História ShikaJin - Um amor entre Inojin e Shikadai - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Kankuro, Konohamaru, Metal Lee, Mirai Sarutobi, Mitsuki, Moegi, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shinki, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Akatsuki, Akimichi, Amor, Anjo, Boruto, Chouchou, Gaaino, Gaara, Gaaraino, Gay, Hentai, Hinata, Ino, Inojin, Inojin X Shikadai, Inojin Yamanaka, Inoshikachou, Itachi, Kian Kai, Lemon, Love, Luta, Meia Hora, Mistério, Namoro, Nara, Naruhina, Naruto, Narutohinata, Neji, Nejiten, Nejitenten, Novela, Romance, Sacrifício, Sakura, Sasori, Sasuke, Sasusaku, Sex, Sexo, Shikadai, Shikadai Nara, Shikadai X Inojin, Shikajin, Shikatema, Slash, Ten Ten, Tenten, Universidade, Yamanaka, Yaoi
Visualizações 189
Palavras 1.365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, como prometido ai está já o capítulo novo, boa leitura!

Capítulo 11 - O Vale da morte e a luta por pergaminhos


Fanfic / Fanfiction ShikaJin - Um amor entre Inojin e Shikadai - Capítulo 11 - O Vale da morte e a luta por pergaminhos

Como um raio atravessávamos as rochas. Não havia água em nenhum local. Eram diversas rochas e cavernas escuras, propicias a armadilhas. Não era nada seguro andar por ali, corríamos para procurar um abrigo para podermos nos planejar melhor. Alguns animais eram avistados durante a corrida. Salamandras, Águias, Ratos e Macacos. Shikadai nos faz um leve sinal para descermos e assim fazemos.

- O que foi Shikadai? – Chocho o pergunta. O rapaz do clã Nara nos questiona:

- Vocês chegaram a ver aqueles macacos?

- Sim. – Eu afirmo e ele continua a explicação:

- São macacos shibu osen, macacos da neve.

- E dai? – Chocho da de ombros sem entender muita coisa. Ele arqueia a sobrancelha e pergunta com um leve sorriso:

- Não entenderam ainda?

- Os macacos da neve japonês só vivem próximos a aguas termais. – Eu digo ao raciocinar um pouco, na verdade sempre fui bom em biologia. Ele aumenta seu sorriso e fala para nós:

- Exatamente Inojin, o que quer dizer que estamos próximos de agua.

- Agua quentinha. – Chocho diz animada, provavelmente cogitando relaxar. Shikadai Nara já lhe avisa:

- Não se iluda Chocho, não devemos baixar a guarda, todo mundo está à procura de água.

- Eu sei disso Shikadai. – Chocho diz revirando os olhos. Shikadai pega nosso pergaminho do céu e me entrega pedindo:

- Você sempre anda com pergaminhos, além disso é nosso ninja medicinal ou seja, não deve vir para a linha de frente, então quero que guarde o nosso.

- Claro Shikadai, darei o meu melhor. – Respondo ele alegre com a confiança que possui em mim. Shikadai afaga meus cabelos louros e se levanta dizendo:

- Ótimo. Vamos em frente, estou contando com vocês.

- Infelizmente, quando todos estamos dispostos para começar a caminhada, uma kunai cai no meio de nós três, nela, um papel colado já iniciava seu brilho. Shikadai grita:

- Kibaku fuuda!

*BOOOM*

- Estão todos bem? – Shikadai pergunta aos parceiros. Chocho responde se levantando preparada para o combate:

- Sim, eu estou.

- Inojin? – Quando chama meu nome, percebe que eu já não estava lá. Estava a alguns metros de distancia. Porém, duas figuras descem e partem para o confronto com eles, uma garota de cabelos curtos segurando uma boneca e um rapaz alto e magro. Já eu estava com um rapaz de cabelos vermelhos e olhos mel me encarando, se agacha e fala com malicia:

- Olá pequeno ninja medico.

- Mas que droga, estou separado dos demais. – Resmungo olhando a minha volta, nenhum sinal dos meus amigos, provavelmente fui arrastado na explosão por algum tipo de jutus. O garoto diz se aproximando:

- O pergaminho está com você, eu vi.

- Estava nos observando então. – Eu respondo tirando meu pincel do bolso. Ele aponta os olhos e explica:

- Nada escapa dos meus olhos.

- Seria isso uma espécie de Byakugan? – Pergunto ao ver seus olhos dilatados, ele então continua a me dar informações:

- Não, meu gekkei genkai é diferente, minha visão é ampliada através da luz nas gotículas de agua no ar.

- Sim, eu vi que é da vila da nevoa, por isso o vinculo com a agua. – Respondo olhando sua bandana. Ele estende a mão e pede:

- Me de o pergaminho antes que seus amigos morram garotinho.

- Sinto muito te desapontar. Mas nós somos a Ino-Shika-Cho. – Falo para o homem e saco meu pergaminho, com traços leves e coloridos desenho uma águia e a invoco:

- Jutsu pergaminho da besta!

