1. Spirit Fanfics >
  2. Shingeki No Kyojin 2033 >
  3. Então é isso?

História Shingeki No Kyojin 2033 - Capítulo 32


Escrita por:


Capítulo 32 - Então é isso?


Fanfic / Fanfiction Shingeki No Kyojin 2033 - Capítulo 32 - Então é isso?

 

Já devia ser umas 23:00 horas... e só agora Eren resolveu acordar. Abriu os olhos vendo o teto escuro, sabia que estava em algum meio de transporte pois todo o trem tremia um pouco enquanto andava. Se sentou em cima daquela caixa vendo a capa de Levi cair lentamente conforme se levantava, sentia uma pequena tontura mas nada muito sério. Ao olhar para a esquerda, viu Levi sentado no chão olhando para fora do trem... como não lembrava de nada que aconteceu depois de cair do trem ficou um pouco assustado vendo que só os dois estavam ali.

Eren-... C-Capitão? Onde estão os outros?

Levi se assustou um pouco ao ouvir a voz dele, olhou para trás e o viu sentado lá o olhando.

Levi-... estão todos bem... 

Eren-... ah, graças a Deus... - respirou aliviado.

Levi não demonstrou, mas também sentiu alívio ao vê-lo acordado. Eren viu que o rifle de Mikasa estava do seu lado, e como não ia conseguir andar sozinho o pegou para se apoiar no chão ao sair da caixa, Levi o viu ficar de pé e pensou que ele naturalmente iria ver os amigos, não queria interrompê-lo então só voltou a olhar para fora do trem... após alguns segundos, se surpreendeu quando Eren deixou a arma no chão e se sentou do seu lado.

Levi-...?...

Eren-... deu tudo certo?

Levi-... o que?

Eren- A fuga... alguém se feriu além de mim?

Levi-... não...

Eren- que ótimo. - esboçou um sorriso olhando pro chão, vendo ele passar rapidamente embaixo de seu pé.

Levi-... dói?

Eren- hã? Não, agora não tanto... - disse colocando uma das mãos sob a "não perna".

Levi-... me disseram como foi que você a perdeu... 

Eren-... é... mas... eu não tenho raiva daquela garota... Annie, não é? 

Levi-... sim...

Eren- Ela parece ser legal... tá, ela comeu a minha perna, mas... fez isso pra proteger os amigos... a bravura dela me lembrou você, capitão.

Levi-... eu?

Eren- Sim. Você se arrisca por nós... como quando aquele explosivo queimou o seu braço... eu não sei o que aconteceu já que desmaiei, mas... eu aposto que você se arriscou também para nos tirar de lá.

Levi parou de olhá-lo, ficou encarando as próprias mãos com uma expressão meio.... triste?

No mesmo segundo Eren se arrependeu de ter dito isso, Levi fez parecer que realmente não fez nada pra ajudar ninguém... mas logo o ouviu dizer:

Levi-... era para eu estar morto agora...

Eren-...!

Levi-... aquela garota de cabelo escuro... ela me salvou se transformando em uma titã.

Ao mesmo tempo que Eren se surpreendeu em saber que ela podia se transformar, não ficou surpreso também, por algum motivo... mas ficou com uma sensação horrível dentro de sí, Levi podia ter morrido, não sabia como seria, e nunca mais iria vê-lo... enquanto lidava com esse medo, ainda o escutava:

Levi- ... eu poderia ter morrido hoje... se você morresse eu não ia querer ver a dor dos seus amigos em te perder... mas sabe o que passou pela minha cabeça quando eu estava caindo?

Eren-... o-o que? - perguntou curioso e confuso... como assim "caindo"?

Levi-... nada...

Eren-...

Levi-... nada... nem ninguém...

Eren-... e-eu não entendi, senhor...

Levi-... eu perdi meus pais quando todo aquele caos começou... perdi também o meu tio... eu não tinha irmãos... e não sou tão sociável ao ponto de fazer amigos... não tenho nada... ninguém...

Eren-...

Levi-... isso me fez pensar... se eu tivesse morrido hoje... e aí?... ou até mesmo se eu tivesse alguém e sobrevivesse... que diferença faz?... não tem ninguém em casa me esperando...

