História Raiva ou amor (Shikatema) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Shikamaru Nara, Temari
Tags Gaasaku, Naruhina, Naruto, Revelaçoes, Sakura, Sasuke, Shikatema
Visualizações 33
Palavras 1.589
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


VOLTEI.
Se não ficou muito bom desculpa, não era a intenção.

Capítulo 8 - O começo das descobertas


-Eu vou resumir (Falou a mulher com um olhar mortal) _Eu sou uma das guardiãs, vim ao mundo para te proteger Temari, alertar do perigo, suprimir os seus poderes quando perdem o controle e não volte a repetir aquele acontecido!

-Que acontecido? (O homem e Shikamaru falaram em sintonia olhando para Temari).

-Outra hora eu te conto Shikamaru.

O olhar de Temari era fundo, parecia um poço, a tristeza cobriu o seu corpo mais uma vez, ao lembrar-se do que avia acontecida a deixa seria, e qualquer um que a ver acha que ela não tem nenhum pingo de sentimento, mal sabem eles (as) que por esses sentimentos que o arrependimento a invade.

Shikamaru cruza os braços e fala a sua frase típica.

-Que saco...

-Para que servem esse colar? Por que gritava em minha cabeça? E por que não foi uma verdadeira guardiã?

Shikamaru fita Temari, não e atoa que ele esta começando a se preocupar, Temari está pálida, a raiva está localizada não só no punho como no olhar, na forma de falar, Shikamaru não sabia se sentia medo ou vontade de ajuda-la.

-Os colares servem para reprimir os poderes, e se eu gritei em sua cabeça e porque quando vocês estão juntos nos guardiões também ficam juntos, e esse cara e O CARA MAIS MALA DO MUNDO, e se eu não fui uma boa guardiã e porque eu não tenho permissão!

-Permissão? O SEU DEVER E ME PROTEGER... OU EU OUVIR ERRADO? POR QUE SE FOR PARA PROTEGER, ALERTAR, QUE FAÇA ISSO DIREITO!

A mulher sorrir baixa a cabeça e depois a levanta.

-Bem típico de você, fala sem pensar, e o que pensa não fala... Temari entenda, o meu dever era te observar e se um dia você realmente precisasse de minha ajuda eu ajudaria.

-Para que servem os guardiões afinal?

-Não irei quebrar minha cabeça com você, afinal paciência e algo que não temos, e juntas nos conversaremos em uma boa ou acabaremos derramando sangue sem necessidade.

Temari respira fundo e quando vai olhar Shikamaru, o ver sentado no banco observando a nossa conversa e ao seu lado o seu guardião.

-QUE MERDA VOCES ESTÃO FAZENDO AI?

-A... A conversa já acabou?

A mulher lança um vento na direção do cretino do homem em forma de soco, na direção que ia, e na velocidade sem duvidas acertaria em cheio na sua barriga e a atravessaria, o homem faz um buraco fazendo o soco passar por ele e ao acerta o banco e atravessar indo em direção a uma arvore fazendo nela um buraco.

-CANALHA, ESTUPIDO, MISERAVEL E TUDO QUE A DE   RUIM!

-vocês necessitam urgentemente de uma boa conversa.

Pobre e inocente Shikamaru.

-NÃO... O QUE ACONTECE ENTRE-NOS CONVERSA NÃO SE METE, SO PANCADA.

Shikamaru levanta assustado com o olhar ameaçador da mulher e vai à direção de Temari e a rodeou ficando atrás dela.

-Tema, e melhor você parar sua guardiã, ela vai machucar o meu. (Falava enquanto a cutucava).

Temari começou a gargalhar feita louca enquanto Shikamaru ficava com cara de cu e os guardiões? Só estavam quase se matando.

-O que foi?

-E muito bom ver você com medo.

Gargalhava enquanto falava.

-Que saco, maldita hora que você invocou eles!

Todos olharam para Shikamaru.

-O que foi?

-Por que vocês apareceram só agora?

Perguntava curiosa, e aquele seu olhar avia mudado se tornando um olhar passivo.

-Porque eu não queria continuar a ter que gritar, já que o relacionamento de vocês estava evoluindo, e quanto mais evolui mais nos teremos que ficar juntos, coisa que eu não aceito!

-E nem eu, pensa em uma mulher rabugenta, reclama e briguenta...

A mulher lança um vento na direção do homem, que some e depois aparecem, os dois sempre se trocam poderes, que nunca chegam a acertar ao outro, ambos tem grandes habilidades de desviar qualquer ataque.

-A proposito qual e seus nomes?

Perguntava Shikamaru, como sempre passivo, mas não deixava de estar preocupado.

-Não temos nomes.

Os dois falaram ao mesmo tempo e no mesmo tom.

-ISSO E MUITO... MUITO ESTRANHO!

Shikamaru e Temari balançavam a cabeça positivamente enquanto os seus braços estavam cruzados.

-Me deixa ver se entendi perfeitamente, vocês são guardiões, e para que não tenham que ficarem juntos está tentando nos separar, utilizando meios covardes, e prejudicando as nossas vidas.

Shikamaru comentava enquanto olhava para Temari, que estava de cabeça baixa.

-O seu discípulo e bem inteligente.

Comentava a mulher.

-A sua também é, e só olhar para ela e pensar “que mulher” e uma pena que a sua personalidade seja igual a você.

Ambas se entreolharam, Temari arribou a sua mão afastando do seu corpo, e um brilho em forma de V veio a surgir em sua mão e dentro dele um portal, saindo de lá um Kamatari com uma grande foice em sua pata.

