1. Spirit Fanfics >
  2. Shikamaru e Temari onde tudo começou (versão atualiza) >
  3. Aquele frio na barriga

História Shikamaru e Temari onde tudo começou (versão atualiza) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capitulo fresquinho, espero que gostem ❤

Capítulo 2 - Aquele frio na barriga


SHIKAMARU:ON

Era sábado de manhã e como era final de semana queria dormir até mais tarde, mas a tentativa não foi bem sucedida uma vez que ouvia minha mãe esmurrando a porta do meu quarto as 07h00 da manhã

- Shikamaru acorda, o hokage precisa falar com você um assunto urgente - dizia ela aos berros

- Mas hoje é sábado - falei preguiçosamente colocando o travesseiro sobre a cabeça na tentativa de não ouvir os berros dela

- Se ele chamou você sábado de manhã é porque o assunto é importante, agora pare de preguiça e levanta logo dessa cama antes que eu mesma derrube essa porta - gritou ela e em seguida pude ouvir seus passos se afastando, eu não queria ver uma cena daquela as 07h00 da manhã então resolvi levantar de uma vez e ver o que o hokage queria. Me levantei e lavei o rosto e escovei meus dentes e logo em seguida fui me trocar, 10 minutos depois eu já estava pronto, sai do meu quarto e peguei uma maçã sobre a mesa e sai de casa rapidamente. Cheguei até a sala do hokage e bati na porta e aguardei resposta

- Pode entrar - adentrei a sala e lá estava o Kakashi me olhando como se esperasse que eu fosse sorrir pra ela as 07h00 da manhã de sábado

- Espero que tenha um bom motivo pra me tirar da cama cedo no sábado - falei cruzando os braços 

- Tenho uma missão para você...

- No sábado? - interrompi antes que ele podesse terminar

- A missão começa segunda de manhã, mais considere como hoje levando em conta que antes de começar a missão você vai ter que ir para Suna - ele me estendeu um mapa - Essa é a vila da cachoeira, foi completamente destruída por causa da guerra, e nós que fazemos parte das grandes nações faremos nossa parte em ajudar - concluir ele

- Certo, mas ainda não entendi o que Suna tem a ver com isso - indaguei confuso

- É porque a Temari vai na missão junto com você, precisa ir ao encontro dela e de lá vocês partem para a missão - quando ele disse Temari minha primeira reação foi uma a aceleração no meu coração, já fazia pelo menos 6 meses que eu não a via, como será que ela estava? Mas porque eu estava me importando com isso afinal?

- Tudo bem, vou preparar minhas coisas saiu após o almoço, pode ser? 

- Esta bem - respondeu ele e eu me retirei da sala, a ideia de ver ela de novo me animava mas também me assustava, Temari era assustadora... Assustadoramente linda, seu sorriso, seus cabelos loiros e aqueles olhos verdes como esmeraldas, o jeito que ela me olhava quando achava ridículo demais algo que eu havia feito, eu nunca admitiria isso em voz alta ou pra outra pessoa, mas eu era louco por aquela mulher, sonhava com seus lábios se precionando contra os meus, seu corpo totalmente entregue a mim era o que desejava tanto quanto o ar que respiro, missão mais difícil do que a que faríamos juntos era não deixar ela perceber essa minha queda por ela.

Fui até a minha casa e preparei uma pequena bolsa com algumas roupas, um kit médico e algumas armas, depois fiquei deitado para distrair minha mente, até que finalmente deu a hora do almoço. Eu estava na lage de casa e vi Ino e Chouji se aproximarem da minha casa

- Shikamaru vem almoçar com a gente - me convidou Chouji sabendo que eu não era de recusar um bom churrasco. Desci da lage e os acompanhei até a churrascaria já com a minha bolsa nas costas, enquanto estávamos no caminho Ino não pode deixar passar despercebida a bolsa nas minhas costas

- Onde vai Shikamaru? Missão em pleno sábado? - perguntou ela curiosa

- Na verdade a missão é na segunda, mas preciso ir em Suna me encontrar com... Com a Temari - fiz uma breve pausa antes de falar o nome dela, o que fez os dois se entrelharem, até mesmo o Chouji que nunca foi de prestar atenção em nada que acontece a sua volta já tinha notado como ela mexia comigo

- Vocês vão sozinhos? - perguntou Chouji parecendo interessado

- Sim... - percebi os dois me olhando maliciosamente - O que foi? 