- A ave voa na direção do rapaz, ele desvia e o animal de desenho voa para cima soltando um grito alto. Ele retira uma kunai de seu bolso e fala:

- Achei que seria um ataque.

- Estou apenas entregando nossa posição amigo. – Sorrio depois de explicar.

Não muito longe dali, disputando força entre sua kunai e a espada do inimigo, Shikadai avista meu jutsu e grita apontando o passáro:

- Chocho!

- Sim Shikadai, vamos! – A garota soca o chão estiraçando pedaços de pedra na garota que pula para trás. Os dando a deixa para correm até minha localização. Shikadai fala enquanto fogem dos outros dois oponentes pelas pedras e rochas:

- Mas que saco.

- Me entregue logo ou vai sentir sua pele rasgando. – O rapaz me pedia, tentava me amedrontar. Eu sorrio e respondo ao escutar passos:

- Sinto muito, mas não vai ser possível.

- Inojin! – Shikadai aparece do meio das pedras junto a Chocho e eu exclamo animado:

- Shikadai!

- Eu também estou aqui sabia? – Chocho diz enquanto entramos em formação. Os outros chegam e o rapaz que estava comigo solta:

- Gama? Moto?

- Desculpa irmão Dadari, eles fugiram quando viram o pássaro azul e rosa no ar.

- Vocês são todos irmãos? – Eu questiono e a garota afirma:

- Sim coleguinha.

- Então todos tem o kekkei genkai visual sensível a luz na água? – Continuo o interrogatório e o mais Gama pergunta:

- Isso mesmo. Isso te assusta?

- Podem vir. – Shikadai diz sério e todos os três fazem o mesmo sinal e gritam o mesmo jutsu:

- Jutsu clones de água.

- Eles são muitos. – Chocho diz ao ver vários clones em nossa volta.

- Não se preocupem, sabem o que vou fazer. – Eu falo tomando liderança. Shikadai... Me note. Dadari grita:

- Ataquem!

- Cuidado! – Grito arremessando duas kunai para cima, nelas haviam bombas de luz, que ao estourar emitem uma rajada luminosa. Os clones eram feitos de água, os olhos deles são sensíveis a luz, a partir do momento que a luz forte se propaga, multiplica nos corpos dos clones, os cegando. E é claro, quanto maior a luz, maior aa sombra. Shikadai usa seu jutsu secreto após sinais de mão:

- Técnica de expansão das sombras!

- O que ele fez? Estou cégo. – Dadari fala tampando os olhos enquanto a irmã gritava:

- Meus olhos, não consigo ver nem me mover.

- Não foram precavidos. Nós não somos um trio comum.  – Shikadai diz ao focalizar a sombra. Eu falo:

- Somos a Ino.

- Shika. – Ele continua e Chocho termina:

- Cho.

- Inojin, Chocho, agora! – Nara pede para nós e eu faço sinais próprios de meu clã e exclamo controlando as pernas de todos, os fazendo se juntar:

- Sim. Arte ninja, jutsus performance dança da mente!

- Arte ninje técnica do super tamanho múltiplo! – Chocho cresce o corpo todo, e amassa os três de uma vez com um soco, deixando os três inconscientes enquanto Shikadai Nara diz com satisfação:

- Ino-Shika-Cho combination, completa.

- Após derrota-los, pegamos seu pergaminho e os deixamos lá mesmo. Procuramos um local mais seguro para ficarmos por enquanto. Shikadai e Chocho possuíam alguns ferimentos resultantes da explosão e o conflito, então, usava minha aura para curar os dois.

- Realmente não foi difícil encontrar um inimigo. – Chocho dizia enquanto eu terminava de tratar o meu “crush”:

- Pronto Shikadai.

- Nossa, você é bom mesmo nisso. – O rapaz me diz de um jeito que me deixa completamente corado, eu falo nervoso desviando o olhar:

- O-o-obrigado.

- Sim, difícil mesmo vai ser chegar à torre sem achar mais oponentes, isso vai ser um saco. – Shikadai diz se levantando e olhando em volta, Chocho tira de sua bolsa um saco de batatas e fala:

- Animem-se rapazes, saímos vitoriosos.

- Sim mas ainda tem várias equipes loucas por um pergaminho, no nosso caso temos os dois, qualquer time que nos enfrentar pode levar o que quer. – Nosso líder diz e a garota de boca cheia o diz:

- Não se preocupe Shikadai, vamos nos dar bem.

- Disso não tenho duvidas, mas vai ser complicado. – Shikadai fala antes de nós três começarmos a correr em direção à torre central. Não foi nada difícil na verdade. Precavidos, discretos e silenciosos, nós conseguimos chegar sem problemas na torre, na verdade fomos a segunda equipe a chegar no local, a equipe do primo de Shikadai, Shinki já estava lá. Esse garoto me dava arrepios. Mesmo assim o bom era que passamos e agora temos que esperar o prazo máximo para poder continuar com a prova... Shikadai já traçava planos para as lutas... Shikadai... Você é incrível.

(Continua)


Notas Finais


Valeu, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...