-QUE... QUEI SSO???

WTF pensaram os dois homens enquanto se olhavam.

-Ela já chegou a esse nível?

Shikamaru se sentia perdido, enquanto o homem admirado, a mulher orgulhosa e Temari acariciava o Kamatari.

-Claro, ela é minha discípula, sempre estará acima de qualquer outro.

Ela falava enquanto andava na direção do homem, e quando chegou bem ao seu lado, o homem ficou zangado e lançou lhe uma espesse kunai formada pela sombra, no lugar onde acertaria virou um redemoinho fazendo com que a kunai desaparece-se e não se machucar.

-Que incrível. (Comentaram Shikamaru e Temari).

A atenção dos dois voltou a si próprio.

-Ei Tema, como você conseguiu fazer isso?

-Quando eu tinha uns 5 anos, eu fiquei com muita raiva e sair de casa rumo a uma floresta e acabei destruindo quase todas as arvores, eu sentir minha mão arder e quando eu a olho vejo um V, eu afastei minha mão de mim e dentro dela saiu o meu leck, e em minha cabeça veio “Você fez uma arma de luta”, e ela foi crescendo junto comigo.

-A cada dia eu me surpreendo mais com você.

Os dois riram se sentaram no chão e começaram a conversar enquanto acariciava o Kamatari, ela avia encolhida a foice dele e guardado em um colar que avia no próprio Kamatari, sem perceber que os seus guardiões estavam lutando, ou melhor, quase se matando, era um lança kunais, sombras por tudo que e canto, ventos, redemoinho e vários outras coisas, e por incrível que pareça não acertava nenhum neles.

-DA PARA VOCES PARAREM, ESTAMOS TENTANDO CONVERSAR! (Gritou Temari).

Os dois se olham e vão até eles e se sentam.

-Shikamaru, vamos nomear nossos guardiões?

-Uma boa ideia.

-Eu vou te chamar de Mai.

-E eu... Seiji.

Ambos se olharam e antes de descongelar o mundo o homem falou.

-Tentaremos não brigar, e quando quiserem falar com agente falem o nosso nome, iremos aparecer bem pequenos e só vocês e pessoas que tem dom nos veria, e se quiserem ser tele transportado nos avise.

Um estralo de dedo e tudo voltou ao normal, tudo que foi destruído pelos dois estava intacto, como se nada estivesse acontecido e aquelas pessoas que viram, esqueceram totalmente.

 -Isso foi real? (perguntava Temari olhando tudo intacto).

-Acho que sim.

Ambos se sentam, respiram, se olham e começam a gargalhar.

-Quem diria que isso aconteceria?

-Que saco... Pensei que só conversaríamos e olha o que aconteceu, o que vai fazer com Kamatari? (falou Shikamaru olhando para ele no colo de Temari).

-Primeiro quero fazer algumas perguntas a Mai para saber mais sobre ele.

-Sabe. Eu estava com raiva de você... Você mentiu me enganou.

-Desculpa...

-Olha não sabia que a problemática sabia pedir desculpas...

-E eu não sabia que o preguiçoso... (ela começou a pensar).

-Que o preguiçoso?

-Se envolvia em assuntos complicados.

-Se eu não me envolvesse com assuntos complicados, não me envolveria com você.

-Como e que é?

-Você e maior e melhor problema que eu teria.

Ambo coraram e riram muito, parecia um casal de verdade, sabe aqueles que estão namorando, noivos ou casados. A conversa estava boa, mas Temari teria que voltar para sua casa, e saber mais sobre o Kamatari já que ele não o sumiu igual a Mai, ele permaneceu mais ela.

 -Então vamos a pé? Somos vizinhos.

-E se testarmos o tele transporte?

-Seria bem melhor, andar até em casa seria um tremendo saco, se não estivesse em sua companhia e claro.

Ela riu.

-Como os chamamos? (perguntou Temari).

-E se gritarmos?

-Melhor fala telepaticamente. (“Mai apareça”).

-Ai que fofinha. (Falou Shikamaru ao ver Mai no ombro de Temari, era tão pequenininha, media 5 centímetros).

“Seiji Venha aqui”.

-O Seiji também é.

-O que vocês querem? (perguntaram juntos).

Eles não falavam alto, mas dava para ouvir perfeitamente.

-Queremos voltar para casa.

 

Dois estalos de dedos.

 

Shikatema off

 

Temari on

 

-Nos já estamos em casa?

Eu estava na porta de minha casa, destranco e entro.

-Oi vol...

Gaara e Sakura estavam dormindo, o sol já estava se pondo, e eles aqui dormindo de conchinha, pensei em acorda-los com um grande grito, mas tive dor, estavam tão bonitinhos, cheguei perto de Gaara e falei baixinho em seu ouvido.

-Você conseguiu.

E sair rumo ao meu quarto junto com meu Kamatari em meu ombro, ele pequeno e fofo, sempre fui apaixonada por bichinho e agora finalmente e terei um.

“Mai venha aqui”.

-Me chamou?

-Tenho perguntas a te fazer

-Tipo?

-Por que...

 

Temari off

 

Shikamaru on

 

-que rápido, já chegamos.

Eu destranco a porta e entro e subo para o meu quarto, sozinho.

-“Seiji preciso de você”.

-O que você quer?

-Eu quero que você me...

 

Shikamaru off

 

CONTINUA...


Notas Finais


Bom foi isso...
Obrigada por lê


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...