1. Spirit Fanfics >
  2. She's a dangerous omega -Michaeng G!p >
  3. You help me? (tp. 2)

História She's a dangerous omega -Michaeng G!p - Capítulo 32


Escrita por:


Capítulo 32 - You help me? (tp. 2)


—Claro.... Jichu —riram.

—Vamos preparar o acampamento —Lisa disse alto para chamar a atenção de todos passando entre as duas garotas —Rosé melhor você descansar, você vai ajudar as outras, por favor.

Jisoo assentiu e foi ajudar no acampamento enquanto Lisa levou a Park para perto de uma árvore e a ajudou a se sentar.

—Se precisar de alguma coisa pode me chamar ok? Pelo que me contou você já fez muito mais do que poderia —Lisa disse e também chamou a atenção da loira pela ideia perigosa que teve.

—Eu sei, mas não tinha o que fazer —deu um sorriso culpado a tailandesa retribuiu o mesmo e desviou o olhar para baixo.

—Entendo, mas descanse que amanhã vamos ter que andar mais.

Após alguns minutos o acampamento estava pronto e as estrelas já brilhavam no céu, foi quando Jisoo se aproximou de Rosé para lhe entregar o jantar que Jihyo havia preparado e se sentou para comer ao lado da Park.

—Como encontrou as meninas? —a loira perguntou levando uma garfada de comida até a boca.

—Na verdade foi elas que me encontraram. Eu tinha sido capturada por soldados humanos, mas como eu era "inútil" para eles me deixaram ir —explivou brevemente —Mas e você?

—Encontrei a Lisa na floresta, mas de primeira não quis vir já que o Winwin ainda estava vivo e perdido por aí —fez uma pausa para comer mais um pouco —Mas depois de tudo Lisa me convenceu a ficar, no calor do momento e pensei em ir embora e ficar sozinha, mas agora eu vejo que tivesse feito isso provavelmente estaria morta.

—Então foi a Lisa? —a Kim deu um sorriso malicioso.

—Não começa Jisoo, ela é bonita mas não quer nada com ninguém.

—Olha que eu duvido um pouco disso —a beta a olhou confusa —Ela ficou com ciúmes quando eu e Sana estavamos conversando e eu te chamei de Rosie e depois quando estávamos conversando e ela simplesmente cortou o assunto do nada e passou entre nós duas —a ômega aumentou o sorriso.

—Acha que ela está gostando de mim? —perguntou a maior.

—Bom, acho que sim, mas é sempre melhor ir com calma.

—Sim —as duas continuaram conversando até que perceberam um olhar sobre si, olharam para frente e Lisa desviou rapidamente —Ok, acho que você está certa.

—Eu disse, bom, boa sorte —Jisoo se levantou e saiu do local.

A Park terminou de comer e para sua barraca para descansar um pouco foi quando ouviu alguém lhe chamar baixo, olhou para entrada da barraca e era Tzuyu.

—Posso falar com você? —a Chou perguntou entrando no local.

—Pode —a taiwanesa se sentou de frente para a beta.

—Sobre essa rivalidade entre você e a Jennie —a Park respirou fundo e Tzuyu a alfa continuo a fala —Eu e a Jeongyeon estávamos conversando sobre algumas coisas e bom, pela situação que estamos, acho melhor que você e a Jennie darem uma trégua, por que tá difícil para todo mundo e essa briga de vocês pode acabar piorando —lançou um sorriso nervosa para a loira.

—Tem razão —a beta sorriu.

—Eu vou falar com a Jennie...

—Não! Eu falo com a Jennie —a maior a olhou relutante —Relaxa não fazer nada —a Chou continuou séria —É sério.

—Ok.

A mais velha se levantou com a ajuda de Tzuyu e foi até Jennie que estava mechendo em seu kit de primeiros socorros, mas logo parou ao notar a aproximação indesejada da beta.

