1. Spirit Fanfics >
  2. Shhh! >
  3. Who are you?

História Shhh! - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Who are you?


Fanfic / Fanfiction Shhh! - Capítulo 1 - Who are you?

(Tucson 2000)


Ana Yagami 

Olá eu sou a Ana e minha historia começa em uma quarta feira de fevereiro, bom foi dia em que nasci. Nasci na parte rural de Tucson no Arizona, meu pai é fazendeiro e minha mãe o auxilia. Sempre morei na nossa fazendinha, ia pra Tucson de vez em quando, para visitar minha tia. Eu gosto de morar na nossa fazenda, mas com o tempo quis viajar sabe? Conhecer o mundo, ou pelo menos sair do meu porto seguro e me aventurar um pouco, bom e quando completei meus 18 anos, tive essa oportunidade, pois fiz a prova de aceitação na universidade de Tucson, e passei! Fiquei tão feliz, meus pais e minha irmãzinha ficaram preocupados porém acho que eles sabiam que algum dia eu iria sair de lá, prometi visitá-los afinal não era tão longe de casa só algumas horas de trem.

Bom eu fui finamente pra Tuscon, hoje já se faz três dias que estou aqui, moro sozinha, mas trabalho com minha tia, em uma lojinha de roupas. Estou aguardando o inicio das aulas, vou fazer fotografia, acho algo lindo, não sei explicar, sabe lidar com memórias, sentimentos, não sei se dá pra entender.

Antes de vir para cá fiz alguns amigos na internet, no começo tive medo, mas vi que eram legais, como eu conseguia falar com eles? Já que não tinha sinal na fazenda, bom, tem uma loja de conveniência perto na ferrovia eu gostava de ficar lá, a dona da loja me deixava eu ficar lá para eu utilizar a internet, e eu ficava cuidando da loja quando ela saia. Uma troca justa não?


Haru (Harumi)

Oi aqui quem vos fala é a Haru, Harumi na verdade mas me chamam pelo apelido desde os meus 8 anos de idade. Minha família veio do exterior a 10 anos atrás na época em que o país liberou a entrada de refugiados da epidemia que matou a maioria da população, por isso sou mestiça de duas nacionalidades tanto a europeia quanto australiana, me considero a garota dos dois lados do mundo(ocidental e oriental), tenho 18 anos e meus pais por falta do que fazer resolveram me matricular em um colégio interno onde passei metade da minha vida, com isso me interessei ao descobrir coisas que aconteciam no cotidiano das pessoas e resolvi cursar jornalismo na universidade de Tucson aqui mesmo no arizona, não faz muito sentido a minha escolha de curso mas me encontrei ali. Depois da grande crise, com a entrada do ano 2000 papai e mamae foram subindo de vida ligeiramente, fomos desde apartamentos até grandes mansões, viajens e festas pelo mundo todo, e hj? Bom vamos dizer que estamos na mesma, na verdade eu não sei mais muitas coisas ainda podem acontecer.


Castiel Parker

Bom pra começar minha historia, imagina um cara de moto em uma estrada, cercado de campos verdes, bom esse não sou eu, é o meu pai, pelo menos é assim que ele me conta, esse é ele chegando à nossa queria cidade Tucson, em sua moto sem rumo, ele disse que estava apenas de passagem, quando conheceu Kate, a sua futura esposa, bom ele ainda não sabia, não é mesmo? Por que eu estou contando isso? Por que ela era uma grande empresaria de Tucson, foi ela que mudou meu pai completamente, e ela é minha mãe. Eu me chamo Castiel, hoje a gente mora em condomínio fechado de Tucson, meu pai já não é mais o mesmo, ele abandonou sua moto, jaquetas de couro, discos, eu acho que ele não é muito feliz, a minha mãe como disse ela é empresaria, mas acho que isso é mais uma fachada, eu sempre ouço coisas ruins sobre ela como coisas de contrabando entre outras. Meu pai como bobo apaixonado não consegue acreditar, ou talvez ele já saiba só seja difícil aceitar pra si mesmo. 

Mas agora falando de mim mesmo, sempre admirei meu pai pelas suas histórias de aventuras com sua antiga moto, em falar nela, ela ainda está na garagem ele a me deu, dizendo que eu devia seguir meus sonhos sem que ninguém me impeça de nada. Deis de pequeno quando descobri o nosso sótão, sou fanático pelos discos e jaquetas do meu pai, lá a varias fotos com amigos, ex namoradas, grupos etc.

Por conta disso gosto muito desse estilo, meio que o adotei para mim, gosto de tocar guitarra quando estou estressado, e para irritar minha mãe também, agora nem tanto, por que a ultima vez, ela quebrou minha guitarra, e me fez ficar um ano sem poder sair de casa, meu pai acabou me dando outra no meu aniversario, sem ele eu nem sei o que seria agora.


Jeon Jungkook 

1,2,3 testando... - acho que agora o mic pegou, é.... oi meu nome é jungkook tenho 18 anos e... bom meus pais me tiveram muito jovens e acho que por não terem aproveitado a vida o suficiente me deixam sozinho em casa para poder explorar o mundo. No começo me sentia bem triste mais com o tempo aprendi a me virar e foi em um desses improvisos que percebi meu dom com a música, não querendo me gabar mais canto muito bem, não tenho muito oque contar sobre minha vida porque nela me sinto um personagem secundário tentando sobreviver ao drama da adolescência, onde meus álbuns, fones, e cobertores são meus únicos amigos. Decidi cursar música e por incrível conhecidencia do destino moro em um condomínio na cidade de Tucson, isso mesmo a cidade da universidade em que eu passei, apenas confio que as coisas vão ser muito boas daqui pra frente, bom , a esperança é a última que morre então...



Notas Finais


(Millena)
(Ana)
Olá muito obrigado por dar essa oportunidade de leitura para nós, essa é nossa primeira fic de muitas ideias que temos. Aceitamos dicas e sugestões ❤🤠


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...