e desde a primeira vez que entrou alí, soube que nunca iria querer parar. 

Foi a sua primeira, e agora depois de várias, sempre repetia a dose, pois Kang Seulgi nunca era o suficiente para sí.

Segurou a cintura e a virou de bruços, Joohyun não se conteve e distribuiu beijos na nuca da mulher, segurando seu cabelo e o prendendo com os dedos, foi descendo seus lábios até às ancas, deixando selares na bunda farta. Seulgi arfou ao cogitar adivinhar o que a mais velha faria naquele momento, mas antes de terminar seu raciocínio já falho devido ao prazer que sentia no momento, sentiu a língua quente em seu ânus, rodeando e o deixando bem molhado. 

- Eu não vou comer esse cuzinho hoje... Mas espero que mantenha nosso trato... - Riu baixinho e voltou a lamber o buraco apertado, recolocando os três dedos na buceta. 

Seulgi podia jurar que naquele momento iria ter um dos orgasmos mais fortes de sua vida, e ela não estava errada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No relógio marcava 07:30 e Irene saia do banheiro enrolada com um roupão maior que ela, com os cabelos molhados e com um forte cheiro de sabonete em si, riu ao ver Seulgi ainda na cama, estirada com uma grande expressão de cansaço no rosto. 

Negou com a cabeça e passou a se secar, não tendo vergonha nenhuma de sua própria nudez, Kang se levantou e se cobriu com seu usual robe, se aproximando da menor.

- Taeyong  disse que só volta a noite, vai querer passar a manhã aqui? A gente poderia...

- Fazer mais sexo? Caso você não esteja cansada e não tenha trabalho, Senhorita Lee, eu estou e tenho. - Se calçou e pôs sua jaqueta, o trabalho a chamava e ela tinha uma voz feminina. - Se eu me atrasar hoje, Yerin me mata, acredite não quero ser morta por ela, ninguém quer. 

Seulgi só revirou os olhos e sorriu, agarrou a outra e selou os lábios. Irene segurou na cintura e correspondeu.

Aquele não era um beijo de adeus, e sim um de até logo, pois mesmo depois de tudo, ambas não tinham vergonha do que faziam, e nem nunca teriam.

 


Notas Finais


ola, tô com uma seuldy e uma seulrene na frente, mas hj vou fazer mais duas capas pra fanfic, uma samo e outra michaeng, se vcs puderem me dar dicas de plots eu agradeceria muito!!


(E se cuidem, não saiam e tacale álcool gel nessas mãos pessoal)

até a próxima ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...