- É a sua chance Shikamaru, diz a ela como se sente - falou a Ino toda empolgada

- Como e-eu me sinto? Do q-que vocês estão f-falando? - não pude deixar de transparecer meu nervosismo 

- Está tentando esconder o que Shikararu? Está tão óbvio quanto a Hinata afim do Naruto - falou Ino dando risada 

- Não exagera - reclamei e sem perceber acabei admitindo, bate a mão no rosto e movi a cabeça negativamente me reprovando pela burrada que acabei de fazer

- Ta tudo bem Shikamaru, somos seus amigos, pode confiar na gente - disse Chouji colocando a mão sobre o meu ombro com um sorriso amigável

- Eu não sei exatamente o que eu sinto, eu estou meio confuso - falei sem encarar nenhum dos dois, sinti meu rosto ligeiramente quente e provavelmente eu estava vermelho

- Como se sente a respeito dela? - perguntou a Ino

- Bem eu me sinto bem e ao mesmo tempo sinto calafrios, tenho medo dela as vezes, mas isso não muda o fato de que... Ela é a garota mais perfeita que eu já vi em toda a minha vida - eu dizia sem me importar mais com o que eles pensariam

- É meu amigo, tenho uma má notícia pra você - falou Chouji rindo

- Você não está afim dela, esta COMPLETAMENTE APAIXONADO POR ELA - falou a Ino por fim

- Não é pra tanto eu só...

- Só uma pessoa apaixonada diz algo desse tipo, se declara logo pra ela

- Ficou maluca?

- Shika é só uma garota - falou Chouji

- Não é "só uma garota" é a Temari, já viram como ela é bruta? Pra mim a Sakura parece inofensiva perto dela - falei por fim 

- Ela não vai te bater por se declarar pra ela, que tipo de pessoa faz isso? - perguntou Chouji querendo me acalmar

- A Temari é esse tipo de pessoa

- Pensa bem Shikamaru, não passe a vida se arrependendo de não ter pelo menos tentado estar com quem você ama, seja gentil com ela e faça ela ver como você é um cara legal, eu particularmente nunca namoraria com você, mas tenho que admitir que você é um bom partido - falou a Ino com o tom mais sincero que já vi vindo dela

- Obrigado Ino, obrigado Chouji, vocês são incríveis - falei muito grato pela ajuda deles

- De nada Shika, pode contar com a gente sempre, agora vamos logo comer por favor - implorou Chouji enquanto eu e a Ino rimos. Chegando a churrascaria almoçamos e conversamos vários assuntos aleatórios e logo após o almoço parti de konoha para suna.

2 DIAS DEPOIS

Cheguei em Suna pela manhã de segunda feira e fui recebido pelo kazekage que pediu para que eu fosse até o prédio aguardar a chegada de sua irmã, fiquei na varanda observando o céu e as nuvens como sempre costumava fazer, isso pra mim era como uma terapia que me ajudava a relaxar, sai do meu transe ao ouvir passos, olhei pro lado e tive a visão da mulher mais perfeita que já cruzou meu caminho, ela parou imediatamente ao ver que eu a observava, estranhei a atividade e fui até ela para comprimenta-la deixando toda a minha vergonha e insegurança no bolso

- Olá Temari, já faz um tempo que não nos vemos

- Sim Shikamaru, é bom ver você de novo - disse ela firme e segura como sempre

- Vamos logo estamos atrasados, aliás você se atrasou - falei rindo, mas fiquei totalmente sem graça quando a vi fechar a cara

- Idiota - disse ela andando na frente

- E você problemática como sempre - seria uma longa viagem isso é certo.


Notas Finais


Obrigada por lerem, até o próximo capitulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...