1. Spirit Fanfics >
  2. She Is Just Not Different (Hybrids, G!P)-Saida >
  3. Um

História She Is Just Not Different (Hybrids, G!P)-Saida - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Um


Fanfic / Fanfiction She Is Just Not Different (Hybrids, G!P)-Saida - Capítulo 1 - Um

Já era quase a noite em Seul, e em um de seus bairros se encontrava uma híbrida de cão da raça Shiba inu assim como seus pais, suas roupas eram apenas um vestido cor concha do mar e ele estava quase rasgado e todo sujo, porém a ruiva estava parada na frente de uma vitrine de um restaurante, mais especificamente o Park's restaurant um dos mais famosos na ásia.

A garota observa-va os bolos, lanches e pratos de comida passando de um lado para o outro enquanto os garçons os carregavam do outro lado do vidro imenso, o cheiro, aquele cheiro era maravilhoso para a japonesa que estava com fome. O gerente do restaurante chamava a garota e a pedia para que fosse embora, mas não adiantava a mesma estava no mundo da lua imaginando um daqueles bolos bem na frente para que comesse.

Por outro lado a Kim terminou o seu trabalho ali e estava saindo do restaurante, mas assim que saiu do ambiente viu o gerente quase berrando com a garota que apenas olhava para o vidro.

Dahyun- algum ploblema Shownu?

Kim perguntou ao mais velho enquanto o olhava abaixando sua mascara do rosto.

Shownu- não senhora, apenas essa garota que não quer sair da frente do restaurante...

A morena olhou a ruiva na frente do restaurante e rapidamente notou seu rabo que estava balançando de um lado para o outro e orelhas que estavam em pé. Ela é uma híbrida pensou a coreana, não era raro ver híbridos naquela região, mas também não era tão normal assim.

Dah- Entre, eu cuido disso

O mais alto concordou e voltou a entrar no restaurante, Kim se aproximou da híbrida e pode notar que alguns homens observam a mesma de longe, e tinha certeza que já fazia algum tempo.

Dah- hey garota... Preciso que saia daqui

A voz de Kim saiu um tanto séria e alta fazendo a ruiva ali sair de seu transe e olhar a morena.

Sana- ah... Me desculpe eu... Já vou indo

A mesma se curvou algumas vezes para a morena que obviamente era importante por mais que suas roupas fossem de uma "adolecente", ela se virou com a intenção de ir embora mas antes disso sua barriga roncou protestando que a maior deveria comer já que não digeria alimentos a um bom tempo, e assim que a garota se pôs a ir embora a Kim a segurou pelo braço.

Dah- Suponho que esteja com fome...

Kim a virou para si e japonesa apenas ficou com a cabeça baixa concordando levemente com a cabeça.

Dah- venha!

Pegou na mão da ruiva e a puxou para dentro do restaurante, o cheiro ficou mais intenso e a fome de Sana aumentava cada vez mais.

Sn- senhora... Eu não quero inco...

Dah-Fique quieta e não recuse o que quer!

A Kim cortrou a fala da ruiva ainda a puxando entre as mesas, se sentou em uma das que ficavam no canto da parede um pouco afastadas dos que estavam ali.

Dah-Sente-se.

A morena pediu para que a mesma se sentasse a sua frente e assim ela fez, se sentou na frente da coreana ainda sem jeito.

Dah- Seulgi!

Chamou a garçonete que estava mais proxima e a maior logo foi rapidamente até elas.

Seulgi- Sim sra. Kim...

-Essa garota ira fazer o pedido dela...

A japonesa olhou a mais velha meio sem saber o que falar tentando formar uma resposta para aquilo.

Sn- Dona... Eu não tenho como pagar..

Tomou um leve tom avermelhado em seu rosto.

-Pode pedir o que quiser, e por minha conta!

A morena falou e as orelinhas da ruiva logo se levantaram, a mesma pegou o cardápio que estava em cima da mesa e procurou algo para pedir.

