História She like a Wolf's - Capítulo 10


Escrita por: , isa-belli e gabbyv

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Nalu
Visualizações 117
Palavras 975
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O caps agr vão sair uma vez por semana❤
Boa leitura❤😍

▔□▔)/▔□▔)/▔□▔)/▔□▔)/❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

Capítulo 10 - Eu... Te... Amo...


Fanfic / Fanfiction She like a Wolf's - Capítulo 10 - Eu... Te... Amo...

   °°°Natsu on°°°

Saio do meu quarto e vou literalmente correndo, para onde eu havia mandado deixarem a Luce.

Chegando próximo a porta, com meu olfato ótimo, pude sentir cheiro de sangue.

"-Oque a louca da Cana está fazendo? Eu deixei bem claro que o teste só seria feito depois que ela estivesse bem e recuperada. "

Não sei se ja lhes disse más eu era meio que impulsivo e explosivo, a raiva conseguia me dominar facilmente más, depois que conheci Luce, eu não sei porquê más, perto dela eu fico mais calmo e manso, depois que me apaixonei por ela a unica coisa nal qual é minha prioridade é sua segurança, é também sentir seu doce cheiro, seu sorriso é minha felicidade, seus olhos e sua voz são tudo pra me fazer ficar calmo. Eu a amo com todas minhas forças. 

Entro no comodo quase derrubando as portas, em seguida vendo Luce e Cana de frente para a janela aberta no sol, e a bruxa tentando fazê-la beber sangue.

-CANA! -Minha voz dupla invadiu o quarto, sinalizando que meu lobo queria sair, ela olhou pra mim, e em um movimento rapido minha pequena loira deu um tapa na mão de Cana, fazendo assim a taça voar pela janela, à olhamos surpresos... Ela não virou uma vampira, pois se tivesse, não poderia sair no sol e não resistiria a sangue.

-É parece que que você não virou uma vampira... Meu trabalho aqui está feito... Tchau Natsu, loirinha... Qualquer coisa é só chamar! -Ela piscou para a pequena, pegando sua garrafa e se transportando.

Corro ate ela.

-Lucy... Estou tão feliz que você está bem... -Eu sorrio a abraçando.

-Natsu eu... -Ela Começou a chorar, se acochegando em meu peito. Eu aperto o abraço.

-Shii, não se preocupe eu estou aqui. -Eu afago seus macios cabelos dourados como ouro.

-Natsu... Eu... -Ela é interrompida por Wendy, Erza e Gray que entram correndo no quarto, com varios ômegas os acompanhando.

-Cana não fez nada? -A ruiva pergunta, com a cabeça meio baixa vendo que interrompeu algo. Minha cara está séria.

-Nada que fosse uma surpresa. -Dou de ombros sério, ainda abraçado a loira, que agora tenta regular o choro. Ela levanta a cabeça e me olha corada, olha para baixo e novamente cora, só que dessa vez mais forte, ela rapidamente corre atrás de mim, me usando como escudo.

Olho pra ela confuso.

-Minhas roupas. -Sussurra. Eu reparo que a mesma apenas usa uma camisola branca/transparente e tenta inutilmente tampar-se.

Meu lobo fica furioso, muitos dos machos da alcateia estão olhando pra ela...

"-Mate-os."

A voz de meu lobo ecoa em minha cabeça, não é uma má ideia...

Sem eu nem ao menos perseber estou caminhando até a porta, em minha forma lupina.

"-Vamos matar todos, eles olharam para nossa fêmea, merecem morrer."

-Natsu se acalma. -Gray tenta fazer-me voltar, ele fica parado em minha frente bloqueando a passagem

-Onii... Fica calmo. -Wendy tenta alcançar a maçaneta da porta, da esquerda.

-Natsu, se controla. -Erza faz o mesmo que Wendy só que na direita.

Agora, estou parado com os meus dentes a centímetros do rosto de Gray, ele engole em seco, os ômegas atrás de sí já recuaram.

-Saía! -Minha voz grossa corta o silêncio como uma lamina muito bem afiada. -...Ou morre!

-Natsu... Porfavor... -A doce voz chega aos meus ouvidos, a raiva simplesmente evapora, toda minha atenção é voltada para ela. Ela ainda está no mesmo local, com o rosto avermelhado indicando que irá chorrar novamente, mesmo assim ela está linda.

Me viro indo até ela, ouço as portas se fecharem, volto a minha forma humana e ela fica extremamente corada, chego em sua frente e a abraço de novo.

-Perdão se te assustei... -digo com o nariz enterrado em seus cabelos, inalando seu doce cheiro novamente, ficando mais manso, sinto ela relaxar os musculos.

-T..tudo bem... -Ela me abraça de volta.

-Oque queria dizer-me antes de sermos interrompidos? -Ela me olha muito corada.

-E..e..eu, q..queria falar... que eu... Gostodevocê. -Ela diz tão rápido que mal consigo acompanhar.

-Oque? -Franzo a testa em duvida. Ela cora mais ainda.

-Eu... gosto de... você... droga, estou parecendo uma adolescente apaixonada, se confessando... -Ela abaixa a cabeça e eu solto uma risada baixa.

A puxo para um beijo, com calma minha língua acaricia a dela, em uma dança sincronizada elas se movem explorando um a boca do outro, seus labios tem um gosto tão bom e viciante, tanto quanto seu cheiro, ela agarra meu cabelos da nuca, os puxando levemente, eu aperto sua cintura. Quando o ar nos falta nós nos separamos, ainda ligados por um fio de saliva.

Sem muito esforço eu a pego no colo, indo em direção a porta, com um sorriso de rasgar a bochecha eu olho em seus lindos olhos castanhos.

-Eu também te amo Luce! - Dou-lhe um beijo na testa.

Eu a levo para meu quarto, onde a deposito na enorme e redonda cama de casal. Dou-lhe um selinho.

-Vou tomar um banho... Você vem? -Pergunto com um sorriso de canto e ela novamente cora.

-N..não, e..eu não... -Ela se enrrola com as palavras. Solto um risinho baixo, ela me olha confusa.

-Luce... Eu ja lhe vi nua muitas vezes lembra?-Ela cora lembrando. -E agora tu também está me vendo nuo, eu lhe juro que não farei nada que não querias... Olha... Eu te amo, jamais a machucaria.-Seguro seu rosto com minhas duas mãos.

-Eu confio em você... -Ela me beija rapidamente.

A pego no colo de novo, e a levo para o banheiro onde tomamos um banho, sem nenhuma malícia. Vestimos nossas roupas. (N/A. H: só pra deixar claro que as coisas pessoais da Lucy que o Natsu pediu/mandou, os lobos pegarem estão no quarto dele.)

Devemos para almoçar com o restante da alcateia, mas sei que teremos uma longa tarde pois a Luce quer conversar comigo. 


Notas Finais


Continua?
Goxtaram?
Não? Pq?
Deixem a opinião de vcs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...