—O que quer? —Jennie perguntou sem tirar sua atenção da maleta.

—Jennie, Tzuyu veio falar comigo agora pouco e disse uma coisa muito sensata —a Kim olhou para a Park —Essa nossas brigas pode atrapalhar o grupo e eu não quero isso então... Aceita uma trégua? —estendeu a mão para a morena. A menor pensou por um momento mas era verdade, isso poderia trazer problemas para o grupo.

—Aceito —apertou a mão da loira —Agora pare de fica andando pra lá e pra cá, vai piorar seu machucado —disse séria e a Park assentiu saindo da barraca.

Mina olhava o por do sol, por mais que a paisagem estivesse meio destruída pelas bombas, a cena ainda era bonita.

—O que houve com você? —Chaeyoung perguntou calmamente se aproximando da Myoui —Tem ficando meio pensativa.

—É, eu queria saber se meus pais estão vivos ou se já foram..... Mortos —disse a última palavra de forma baixa.

—Sei mais ou menos como se sente, é dolorido pensar nisso, mas eu creio que não aconteceu nada com eles ainda fazer parte da alcatéia, de certa forma estão sobre proteção —abraçou a mais velha.

—Tem razão —segurou o antebraço da menor.

—Nós vamos sair dessa, já sobrevivemos até aqui. Essa guerra não vai durar para sempre —respondeu com um sorriso nos lábios.

—Está bem positiva —Mina retribuiu o sorriso.

—No momento é o melhor a se fazer, as coisas estão bem difíceis e por mais que estejamos com medo estamos indo bem.

—Verdade, pois então vamos sobreviver e quando tudo isso acabar vou rever todos os outro.

—Com certeza.

Mina puxou a Son para um beijo calmo e longo, já havia provado o beijo da alfa tantas vezes mas nunca deixou de se apaixonar por cada um deles.

—Eu nunca me canso disso —respondeu dando vários selinhos da menor.

—Então me dá outro.

A ômega sorriu por alguns segundos e beijou a alfa novamente de forma mais intensa.

—Vamos, já devem estar preparando a janta —a Son disse ao sentir um cheiro gostoso no ar.

As duas se levantaram e foram em direção ao centro do acampamento onde todas as outras conversava e se juntaram a conversa.

Após a janta as garotas já estava se preparando para ir dormir e Lisa ajudou Rosé a voltar para sua barraca.

—Obrigada pela ajuda Lisa —disse após se sentar no colchonete.

—Não foi nada. Uma pergunta o que você foi falar com a Jennie, vi vocês apertando as mãos —perguntou curiosa.

—Demos uma trégua, pelo bem do grupo —respondeu com um pequeno sorriso —Fiquei sabendo que ficou incomodada com a Jisoo —a Manoban arqueou uma das sobrancelhas.

—Quem disse isso? —falou rápido e a Park apertou os lábios indicando que não falaria —Não é desse jeito que você está pensando.

—Não —a loira inclinou o corpo para frente ficando mais perto da castanho —Então por que? —se fez de desentendida.

Lisa abriu a boca para dizer algo mas não conseguiu formular nada, e notou que a beta se aproximava mais e logo seus rosto estava bem próximos por alguns segundos a tailandesa cedeu e fechou os olhos esperando o beijo.

—LISA!! —levaram um susto e se afastaram após Sana berrar do lado de fora da barraca por ter achado algo no chão.

—Eu vou ver o que ela quer —as duas estavam coradas e sem graça pela situação. Lisa saiu logo do local.

Depois de alguns minutos Jisoo entrou na barraca de Rosé um pouco nervosa.

—Rosé, preciso que me faça um favor.

—Qual?

—Bom, eu mal conheço a Lisa e a Jennie então não poderia pedir para elas e as outras já namoram então só sobra você....

—Vai direito ao ponto Jisoo.

—Meu cio está chegando —a mais nova a olhou sem expressão —Então, você me ajuda nesse três dias?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...