Sn- vou querer um pedaço de bolo de chocolate, um yakisoba de carne e um suco de morango! 

Falou animadamente, e a prova disso era que seu rabo abanava de um lado para o outro descontroladamente, Kim apenas deu um sorriso fechado ao ver a situação, não era a primeira fez que lidava com uma híbrida.

Seulgi- a senhora vai querer algo?

A mulher olhou a morena ali após anotar o pedido da ruiva.

-Um achocolatado apenas...

A coreana assentiu e saiu dali indo em direção a cozinha e Dahyun voltou a olhar a híbrida a sua frente.

-Bom... Como se chama?

Sn- Sana... 

Falou baixo enquanto olhava a morena.

-O meu é Dahyun... Porque esta sozinha? Híbridos não devem andar por aí sozinhos...

Sn- Eu... Não tenho pra onde ir então...

Deu de ombros abaixando o olhar sem terminar a frase, surpreendeu Dahyun a resposta da garota já que naquela cidade onde era mais "normal" ver híbridos e todos eles tinham seus "donos".

Dah- como assim? Eu achei que tivesse dono...

Sn- eu tinha

A ruiva suspirou abaixando suas orelhas lentamente e seu rabo parou de abanar.

Sn- mas ele fazia coisas que me machucavam...

Sua voz agora era triste, Dahyun não falou nada apenas desviou o teto olhando as outras mesas e assim foi até o pedido de Sana chegar.

Dah- Obrigada Kang...

A morena falou para a mais velha essa que deixou os pedidos na mesa e saiu rapidamente saiu dali, Sana apenas ficou olhando Dahyun ansiosa como se esperasse algo.

Dah- o que foi? Pode comer.

Era isso que a japonesa queria ouvir, Sana coneçou a comer como se a vida dependesse daquilo, a Kim deu um riso fraco enquanto tomava se achocolatado.

Minutos passaram e a híbrida assim como Dahyun já avia terminado de comer, suas orelinhas em pé o rabo balançando e o sorriso no rosto, um sorriso largo no rosto, e claro que seu rosto estava sujo.

Dah- estava bom?

Perguntou sorrindo ladeado.

Sn- tava ótimo!

Falou animada e aquela algria estava contagiando Dahyun por dentro, mas a coreana não demonstrava muito.

Dah-Então vamos

Se levantou da cadeira e a ruiva se levantou também, e a Kim voltou a olhar lembrando de algo.

Dah- espere...

Pegou um dos guardanapos que avia na mesa e levou até o rosto da híbrida assim a limpando, e quando terminou colocou o guardanapo de volta na mesa e a olhou.

Dah-Agora sim... Vamos!

Seguiu até a saida junto a Sana indo até seu carro onde seu carro já estava estacionando na frente do restaurante.

Dah- Obrigada Diego

Agradeceu o manobrista assim que pegou a chave, deu a volta no carro e estava prestes a entrar no automóvel, mais especificamente um Bentley Continental preto, a mesma reparou na ruiva encolida na frente do restaurante prestes a ir embora.

Dah- o que faz aí? Vamos entre no carro!

Sn- Eu não posso...

Sana se encolheu mais ainda por causa do frio que estava fazendo, já era de noite e as estrelas eram vistas no céu além do frio que fazia.

Dah- você não tem pra onde ir, vamos! Não vou te deixar sozinha aqui, entre no carro!

Sana abaixou a cabeça suspirando fundo e foi em direção ao carro, o manobrista abriu a porta para a menor e a garota apenas entrou sem dizer nada.

Dah- ótimo coloque o cinto

A coreana falou após entrar e o manobrista fechar a porta, a japonesa colocou o cinto de segurança assim como Kim disse e também fez.

Dah- Não fique com medo ok... Só estou fazendo isso para te  ajudar

Murmurou baixo ligando o carro, e assim dando partida para sua casa.


Notas Finais


Desculpe os erros de português

Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...