Eren não sabia o que falar, não sabia porque ele estava contando isso, mas não o interrompeu... pensou no que ele disse, Também não tinha "alguém" em casa o esperando fora o seu tio Hannes, as pessoas que ele poderia chamar de família estavam ali com ele, mas Levi?... realmente nunca o viu conversar com ninguém quando o observava... só falava do trabalho com o comandante e quando saía para as explorações... nunca encontrava um "amigo" para, por exemplo, irem beber no bar que fizeram no metrô. Ficou se sentindo uma pessoa horrível por tê-lo observado por tantos anos e nunca ter notado o quão sozinho ele era... se isolava tanto que nem sabia ao certo em que parte do metrô ele morava. Eren respirou fundo e surgiu um pequeno sorriso em seu rosto ainda olhando para baixo.

Eren-... se depender de mim... isso não acontecerá mais... - falou sem nem perceber...

Levi o olhou, surpreso mas não tanto... Eren nem imaginava, mas Levi sabia que ele o observava... todas as vezes que ia treinar ou andar pelo metrô ele sabia que Eren o olhava... descobriu uma vez quando parou em frente a uma das janelas no corredor para ver se Erwin já estava chegando e viu o reflexo quase transparente de Eren o olhando enquanto amarrava os sapatos... depois disso também passou a observá-lo também para ver se ele sempre ficava o olhando... e a resposta era sim.

Levi deu um micro risinho ( tipo aquele quando você vê um meme 5% engraçado e só solta um arzinho pelo nariz ), caiu a fixa só agora do porque Eren sempre o observava. E parou pra pensar... se também o observava... ficava com um pequeno ciúme quando Mikasa se agarrava a Eren... enfrentou uma rajada de tiros e se sacrificaria para que ele pudesse viver... será que isso era amar?

Eren ficou tentando decidir se ele algum dia teria coragem de contar a Levi que o observava... não sabia como começar a "virar amigo" dele já que Levi era tão introvertido... mas só de saber que se não fosse por Ymir Levi nem estaria ali, o fazia querer dizer logo...

Eren estava tão "perdido" em pensamentos que demorou uns 2 segundos pra perceber que Levi colocou a mão sob a sua no chão.

*Eren seu filha da puta sortudo*

Eren o olhou surpreso, não entendeu o porque ele fez isso.... sentiu um pânico só de imaginar se Levi falou alguma coisa e ele não ter escutado... mas quando Levi viu sua expressão de "medo", no mesmo segundo ""percebeu"" que entendeu errado... achou que tinha assustado Eren com essa atitude e ele sequer gostava dele... sentiu-se um idiota por ter feito isso... custou pra entender o que "devia" ser "amar" e ainda entendeu errado... Eren não o amava.

*MEU CÚ COM CÃIBRA QUE ELE NÃO TE QUER!!!*

Levi tirou a mão de lá e disse um pouco triste enquanto tentava se levantar para sair:

Levi- Volte pro primeiro vagão e descanse um pouco... 

Eren percebeu o tom de tristeza em sua voz... ficou ainda mais confuso... mas de repente pareceu que o Deus dos yaoi deu um tapa na tua cara gritando "ACORDA, EMBUSTE!!!", e ele finalmente entendeu o porque Levi fez isso.

Antes mesmo de Levi se levantar, Eren agarrou seu braço com uma certa força por causa da velocidade que se virou para ele, assustou o coitado do Levi mas não pareceu notar, agora que estavam novamente de frente um pro outro, o segurou pelos ombros.

Levi-...?! O-O que foi?! - Perguntou o olhando nos olhos, como ainda estavam com as pernas para fora do trem tinha achado que Eren ia cair quando puxou seu braço.

Eren desfez aquela cara de "NÃO É POSSÍVEL!!!" e se acalmou... olhou nos olhos de Levi, vendo o reflexo da lua, e disse:

Eren-... se depender de mim... 

Levi-... que?

Eren-... Você sempre vai ter alguém te esperando em casa... se depender de mim...

Levi-...

Eren-... C-Capitão... eu sei que é repentino e... nem sei se você vai ficar bravo ou enojado, mas... Senhor... eu gosto muito de você...

Levi-...!

Eren-... eu sempre te observava treinar... sempre via você pelo metrô... por um tempo eu me convenci que eu apenas o admirava, mas... eu te olhava porque gosto de você... e não aguento mais esconder isso... por isso que... se depender de mim... e de você... o senhor sempre terá alguém te esperando em casa...

Levi-...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...