História She Will Be Loved - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Clichê, Drama, Romance, Wincest
Visualizações 195
Palavras 938
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá!
Ando escrevendo bastante, então decidi postar essa estória bem clichê pra ver o que vcs acham.
Escrevi pelo celular, então desculpem qualquer erro!
Espero que vcs gostem!
Os trechos da música que deu origem ao título, estão fora de ordem para melhor encaixe!
Imagem retirada da internet.
AVISO: Contém incesto. Para quem não gosta, não leia. Comentários com discurso de ódio não serão tolerados.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Sam tentou agarrar o braço do irmão para que ele permanecesse no Buncker, mas foi em vão. Mais uma vez estavam tendo uma discussão, pelo mesmo motivo e como sempre, Dean terminava fugindo. Ele não queria que o irmão fugisse dele ou do sentimento que eles compartilhavam que tantas vezes se entregaram.
O mais novo sempre achou que seria ele a negar, que fugiria a qualquer mensão sobre o assunto, afinal, seu irmão não costumava fugir de nada, sempre com uma postura firme, batendo de frente com tudo e todos...
Até agora.

Eu sei onde você se esconde
Sozinha no seu carro
Sei todas as coisas que fazem você ser quem é 
Eu sei que adeus não significa nada
Ela volta e me pede para que eu a segure todas as vezes que ela cair

Sam sabe que no fundo Dean quer fugir de si mesmo, do seu próprio julgamento e culpa, mas ele volta; mais destruído do que antes e Sam não consegue não consola-lo, mesmo sendo físico o único consolo que o irmão procure. É bom, é incrível; Dean se entrega de forma explêndida, é quando deixa os sentimentos fluírem, se exibirem e Sam vê o quanto Dean sente...
Sente amor; 
Medo;
Culpa...

Dê um toque na minha janela, bata na minha porta
Eu quero fazer você se sentir bonita
Eu sei que costumo ficar muito inseguro
Isso não importa mais

O mais novo sabe que quando acordarem Dean voltará a negar, voltará a dizer que é errado, mas ele também sabe que um dia ele vai ceder, que vai conseguir conviver com esse sentimento sem que doa. Porque ele consegue. Não foi fácil, mas Sam sabe o quanto precisa de Dean ao seu lado, do seu toque, da sua voz para tranquilizá-lo quando tudo está prester a desmoronar, do seu cheiro para fazê-lo se sentir em casa e do seu abraço para lembrar que está vivo. Jamais conseguiria isso negando o que precisa, por isso iria fazer Dean perceber que também precisa dele para que nenhum deles se machuque mais.
Pegou o necessário e saiu.

Nem sempre são arco-íres e borboletas
É o compromisso que nos deixa juntos
Meu coração está cheio e minha porta sempre aberta
Você pode vir qualquer hora que você quiser

♦♦♦

Dean chegou já era madrugada, estava sóbrio para sua própria surpresa. Passou o dia sentado em seu Impala em frente a um bar, queria ter entrado e bebido uma garrafa inteira de Wisky, mas sua consciência não o dava folga; sabia que se fizesse isso mogoaria Sam ainda mais do que já estava mogoando, e o pensamento de como estava machucando o irmão não saiu de sua cabeça por um minuto. Sentia-se um covarde por não conseguir aceitar o que sentia, saber que Sam nunca desistiria dele era a única coisa que o mantinha em pé, sabia que qualquer dia teria que deixar a culpa para trás, mas era tão difícil pensar nisso.

Eu não me importo de passar todos os dias
Do lado de fora, na sua esquina, na chuva torrencial
Procure a garota com o sorriso partido
Pergunte a ela se ela quer ficar por um tempo
E ela será amada
E ela será amada

Resolveu ir atrás do mais novo para se desculpar a seu modo. Quando chegou ao quarto do irmão a única coisa que encontrou foi uma carta dele. Um pouco desesperado por achar que aquilo fosse um adeus a pegou em mãos.


“Precisei de um tempo para pensar.
 Pense também Dean; em tudo que eu escrevi aqui. 
Eu ainda não consigo entender como sua mente funciona um dia você diz que me ama e em outro está em completa negação. 
Você age como se ninguém o entendesse, como se ninguém jamais tivesse passado por isso, mas esquece de que eu faço parte de tudo, que estou enterrado nisso com você. Eu tinha as mesmas dúvidas e negações, mas no momento que eu soube que o sentimento era recíproco eu tive apenas certezas.
Certeza de que era você quem eu queria, mesmo sendo pecado de várias formas; certeza de que eu preciso de você nem que seja para me fazer chorar.
Você insiste em dizer que é pecado, mas não é como se fossemos para o céu de qualquer forma.
Cada toque seu me traz muitas sensações. Consigo sentir a maciez da ponta dos seus dedos e o áspero da palma das suas mãos, o aperto leve para não machucar, mas forte o suficiente para sentir seu calor. O toque sútil se torna promíscuo ao se aproximar da minha cintura e eu sinto seu olhar sobre mim, vejo o verde dos teus olhos sumindo, ficando apenas uma parte estreita de cor em volta das tuas pupílas dilatadas. 
Sinto sua respiração acelerada em meu pescoço e ouço sua voz rouca susurrar em meu ouvido, promessas sobre o que pretende fazer comigo e eu sei atravéz de tudo o que me fez sentir que eu sou o único para você.
Eu te amo, Dean.
Nada vai poder mudar isso e você sabe que não podemos lutar contra, essa é a única batalha que não podemos vencer.
Seu Sammy.”

Com as lágrimas caindo, Dean ligou para Sam e agradeceu mentalmente quando ele atendeu na primeira chamada.
- Você leu? 
- Eu te amo Sammy! Volta pra casa... 
- Eu também amo você, Dean.
- Então volta, vamos viver nossa vida? Juntos!
Sam sorriu.
- Chego ai em 5 minutos.


Eu viajei muitos quilômetros
E vim parar na sua porta
Eu tive você tantas vezes
Mas, por algum motivo, eu quero mais.

She Will Be Loved – Maroon 5


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Desculpem qualque erro novamente!
Beijos da Jess ❤😗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...