1. Spirit Fanfics >
  2. Shingeki no kyojin: Evolution >
  3. Capítulo 2

História Shingeki no kyojin: Evolution - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoallll!!!! Voltei para mais um cap, espero que gostem!!!

Ps: desculpa qualquer erro.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Sayuri- o que? Isso e impossível! Como pode ter certeza que eu sou sua filha?- ela o olha desconfiada.

Levi- ela tem rasão! como podemos ter certeza que você é quem diz ser?

Tokuma- Levi Ackerman, não se meta nisso! esse é um assunto meu e da minha filha! isso não lhe desrespeita, vocês podem até ser irmãos, mas ainda assim, vocês só possuem a  mesma mãe por causa do sangue poderoso dela, os Ackermans são muito poderosos, mas quando eles possuem ,também, sangue Hyuga essa pessoa ira ganhar incríveis habilidades, com o treinamento correto.

Sayuri e Levi- o que? - eles perguntam totalmente sem reação.

Tokuma- Sayuri, você nunca sentiu nada, nenhum poder erradiando o seu corpo?- Sayuri o olha assustada- De qualquer jeito, derrube o baixinho. - ele fala se dirigindo ao homem segurando Levi. 

- logo o homem obedece Tokuma e tenta dar um soco em Levi,  mas, como o esperado ele da um jeito de desviar do ataque do desconhecido, porem, como o homem recebeu um trinamento mais intenso , após Levi desviar o maior da outro ataque, dessa vez acertando em seu estomago o fazendo cair.

Levi- desgraçado! -ele pondo os braços em volta da barriga.

Sayuri- Aniki! - logo apos ela gritar o irmão o pai pós a mão na boca de Sayuri.

Tokuma- Acabamos por aqui! Vamos! - ele começa a andar puxando a garota junto.

(???)- não devemos mata-lo - ele fala apontando para Levi.

Tokuma- Não e necessário! Só leva-la já e o suficiente! - Tokuma olha para o lado e vê Levi se levantar com dificuldade.

 Levi- Como se eu fosse deixar você leva-la! - o baixinho fala com dificuldade

Tokuma- ah é? espere e veja. - Apos o suposto pai de Sayuri ao dizer as palavras anteriores, Levi pode ver Tokuma tirar sua espada da bainha que estava presa a sua cintura e a empunhou, logo uma expressão de desespero se alastrou pelo seu rosto e de sua irmã, levou somente um único segundo para Tokuma acerta-la no meio de seu peito, no meio de seu coração. Não demorou para a tristeza tomar conta do rosto de Levi, a unica pessoa que amava, a unica pessoa que restou de sua família estava morta, no momento em que Tokuma tirou a espada de Sayuri, ela, quase imediatamente começou a cair, antes de chegar ao chão, o pai a segurou impedindo o encontro entre seu corpo e o chão.

Levi- desgraçado - ele praticamente susurou enquanto as lagrimas desciam pelo seu rosto - Você não tinha dito que ela era a sua filha? como um pai poderia matar a própria filha? - ele aumentou o tom de voz.

Tokuma- Hã? Quem disse que eu ligava se ela estaria viva ou morta? - ele fala normalmente - independente se ela estiver viva ou morta, nós conseguiríamos  roubar o seu poder, seja la qual  for, e dar a uma pessoa leal a mim. - Levi o olha pasmo. por um segundo ele desviou o olhar para Sayuri caída nos braços do homem, ele observou a irmã, pensando o que seria dele sem ela. Quando ele foi secar suas lagrimas fechou os olhos, quando ele os abriu, os dois homens sumiram junto do corpo de Sayuri.

-quando os dois foram embora, Levi não via nenhuma opção a não ser ficar la sentar e chorar pela irmã que acabara de perder.

                                                                         flashback  off*

Erwin( pensamento )- eu não credito que uma pessoa tão forte como ele já passou por isso. 

- depois de Levi contar tudo o que aconteceu para Erwin, o mesmo pode ver uma lagrima descer do rosto de Levi que foi imediatamente secada.

Levi- E hoje, Erwin, faz dez anos que ela se foi. - ele da um suspiro 

Erwin- eu sinto muito ,Levi.- o moreno apanas permanece em silencio - se você quiser pode tirar o resto do dia de folga.- fala levantando e pondo a mão no ombro de Levi, e logo recebe a sua atenção - e quanto a expedição de amanhã, se quiser não precisa ir!

Levi- não, tudo bem, Erwin, ela já morreu tem tanto tempo... mas de qualquer jeito, eu nao posso de deixar de me abalar! eu ainda posso cumprir o meu dever! - ele fala com a cabeça baixa.

Erwin- entendo...- ele fala com um certo tom de orgulho.

Levi- Erwin, - o loiro direciona os olhos para Levi - obrigado! - o outro apenas assente com a cabeça. logo Levi se levanta e vai em direção á porta saindo pela a mesma.

Erwin- eu realmente não esperava que esse era o motivo dele estar estranho hoje! - ele pensa alto - espero que ele esteja bem!

continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...